13 CURIOSIDADES SOBRE O ATOR SEAN CONNERY

sean-connery-13-curiosidades

Sean Connery foi um dos maiores atores do cinema. É imortal, ainda que a pessoa tenha nos deixado em 31 de outubro de 2020, seus papéis estão ao nosso alcance para matar as saudades sempre que quisermos. 

Se como ator, era gigante, a pessoa tinha suas falhas, assim como todos nós. O ator fez grandes papéis no cinema, mas dentre seus últimos trabalhos estão Vingadores (que foi tão ruim que nem ele gostou do resultado) e Liga extraordinária (que ele achou horrível e mal pode acreditar que tanto dinheiro estivesse envolvido em um empreendimento tão fraco). Este último, foi determinante para sua aposentadoria, já que ele não gostou dos rumos que sua carreira estava tomando. 

Com isto, Connery deixou de fazer parte de grandes obras do cinema como Matrix (ele seria o arquiteto) e Senhor dos anéis (como Gandalf). Ele foi honesto e não entendeu o conceito dos filmes. Nem mesmo o papel pensado para homenageá-lo em Skyfall o tirou da aposentadoria. 

Curiosamente, Matrix não foi compreendido por Will Smith (que seria Neo), Jet Li (Serafim) e Connery (Arquiteto). Considerando que Smith foi fazer "Loucas aventuras de James West", Connery deu atenção á Liga extraordinária e Li, "Contra o Tempo", podemos dizer que Matrix foi uma obra, definitivamente, de difícil compreensão. Mas tenho certeza que entenderam bem depois. 

Hoje vamos conhecer 13 curiosidades sobre sua carreira e vida pessoal. Confira:

1) Bodybuilder

Connery ingressou em uma academia e, a partir de 1951, aos 21 anos, começou a treinar regularmente com um ex-instrutor de ginástica da Marinha Britânica. Em 1953, ele entrou no concurso Mr. Universe, terminando em terceiro em sua faixa. Mas acabou chamando a atenção de um diretor de elenco local.

2) Malboro man

Seu charme ao manusear um cigarro em "007 contra Goldfinger" era mais que apenas o talento do ator. Ele começou a fumar quando tinha nove anos. E tanto ele quanto o pai tiveram problemas de câncer na garganta. 

3) Trabalhador esforçado

Sean Connery era, acima de tudo, um homem. Trabalhador, que corria atrás dos seus sonhos. Antes da fama ele foi polidor de caixões, salva-vidas, pedreiro e até  entregador de leite. Ele ingressou na Marinha Mercante ainda adolescente, mas úlceras estomacais o forçaram a sair. Ele recebeu uma pensão por invalidez por um período depois disso. Após seu serviço na Marinha, ele trabalhou como modelo nu para estudantes de arte de Edimburgo.

4) Eu sou James Bond

Improvisação é bastante comum no mundo artístico. No cinema, algumas falas icônicas são totalmente improvidas. Basta lembra a antológica cena de Taxi Driver, em que Robert de Niro diz "Are you talkin to me?". Marcou o cinema de forma espontânea. Da mesma forma surgiu "Bond. James Bond" em Dr. No (1962). Depois de descobrir que a linha de introdução inicial era "I am James Bond", que soava simples demais e sem o menor charme,  Connery  incluiu a pausa famosa, modificando pouco, mas tudo !!!

5) Kojak

Connery começou a perder o cabelo aos 17 anos. Ele usou peruca em seus filmes a partir de 007 Contra Goldfinger (1964). Antes disso, várias técnicas foram usadas para aproveitar ao máximo o cabelo que ele ainda tinha. Algumas perucas são perfeitas, como a usada no filme Caçada ao outubro vermelho e A rocha. Outras deixaram a desejar, como em Diamantes são eternos.

6) Johnny, o gângster

Johnny Stompanato foi um gangster nos EUA e amante de Lana Turner. Quando ele apareceu no set de "Vítima de uma Paixão" para ameaçar Lana, Connery, que era seu parceiro de cena,  entrou em uma briga com o durão do submundo, que foi forçado a ir embora. 

Ele  assassinado em 1958 com uma faca de cozinha por Cheryl Crane, filha de Lana Turner, que acusou Stompanato de atacar a mãe. Mesmo esse caso tendo sido um dos grandes escândalos de Hollywood, Cheryl enfatiza em sua autobiografia que tinha muito orgulho em ter matado Stompanato para defender a mãe. Na época em que Stompanato foi morto, Lana Turner era constantemente agredida por ele e ameaçada de ter seu rosto desfigurado caso ela deixasse de o sustentar. Cheryl foi absolvida pelo crime.

7) Sha Ka Ree

Sha Ka Ree era um local na mitologia vulcana pagã de onde se dizia que toda a criação se originou, e as perguntas do homem sobre a vida e a existência podiam ser respondidas. Dizia-se que estava localizado no núcleo galáctico.

Ouvimos uma situação ao local em "Jornada nas estrelas V: A fronteira final" e o nome Sha Ka Ree é uma homenagem a quem? Sean Connery. Observe que o nome do ator e Sha Ka Ree são parônimas (significado diferente e som muito parecido).

➤Teoria minha: No filme Indiana Jones e o templo da perdição, as pedras que Indy buscava se chamavam Sankara. Reparem como é parecida com a palavra acima. E no filme seguinte do personagem fomos apresentados ao pai de Indy, vivido por ninguém menos que Sean Connery. 

O diretor Steven Spielberg é fã do James Bond e queria ter dirigido um na década de 80. Por tanto, deduzi que o nome da pedra é uma referência a Sean, assim como em Jornada nas estrelas V.

8) Tatoos

Ele tem duas pequenas tatuagens no braço direito. Um diz "Escócia para sempre” e o outro "mamãe e papai". Ele as fez quando se alistou na Marinha Real aos 16 anos.

9) Machista?

Ele causou alvoroço em uma entrevista em dezembro de 1987 com Barbara Walters, na qual disse que não havia problema em bater em uma mulher se ela merecesse ou precisasse para mantê-la na linha. Ele havia dito coisas semelhantes em uma entrevista de novembro de 1965 para a revista Playboy.

10) Nico: acima da lei

Steven Seagal foi contratado como coreógrafo de lutas no último filme de Connery como James Bond, Nunca mais outra vez, de 1983. A estrela de ação foi encarregada de ajudar Connery com as sequências de artes marciais do filme.

De acordo com Connery, que fez Karate Kyokushin previamente,  "ficou um pouco arrogante" durante o treino e Seagal não gostou. Connery achava que sabia que estava fazendo e em um lance, Seagal quebrou o pulso de Connery, que só percebeu tempos depois. 

Mas ainda que seja um episódio infeliz, Connery só elogiou Seagal, dizendo que ele sabia tudo do ofício. 

11) Yat Malmgren

Yat foi um famoso dançarino sueco, que em 1954, após uma lesão grave, ele foi forçado a se aposentar como dançarino e começou a dar aulas. Connery teve aulas de dança por 11 anos. 

12) Craque da bola

Connery quase foi jogador de futebol de nada mais nada menos do que o Manchester United. Ele começou a jogar partidas por times amadores na Escócia, como o Bonnyrigg Rose. Foi como jogador amador que o lendário Matt Busby o conheceu. Foi como jogador amador que o lendário Matt Busby o conheceu. Também nascido na Escócia, o treinador havia jogado pelo United de 1928 até 1936 e virou técnico do clube após a Segunda Guerra Mundial. Ele tentou levar Sean Connery ao vê-lo se exibir em um amistoso de amadores em Manchester. Busby foi até Connery e ofereceu um contrato de 25 libras esterlinas por semana para ator jogar pelo United.

(Fonte: Espn)

13) Problemas de saúde

Connery partiu em 31 de outubro de 2020 e sofria por demência. Isto resultou na perda de diversas capacidades. Ele sofria a um tempo já e quando estava ainda lúcido, desejava partir sem causar problemas, e assim ele partiu: durante o sono. 

Mas seus problemas de saúde não se resumiram a este, que inclusive o levou. Mas outros o enfraqueceram ao longo dos anos. Ele fez radioterapia para tratar um câncer na garganta em 1993. 

Em uma entrevista de fevereiro de 1995 para a Entertainment Weekly, Connery disse que o tratamento consistia em remover tumores benignos de suas cordas vocais depois que ele perdeu a voz durante as filmagens de Sol Nascente (1993). Detalhe que seu pai, Joseph Connery, morreu de câncer na garganta aos 69 anos em agosto de 1972.

Anos depois, ele foi submetido a uma cirurgia em um hospital de Nova York para remover um tumor de seu rim em janeiro de 2006. O irmão de Connery, Neil, disse: "Pelo que sou levado a acreditar que o tumor era benigno. Ele parece estar bastante otimista com isso."



Tecnologia do Blogger.