WISHMASTER: O MESTRE DOS DESEJOS (1997) - FILM REVIEW

wishmaster-film-review

O cinema Slasher oitentista se reproduziu, gerando uma característica curiosa em seus descendentes: o culto a personagens icônicos aumentava na mesma proporção que a qualidade dos filmes diminuía. 

Grandes ícones como Jason, Freddy, Meyers protagonizaram inúmeras continuações, mas seus filmes perdiam impacto com os anos devido principalmente à pouco investimento em bons roteiros, bons atores e direções melhores. E mesmo assim, estes personagens sobressaiam. 

Mas estes grandes personagens surgiram, basicamente, no final dos anos 70, início dos 80. No máximo, apareceram alguns no final desta década, como Chucky. Um nome se destacou, não só neste período, como na retomada dele nos anos 90: Wes Craven. Ele ousou em O Novo Pesadelo: O Retorno de Freddy Krueger de 1994, reinventando o próprio personagem de forma genial, dando origem a um dos melhores filmes da série A hora do pesadelo. Em 1995, subverteu o subgênero ao inventivo Pânico, criando um dos mais icônicos personagens desta nova geração Slasher: Ghostface.

wishmaster

Em 1997, mais uma vez, acertou em cheio com um personagem que chegou no cinema para ficar: Wishmaster. Mas desta vez ele produziu, sob a direção de Robert Kurtzman (que tive o prazer de entrevistar). Assim com Robert Englund em A hora do pesadelo, Andrew Divoff faz o inesquecível personagem que atende os desejos de uma forma não muito satisfatória para os humanos.

Na trama, que tem seu início em 1127 na Pérsia, mostra eventos que precedem a prisão do gênio do mal em um diamante. Um salto no tempo acontece, transportando a trama para os dias atuais. O Djinn foi acordado do seu sono milenar. Para recuperar o seu reinado de terror, tudo o que Djinn precisa é convencer Alex, a jovem que acidentalmente o despertou, a fazer três pedidos. 

wishmaster

Mas ela percebe rapidamente, quando faz a Djinn um pedido, que os seus sonhos maus se tornam realidade. É apenas o início de pesadelos horríveis. Ela agora precisa enfrentar a terrível criatura, que está a transformar o planeta em um verdadeiro inferno... descobrir o único desejo que pode libertar a humanidade.

O filme ainda tem um desfile de referências ao subgênero. Robert Englund, citado acima, faz uma ponta. O narrador é ninguém menos que Angus Scrimm, da saga Fantasma. Kane Hodder, o Jason Voorhees, dá as caras assim como Tony Todd, o eterno Candyman. Joseph Pilato, o ator de Dia dos mortos, também faz uma pequena participação assim com Reggie Bannister, o Reggie da saga Fantasma.  

wishmaster

Outro que trabalhou em vários filmes marcantes de horror também aparece na tela, o ator George 'Buck' Flower, de Bruma assassina, Mestre dos Brinquedos, Fuga de Nova York, Eles vivem e Maniac cop.  O maquiador Tom Savini (que também entrevistei) aparece em uma participação especial como cliente na farmácia quando o personagem de Reggie Bannister morre.

Curioso como as referências ao cinema de horror e ficção não param por ai, e mesmo assim, não desviam sua atenção da trama.  Eu particularmente fiquei em êxtase com a estátua do Pazuzu de Exorcista mostrada numa cena com Robert Englund. Até Ted Raimi, irmão de Sam, que atuou em Morte do demônio (81), Shocker (a única tentativa frustrada de Craven criar um novo personagem para o subgênero) e Darkman.

wishmaster

Outro nome que marca presença é Chris Lemmon , filho de Jack Lemmon e que trabalhou no filmaço "Pouco antes do amanhecer" de 1981, dirigido por  Jeff Lieberman (produção que deu origem a uma vertente do subgênero: a de jovens que se perdem numa floresta e são atacados por pessoas deformadas. O mais conhecido é Pânico na floresta).

Mas a cena inicial é um deleite para os fãs do cinema do gênero. Vou citar algumas referências que encontrei: Um encantamento dito para aprisionar o gênio e o mesmo do mito  Cthulhu, de  H. P. Lovecraft; Sam Raimi é fã do mestre Ray Harryhausen e faz referências em diversos filmes que ele dirige e produz. E como o irmão dele, que também é fã, trabalha no filme, colocaram uma referência a Jasão e os Argonautas, com um esqueleto bem similar; Há uma referência explícita ao Alien, de Ridley Scott, da famosa cena em que o mostro sai da barriga do personagem de John Hurt; E para finalizar, uma rápida, porém inesquecível cena mostra os zumbis cegos da tetralogia dirigida por Amando de Ossorio.

wishmaster

O roteirista Peter Atkins, também conhecido por seu trabalho nos filmes Hellraiser , intencionalmente colocou alguns sobrenomes de personagens do filme (Beaumont, Finney, Etchison, Clegg, Derleth, Merritt e Aickman) coincidirem com os nomes de roteiristas de terror e ficção de fantasia. Josh Aickman (interpretado por Tony Crane) explica a Alexandra Amberson (interpretada por Tammy Lauren) que ele não pode testar a opala imediatamente porque ele tem que fazer obrigações para o Professor Leiber primeiro.  Este professor não aparece no filme e não está listado nos créditos, mas é uma referência ao escritor de terror, fantasia e ficção científica Fritz Leiber.

Em outro momento, quando a personagem principal está no inferno do Wishmaster, cenas podem ser vistas bem similares às da saga Hellraiser, cujo roteirista, como dito, é o mesmo. 

wishmaster

O diretor Robert Kurtzman, que trabalha na área de efeitos especiais e maquiagem, se arriscou poucas vezes na direção. Dos 5 trabalhos que fez, Mestres dos desejos é de longe o melhor. Aparentemente, sua vocação era mesmo para criar monstros que povoam nosso imaginário. Alguns dos últimos trabalhos em sua área foram A Maldição da Residência Hill (série da Netflix), Ma (com a Octavia Spencer) e Doutor Sono, continuação de "O iluminado”. Mas que bom que ele deu uma pausa para imortalizar o Wishmaster como um das grandes figuras do horror "Anos 90".

Imperdível... e ainda vale mais a pena ainda pela caça a eater eggs (encontrei um de London after Midnight no apagar das luzes e que não vi citada em lugar nenhum), que pode ser bastante divertida para os aficionados. 

Boa diversão.

wishmaster

A One Movies/Dark Flix lançou mais um clássico do horror dos anos 90, com uma qualidade especial para p formato, além de vários itens de colecionador.

WISHMASTER (DVD - ULTRA ENCODER)

Veja abaixo detalhes da linda edição.

Disco 1

(DVD ULTRA Encoder) - FILME
Áudio: Inglês 2.0 Dolby Digital Surround   
Dublagem: Português  2.0 Dolby Digital Estéreo – Legendas: Português
Formato de Tela: 1.78:1 – 90 minutos – 16 anos

Disco 2 - EXTRAS

 Comentários Em Áudio De Robert Kurtzman E Peter Atkins - *Minidocumentários: “Fora Da Garrafa (Out Of The Bottle, 22 Minutos)”, “As Palavras Mágicas (The Magic Words, 14 Minutos)”, “O Djinn E Alexandra (The Djinn And The Alexandra, 26 Minutos)”, “Visões Captadas (Captured Visions, 13 Minutos)”, “Lista De Desejos (Wish List, 12 Minutos)” - *Video Footage, 12 Minutos *Documentário Vintage: “Making Of O Mestre Dos Desejos (Making Of Wishmaster, 25 Minutos)” - *Galeria De Trailers: Trailers, Spots, Galerias: Teaser Trailer, Trailer De Cinema, 5 Minutos, *Spots De Rádio E TV, 2 Minutos - *Storyboard & Still Galleries, 8 Minutos - *Galeria De Fotos De Bastidores, 7 Minutos.



⇰ Informações técnicas da edição:

Áudio: Inglês 2.0 Dolby Digital Surround  - Dublagem: Português  2.0 Dolby Digital Estéreo – Legendas: Português - Formato de Tela: 1.78:1 – 90 minutos – 16 anos

⇰ Acompanha a: DVD ULTRA Encoder (Filme) + DVD (Extras) + CD (Album Duplo MiniLP) Trilha Sonora + Card + Pôster

⇰ Embalagem: Box Amaray Duplo + Capa impressa em couche 150 gramas frente e verso + Envelope CD + Luva em cartão 350 gramas empastado + verniz.

wishmaster



Tecnologia do Blogger.