THIAGO AMORA - RESPONDE ÀS 7 PERGUNTAS CAPITAIS

thiago-amora-7

Através das 7 perguntas capitais eu conheci o mundo, literalmente. Consegui conversar com pessoas que eu jamais imaginaria que seria possível. Foi um projeto de 100 entrevistas, mas que terminou, depois de vários anos de muito trabalho e persistência. Foi cansativo, mas valeu a pena.

Por isto resolvi iniciar um novo projeto, desta vez com menos entrevistas (50 no total) e com um formato um pouco diferente, mas mantendo a ideia de serem 7 perguntas. Eu sempre fazia uma introdução do (a) entrevistado (a), mas desta vez será diferente. Vão conhecê-lo (a) ou saber mais sobre ele (a) através da entrevista.

E hoje, com vocês o cinéfilo e CEO da Start Home Vídeo Thiago Amora.
Boa sessão:


1) É comum lembrarmos com carinho do início da nossa relação com o cinema. Os filmes ruins que nos marcaram, os cinemas frequentados (que hoje, provavelmente, estão fechados), as extintas locadoras de VHS que faziam parte do nosso cotidiano.   Você é um apaixonado por cinema? Conte-nos um pouco de como é sua relação com a 7ª arte.

T.A.: Desde criança amava cinema, e principalmente entrar em uma locadora de vídeo. Anos atrás o acesso a filmes na internet não era como é hoje, então as referencias de filmes e suas continuações você só saberia ao entrar no paraíso que era uma locadora de filmes. Lembro a sensação fabulosa ao ver uma vídeo locadora, grande de dois andares, ou uma pequena num bairro isolado. Eu rodava Curitiba, minha cidade natal, tinha várias, e ao entrar em uma eu me perdia naquele mundo, era a melhor sensação da vida. E á partir disso minha paixão por cinema só aumentava, principalmente para o gênero do terror. Meu preferido. Quando cheguei aos meus 15 anos, comecei a colecionar filmes de terror em VHS, os quais tenho até hoje, e uma lembrança tão boa da minha vida que guardo com muito carinho.


2) Muitos adoram fazer listas de filmes preferidos. Outros julgam que é uma lista fluida. Para não te fazer enumerar vários filmes, nos diga  qual o filme mais importante da sua vida.  
E há uma razão para a produção que citar ser destacada?

T.A.: Puxa que pergunta difícil!! Há vários que marcaram minha vida, um deles, que por incrível que pareça não é terror (risos). É Labirinto - a Magia do Tempo. Aquela dublagem maravilhosa lançada pela Mundial Filmes em VHS é incrivelmente nostálgica. Eu e meu irmão adorávamos ver esse filme. Acredito que foi um bom momento da minha infância.


3) Você faz um trabalho esplendoroso na Start Home Vídeo. O mercado de dvds e blurays se encontra numa total decadência, sendo que alguns filmes básicos não tem sido lançados em bluray ou nem mesmo em dvd. Posso citar inúmeros e absurdos casos, como "Até o último homem" e "Hereditário", que não foram lançados em nenhuma mídia, ou 12 anos de escravidão, O abutre e Os imperdoáveis, que só saíram em DVD. E você esta suprindo esta lacuna deixada pelas distribuidoras. O que te motivou a fazer este trabalho?  

T.A.: Obrigado pelo elogio. Fico contente que aprecie meu trabalho. Então minha maior motivação foi ver vários filmes lançados la fora (principalmente de terror) em edições lindas, e aqui, jamais. Mesmo na época do auge dos Dvd’s muitos filmes nem se quer chegaram a esse formato. E agora, filmes importantes, inclusive como você citou, tem seus lançamentos somente nos cinemas e em mídia física é pura extinção. Acho uma total falta de respeito, por que existem muitos colecionadores no Brasil, e as produtoras estão visando no momento o streaming. Vejo pelo meu trabalho, o quanto há pessoas interessadas na mídia física.


Infelizmente, tem pessoas que acham que meu trabalho é um prejudicial a produtoras, e chamam de falsificação etc... Eu não vejo por esse lado, falsificação e duplicação do produto, seria como se eu clonasse um filme lançado diretamente de um lançamento nacional em mídia física, e meu trabalho é totalmente fora desse contexto. Mas cada um age de uma forma. Tanto que á partir do momento que algum filme tem seu lançamento oficial em mídia física, eu retiro o meu do catalogo de vendas. Mas mesmo assim minha motivação continua pela paixão e amor que tenho por fazer desde a capa do filme até sua finalização.


4) Cinéfilos fazem suas maluquices, gerando ao longo do tempo histórias interessantes, curiosas e às vezes engraçadas. Imagino que você tenha suas pérolas. Lembra de alguma história legal que tenha acontecido?

T.A.: Puxa vida, não tenho nenhuma história assim que marque algo engraçado. Um coisa só que a maioria tem em comum: o desespero para a finalização do produto ou que eu despache logo aos correios (risos), tem clientes que recebo mensagem todos os dias a vários minutos.


5) Se pudesse, por um dia, ser um diretor(a) dos (as) mais famosos (as) do cinema, e através deste dia, ver pelos olhos dele (a), uma obra prima sendo realizada, qual seria o diretor (a) e o filme? E claro...porquê?

T.A.: Tem tantos filmes que considero obra-prima que nem sei como responder sua pergunta (risos). Mas citando uma obra inesquecível, recente, acho que Sam Raimi fez em "Arraste-me para o inferno" um trash movie atual e super divertido, que adoraria ter visto com seus olhos esse filme!


6) Imagino que seja um colecionador de filmes. Dos objetos que possui, há algum que precisou fazer alguma loucura para possuir?

T.A.: Já sim, algumas histórias (risos), na época que colecionava fitas, que ainda existiam algumas locadoras de vídeo por ai.... Eu ia para Porto Alegre, São Paulo atrás dos filmes, às vezes fazia somente bate a volta. Era um cansaço sem fim. E uma vez, eu tinha uma luva do Freddy Krueger, do primeiro filme, linda, tinha ganhado mas estava louco pelo dvd do filme O Ataque dos vermes malditos, lançado por aqui em 2001, é um produto bem difícil de achar, e hoje tem gente vendendo o filme por 300 reais ou mais... e acabei trocando essa luva, pelo dvd do filme (risos).

M.V.: Ataque dos vermes malditos é um dos filmes que mais assisto, até hoje (tenho em dvd, bluray, vhs e laserdisc), que inclusive esta na Netflix. Curioso como aquele filme B cativou os cinéfilos na época.


7) Para finalizar, deixe uma frase famosa do cinema que te represente.

T.A.: Bem-vindo ao horário nobre, Perua! Freddy Krueger em A hora do pesadelo 3

M.V.: Obrigado amigo. Sucesso com a Start Home Vídeo.


Tecnologia do Blogger.