13 FILMES QUE SÃO REMAKES DE CLÁSSICOS NOIR

13-remakes-de-filmes-noir

Como sabemos, remakes raramente acertam o alvo. No caso dos filmes Noir, a situação fica mais feia já que foi um sub-gênero característico de meados dos anos 40 até meados dos anos 50.

Alguns adaptaram bem a trama, atualizando a história para thrillers emocionantes, como no caso do filme Sem saída. Mas zero por cento deles (zero mesmo !!!) são remakes em todas suas características básicas. Ou seja, pegam os nomes e a base da história. No mais, sai de cena o Noir, entram comédias, suspenses, aventuras, descaracterizando a essência.

Quem tem aversão aos remakes, fuja deles. Mas quem busca bons filmes, a maioria vale a pena ser assistida.

Confira:

Trágico Álibi (1945)
Direção: Joseph H. Lewis

Através de uma agência de empregos, Julia Ross consegue um novo trabalho na casa de uma viúva rica, onde passa a viver. Dois dias depois, acorda numa casa completamente diferente, onde todos tentam convencê-la de que é outra pessoa.

Remake: Morte no inverno (1987)

O destino bate à porta (1946)
Direção: Tay Garnett

Califórnia, anos 30. Nick Smith (Cecil Kellaway), o proprietário de um posto de gasolina e restaurante na beira da estrada, contrata Frank Chambers (John Garfield) como frentista. Ele logo passa a ter um affair com Cora Smith (Lana Turner), a jovem e sexy mulher do seu patrão, que o persuade a matar o marido e fazer parecer um acidente.

Remake: O destino bate à sua porta (1981)

À beira do abismo (1946)
Direção: Howard Hawks

Um detetive particular, Philip Marlowe (Humphrey Bogart), é chamado por Sternwood (Charles Waldron), um milionário que diz que está sendo chantageado novamente, pois há dois anos pagou US$ 5 mil para que Joe Brody (Louis Jean Heydt) deixasse Carmen (Martha Vickers), sua filha mais nova, em paz. Agora Arthur Gwynn Geiger (Theodore von Eltz) quer receber alguns milhares dólares, referentes a dívidas de jogo de Carmen. Philip aconselha que a dívida seja paga, pois Carmen assinou promissórias, mas Sternwood quer de qualquer maneira ficar livre de Geiger e diz para Marlowe cuidar disto.

Remake: A Arte de Matar (1978)

Fuga do passado (1947)
Direção: Jacques Tourneur

Jeff Bailey (Robert Mitchum), pacato funcionário de um posto de gasolina, é obrigado a reviver seu turbulento passado quando é localizado pelo gângster Whit Sterling (Kirk Douglas). Jeff, outrora um experiente detetive, foi contratado por Whit e acabou pecando ao misturar negócios e romance, envolvendo-se com Kathie (Jane Greer). 

➤Remake: Paixões Violentas (1984)

O Beijo da morte (1947)
Direção: Henry Hathaway

Nick Bianco (Victor Mature) é um ladrão de segunda categoria, que é preso quando assaltava uma joalheria. Ele se recusa a fazer qualquer acordo com a promotoria, pois se recusa a entregar um colega. Nick é então condenado, mas acredita que tanto sua mulher como suas duas filhas vão saber superar este momento. Ao descobrir que sua mulher cometeu suicídio, Bianco se submete a trabalhar como informante da polícia, com o objetivo de conseguir liberdade condicional e voltar para suas filhas, que estão em um orfanato. Após 3 anos Nick é libertado, casa-se novamente e leva uma vida feliz, mas fica sabendo que Tommy Udo (Richard Widmark), um psicopata que delatou, foi absolvido e provavelmente em pouco tempo estará no seu encalço.

➤Remake: O Beijo da Morte (1995) 

O pior dos pecados (1948)
Direção: John Boulting

Pinkie Brown faz parte de uma gangue que atua na cidade litorânea inglesa Brighton. Quando ele ordena o assassinato de seu rival, Fred, tem de fazer a polícia acreditar que ele se suicidou. Mas Ida Arnold, que estava com a vítima pouco antes do crime, não acredita no suicídio e tentará provar que Fred foi assassinado. A partir daí, Pinkie fará de tudo para ocultar o crime. Mas com sua gangue começando a duvidar de suas habilidades e seus rivais tomando conta dos negócios em Brighton, Pinkie começa a ficar cada vez mais desesperado e violento.

Remake: O pior dos pecados (2010)

O relógio verde (1948)
Direção: John Farrow

Um insuportável editor de uma revista comete um assassinato. Quando seu melhor repórter tenta resolver o caso, descobre que todas as pistas apontam o repórter que investiga o caso como sendo o culpado. Começa uma corrida contra o tempo.

Remake: Sem saída (1987)

Na teia do destino (1949)
Direção: Max Ophüls

Após a morte acidental do amante indesejável de sua filha, Lucia Harper (Joan Bennett) esconde o corpo para proteger sua família. Após um tempo, o parceiro do morto (James Mason) aparece e começa a chantageá-la. O conforto e a segurança de seu mundo está em perigo, logo tudo começa a desmoronar.

Remake: Até o fim (2001)

Ninguém crê em mim (1949)
Direção: Ted Tetzlaff

Para evitar o calor de uma noite de verão sufocante em Manhattan, um menino de 9 anos decide dormir na escada de incêndio e testemunha um assassinato, mas ninguém vai acreditar nele.
Este filme foi rodado no final de 1947, mas foi engavetado pelo chefe da RKO, Howard Hughes, e lançado em 1949. 

➤Remake: Os heróis não têm idade (1984)

➤Com as horas contadas (1949)
Direção: Rudolph Maté

Frank Bigelow, um contador de Los Angeles, faz uma viagem de férias para São Francisco para relaxar por alguns dias, quando, por engano, toma uma poção letal para a qual não há antídoto. O médico faz o seu prognóstico: ele tem quarenta e oito horas de vida. Famoso filme noir de mistério e assassinato, em que a própria vítima tenta desesperadamente encontrar seu assassino.

Remake: Morto ao chegar (1988)

Sombras do mal (1950)
Direção: Jules Dassin

Harry Fabian está preparando um golpe que pode lhe garantir o futuro em Londres. Ele acabou de conhecer um dos mais famosos lutadores de luta-livre do mundo, e espera, com ele, alterar o resultado de algumas lutas para faturar alto com as apostas. O que Harry não sabe, no entanto, é que a grande mentira que está armando pode se transformar numa verdade muito perigosa.

Remake: Sombras do mal (1992)

Eu, o juri (1953)
Direção: Harry Essex

O detetive Mike Hammer está determinado a capturar e matar a pessoa que atirou em seu amigo, então ele segue pistas que o levam a uma mulher linda e sedutora.
Filmado originalmente em 3D; mas, no momento em que foi lançado, o 3D estava em decadência, e optaram por passá-lo na versão 2D padrão.

Remake: Eu sou a lei (1982)

Amor, prelúdio de morte (1956)
Direção: Gerd Oswald

Bud Corliss (Robert Wagner) é um jovem universitário que tem o desejo de ascender socialmente. Quando descobre que sua namorada Dorothy (Joanne Woodward) está grávida, temendo que isso seja um atraso de vida, ele não mede escrúpulos para resolver o problema

Remake: Um beijo antes de morrer (1991)



A Versátil lançou  “Filme Noir Vol. 17”, caixa em luva reforçada com 3 DVDs que reúne 6 clássicos do gênero, sendo quatro filmes noir coloridos, incluindo as inéditas versões restauradas de “Amar Foi Minha Ruína” e “Um Sábado Violento”. Quase três horas de extras, incluindo “O Forasteiro da Noite” (1944), raro filme noir do mestre Anthony Mann (“Entre Dois Fogos”). Edição Limitada com 6 cards.

Filme Noir Vol. 17 - Edição Limitada Com 6 Cards 
(Caixa com 3 DVDs)

Disco 1

☛AMAR FOI MINHA RUÍNA
(Leave Her to Heaven, 1946, 100 min.)
De John M. Stahl. Com Gene Tierney, Cornel Wilde, Jeanne Crain.

Um escritor se apaixona por uma jovem socialite e logo eles se casam. Mas o obsessivo amor dela por ele será uma ameaça... Magnífico melodrama psicológico noir de John M. Stahl (“Imitação da Vida”), com deslumbrante fotografia em cores.

☛AMOR, PRELÚDIO DE MORTE
(A Kiss Before Dying, 1956, 95 min.)
De Gerd Oswald. Com Robert Wagner, Jeffrey Hunter, Virginia Leith.

Universitário sem escrúpulos, ao descobrir que a namorada está grávida, decide matá-la para poder se casar com uma rica herdeira. Baseado em romance de Ira Levin (“O Bebê de Rosemary”), este é um belo filme noir colorido em CinemaScope.


Disco 2

☛UM SÁBADO VIOLENTO
(Violent Saturday, 1955, 90 min.)
De Richard Fleischer. Com Victor Mature, Richard Egan, Stephen McNally.

Em um sábado, uma quadrilha de ladrões executa um violento assalto a um banco de uma pequena cidade do estado do Arizona. Com direção magistral do mestre Richard Fleischer (“No Mundo de 2020”), este é um dos grandes filmes noir dos anos 50.

☛O CERCO
(Trapped, 1949, 80 min.)
De Richard Fleischer. Com Llyod Bridges, Barbara Payton, John Hoyt.

Um agente do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos investiga uma perigosa quadrilha de estelionatários, sem desconfiar que há um traidor no seu departamento. Eficiente filme noir do início da carreira de Fleischer.

Disco 3

☛RASTROS DO INFERNO
(Inferno, 1953, 83 min.)
De Roy Ward Baker. Com Robert Ryan, Rhonda Fleming, William Lundigan.

Após quebrar a perna em um passeio, milionário é abandonado no meio do deserto pela pérfida esposa e seu ganancioso amante. Lançado originalmente em 3-D, este excelente filme noir tem belíssima fotografia em cores de Lucien Ballard.

☛QUANDO A NOITE DESCE
(The Sleeping City, 1950, 86 min.)
De George Sherman. Com Richard Conte, Coleen Gray, Richard Taber.

Em Nova York, o assassinato de um residente no Hospital Bellevue faz a polícia enviar um investigador infiltrado para resolver o crime. Ótimo filme noir “B” com um dos maiores ícones do gênero: o astro Richard Conte (“Império do Crime”).

”Versátil

Informações sobre a edição:

Títulos em português: Amar Foi Minha Ruína, Amor, Prelúdio de Morte, Um Sábado Violento, O Cerco, Rastros do Inferno, Quando a Noite Desce, O Forasteiro da Noite
Títulos originais: Leave her to Heaven, A Kiss Before Dying, Violent Saturday, Trapped, Inferno, The Sleeeping City, Strangers in the Night
País de produção: Estados Unidos
Ano de produção: 1944-1956
Gênero: Policial
Direção: John M. Stahl, Gerd Oswald, Richard Fleischer, Roy Ward Baker, George Sherman, Anthony Mann
Elenco: Gene Tierney, Cornel Wilde, Jeanne Crain, Robert Wagner, Jeffrey Hunter, Virginia Leith, Victor Mature, Richard Egan, Stephen McNally, Llyod Bridges, Barbara Payton, John Hoyt, Robert Ryan, Rhonda Fleming, William Lundigan, Richard Conte, Coleen Gray, Richard Taber, William Terry, Virginia Grey, Helene Thimig
Idioma: Inglês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Fullscreen 1.33:1, Widescreen Anamórfico 2.35:1
Tempo de duração: 590 min.
Região: 4
Colorido, Preto e Branco
Faixa etária: 14 anos

Extras: 

Filme “O Forasteiro da Noite” (Strangers in the Night, 1944, 56 min.), de Anthony Mann, Especiais sobre os filmes e trailers (109 min.)


Tecnologia do Blogger.