A COISA (1985) - FILM REVIEW

a-coisa-1985-film-review

Sempre que escrevo sobre o cinema dos anos 80, percebo como as produções de horror são diferenciadas. Quase como um humor ingênuo. E eles marcaram época, tanto que boa parte dos filmes "B" viraram cult movies. 

Larry Cohen era um cineasta que fazia o horror com elementos aterrorizantes. Em 1974 usou um bebê para nos aterrorizar, com Nasce um monstro. Em 1990, uma Ambulância. Mas em 1985, usou um sorvete para tocar o terror e de quebra, mostrar as mazelas do capitalismo.

Na trama, David Rutherford (Michael Moriarty) é um espião industrial que foi contratado por executivos da concorrência para descobrir a receita de um produto chamado Coisa, um iogurte com marshmallow que é um tremendo sucesso comercial. De alguma forma os consumidores parecem estar viciados no produto, o que faz com que os demais fabricantes queiram a fórmula a qualquer custo. Com a ajuda de Nicole (Andrea Marcovicci), a designer responsável pela campanha de divulgação da Coisa, e de Jason (Scott Bloom), um garoto que se recusa a comê-la apesar de toda a família adorar o produto, David tenta provar que a Coisa na verdade é um ser extraterrestre, que deseja se apossar da mente dos humanos para dominar o planeta.


A coisa vista no filme foi feita a partir de iogurte e sorvete Häagen Däzs. Na cena em que uma avalanche do produto é vista foi usada também espuma de extintor de incêndio. A cena no motel em que o material sai do colchão e travesseiros e ataca o homem na parede e no teto foi filmada em uma sala que poderia virar de cabeça para baixo, permitindo que o material mover para cima e para baixo na parede.   A cena foi rodada no mesmo quarto em que, em A Hora do Pesadelo (1984), o personagem interpretado por Johnny Depp é engolido e depois regurgitado da cama. 

Segundo o próprio Larry Cohen, em algumas cenas em que "A coisa" persegue personagens, uma espuma feita de espinhas de peixe foi usada. Fedia tanto que, assim que os tiros foram feitos, os atores correram para um rio para se banhar e se livrar do fedor. Cerca de 30 minutos do filme foram cortados na edição final pelo diretor Larry Cohen. Eles traziam principalmente cenas em stop-motion com a coisa. Seu orçamento foi de US$ 1,7 milhão.


Ainda que seja um filme parecido com A bolha, clássico com Steve Mcqueen e refilmado em 1988, o roteiro era uma história original de Cohen. Ele disse em uma entrevista: "Minha principal inspiração foi o consumismo e a ganância corporativa encontrados em nosso país e os produtos prejudiciais que estavam sendo vendidos. Eu estava constantemente lendo nos jornais sobre vários bens e materiais sendo recuperados porque estavam prejudicando as pessoas. Por exemplo, você teve alimentos sendo retirados do mercado porque eram perigosos para a saúde das pessoas "

O próprio George Romero fez do seu “Despertar dos mortos”, de 1978, uma referência do gênero quanto ao consumismo. Da mesma forma, John Carpenter em Eles vivem, em 1988. Ou seja, foram anos em que o cinema, particularmente nos filmes de horror, se mostraram preocupados com os efeitos deste consumismo louco que se alastrava  pelo país de forma perigosa. Cohen foi particularmente influenciado pelo grande volume de junk food consumidos diariamente, mesmo que todos fizessem vista grossa para seus efeitos devastadores. 

Pela primeira vez na TV...


Lembro exatamente da chamada do SBT, encerrada com uma cena da família olhando a geladeira aos 38 minutos de filme e com o tradicional selo (cena acima). O filme foi exibido no Cinema Em Casa no dia 14 de junho de 1989. O filme também é uma variação de Invasores de corpos, que por sua vez é remake de Vampiros das almas, de Don Siegel.

O cinema de terror e ficção daquela época retratava basicamente a paranoia da guerra fria em seus roteiros, sempre alinhados com monstros, bombas atômicas e ataques alienígenas. Já nos anos 80, que foram dominados pelos Slashers, o consumismo foi por vezes focado por aqueles que o enxergavam como vilões dos novos tempos.


Este foi o último filme de Alexander Scourby, que morreu em 22 de fevereiro de 1985. A produção  foi lançada 112 dias depois, em 14 de junho, portanto ele entra no hall dos atores que não assistiram ao lançamento de seu derradeiro trabalho. 

A coisa é um verdadeiro desfile de coadjuvantes, alguns fazendo apenas pontas: Eric Bogosian (Talk Radio: Verdades que Matam); Patrick Dempsey (Namorada de aluguel); Mira Sorvino (Poderosa Afrodite) , que participou do filme porque foi visitar o pai, Paul Sorvino, durante suas filmagens; Abe Vigoda (o Tessio de Poderoso chefão); Laurene Landon (Maniac Cop); Danny Aiello (Faça a coisa certa); Rutanya Alda (Amityville 2: a possessão); Brooke Adams (Invasores de corpos); Tammy Grimes (Alguém matou o seu marido) e Clara Peller (Trânsito muito louco).


O filme todo é muito bem feito, mas algumas (poucas) cenas são particularmente ruins (veja o frame, com 1 hora e 9 minutos, que fiz acima).  A empresa Effects Associated foi contratada por Cohen para fornecer algumas das cenas de efeitos especiais. Quando as tomadas foram entregues, Cohen não ficou satisfeito com as explosões dos edifícios industriais e pagou apenas metade do preço acordado para essas tomadas. A Effects Associated intentou uma ação contra Cohen no tribunal para reivindicar uma compensação total. O tribunal decidiu em favor de Cohen. O Tribunal de Apelações confirmou a decisão.

Ou seja, mostra que Cohen sabia mesmo o que estava fazendo, mas que sob uma firma de efeitos especiais meia boca, comprometeu uma ou duas cenas já em sua meia hora final. Mas não faz a menor diferença já que seu recado foi muito bem dado. Inclusive no final, ele explode uma lanchonete que vende A coisa situada ao lado de um Mcdonalds. Só não enxerga quem não quer mesmo ver...




Obras-Primas do Cinema lançou, SESSÃO DE TERROR ANOS 80 - VOLUME 2. Nesta nova edição, mais 4 clássicos do gênero da década de 1980 que misturando medo e nostalgia com muitas doses de trash! Todos remasterizados e acomodados em um digipak especial com 2 DVD’s, quatro card’s e mais de 1 hora de extras!

Disco 01:

A Coisa (The Stuff | 1985 | 1.85:1 | Áudio: Português e Inglês | Legenda: Português e Inglês | 87 min.)
Direção: Larry Cohen. Elenco Principal: Michael Moriarty, Andrea Marcovicci, Garrett Morris.

U+21F0.gif Sinopse:

Mineradores encontram uma substância gosmenta de cheiro e sabor muito atrativos. A substância é servida como sobremesa pelo mundo todo e viraliza. Um espião industrial (Michael Moriarty) tenta roubar a fórmula do doce, mas descobre algo assustador: o material do qual é feito hospeda um parasita que devora as entranhas de quem o come.

Monster - A Ressurreição do Mal (Rawhead Rex | 1986 | 1.85:1 Áudio: Inglês | Legenda: Português e Inglês | 89 min.)
Direção: George Pavlou. Elenco Principal: David Dukes, Kelly Piper, Hugh O'Conor.

U+21F0.gif Sinopse:

Família que viaja pelo interior da Irlanda visitando antigas igrejas, acidentalmente liberta uma estranha e violenta criatura de sua antiga prisão. Uma vez solto, o monstro buscará vingança a todo custo.



Disco 02:

O Portão (The Gate | 1987 | 1.85:1 | Áudio: Português e Inglês | Legenda: Português e Inglês | 85 min.)
Direção: Tibor Takács. Elenco Principal: Stephen Dorff, Christa Denton, Louis Tripp.

U+21F0.gif Sinopse:

Durante um chato e rotineiro fim de semana, o jovem Glen (Stephen Dorff) e Terry (Louis Tripp) seu melhor amigo, decidem explorar o quintal da casa de Glen. Logo eles acabam encontrando uma estranha passagem cavada no chão, a qual promete uma série de desafios e aventuras sinistras para a nossa dupla de heróis. Glen conclui que o buraco é na verdade, um "portal para o inferno". Oferecendo um sacrifício, Glen abre o portão para a região dos mortos, através do qual passam alguns dos mais terríveis e piores demônios possíveis de se imaginar e então coisas estranhas começam a acontecer.

Bonecas Macabras (Dolls | 1987 |1.78:1 | Áudio: Inglês | Legenda: Português e Inglês |77 min.)
Direção: Stuart Gordon. Elenco Principal: Ian Patrick Williams, Carolyn Purdy-Gordon, Carrie Lorraine.

U+21F0.gif Sinopse:

Uma família passa a noite em uma mansão depois de uma forte tempestade. O anfitrião é um misterioso fabricante de bonecas. Por detrás de sua arte de criar com perfeição as bonecas, há um macabro e diabólico segredo.


U+21F0.gif Extras:

Trailer comentado por Darren Bousman para o filme "O Portão" (2 min)
Entrevista com o compositor de "Monster - A Ressurreição do Mal" (16min)
Stephen R. Bissette fala sobre sua colaboração com Clive Barker para o filme "Monster - A Ressurreição do Mal" (22 min)
As Criaturas e os Demônios do filme "O Portão" (14 min)
Entrevista com Michael Nankin, roteirista do filme "O Portão" (15min)
Comparando "Bonecas Macabras" (8 min)

U+21F0.gif Informações técnicas:

Título: Sessão de Terror Anos 80 - Volume 2
País de Produção: Estados Unidos
Ano de Produção: 1985 - 1987
Gênero: Terror - Sci-fi
Direção: Larry Cohen; George Pavlou; Tibor Takács; Stuart Gordon.
Elenco: Michael Moriarty, David Dukes, Stephen Dorff, Ian Patrick Williams, Andrea Marcovicci, Kelly Piper, Christa Denton, Carolyn Purdy-Gordon, Garrett Morris, Hugh O'Conor, Louis Tripp, Carrie Lorraine.
Áudio: Dolby Digital 2.0
Idioma: Inglês (original) - Português (dublagem).
Legendas: Português - Inglês.
Duração Aproximada:  338 minutos
Região: Aberto para todas as zonas (Livre)
Formato de Tela: 1.78:1 | 1.85:1
Cor: Colorido
Classificação Indicativa: 16 Anos. Contém: Violência, Morte, Linguagens depreciativas.


.
Tecnologia do Blogger.