OLHOS FAMINTOS (2001) - FILM REVIEW

olhos-famintos-2001-film-review

Um dos maiores desafios do cinema de horror, principalmente os slashers e os de monstros, é criar uma mitologia ao redor da imagem do "assassino" que fixe na memória dos fãs, a ponto de querer ver mais e mais filmes e quem sabe, descobrir algumas nuances do personagem em questão. 

Ao mesmo tempo, quanto menos revelado, mais o mistério permanece e mais interessante a coisa toda fica. “Olhos famintos” consegue vários feitos neste sentido. Na trama, ao voltarem para casa por uma estrada sem movimento, os irmãos Trish e Darry veem um vulto atirando o que parece ser um corpo embrulhado. Parando para investigar, eles descobrem centenas de corpos mutilados, pendurados embaixo de uma antiga igreja.

A história mescla “Encurralado” (clássico de Steven Spielberg, que foi referência no cinema de suspense com caminhão perseguindo indefesos nas estradas) com filme de monstro. Victor Salva escreveu os personagens principais como irmão e irmã, a fim de eliminar qualquer tensão sexual e mantê-los focados em escapar do Creeper.

Victor Salva sempre disse que a lenda do Creeper é uma ficção completa, mas a cena em que Trish e Darry testemunham o Creeper despejando um corpo em um poço perto de uma igreja abandonada foi inspirada no caso de Dennis DePue, um trabalhador no Michigan que assassinou sua esposa e foi visto por testemunhas perto de uma velha casa de escola com um lençol ensanguentado. Duas testemunhas também se lembram de DePue passando em alta velocidade por eles em uma van e, eventualmente, seguindo-os e andando em seu para-choque por vários quilômetros. 

BEATNGU 

BEATING YOU

'batendo em você'

'B EATING YOU (Estou comendo você.)

O diretor Victor Salva queria que os cenários do campo para o filme tivessem uma fotografia misteriosa. No entanto, Salva disse que os locais de filmagem da Flórida eram tão bonitos que muitas vezes a filmagem do filme tinha que ser escurecida para dar aos locais uma aparência mais ameaçadora.

O teste de cena de Jonathan Breck assustou Victor Salva tanto que ele o escalou quase imediatamente como o Creeper, apesar de Salva ter escrito o papel pensando em Lance Henriksen. Breck raspou a cabeça para o papel, inspirado pela noção de que o Creeper era naturalmente sem pelos e teria que "emprestar" o cabelo das vítimas. Gina Philips (Trish) e Justin Long (Darry) não tiveram permissão para encontrar Breck antes das filmagens (para obter uma reação verdadeira deles quando realmente o viram com seu traje completo e maquiagem), nem viram o caminhão antes da cena  ser filmado. 

Justin Long impressionou o escritor e diretor Victor Salva com sua atuação em Heróis Fora de Órbita (1999), mas o que lhe valeu o papel principal de Darry foi sua audição. Salva sabia que Long poderia parecer engraçado ou genuinamente assustado, dependendo do que a cena precisava.

Justin Long e Gina Philips disseram que o roteiro de Victor Salva era tão assustador e aterrorizante que eles tiveram que largá-lo depois de lerem as primeiras 20 páginas.  Voltam a mexer no material somente horas depois. A MGM queria nomes mais lucrativos para interpretar os dois protagonistas, mas o mentor e produtor de Victor Salva, Francis Ford Coppola, usou sua influência para defender as escolhas de elenco de Salva.

Salva pediu permissão à MGM que usasse efeitos especiais práticos, como fantoches e animatrônicos. No entanto, as asas de morcego que foram feitas para a cena da sede eram muito pesadas, então CGI foi usado.

A mitologia do tempo em que o Creeper retorna nasceu da matemática. "O Número 23" indica, 2 dividido por 3 é 0,666 (infinitamente, além de 666 ser o número da besta). Daí a importância de Jeepers reaparecer a cada 23 anos por 23 dias.

Um detalhe curioso, que escapa quando o filme é assistido pela primeira vez: na cena do carro, em que roupas são encontradas jogadas na rua e as "digitais" do monstro ficam na maçaneta do carro, num breve momento, uma sombra passar por Trish, seguida pelo som de uma batida de asa. Isso acontece antes de descobrirem que seu perseguidor não é humano e tem asas.

O clímax do filme passa-se no concelho de Poho. Esta é uma cidade fictícia criada por Victor Salva para Clownhouse (1989) e além de ser o concelho onde se passam quase todos os seus filmes.

Devido ao sucesso deste filme, Victor Salva adquiriu o hábito de citar ou incluir referências ao Condado de Poho em cada um dos seus futuros filmes. O filme custou 10 milhões e rendeu 60, além de ter dado margem para duas continuações e um quarto filme já anunciado.

Curioso que se colocarmos um olhar tendencioso, veremos inúmeros elementos dos filmes de Stephen King, como Dança da morte, Colheita maldita (corvo, milharal e a silhueta do Creeper), os gatos e a casa de Sonâmbulos. A trajetória de Creeper é também uma variação de Pennywise, de IT, que ataca a cada 27 anos e também leva os corpos para seu reduto. Eles compartilham vários aspectos sobre sua personalidade, comportamentos e padrões. 

Seria Pennywise pai do Creeper? Há teorias que dizem que sim, explicitando nuances dos dois que corroboram com esta loucura. Inclusive, a principal delas: ambos sentem o cheiro do medo que provocam e se alimentam dele. 

Será que algum dia veremos este encontro nas telas? Eu duvido. Creeper está mais para um bastardo que um filho reconhecido pelo pai...


One Movies/Dark Flix lançou o filme do post, que pode ser comprado clicando no link acima. E abaixo, detalhes da edição fornecidos pela própria empresa.

OLHOS FAMINTOS
DVD ULTRA ENCODER

Produzido por Francis Ford Coppola, “Olhos Famintos” é um dos mais importantes filmes de horror das últimas décadas. Dirigido por Victor Salva, o inventivo diretor de “Palhaço Assassino” e “A Vida do Medo”, apresenta um monstro original que daria fôlego para mais duas sequências. 

Ganhou os prêmios de melhor filme da “Crystal Reel Awards”, “Sitges – Catalonian International Film Festival” 2001 e “International Horror Guilde” de 2002 e foi indicado a Melhor Filme de Terror pela “Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films”.


Informações técnicas da edição:

DISCO 1 - FILME

90 minutos – Colorido – Formato de Tela: 1.85:1 – Classificação Indicativa 16 anos (Violência, Uso de Armas, Mutilação) – Áudio: Original em Inglês 5.1 Dolby Digital Surround – Dublado em Português e Espanhol 2.0 Dolby Digital Estéreo – Legendas: Português, Espanhol e Inglês

DISCO 2 - EXTRAS

Extras: *Comentários em áudio de Victor Salva - *Behind The Peepers – The Making Of Jeepers Creepers (Finding Trisher and Darry, 12 minutos/Designing The Creeper, 9 minutos/Cars and Trucks, 14 minutos/The Creeper Comes to Florida, 10 minutos/Night Shoots, 12 minutos/Composed by Bennett Salvay, 14 minutos) minutos - *Deleted & Extended Scenes, 17 minutos - *Photo Gallery, 8 minutos - *Director´s Cameo, *Trailer Original de Cinema
98 minutos – Colorido – Formato de Tela: 1.85:1 e 4x3 – Áudio: Original em Inglês 2.0 Dolby Digital Estéreo – Legendas: Português

DISCO

JEEPERS CREEPERS - ORIGINAL MOTION PICTURE SCORE
Music Composed and Conducted by BENNETT SALVAY






Tecnologia do Blogger.