VINGANÇA (1990) - FILM REVIEW

vinganca-1990-film-review

É complicado não ser parcial ao falar de um filme que ama. Talvez como um relacionamento, onde o amor é cego, Vingança é um daqueles filmes que não consigo olhar para os eventuais defeitos, e só vejo qualidades. Seja pela direção excelente de Tony Scott ou pela belíssima trilha Jack Nitzsche. Seja pela presença marcante de Kevin Costner, seja pela atuação sempre iluminada de Anthony Quinn ou pela beleza estonteante de Madeleine Stowe. Não importa. A união fez com que uma simples trama de vingança se tornasse inesquecível. 

A trama começa quando um piloto da Marinha chamado Michael J. Cochran (Kevin Costner) se aposenta. Ele resolve ir até o México para encontrar Tiburon "Tibby" Mendez (Anthony Quinn), um grande amigo que se tornou um poderoso negociante e uma espécie de "chefão" da região onde vive, ou seja, o tipo de pessoa que é muito perigoso confrontar. É exatamente isto que Cochran faz ao se apaixonar por Mireya (Madeleine Stowe), a bela, sensual e jovem esposa de Tibby. Ela se sente atraída por ele e Cochran sabe que Tibby é poderoso, vingativo, possessivo e que não tolera traição.

Originalmente “Vingança” seria dirigido por John Huston, que não queria Kevin Costner como protagonista. Entretanto, após o sucesso de Os Intocáveis (1987) e Sorte no Amor (1988), Costner teve poder suficiente para ser incluído no projeto e retirar Huston dele. E ainda bem, já que Vingança combinava muito mais com Tony Scott. Antes de Scott entrar como diretor, o próprio Kevin Costner decidiu dirigir o filme como sua estreia na direção, mas o produtor Ray Stark o convenceu a desistir, pois não achava que Costner estava pronto para dirigir um projeto ainda. Ray, como sabemos, errou vergonhosamente. Kevin estava prontíssimo e seu filme seguinte recebeu nada menos que 7 Óscares, incluindo melhor filme. A obra foi Dança com lobos, que naquele ano, bateu uma concorrência fortíssima, incluindo Bons companheiros e Poderoso chefão 3.

A sintonia do elenco, principalmente a tensão sexual entre os amantes, faz de Vingança um dos mais memoráveis dos anos 90, ainda que não haja grandes reviravoltas na trama, o final surpreende, mostrando a pior consequência possível daquele mundo que acaba ruindo pela paixão avassaladora do casal. Mesmo assim, ele passou por diversas mãos até chegar ao resultado visto nos cinemas. 

Um primeiro rascunho do roteiro foi escrito especificamente com Jack Nicholson em mente para o papel de Tiburon "Tibey" Mendez, com Faye Dunaway para o papel que foi para Sally Kirkland. Aparentemente, Nicholson viu o personagem de Tibey como um papel dos sonhos para ele e também estava preparado para dirigir o filme em determinado momento, o que não aconteceu porque Jack se envolveu na direção da continuação de Chinatown, lançada no mesmo ano, chamada de "A Chave do Enigma".

Walter Hill também queria dirigir com Jeff Bridges estrelando, mas Bridges não se interessou. Hill acabou pulando para a continuação de um dos seus maiores sucessos, 48 Horas, também lançado em 1990. Posteriormente, a dupla fez Wild Bill (1995).

No ano seguinte ao lançamento de Vingança, Kevin Costner, Sally Kirkland e Tomas Milian fizeram JFK - A Pergunta Que Não Quer Calar. Anthony Quinn e Madeline Stowe interpretam marido e mulher neste filme de Tony Scott. Doze anos depois, em 2002, a dupla trabalhou junta novamente no filme "Missão perigosa", interpretando pai e filha.  21 anos após o filme 'Vingança', que originalmente se chama Revenge, Madeleine Stowe estrelou uma série de TV chamada Revenge.

A origem

A novela foi publicada em 1979 junto com duas outras novelas sob o título Legends of the Fall. A revista Esquire publicou a novela Legends of the Fall em janeiro de 1979 e a resposta do público foi tão entusiasmada que "Revenge" foi publicado em maio. A Warner Bros comprou imediatamente os direitos da tela e contratou Harrison para fazer o roteiro. E desde muito tempo o cinema "ameaça" adaptá-lo, como citado alguns casos acima.  Até Orson Welles chegou a ser contratado para dirigir

A grande sacada da história é colocar em rota de colisão mundos com características diferentes, mas que sob determinadas circunstâncias, pode se atrair. Por exemplo, Cochran é um piloto, acostumado às rotinas intensas de um piloto. E sua vida "by the book", forma o cenário ideal para ter um caso com Miryea, sexualmente reprimida, além de ser mero objeto nas mãos do mafioso (Quinn, com 75 anos). A veia "intensa" de Cochran faz com que ele não respeite as leis da física (ou melhor, da amizade), já que se aposentou, e se envolva num tórrido romance com Miryea. 

Quinn faz um mafioso old school, que não hesita em desfigurar a belíssima esposa e deixar o melhor amigo para morrer no deserto. Legítima defesa da honra, diria alguns. Mas como Cochran não morre, ele parte para a Vingança do título, que se revela inconclusa e com um destino trágico, evidentemente, para a mulher, culpada por ser tão linda, num mundo amplamente machista. Afinal, o que é uma mulher comparada ao vínculo masculino? 


...Só prostitutas fumam em público.

Frase dita por Tibey à Miryea


Há duas formas de se analisar o caso dos dois. Mas vou olhar somente na ótica 2021. Miryea é o retrato da mulher submissa, que decide se apropriar da sua sexualidade e com muita ousadia, toma iniciativa no caso. Até mesmo Jay reluta claramente consciente do campo minado que caminhava. Tal como em Thelma & Louise (dirigido por ninguém menos que o irmão de Tony), a jornada libertadora conta mais que o fim. E em ambos os casos, as mulheres estavam dispostas a morrerem para serem livres.



One Movies/Dark Flix lançou mais um ótimo filme, que pode ser adquirido no link acima, que será redirecionado para o site da empresa.

VINGANÇA
LONDON VHS COLLECTION

Edição Comemorativa aos 40 anos da primeira locadora de vídeo aberta no Brasil.

O Sentimento Mais Poderoso Que o Amor. Uma paixão que não pode ser negada. Uma traição que não pode ser perdoada.

Veja abaixo detalhes da linda edição.


Informações técnicas da edição:

Duração: 124 minutos 
Sistema de cor:  Colorido 
Formato de Tela: : 2.39:1 
Áudio: Original em Inglês 2.0 Dolby Digital Surround
Dublado em Português 2.0 Dolby Digital Estéreo
Legendas – Português e Inglês 
Classificação: 16 anos 

EXTRAS: Trailer de Cinema
Edição com LUVA + MINIPOSTER 



Tecnologia do Blogger.