MERYL STREEP - 10 FILMES ESSENCIAIS

meryl-streep-10-filmes-essenciais

Meryl Streep entra em campo hoje nos 10 filmes essenciais, já demonstrando porque ela é a maior interprete da história do cinema. Sim, leu certo: interprete. Contando atores e atrizes. E sim, Meryl é maior que o mundo. Há 40 anos concorrendo a Oscares de melhor atriz ou coadjuvante. São 363 nomeações e 177 vitórias em prêmios diversos, segundo o IMDB. Como efeito comparativo, outro monstro sagrado da interpretação, Robert de Niro, tem 133 nomeações e 63 vitórias.  Só no Oscar, são 7 nomeações para ele, 21 para ela. Não há concorrência. 


Mary Louise Streep é destas que mudam sotaque a cada filme, se transformando completamente de um filme para o outro.  Ela aprofunda em cada personagem de forma única. Me lembro de um filme chamado Música do coração, em que ela aprende violino para o papel. Streep graduou-se em teatro dramático no renomado Vassar College em 1971, e após alguns experiências no palco, migrou para o cinema. 

Ela fez muitos personagens reais e por conta disto, são atuações muito mais trabalhosas por se tratarem de pessoas conhecidas. Mas por ser uma atriz tão única, vou deixar para o post de Curiosidades da Meryl, detalhes sobre sua carreira que são inacreditáveis. 

Por hora, fiquem com os 10 filmes essenciais de sua carreira. Quer dizer, 20...ou melhor, 25, já que 21 foram indicados ao Oscar e não dava para tirar nenhum né? E eles estão sinalizados como pode ver já no primeiro filme da lista. 

Boa sessão:

Direção: Michael Cimino

O filme narra a história de três amigos que trabalham numa siderúrgica de uma cidadezinha da Pensilvânia e se preparam para lutar na Guerra do Vietnã.Na noite antes da partida, Steven (John Savage) se casa e convida todo mundo para uma grande festa. Na manhã seguinte, os três bons amigos saem para caçar pela última vez na floresta que estão deixando. O tempo passa e os três se reencontram no Vietnã como prisioneiros de Guerra. Submetidos a extraordinárias torturas mentais, os amigos reagem de formas nunca imaginadas. De volta para casa, Michael (Robert de Niro) percebe que a guerra não afetou apenas sua vida, mas trouxe trágicas conseqüências para a vida de todos eles.

Direção: Robert Benton

O filme é um espetacular drama sobre os traumas do divórcio e as dificuldades entre trabalho e família. O jovem marido e pai Ted Kramer (Dustin Hoffman) ama sua família e seu trabalho, onde passa a maior parte do tempo, Tarde da noite, quando Ted retorna para casa depois do trabalho, a esposa Joanna (Meryl Streep) inicia uma discussão e acaba abandonando o marido e o filho de seis anos. Ted tem que aprender a ser pai enquanto enfrenta os problemas de sua estafante carreira. Justo quando ele se adapta a seu novo papel e passa a desfrutar sua condição de pai, Joanna retorna. E agora ela quer o filho de volta.

Direção: Karel Reisz

Dois atores fazem par romântico em um filme do século XIX que se passa na Inglaterra e que conta a história de Charles, um biólogo que está prestes a se casar, mas que acaba se apaixonando por Sarah. Depois de um curto, porém passional, caso de amor, Sarah atormentada por sua personalidade melancólica o abandona, o que destrói a vida de Charles. Enquanto filmam, Anna (Meryl Streep) e Mike (Jeremy Irons), os atores que interpretam os amantes da era vitoriana, também passam por um relacionamento que acontece paralelo ao do seus personagens.

Direção: Alan J. Pakula

Em 1947 Stingo (Peter MacNicol), um jovem aspirante a escritor vindo do sul, vai morar no Brooklyn na casa de Yetta Zimmerman (Rita Karin), que alugava quartos. Lá, conhece Sofia Zawistowska (Meryl Streep), sua vizinha do andar de cima, que é polonesa e fora prisioneira em um campo de concentração e Nathan Landau (Kevin Kline), seu namorado, um carismático judeu dono de um temperamento totalmente instável. Em pouco tempo, tornam-se muito amigos e passam a viver um triângulo amoroso. Mas Stingo não tem a menor idéia da insanidade de Nathan, nem dos terríveis e dolorosos segredos que Sofia esconde em seu passado...

Direção: Mike Nichols

Karen Silkwood (Meryl Streep) é uma dona de casa normal como qualquer outra, com seus filhos e dramas pessoais, e trabalha como metalúrgica em uma fábrica de peças para uma usina atômica. Ela vê que vários casos de abuso aos trabalhadores acontecem no local de trabalho, e então ela resolve denunciar. O que ela não esperava é que a usina atômica e o governo fossem ter a reação de querer esconder o que estava acontecendo. De uma simples funcionária até uma líder sindical, Karen sentirá que está com a vida ameaçada depois de tantas descobertas.

Direção: Sydney Pollack

Nos início do século XX Karen Blixen (Meryl Streep), rica dinamarquesa, vai morar em uma fazenda de café no Quênia com Bror Blixen-Finecke (Klaus Maria Brandauer), um barão com quem se casa por conveniência. Karen revela-se como administradora da propriedade e sua vida amorosa ganha mais emoção com a chegada de Denys Finch Hatton (Robert Redford), um aventureiro aristocrata inglês.

Direção: Mike Nichols

Em um casamento Rachel (Meryl Streep), uma escritora de matérias culinárias de Nova York, conhece um colunista de Washington, Mark (Jack Nicholson), e logo estão casados, apesar das reservas dela contra tal tipo de relação. Eles compram e remodelam uma casa, têm uma filha e ela pensa que tudo corre às mil maravilhas, até descobrir que Mark estava tendo um caso enquanto ela estava grávida pela segunda vez.

Direção: Héctor Babenco

Francis Phelan e Helen Archer são dois alcoólatras que vivem num mundo de fantasia para sobreviver às lembranças do passado: Francis vive com o trauma de ter sido o responsável pela morte do filho, ao deixá-lo cair no chão 22 anos antes, enquanto Helen vive a depressão de ter sido uma cantora e pianista cheia de glórias. Ao mesmo tempo, Francis precisa voltar à realidade, e conseguir um emprego para dar um pouco de conforto à companheira Helen, já muito doente e enfraquecida.

Direção: Fred Schepisi

No ano de 1980, no estado australiano de Queensland, um desaparecimento de um bebê choca a sociedade. Enquanto seus pais, que são da igreja adventista, estão acampando, uma espécie de cão selvagem leva o bebê embora. Com isso uma busca é iniciada, junto com outras pessoas que também estavam no acampamento, mas o corpo da criança nunca mais é achado. A intolerância religiosa e o estranhamento a alguns costumes dos adventistas faz com que a mídia crie diversos mitos em torno do que realmente aconteceu no dia do desaparecimento, e os pais acabam culpados por assassinato. Lyndi Chamberlain (Meryl Streep) e seu marido Michael Chamberlain (Sam Neill) terão que provar que são inocentes, mesmo todos estando contra eles.

Direção: Mike Nichols

O filme segue a vida de reabilitação pós-droga da atriz Suzanne Vale (Meryl Streep). A fim de obter um papel no cinema, Suzanne deve ter um “responsável” para supervisioná-la, o que exige que sua volta para a casa de sua mãe, Doris Mann (Shirley MacLaine), uma popular estrela da comédia musical dos anos 50 e 60. Juntas, essas duas mulheres díspares e vividamente desenhadas tentam estabelecer, talvez pela primeira vez, um contato genuíno entre si e encontrar o terreno comum que negligenciaram há anos. E ao longo de seu caminho, Suzanne também encontra uma série de homens que mudarão sua vida: Dennis Quaid como um sedutor produtor de Hollywood, Gene Hackman, como o diretor que dá a Suzanne uma segunda chance e Richard Dreyfuss como um doce e castigado médico.

Direção: Albert Brooks

Daniel Miller (Albert Brooks) ao dirigir pelas ruas de Los Angeles bate em um ônibus, o que provoca um acidente fatal. Ele vai então para o céu, e começa a viver uma vida parecida com a da Terra, as vezes até melhor. Lá ele conhece Julia (Meryl Streep), uma encantadora mulher, que o faz não querer voltar ao mundo dos vivos de jeito nenhum. Só que para conseguir ficar nesse "pós-vida", ele é obrigado a passar por um julgamento, onde terá que provar que encarou seus medos na terra e que teve coragem. Caso Daniel não consiga, ele terá que voltar e começar tudo de novo, e sem a Julia.

Direção: Clint Eastwood

O filme passa-se em 1965. Relata a história de uma solitária dona de casa italiana residente no Iowa, que se tinha casado com um soldado estado-unidense e emigrado para os Estados Unidos. Enquanto o seu marido e filhos se encontram fora, na feira do Estado de Illinois, conhece e enamora-se de um fotógrafo, Robert Kincaid (Clint Eastwood), que chegou ao condado de Madison (Iowa) para realizar uma série fotográfica sobre as pontes cobertas da zona para a National Geographic. Os quatro dias que passam juntos são para ela uma viagem fundamental na sua vida pela relação extramatrimonial que mantém com Robert, história que escreve no seu diário. A história é contada em flashbacks. Após a morte de Francesca (Meryl Streep), seus filhos descobrem um manuscrito que revela essa passagem de sua vida.

Direção: Carl Franklin

Narrado quase todo em flashback, retrata os últimos meses da vida de Kate Gulden (Meryl Streep), que está morrendo de câncer. George Gulden (William Hurt), o marido e escritor frustrado, alegando que não pode cuidar da esposa por ter uma vida profissional intensa pressiona Ellen Gulden (Renée Zellweger), a filha, para largar seu emprego de jornalista em Nova York e sua vida particular para cuidar da mãe. Ellen concorda a contragosto, pois além de prejudicar sua carreira se vê em um contexto social totalmente estranho.

Direção: Wes Craven

Quando o marido de Roberta a deixou por uma amiga da família, ela abandonou a segurança de sua pequena cidade e se mudou para o East Harlem com um objetivo: dar à crianças esperança, orgulho e poder para fazer algo por elas mesmas da forma mais improvável - através de cinquenta violinos. Após dez anos de ensino, a escola decide cancelar suas aulas. Apoiada por seus amigos e pela comunidade local, ela decide lutar para manter o curso em funcionamento.

Direção: Stephen Daldry

Em três períodos diferentes vivem três mulheres ligadas ao livro "Mrs. Dalloway". Em 1923 vive Virginia Woolf (Nicole Kidman), autora do livro, que enfrenta uma crise de depressão e idéias de suicídio. Em 1949 vive Laura Brown (Julianne Moore), uma dona de casa grávida que mora em Los Angeles, planeja uma festa de aniversário para o marido e não consegue parar de ler o livro. Nos dias atuais vive Clarissa Vaughn (Meryl Streep), uma editora de livros que vive em Nova York e dá uma festa para Richard (Ed Harris), escritor que fora seu amante no passado e hoje está com Aids e morrendo.

Direção: Spike Jonze

Charlie Kaufman (Nicolas Cage) precisa de qualquer maneira adaptar para o cinema o romance "The Orchid Thief", de Susan Orlean (Meryl Streep). O livro conta a história de John Laroche (Chris Cooper), um fornecedor de plantas que clona orquídeas raras para vendê-las a colecionadores. Porém, além das dificuldades naturais da adaptação de um livro em roteiro de cinema, Charlie precisa lidar também com sua baixa auto-estima, sua frustração sexual e ainda Donald, seu irmão gêmeo que vive como um parasita em sua vida e sonha em também se tornar um roteirista.

Direção: David Frankel

Miranda, interpretada magistralmente por Meryl Streep, trabalha na Revista Runway, submetendo e humilhando suas funcionárias e todos que, no mundo da moda, a temem e se submetem a ela, uma vez que a editora parece comandar, de cima de seu trono Prét-à-Porter, os destinos de grifes e estilistas, do próprio mercado fashion. ndrea, vivida por Anne Hathaway, é a jornalista recém-formada em busca de uma oportunidade de trabalho. Trazendo em sua bagagem inúmeras expectativas e um total desconhecimento da esfera da moda, ela vai para Nova York e, sem imaginar o que a aguarda, é contratada para atuar na Runway.

Direção: Phyllida Lloyd

1999, na ilha grega de Kalokairi. Sophie (Amanda Seyfried) está prestes a se casar e, sem saber quem é seu pai, envia convites para Sam Carmichael (Pierce Brosnan), Harry Bright (Colin Firth) e Bill Anderson (Stellan Skarsgard). Eles vêm de diferentes partes do mundo, dispostos a reencontrar a mulher de suas vidas: Donna (Meryl Streep), mãe de Sophie. Ao chegarem Donna é surpreendida, tendo que inventar desculpas para não revelar quem é o pai de Sophie.

Direção: John Patrick Shanley

1964. O carismático padre Flynn (Philip Seymour Hoffman) tenta acabar com os rígidos costumes da escola St. Nicholas, localizada no Bronx. A diretora do local é a irmã Aloysius Beauvier (Meryl Streep), que acredita no poder do medo e da disciplina. A escola aceitou recentemente seu primeiro aluno negro, Donald Miller (Joseph Foster), devido às mudanças políticas da época. Um dia a irmã James (Amy Adams) conta à diretora suas suspeitas sobre o padre Flynn, de que esteja dando atenção demais a Donald. É o suficiente para que a irmã Aloysius inicie uma cruzada moral contra o padre, tentando a qualquer custo expulsá-lo da escola.

Direção: Nora Ephron

1948. Julia Child (Meryl Streep) é uma americana que passou a morar em Paris devido ao trabalho de seu marido, Paul (Stanley Tucci). Em busca de algo para se ocupar, ela se interessou por culinária e passou a apresentar um programa de TV sobre o assunto. Cinquenta anos depois, Julie Powell (Amy Adams) está prestes a completar 30 anos e está frustrada com a vida que leva. Em busca de um objetivo, ela resolve passar um ano cozinhando as 524 receitas do livro de Julia Child, "Mastering the Art of French Cooking". Ao longo deste período Julie escreve para um blog, onde relata suas experiências.

Direção: Phyllida Lloyd

Antes de se posicionar e adquirir o status de verdadeira dama de ferro na mais alta esfera do poder britânico, Margaret Thatcher (Meryl Streep) teve que enfrentar vários preconceitos na função de primeira-ministra do Reino Unido em um mundo até então dominado por homens. Durante a recessão econôminica causada pela crise do petróleo no fim da década de 70, a líder política tomou medidas impopulares, visando a recuperação do país. Seu grande teste, entretanto, foi quando o Reino Unido entrou em conflito com a Argentina na conhecida e polêmica Guerra das Malvinas.

Direção: John Wells

Barbara (Julia Roberts), Ivy (Julianne Nicholson) e Karen (Juliette Lewis) são três irmãs que são obrigadas a voltar para casa e cuidar da mãe viciada em medicamentos e com câncer (Meryl Streep), após o desaparecimento do pai delas (Sam Shepard). O encontro provoca diversos conflitos e mostra que nenhum segredo estará protegido. Enquanto tenta lidar com a mãe, Barbara ainda terá que conviver com os problemas pessoais, com difíceis relações com o ex-marido (Ewan McGregor) e com a filha adolescente (Abigail Breslin).

Direção: Rob Marshall

Um padeiro e sua mulher (James Corden e Emily Blunt) vivem em um vilarejo, onde lidam com vários personagens famosos dos contos de fadas, como Chapeuzinho Vermelho (Lila Crawford). Um dia, eles recebem a visita da bruxa (Meryl Streep), que é sua vizinha. Ela avisa que lançou um feitiço sobre o casal para que não tenha filhos, como castigo por algo feito pelo pai do padeiro, décadas atrás. Ao mesmo tempo, a bruxa avisa que o feitiço pode ser desfeito caso eles lhe tragam quatro objetos: um capuz vermelho como sangue, cabelo amarelo como espiga de milho, um sapato dourado como ouro e um cavalo branco como o leite. Eles têm apenas três dias para encontrar tudo, caso contrário o feitiço será eterno. Decididos a cumprir o objetivo, o padeiro e sua esposa adentram na floresta.

Direção: Stephen Frears

Na década de 1940, a socialite nova-iorquina Florence Foster Jenkins persegue obsessivamente uma carreira como cantora de ópera. Infelizmente, a sua ambição excede em muito seu talento. Aos seus ouvidos, sua voz é linda, mas para todos os outros é absurdamente horrível. O seu marido, o ator St. Clair Bayfield, tenta protegê-la de todas as formas da dura verdade, mas um concerto público coloca toda a farsa em risco.

Direção: Steven Spielberg

Kat Graham (Meryl Streep) é a dona do The Washington Post, um jornal local que está prestes a lançar suas ações na Bolsa de Valores de forma a se capitalizar e, consequentemente, ganhar fôlego financeiro. Ben Bradlee (Tom Hanks) é o editor-chefe do jornal, ávido por alguma grande notícia que possa fazer com que o jornal suba de patamar no sempre acirrado mercado jornalístico. Quando o New York Times inicia uma série de matérias denunciando que vários governos norte-americanos mentiram acerca da atuação do país na Guerra do Vietnã, com base em documentos sigilosos do Pentágono, o presidente Richard Nixon decide processar o jornal com base na Lei de Espionagem, de forma que nada mais seja divulgado. A proibição é concedida por um juiz, o que faz com que os documentos cheguem às mãos de Bradlee e sua equipe, que precisa agora convencer Kat e os demais responsáveis pelo The Post sobre a importância da publicação de forma a defender a liberdade de imprensa.


.
Obras-Primas do Cinema lançou: SILKWOOD - O RETRATO DE UMA CORAGEM. Dirigido por Mike Nichols (A Primeira Noite de um Homem), Silkwood é baseado em eventos reais e narra a história de Karen Silkwood (interpretada por Meryl Streep), funcionária de uma fábrica de componentes nucleares em uma pequena cidade do interior dos EUA que denuncia alguns casos que aconteceram no local de trabalho. O filme teve 5 indicações ao Oscar e 5 ao Globo de Ouro, Cher venceu o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante.


Extra:

Entrevista com o produtor Michael Hausman (16 min.)

Informações técnicas da edição:

Título: Silkwood - O Retrato de uma Coragem
Título Original: Silkwood
País de Produção: Estados Unidos
Ano de Produção: 1983
Gêneros: Drama | Biografia.
Direção: Mike Nichols
Elenco Principal: Meryl Streep, Kurt Russell, Cher, Craig T. Nelson, Diana Scarwid, Fred Ward, Ron Silver, Charles Hallahan, Josef Sommer, Sudie Bond.
Idiomas: Inglês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legendas: Português - Inglês
Formato de Tela: 1.85:1
Cor: Colorido
Duração Aproximada: 131 minutos
Região: Aberto para todas as zonas (Livre)
Formato da Coleção: DVD com capa + Card
Total de Cards: 1
Faixa Etária: 16 Anos, Contém: Nudez | Linguagens depreciativas | Consumo de entorpecentes lícitos.



Tecnologia do Blogger.