13 MELHORES ADAPTAÇÕES DO DRÁCULA DE BRAM STOKER CINEMA E TV

13-melhores-adaptacoes-do-dracula

Abraham Stoker foi um escritor irlandês, autor da obra mais famosa dentro da literatura de terror “Drácula”, escrita em 1897. Foi considerado um dos mais importantes escritores góticos da Era Vitoriana. Dedicado à Literatura, Bram Stoker escreveu numerosas novelas e contos, porém “Drácula”  é a sua obra mais célebre, baseada em diversas lendas sobre vampiros e construída através de uma série de cartas, relatos em diários, jornais e registros de bordo, tendo como protagonista o “Conde Drácula”, o vampiro da Transilvânia, que bebe o sangue das pessoas.

Conheça os 13 filmes mais imperdíveis da história do cinema. E um adendo: todos os filmes da Hammer são essenciais, mas na lista abaixo coloquei um só para a lista não ficar muito esticada  ou quase uma lista com o ator Christopher Lee....

Boa sessão:
Direção: F. W. Murnau

Hutter (Gustav von Wangenheim), agente imobiliário, viaja até os Montes Cárpatos para vender um castelo no Mar Báltico cujo proprietário é o excêntrico conde Graf Orlock (Max Schreck), que na verdade é um milenar vampiro que, buscando poder, se muda para Bremen, Alemanha, espalhando o terror na região. Curiosamente quem pode reverter esta situação é Ellen (Greta Schröder), a esposa de Hutter, pois Orlock está atraído por ela.

Direção: Tod Browning

Após hipnotizar um soldado britânico e transformá-lo em seu escravo, o misterioso Conde Drácula viaja para Londres e passa a residir em um velho castelo. Logo, Drácula passa a sugar o sangue de mulheres jovens, transformando-as em vampiras. Quando ele coloca seus olhos em Mina, a filha de um importante médico, o caçador de vampiros Van Helsing é convocado a impedir que o vampiro continue a causar estragos.

Direção: Mehmet Muhtar

Azmin é um advogado turco contratado para tratar dos interesses imobiliários do Conde Drácula. Em visita ao castelo na Transilvânia, ele conhece os horrores praticados pelo vampiro. Enquanto isso, a bela dançarina Güzin, esposa de Azmin, se empenha em aliviar o sofrimento de sua meia-irmã Sadan, infectada pelo mal do vampirismo. Neste intento, ela conta com a ajuda de Turan, noivo de Sadan, e de médicos estudiosos do assunto. Em visita a Istambul, Drácula, ao tentar seduzir Güzin, enfrenta seu embate final.

Direção: Terence Fisher

No século XIX na Alemanha, Jonathan Harker (John Van Eyssen) vai até o castelo do Conde Drácula (Christopher Lee), mesmo sendo advertido por sua esposa Lucy (Carol Marsh) a não ir. Ao chegar lá ele é atacado por uma vampira, e espera o momento em que ela e Drácula estejam dormindo em seu caixão para atacá-los. Ele enfia um punhal no peito da mulher e está prestes a fazer o mesmo com Drácula quando este acorda e o surpreende. Quando o Dr. Van Helsing (Peter Cushing), um estudioso de vampiros, chega até a cidade procurando por Harker, ele descobre que seu amigo virou um deles.

Direção: Jesús Franco

Jonathan Harker viaja até um castelo numa remota zona da Transilvânia para encontrar-se com seu excêntrico proprietário, o Conde Drácula, que pretende comprar uma nova propriedade na Inglaterra. Aos poucos, Harker começa a perceber que há mais do que excentricidade naquela figura, e seu anfitrião se revela uma terrível criatura que se alimenta de sangue humano. 
Uma das mais fiéis adaptações do romance de Bram Stoker, escrita e dirigida pelo prolífico Franco.

Direção: William Crain

Um príncipe africano é amaldiçoado com o sangue de Drácula, tornando-se um vampiro chamado Blácula (William Marshall). Ele desperta de seu sono profundo, sedento por sangue, se alimentando de pessoas inocentes enquanto persegue uma mulher que lembra sua esposa falecida.

Direção: Paul Morrissey

O Conde Drácula (Udo Kier) sabe que se ele não beber uma certa quantidade de sangue virgem seu destino será passar a eternidade dentro de seu caixão. O assistente do Conde, Anton (Arno Juerging), sugere que eles viajem para a Itália, onde a tradição religiosa propicia a existência de noivas virgens. E lá eles encontram uma família em que há quatro jovens irmãs prestes a se casar. Mas quando o Conde começa a preparar seu ataque, ele também descobre que nem todas as moças são tão puras como se poderia imaginar. Drácula tem pouco tempo para descobrir qual delas é realmente virgem.

Direção: Dan Curtis

O Conde Drácula (Jack Palance) deixa seu castelo na Hungria e vai para Londres, na Inglaterra, para ficar mais próximo de seu amor reencarnado, a bela Lucy Westenra (Fiona Lewis). Mas o caçador de vampiros Dr. Van Helsing (Nigel Davenport) está à espreita de Drácula. Adaptação da obra de Bram Stoker assinada por Dan Curtis e feita originalmente para TV, mas exibida nos cinemas brasileiros com o título "Drácula, Maldição do Demônio". O roteiro de Richard Matheson serviu de inspiração para o drama dirigido por Francis Ford Coppola em 1992, "Drácula de Bram Stoker".

Direção: Philip Saville

Um clássico cult dos anos setenta, considerado uma das adaptações mais fiéis ao romance "Drácula" de Bram Stoker. Feito pela TV britânica, o milenar conto vampírico desenrola-se com Jonathan Harker visitando o conde da Transilvânia para ajudá-lo com os preparativos para ir a Inglaterra. No castelo do Conde (este interpretado magnificamente por Louis Jourdan), Jonathan torna-se um prisioneiro e aos poucos descobre a verdadeira natureza de seu sanguinário anfitrião...

Direção: John Badham

Escuna naufraga perto de Whitby e o único sobrevivente é o Conde Drácula (Frank Langella), que chegou com grandes quantidades de terra da Transilvânia para levar para sua residência em Carfax Abbey. Ele faz amigos como o Dr. Seward (Donald Pleasence), que administra um asilo, sua filha Lucy (Kate Nelligan), a amiga dela Mina (Jan Francis) e Jonathan Harker (Trevor Eve), o noivo de Lucy. Mas logo Mina morre de perda de sangue e Drácula se defronta com o Van Helsing (Laurence Olivier), um caçador de vampiros que deseja aniquilá-la.

Direção: Werner Herzog

Jonathan Harker é enviado ao castelo do conde Drácula para lhe vender uma casa em Virna, onde mora. Mas o conde é um vampiro. Inspirado por uma foto de Lucy Harker, mulher de Jonathan, Drácula se muda para Virna, trazendo morte e destruição.

Direção: Stan Dragoti

Transilvânia. Após 700 anos a rotina irrita o Conde Vladimir Drácula (George Hamilton). Assim quando ele é despejado do seu castelo, pois o governo comunista decidiu transformar o local em um centro de treinamento para atletas, Drácula decide ir para Nova York em busca do amor da sua "vida", Cindy Sondheim (Susan Saint James), uma top model que o conde só viu através de revistas estrangeiras. O conde anda por Nova York e observa, enfadado, a violência e a falta de respeito da vida moderna. Com a ajuda de Renfield (Arte Johnson), seu fiel discípulo, ele descobre os lugares que Cindy frequenta. 

Direção: Francis Ford Coppola

No século XV, um líder e guerreiro dos Cárpatos renega a Igreja quando esta se recusa a enterrar em solo sagrado a mulher que amava, pois ela se matou acreditando que ele estava morto. Assim, perambula através dos séculos como um morto-vivo e, ao contratar um advogado, descobre que a noiva deste a reencarnação da sua amada. Deste modo, o deixa preso com suas "noivas" e vai para a Londres da Inglaterra vitoriana, no intuito de encontrar a mulher que sempre amou através dos séculos.

”Versátil

A Versátil lançou “Drácula no Cinema”, caixa em luva reforçada com 3 DVDs que traz quatro clássicas adaptações do romance “Drácula” (1897), a obra-prima da literatura de horror escrita por Bram Stoker. Todos os filmes são apresentados em inéditas versões recentemente restauradas, acompanhadas de quase cinco horas de vídeos extras, incluindo muitos especiais e depoimentos. Edição Limitada com 6 cards.
  
Disco 1:

☛ DRÁCULA
(Dracula, 1979, 109 min.)
De John Badham. Com Frank Langella, Laurence Olivier, Donald Pleasence.

⇨ SinopseEm 1913, o encantador, sedutor e sinistro vampiro Conde Drácula viaja à Inglaterra em busca de sua noiva imortal. Com excelente trilha sonora de John Williams, o diretor do cult “Os Embalos de Sábado à Noite” realiza uma das melhores versões de “Drácula”, romantizando e humanizando o personagem, muito bem interpretado pelo talentoso Frank Langella (“Frost/Nixon”). Destaque ainda para a participação do lendário Sir Laurence Olivier como o Prof. Abraham van Helsing.

Disco 2:

☛ DRÁCULA – O DEMÔNIO DAS TREVAS
(Dracula, 1974, 98 min.)
De Dan Curtis. Com Jack Palance, Simon Ward, Nigel Davenport.

⇨ SinopseConde Drácula deixa seu castelo na Hungria e vai para Londres, para ficar mais próximo de seu amor reencarnado, a bela Lucy Westenra. O talentoso Dan Curtis (“A Mansão Macabra”) faz uma brilhante versão da obra de Bram Stoker com o astro Jack Palance no papel-título.



☛ CONDE DRÁCULA
(Nachts, Wenn Dracula Erwacht, 1970, 97 min.)
De Jesús Franco. Com Christopher Lee, Herbert Lom, Klaus Kinski

⇨ SinopseJonathan Harker viaja até um castelo na Transilvânia para se encontrar com seu excêntrico proprietário, o Conde Drácula, que pretende comprar uma propriedade na Inglaterra. Com direção do lendário cineasta exploitation espanhol Jesús Franco (“Vampiros Lesbos”), esta é uma das mais fiéis versões de “Drácula”.

Disco 3:

☛ O VAMPIRO DA NOITE
(Dracula, 1958, 82 min.)
De Terence Fisher. Com Christopher Lee, Peter Cushing, Michael Gough.

⇨ SinopseJonathan Harker morre aparentemente vítima de um vampiro. Ao investigar a morte do amigo, Van Helsing encontra um diário que incrimina o Conde Drácula. Um dos maiores e mais influentes clássicos do terror gótico da Hammer no final dos anos 50, esta versão de “Drácula” foi fundamental na evolução do personagem no cinema, imortalizado aqui por Christopher Lee com presas salientes e olhos injetados de sangue.


Informações técnicas da edição:

Títulos em português: Drácula, Drácula – O Demônio das Trevas, Conde Drácula, O Vampiro da Noite
Títulos originais: Drácula (1979), Drácula (1974), Nachts, Wenn Drácula Erwacht, Drácula/Horror of Drácula (1958)
País de produção: Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha
Ano de produção: 1958-1979
Gênero: Terror
Direção: John Badham, Dan Curtis, Jesús Franco, Terence Fisher
Elenco: Frank Langella, Laurence Olivier, Donald Pleasence, Jack Palance, Simon Ward, Nigel Davenport, Christopher Lee, Herbert Lom, Klaus Kinski, Peter Cushing, Michael Gogh
Idioma: Inglês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Fullscreen 1.33:1, Widescreen Anamórfico 2.35:1
Tempo de duração: 386 min.
Região: All (0)
Colorido
Faixa etária: 14 anos

Extras: Especiais sobre O Vampiro da Noite (113 min.), Especiais sobre Drácula (109 min.) Especiais sobre os outros filmes (58 min.)

Adquira aqui 
”Versátil

Tecnologia do Blogger.