13 CURIOSIDADES SOBRE O FILME "EXPRESSO PARA O INFERNO (1985)"

runaway-train

O cinema explorou o tema "Trem desgovernado" poucas vezes no cinema, porém tão marcantes, que fazem parecer recorrentes. Hoje vamos falar sobre 13 curiosidades do filme mais popular e premiado: Expresso para o inferno.

Na trama,  dois prisioneiros, Manny (Jon Voight) e Buck (Eric Roberts), depois de meses de planejamento, conseguem fugir de uma penitenciária de segurança máxima localizada no Alasca. Para fugir dali, eles embarcam em um trem cargueiro. O que eles não sabiam é que o condutor tinha acabado de morrer, vítima de um ataque cardíaco. A única pessoa à bordo é Sara (Rebecca De Mornay), uma empregada da ferrovia. Enquanto isso, uma desgraça se aproxima, pois o trem segue desgovernado, montanha à baixo.

Leia as curiosidades:

1) Danny Trejo estava visitando um amigo que trabalhava como assistente de produção no set quando lhe foi oferecido uma ponta. Edward Bunker reconheceu Trejo porque eles cumpriram pena juntos na prisão estadual de San Quentin. Bunker ajudou Trejo a ser contratado como treinador de boxe de Eric Roberts. O diretor Andrey Konchalovskiy ficou tão impressionado com Trejo que lhe deu um pequeno papel Foi a estreia não só de Danny, como Tommy 'Tiny' Lister , que se tornaram atores especializados em interpretar personagens "durões".


2) Ao se preparar para o papel de Manny, Jon Voight passou algum tempo com prisioneiros na prisão de San Quentin. Ele permaneceu em contato com alguns deles por anos depois. Eric Roberts substituiu Tom Berenger, que desistiu  para filmar Platoon (1986).


3) Eric Roberts trabalhou por vários meses antes das filmagens para ganhar trinta quilos de músculo. Roberts disse que a caracterização de Buck foi fácil para ele, pois ele cresceu em um bairro do Mississípi cheio de ex-presidiários. Originalmente, o personagem interpretado por Jon Voight era um assassino condenado, mas o escritor e ex-presidiário Edward Bunker o mudou o delito porque ele sentiu que os outros prisioneiros não respeitariam um assassino.


4) Jon Voight e Eric Roberts foram indicados ao Oscar por atuar em 1986, como Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante, respectivamente, mas ambos não conseguiram vencer, perdendo para William Hurt em "O Beijo da Mulher-Aranha (1985)" e Don Ameche em Cocoon (1985), respectivamente. Além disto, foi o único filme daquele ano indicado para Melhor Filme de Drama no Globo de Ouro, e não Melhor Filme no Oscar.


5) Jon Voight e Danny Trejo apareceram em Fogo Contra Fogo (1995) e Anaconda (1997). Já com Roberts, Voight trabalhou em Procurado (1997). Para quem não sabe, Voight é pai de Angelina Jolie. Já Roberts é irmão de Julia Roberts e pai de Emma Roberts.


6) Akira Kurosawa se juntou a Joseph E. Levine para produzir o filme em 1965. Seria o primeiro dos quatro filmes que eles fariam juntos, mas nenhum se materializou. Akira co-escreveu o roteiro original e planejava dirigi-lo. O projeto foi cancelado porque as tempestades de neve eram tão fortes que sua equipe não pôde dar continuidade. Por anos tentaram, mas imprevistos sempre ocorriam, ou os mesmos estavam envolvidos em outros projetos. Curiosamente, anos depois, o diretor que assumiu o cargo foi Andrey Konchalovskiy.  Como podemos notar, ele e Akira compartilham as mesmas iniciais: "AK.


7) O roteiro original de Akira Kurosawa foi inspirado em um incidente real, quando uma locomotiva deixada sem assistência supostamente acelerou e decolou na linha principal.. Akira originalmente planejava escalar Henry Fonda como o ferroviário e Peter Falk como o condenado em fuga.

8) Marlon Brando elogiou Expresso para o Inferno (1985) em sua autobiografia e disse que, de certa forma, se identificava com o personagem de Jon Voight.


9) A Alaska Railroad Corporation (ARRC) impôs algumas restrições rígidas à produção do filme. Em primeiro lugar, o nome e o logotipo da empresa não puderam ser exibidos em nenhum equipamento. A expressão "A&E Northern" substituiu a sinalização da Alaska Road. Em segundo lugar a produtora tomou precauções extras para garantir a segurança da equipe. Nenhuma cena foi filmada sem que todos estivessem firmemente equipados ou presos ao trem em movimento. Eles até contrataram alpinistas treinados para garantir que todos que trabalharam no trem estava devidamente amarrado. 


10) O filme é dedicado à memória de Richard Holley. O piloto de helicóptero Rick Holley morreu em um acidente durante as filmagens. Seu “helicóptero atingiu uma linha de energia no canyon ao norte da seção do túnel”. Isso ocorreu em 9 de março de 1985 e foi listado como "acidente de helicóptero a caminho do local de filmagem no Alasca".


11) Réplicas das quatro locomotivas foram construídas no auditório Pan Pacific de Hollywood para filmar algumas cenas, sobrepostas às imagens da segunda unidade do Alasca. As réplicas estavam completas até todos os detalhes e rebites do interior. As junções podiam ser acopladas e desacopladas, e até os velocímetros funcionavam.


12)  A citação: “Nenhuma fera é tão cruel que não conheça algum toque de piedade. Mas eu não conheço nenhuma piedade, e portanto não sou uma fera” (No beast so fierce but knows some touch of pielty. But I know none, and therefore am no beast) é de "Richard III", de William Shakespeare. O roteirista Edward Bunker também usou "No Beast So Fierce" para o título de seu primeiro romance.


13) Muitos fãs e admiradores do filme acreditam que ele teria um desempenho muito melhor nas bilheterias se tivesse sido lançado por estúdios como a Orion Pictures ou a TriStar Pictures. Ele foi lançado pela Cannon. que já era considerado um estúdio de baixos orçamentos e soluções duvidosas para suas produções. Mesmo assim, Expresso para o inferno é tido com um dos melhores filmes da empresa.



A One Movies/Dark Flix lançou mais um volume da COLEÇÃO CANNON FILMS, que pode ser comprado clicando na imagem acima. 

COLEÇÃO CANNON FILMS - VOLUME 2

A Cannon Films iniciou suas atividades em Israel em 1967. Dirigida pelos sócios produtores Menahem Golan e Yoram Globus a companhia mudou-se para os Estados Unidos em 1979 e durante os anos 80, com a explosão do mercado de home-vídeo viveu seu apogeu após produzir uma série de filmes de baixo e médio orçamentos. Cannon tornou populares alguns artistas de filmes de ação como Jean-Claude Van Damme, Chuck Norris, Michael Dudikoff e Dolph Lundgren. Mas, outros astros já reconhecidos fizeram parte do cast da companhia. Nomes como Sylvester Stallone, Charles Bronson, Richard Chamberlain, Sylvia Kristel, Sharon Stone, Harrison Ford e Christopher Reeve fizeram filmes para Cannon. 

Veja abaixo detalhes da linda edição.


UM HERÓI E SEU TERROR Hero and The Terror, 1988, 96 minutos
Estrelando: Chuck Norris, Brynn Thayer, Billy Drago Direção: William Tannen

GARANTIA DE MORTE Death Warrant, 1990, 89 minutos
Estrelando: Jean-Claude Van Damme, Robert Guillaume, Cynthia Gibb Direção: Deran Sarafian

EXPRESSO PARA O INFERNO Runaway Train, 1985, 111 minutos
Estrelando: Jon Voight, Eric Roberts, Rebecca De Mornay Direção: Andrei Konchalovsky

STALLONE COBRA Cobra, 1986, 87 minutos
Estrelando: Sylvester Stallone, Brigitte Nielsen, Reni Santoni Direção: George P. Cosmatos

OS AVENTUREIROS DO FOGO Firewalker, 1985, 105 minutos
Estrelando: Chuck Norris, Louis Gossett Jr., Melody Anderson Direção: Andrei Konchalovsky

ASSASSINATO NOS ESTADOS UNIDOS Assassination, 1987, 88 minutos
Estrelando: Charles Bronson, Jill Ireland, Stephen Elliott Direção: Peter Hunt


⇰ Informações técnicas da edição:

576 minutos  – Colorido - Formato de Tela: 1.85:1 – Áudio Inglês/Português 2.0 Dolby Digital Estéreo – Legendas: Português

⇰ Acompanha a: 5 cards colecionáveis

⇰ Embalagem: Amaray box translúcido + luva em cartão 350 gramas empastado laminado com aplicação de verniz local.


Tecnologia do Blogger.