FOME DE VIVER (1983) - FILM REVIEW

fome-de-viver-1983-film-review

Grandes diretores cinematográficos dão identidade às suas filmografias, tornando seus filmes facilmente identificáveis. Fome de viver, primeiro filme dirigido por Tony Scott, que para muitos é seu melhor filme, se aproxima mais das obras do irmão, Ridley, principalmente no apuro visual do que os demais filmes de sua excelente carreira. Em 1983, Ridley já havia lançado os influentes Os duelistas, Alien, o 8º passageiro e Blade Runner. 

Para o bem ou para o mal, Tony usou suas habilidades para dirigir comercias para imprimir dinamismo às suas histórias. Mas hoje vou falar do filme que catapultou sua obra: Fome de viver. Na história, acompanhamos Miriam Blaylock (Catherine Deneuve), uma vampira que consegue se manter "viva" e bela através dos séculos com o sangue dos seus amantes. Em retribuição, os jovens e as moças que se envolvem com ela não envelhecem, até Miriam ter tirado bastante sangue deles. 

Infelizmente seu atual parceiro, John (David Bowie), está tendo um envelhecimento extremamente rápido e a expectativa de vida é de apenas 24 horas. Desesperado, ele procura a ajuda da médica Sarah Roberts (Susan Sarandon), que é especialista em envelhecimento prematuro. A idade da vampira Miriam Blaylock  era de seis mil anos. O tempo que ela foi amante de John Blaylock foi de trezentos anos. Ou seja, bastante tempo para se importar.

O produtor Richard Shepherd queria que Alan Parker dirigisse Fome de Viver. Foi o próprio Parker quem o convenceu a contratar Tony Scott, se baseando nos comerciais que já havia feito. Este filme é dedicado em memória do irmão de Tony Scott, Frank Scott. O irmão mais velho de Tony, Ridley Scott, dedicou Blade Runner: O Caçador de Androides (1982) a Frank. Ele faleceu de câncer aos 45 anos.

Enquanto o livro ainda estava em forma manuscrita, o produtor Richard Shepherd leu o romance original de Whitley Strieber, em 1980, e posteriormente adquiriu os direitos para adaptá-lo como filme. Ele foi publicado pela primeira vez em 1981 e o filme veio ao mundo 2 anos depois. Strieber, teve outras obras adaptadas para o cinema, como Lobos (1981) e Estranhos Visitantes (1989).

O maquiador Antony Clavet, que ficou famoso no mundo da moda por seu trabalho na Vogue italiana, foi trazido para o projeto após ser apresentado ao diretor por Milena Canonero. Seu trabalho no filme é estupendo. Assustadoramente perfeito. O envelhecimento de Bowie, curto na tela, é simplesmente fenomenal  para um filme lançado em 1983.

Tony Scott citou a fotografia de Irving Penn como uma grande influência no estilo visual do filme. O diretor de fotografia de Fome de viver, Stephen Goldblatt, seguiu uma carreira mais pop, trabalhando em obras como O Enigma da Pirâmide e Máquina Mortífera. Em seus próximos filmes, Scott usaria Jeffrey L. Kimball, para imprimir sua paleta de cores tendendo para o amarelado, com tons degradês, enquanto Fome de viver ressalta o visual azulado, característico dos filmes de Ridley Scott. 

Em O Outro Lado de Hollywood (1995), o documentário de 1995 sobre a história da homossexualidade no cinema, a atriz Susan Sarandon disse que o roteiro de Fome de Viver (1983) originalmente pedia que ela ficasse comprovadamente bêbada antes de ela cena de sexo com Catherine Deneuve, mas Sarandon pediu que ela fosse alterada para que sua personagem tomasse apenas um gole de vinho e entornasse o resto do copo. 

Ela disse que queria deixar claro que sua personagem estava escolhendo fazer sexo com Miriam em vez de fazê-lo por causa do álcool, e também porque "você não teria que ficar bêbado para dormir Catherine Deneuve, não importa o que sua história sexual até aquele ponto tinha sido. "

O final do filme foi alterado para permitir a possibilidade de sequências e uma franquia, algo comum ao gênero de filmes de terror, mas nenhuma delas jamais se concretizou. Mas uma série de TV, com duas temporadas e o próprio Bowie, veio ao mundo entre 1997 e 2000, focando em Terence Stamp (na primeira) e David Bowie (na segunda). O romancista Whitley Strieber escreveu duas sequências de seu romance "The Hunger". Eles foram "O Último Vampiro" (2001) e "O Sonho de Lilith: Um Conto da Vida de Vampiro" (2003), mas como dito, nenhum dos dois jamais foi filmado.

Uma obra definitivamente essencial na carreira de Scott. 


Coleção Tony Scott
The Red Collection (Digipack)

Classicline lançou um pack com 4 filmes imperdíveis em DVD, que pode ser adquirido no site da empresa ou nas lojas parceiras. Abaixo, veja detalhes da edição. E para comprar, só clicar no link acima. 

Filmes:

Fome de Viver - Miriam Blaylock (Catherine Deneuve) é uma vampira que consegue se manter “viva” e bela através dos séculos com o sangue dos seus amantes. Seu atual parceiro, John (David Bowie), por estar tendo um envelhecimento extremamente rápido, procura a ajuda da médica Sarah Roberts (Susan Sarandon), especialista em envelhecimento prematuro.

Vingança - Após 12 anos um piloto da marinha, Michael J. Cochran (Kevin Costner), se aposenta. Ele resolve ir até o México para encontrar Tiburon “Tibey” Mendez (Anthony Quinn), um grande amigo que se tornou um “chefão”. Cochran acaba se apaixonando por Miryea (Madeleine Stowe), a bela, sensual e jovem esposa de Tibey.

Amor à Queima-Roupa - No seu aniversário, Clarence (Christian Slater) recebe um presente: passar a noite com a bela Alabama (Patricia Arquette). Os dois se apaixonam e decidem começar uma vida nova juntos. Mas quando se desentendem com um traficante, passarão a ser perseguidos pela máfia e pela polícia, e sua única chance de sobreviver é acreditar em seus instintos e abrir o seu caminho à bala.

Estranha Obsessão - O problemático Gil Renard (Robert DeNiro) possui uma personalidade volátil que resultou em divórcio e comprometeu a relação com o seu filho. Fã de beisebol, ele se decepciona com o atleta Bobby Rayburn (Wesley Snipes), e passa a não medir nenhuma consequência para “ajudar” seu ídolo, inclusive transformar a vida dele num verdadeiro e perigoso inferno.

 
➤Informações dos filme e da edição:

Elenco: Fome de Viver - Catherine DeNeuve, David Bowie, Susan Sarandon / Vingança - Kevin Costner, Anthony Quinn, Madeleine Stowe / Amor à Queima-Roupa - Christian Slater, Patricia Arquette, Dennis Hopper / Estranha Obsessão: Robert de Niro, Wesley Snipes, Ellen Barkin
Direção: Tony Scott
Produtor: Fome de Viver - Richard Shepherd / Vingança - Hunt Lowry, Stanley Rubin / Amor à Queima-Roupa - Gary Barber, Samuel Hadida, Steve Perry, Bill Unger / Estranha Obsessão - Hunt Lowry, Stanley Rubin
Roteiro: Fome de Viver - Ivan Davis, Michael Thomas / Vingança - Jeffrey Fiskin, Jim Harrison / Amor à Queima-Roupa - Quentin Tarantino / Estranha Obsessão - Phoef Sutton
Ano de produção: Fome de Viver - 1983 / Vingança - 1990 / Amor à Queima-Roupa - 1993 / Estranha Obsessão - 1996
Pais de Produção: Estados Unidos
Formato de tela: Letterbox
Cor: Colorido
Duração Aprox.: Fome de Viver - 97 min / Vingaça - 124 min / Amor à Queima-Roupa - 120 min / Estranha Obsessão - 117 min
Idioma: Fome de Viver - Inglês, Português (2.0 Dolby Digital) / Vingança - Inglês, Português (2.0 Dolby Digital) / Amor à Queima-Roupa - Inglês (5.1 Dolby Digital) / Estranha Obsessão - Inglês, Português (5.1 Dolby Digital, 2.0 Dolby Digital)
Legendas: Fome de Viver - Português, Espanhol / Vingança - Português / Amor à Queima-Roupa - Português, Francês / Estranha Obsessão - Português, Inglês

Extras: Fome de Viver - Cartazes Originais,  Fotos e Trailers / Vingança - Cartaz, Trailers e Galeria de Fotos / Amor à Queima-Roupa - Menu Interativo / Estranha Obsessão - Menu Interativo.


Tecnologia do Blogger.