10 CURIOSIDADES SOBRE A ATRIZ MERYL STREEP


Dividi a homenagem a Meryl em dois posts. O primeiro, com os filmes essenciais da carreira (clique aqui) e o outro sobre curiosidades que pincelam sua vida pessoal e cinematográfica.

Confira abaixo a segunda parte.

1) Meryl Streep vs Dino De Laurentiis

O começo de carreira já é naturalmente complicado. Para mulheres consideradas feias, mais curvas neste caminho eram adicionadas. No início dos anos 1970 Meryl começou a participar de testes de elenco. Dino De Laurentiis tinha visto ela em uma peça e a convidou para uma conversa com o seu filho, em um lindo edifício no 33 º andar em um escritório incrível que dava para ver toda Manhattan. Ela entrou e ele estava muito animado por apresentar uma nova atriz para o filho. Quando De Laurentiis a apresentou, ele respondeu, em italiano, “Por que você me trouxe essa coisa feia?” E ela respondeu, também em italiano, “Me desculpe, mas eu entendi o que você disse, e me desculpe se eu não sou bonita o suficiente para estar em King Kong. Ele não imaginava que Meryl tinha estudado e se formado em italiano.


2) Goldie Hawn & Meryl Streep

No final dos anos 1980 Meryl Streep e Goldie Hawn ficaram amigas e estavam interessadas em fazer um filme juntas. Depois de estudarem vários projetos, decidiram por Thelma e Louise. Porém, a Meryl engravidou de seu quarto filho, o que a impediu de participar das filmagens em 1988. Os produtores decidiram substituir as duas por Susan Sarandon e Geena Davis. Ambas foram indicadas ao Oscar de Melhor Atriz por suas atuações no filme, que se tornou um clássico dirigido por Ridley Scott. Ela também estava escalada para "O Cão de guarda", com seu parceiro de cena frequente, Jack Nicholson, mas também não pode por conta do neném e foi substituída por Ellen Barkin.

Mas a amizade superou obstáculos e ambas fizeram o alucinado "A morte lhe cai bem" de Robert Zemeckis.


3) Madonna vs Meryl

Em 1998, após uma briga com Wes Craven, a cantora Madonna deixou as filmagens de "Música do coração", alegando "diferenças artísticas" com o diretor. Meryl foi escalada para o papel, e para ele teve aulas de violino durante seis horas por dia por seis meses, para conseguir tocar nas cenas musicais do filme. Em contrapartida, três anos antes, aconteceu o inverso: Meryl era a principal cotada para o papel de Eva Perón no musical Evita. Semanas antes de o contrato ser fechado, Madonna escreveu uma carta ao diretor Alan Parker expondo uma série de motivos para os quais era escolha perfeita para o papel. Em dúvida sobre a capacidade de Meryl cantar no filme, Parker escolheu Madonna. 

O destino provou que as escolhas foram certas. Meryl Streep foi nomeado ao Oscar e Globo de Ouro pelo filme. Evita concorreu a 5 Óscares e 5 Globos de Ouro, sendo que venceu 3 deles, inclusive Madonna.


4) Bette Davis & Meryl Streep

No início de sua carreira, Streep recebeu uma carta de Bette Davis , que a maioria dos críticos e historiadores do cinema classifica como a maior atriz de cinema americano de todos os tempos. Davis disse a Streep que sentia que era sua sucessora como a principal atriz americana. Davis, uma dupla vencedora que foi indicada 10 vezes ao Oscar, todas elas como Melhor Atriz, estabeleceu o recorde de maior número de indicações de atores com seu décimo em 1963 por O que Terá Acontecido a Baby Jane? (1962), recorde mais tarde superado por Katharine Hepburn com sua 12ª indicação (e 4ª vitória) e claro, Meryl, com 21 indicações (até 2019 e contando) e 3 vitórias. .Streep tem que vencer apenas mais um para ser insuperável. 

Ela inclusive é uma das quatro pessoas indicadas para a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ao longo de cinco décadas - 1970, 1980, 1990, 2000, 2000, 2010. Junto com Laurence Olivier (décadas de 1930 a 1970), Paul Newman (décadas de 1950, 1960, 1980, 1990 e 2000) e Katherine Hepburn (décadas de 1930, 1940, 1950, 1960, 1980).


5) Meryl & Day Lewis

Em 2013, Meryl apresentou o Oscar de Melhor Ator a Daniel Day-Lewis por Lincoln (2012). No ano anterior, ela recebeu seu terceiro Oscar (segundo melhor atriz) por A Dama de Ferro (2011), e deu a Lewis seu terceiro Oscar de Melhor Ator. Ambos ganharam seu terceiro Oscar por interpretar um chefe de governo de uma nacionalidade diferente (e trocadas): Streep era uma atriz americana interpretando uma primeira-ministra britânica, enquanto Day-Lewis é um ator britânico interpretando um presidente americano.

Além disso, Day-Lewis não foi o único ator que interpretou Abraham Lincoln naquele ano. O papel foi desempenhado em Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros (2012) por Benjamin Walker , que é casado com quem? A filha de Streep, Mamie Gummer .


6) Streep & Cazale

John Cazale é um ator que foi do céu ao inferno em poucos anos. Ele é o único ator em que todos os filmes em que atuou foram indicados ao Oscar de melhor filme (sendo que 3 venceram !!!), inclusive 'O Poderoso Chefão Parte III', onde ele apenas aparece em fotos. E ainda por cima, morava com Meryl Streep (sem estarem casados oficialmente). 

Seu último filme "O Franco Atirador (1978)", foi filmado quando estava doente com câncer no pulmão (fumava igual um louco).  Uma controvérsia ocorreu durante as filmagens. Enquanto o estúdio desconhecia sua condição, o diretor Michael Cimino sabia disso. Como Cazale estava evidentemente fraco, ele filmou suas cenas primeiro. Quando o estúdio descobriu que ele estava com câncer, eles queriam que ele fosse removido do filme. Sua co-estrela e namorada, Meryl Streep, ameaçou sair se ele fosse demitido. Ele morreu logo após a conclusão das filmagens.


7) Streep vs Streep

Na esperança de esquecer-se do sofrimento da morte de Cazale, Streep aceitou um papel em A vida íntima de um político (1979), dirigido por  Jerry Schatzberg como o interesse amoroso de Alan Alda. Mais tarde ela comentou que o interpretou no "piloto automático". E também desempenhou um papel coadjuvante em Manhattan (1979) para Woody Allen. Streep disse mais tarde que Allen não forneceu a ela um roteiro completo, dando a ela apenas as seis páginas de suas próprias cenas, e não lhe permitiu improvisar uma palavra de seu diálogo. Mas como Meryl é incrível, se superou no mesmo ano com Kramer vs. Kramer, vencendo um dos seus três Óscares até hoje.


8) Streep & Gummer

Streep se casou com o escultor Don Gummer seis meses após a morte de Cazale.  Eles têm quatro filhos: Henry Gummer é ator, cineasta e co-fundador de uma banda de rock; Mary Willa, cujo nome artístico é Mamie Gummer, é atriz; Grace Gummer é  atriz; e   Louisa Jacobson Gummer é modelo.  Meryl deu à luz seu primeiro filho aos 30 anos. Sua primeira filha aos 34 anos. Sua segunda aos 36 e a quarta aos 41.


9) Meryl & Annie Leibovitz

Para quem não conhece, Annie Leibovitz é uma fotógrafa americana que se notabilizou por realizar retratos, e cuja marca é a colaboração íntima entre a retratista e seu retratado. Annie fez a famosa foto com John lennon e Yoko Ono, ele nu abraçado do Yoko. Esta foi a última foto do cantor, que morreria horas depois assassinado. Também fez a foto famosa de Demi Moore grávida e nua. Com Meryl, fez as icônicas fotos com Meryl pintada de cor branca no rosto, e em algumas fotos, puxando sua pele.


10) Meryl & Calçada da Fama

Em 16 de setembro de 1998 recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, localizada no número 7020 da Hollywood Boulevard. Cerca de quatro anos antes, em 24 de setembro de 1994 deixou sua assinatura e a marca de seus pés e mãos no Grauman's Chinese Theatre. Em 2007 foi incluída ao lado de Bruce Springsteen e Frank Sinatra no New Jersey Hall of Fame, grupo de pessoas de diversas áreas (desde o esporte a política), nascidos no estado de Nova Jérsei,  que contribuíram de maneira expressiva para a cultura mundial.


.
Obras-Primas do Cinema lançou: SILKWOOD - O RETRATO DE UMA CORAGEM. Dirigido por Mike Nichols (A Primeira Noite de um Homem), Silkwood é baseado em eventos reais e narra a história de Karen Silkwood (interpretada por Meryl Streep), funcionária de uma fábrica de componentes nucleares em uma pequena cidade do interior dos EUA que denuncia alguns casos que aconteceram no local de trabalho. O filme teve 5 indicações ao Oscar e 5 ao Globo de Ouro, Cher venceu o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante.


Extra:

Entrevista com o produtor Michael Hausman (16 min.)

Informações técnicas da edição:

Título: Silkwood - O Retrato de uma Coragem
Título Original: Silkwood
País de Produção: Estados Unidos
Ano de Produção: 1983
Gêneros: Drama | Biografia.
Direção: Mike Nichols
Elenco Principal: Meryl Streep, Kurt Russell, Cher, Craig T. Nelson, Diana Scarwid, Fred Ward, Ron Silver, Charles Hallahan, Josef Sommer, Sudie Bond.
Idiomas: Inglês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legendas: Português - Inglês
Formato de Tela: 1.85:1
Cor: Colorido
Duração Aproximada: 131 minutos
Região: Aberto para todas as zonas (Livre)
Formato da Coleção: DVD com capa + Card
Total de Cards: 1
Faixa Etária: 16 Anos, Contém: Nudez | Linguagens depreciativas | Consumo de entorpecentes lícitos.


Tecnologia do Blogger.