NATAL SANGRENTO NO CINEMA / TV

natal-sangrento-no-cinema-tv.

Há filmes muito discutidos por serem considerados "gatilhos". Como se o filme endossasse e incentivasse certas atitudes, geralmente extremas. Natal sangrento é um destes.  Com uma trama que mostra a formação de serial killer baseada em traumas, o filme é uma pérola slasher dos anos 80, que saiu em VHS com o título de Noite silenciosa, noite mortal.

As continuações como eram de se esperar, não tiveram a mesma inspiração.  O remake então, nem se fala. Confira a lista de hoje, e não deixe de entrar no review do primeiro filme. O link esta no post.

Boa sessão: 

➤Direção: Charles E. Sellier Jr.

Em 1971, a família Chapman vai visitar o “vovô” da família, um homem em estado catatônico que já se encontra internado há algum tempo. No caminho, o pequeno Billy (Jonathan Best) está folheando um livro de histórias natalinas e pergunta aos pais, Jim (Geoff Hansen) e Ellie (Tara Buckman) o horário da visita do Papai Noel. Horas depois Billy assiste ao assassinato dos pais nas mãos de um homem que representa a imagem que ele tanto idolatrava: o Papai Noel. O menino é enviado ao Lar de Órfãos Santa Maria. No local, vive a sua infância e adolescência sob os cuidados da tenebrosa Madre Superiora (Lilyan Chauvin), que abusa dele de diversas formas. Esta ai a receita para Billy se tornar um serial killer ... e vestido de Papai Noel.


➤Direção: Lee Harry

Ricky Caldwell é irmão do psicopata que matou vestido de Papai Noel em "Natal Sangrento 1". Confinado em um sanatório, já que também é atormentado pelas visões de seus pais sendo mortos por um homem vestido de Papai Noel, Ricky conta a um psiquiatra a história do irmão homicida. Assim, os primeiros 45 minutos desta seqüência não passam de cenas retiradas do filme original. Finalmente, Ricky decide seguir a trilha sangrenta de seu irmão e matar a Madre Superiora do orfanato, onde ambos tiveram uma infância traumática.

➤Direção: Monte Hellman

O excêntrico dr. Newbury (Richard Beymer) utiliza uma jovem sensitiva cega, Laura Anderson (Samantha Scully), em suas experiências secretas realizadas num hospital psiquiátrico. Sem que a jovem saiba, o cientista está criando uma ligação telepática entre ela e Ricky Caldwell (Bill Moseley), o psicopata de "Natal Sangrento 2", que está vivo, mas em estado vegetativo. Mas a experiência dá errado, despertando o Papai Noel assassino do coma para uma nova onda de mortes. Sem saber de nada, Laura decide passar o Natal com sua vó numa pequena cidade do interior, enquanto Ricky a persegue deixando uma trilha de cadáveres.

➤Direção: Brian Yuzna

Depois de três filmes enfocando a figura de um psicopata que se vestia de Papai Noel e seu irmão que herdou o hábito ("Natal Sangrento 1", "Natal Sangrento 2" e "Noite do Silêncio"), a franquia de horrores natalinos parte para histórias independentes. Desta vez, uma repórter investiga o estranho caso de uma mulher carbonizada e acaba se envolvendo com um grupo místico, ligado a um bizarro assassino. A única relação com a série é o fato de a história se passar na época natalina, e o filme troca o campo do slasher pelo horror melequento e repleto de criaturas e efeitos de maquiagem, bem ao gosto do diretor Yuzna.

➤Direção: Martin Kitrosser

Na véspera de Natal, garoto vê seu pai ser morto por um brinquedo assassino. As suspeitas recaem sobre um fabricante de brinquedos, alcoólatra e pai de um jovem estranho. Quinto filme da série "Natal Sangrento", sem nenhuma relação com os quatro anteriores.

➤Direção: Steven C. Miller

Após testemunhar o assassinato de seus pais por um homem vestido de Papai Noel, garoto cresce e se torna um psicopata… Pior para o gerente da loja em que ele trabalha, que o obriga a vestir os trajes natalinos…

Remake do filme de 1984.




Tecnologia do Blogger.