GODZILLA NO CINEMA / TV

godzilla-no-cinema-tv

Continuações não são um mal absoluto. Pensar que uma continuação de Guerra nas estrelas ou Poderoso chefão seria um sacrilégio na época seria mais fácil que visto de hoje. O problema é que muito projetos não continuam de fato o primeiro filme. Eles oferecem uma variante, quase como um remake. Um exemplo disto é a série Sexta feira 13, onde as continuações nada mostram, além de uma variação do que ocorre. Com Godzilla não foi diferente. Já o remake, na maioria das vezes é esquecível e desnecessário. Dois exemplos recentes são "A hora do espanto" e "O vingador do futuro". Marcaram época, com bons diretores. São inesquecíveis, ao seu modo. Desde os posters à trilha sonora. Alguém lembra uma única música sequer dos remakes?
Não...nem forçando muito...E para piorar, a escolha do elenco quase sempre obedece a um padrão semi - inacreditável: eles pegam o ator que menos tem a ver com o papel, e o diretor que já de cara será um projeto sem marca.

Bom...


Godzilla foi pelo caminho de cinesséries com James Bond. Ainda que haja remakes e continuações picaretas, elas puxam mais para a "aventura da semana" do personagem.  Então, dentro deste universo, somos brindados com pérolas regadas a zippers, ator de Sete Samurais, Breaking Bad, Vingadores e muito, muito monstro de borracha. Horrorosos e imperdíveis, confira o que foi feito do "Goldzilla", o monstro de ouro Japonês.

Vamos à lista:

Direção: Ishirô Honda

Um gigantesco réptil mutante com 50 metros de altura surge em virtude de testes nucleares. A monstruosa criatura cria um rastro de destruição no seu caminho até Tóquio, que corre o risco de ser totalmente destruída se o monstro, imenso como um dinossauro, não for detido. Cabe às autoridades conter o pânico da população e tentar deter ou, em última instância, matar o que ameaça a cidade.

Direção: Motoyoshi Oda

Godzilla está de volta, e desta vez ele não está sozinho! Godzilla e o espinhoso monstro Anguirus travam uma quente batalha em uma pequena ilha japonesa. Conforme a ameaça de destruição sobe, dois heróis japoneses devem reunir coragem para o confronto final contra Godzilla.

Direção: Ishirô Honda

Quando uma dissimulada empresa farmacêutica vai até uma remota ilha tropical para roubar King Kong para fins publicitários, eles recebem mais do que esperavam quando o gigantesco macaco ataca uma desavisada aldeia e um enorme polvo. Enquanto isso, muito abaixo do mar, a tripulação de um submarino desencadeia terror reptiliano quando derretem um bloco de gelo e liberam o feroz Godzilla de seu covil gelado. Quando os dois destrutivos monstros aparecem em Tóquio, é uma luta que tem o futuro da humanidade na balança.

Direção: Ishirô Honda

Godzilla, Rei dos Monstros volta novamente nesse filme, desta vez batalhando contra Mothra, inseto-deus gigante da Ilha dos Infantes. Após um feroz tufão, o gigantesco ovo de Mothra é trazido até o Japão. Enquanto isso, Godzilla desperta e pisoteia todo o país, indo direto para o grande ovo. Poderá Mothra salvar sua cria de Godzilla? O Japão vai sobreviver a esta batalha épica de monstros?
Também chamado de Mothra vs. Godzilla.

Direção: Ishirô Honda

A princesa Selina é possuída por uma entidade alienígena e se transforma em uma mensageira, que se encarrega em advertir que a Terra corre um grande perigo. O clima esta mudando, acontecem inúmeras chuvas de meteoritos, óvnis são vistos no mundo inteiro. Em um destes meteoritos, chegou uma criatura intergaláctica que se chama King Ghidorah. A princesa Selina diz aos japoneses que esta criatura já destruiu uma civilização em Júpiter , e fará o mesmo na Terra, escutando a mensagem as pequenas gêmeas da ilha Infante convocam Mothra para defender a Terra, mas Mothra não é forte o suficiente para derrotar King Ghidorah , então tenta chamar Rodan e Godzila , para que juntos possam destruir o gigante monstro de 3 cabeças King Ghidorah!

Direção: Ishirô Honda

Cientistas descobrem um planeta atrás de Júpiter, dois astronautas são mandados para investigar o planeta, que foi chamado de planeta X, chegando lá descobrem que o planeta é habitado, e por incrível que pareça, o monstro Zero como é chamado lá e aqui na Terra Ghidrah, é um problema para os habitantes ,que tem que viver no subsolo por causa do monstro, então os alienígenas pedem ajuda aos terráqueos, pedem para "emprestarem" Godzilla e Rodan para enfrentarem o monstro Zero, mas os supostos aliados da Terra tem outros planos em segredo contra a Terra.

Direção: Jun Fukuda

Um cruzeiro marítimo vai mal quando um acidente em uma ilha tropical sujeita a tripulação a encontrar um exército que quer dominar o mundo. Enquanto eles tentam sair vivos, Godzilla luta contra um monstro marinho gigante que habita as águas e só pode ser mantido afastado pelo suco de uma fruta que cresce na ilha.

Direção: Jun Fukuda

Godzilla surge novamente quando seu filho Minilla pede sua ajuda numa ilha no Pacífico. O monstro mais querido do Japão ensina Minilla como ser um monstro temível, enquanto os dois enfrentam aranhas e insetos gigantes. 

Direção: Ishirô Honda

Invasores liberam todos os monstros gigantes de sua prisão na Monster Island e estão usando-os para destruir todas as grandes cidades do planeta. Cabe à tripulação ousada do super foguete X-2 se infiltrar na sede inimiga antes dos monstros da terra aniquilarem o planeta.

Direção: Ishirô Honda

Ichiro é um garoto solitário crescendo na movimentada Tóquio que é empurrado ao redor pelo valentão local, Gabara. Para escapar de seus problemas, Ichiro imagina que ele é um monstro e amigo de Minilla, filho de Godzilla, vivendo em Monster Island. Em seus devaneios, ele vê Godzilla combater outros monstros e logo percebe que Godzilla é intimidado também. Ichiro começa a desenvolver a coragem de enfrentar o valentão Gabara.

Direção: Yoshimitsu Banno

Único filme da série dirigido por Yoshimitsu Banno, é também um dos mais espetaculares e uma obra que marca uma viragem nos filmes de Godzilla. É um filme muito mais adulto, e mais acessível ao público mais crescido, e ao fim acaba por ser mais acessível também ao publico mais jovem.Temos mais um monstro que não é deste planeta como vilão. Hedorah, também conhecido como Smog Monster, alimenta-se de poluição para crescer e ficar mais poderoso. Hedorah vai ficando cada vez mais forte à medida que vai ingerindo poluição, e fica cada vez mais imune às armas de destruição do homem.É então que aparece a única "coisa" que pode deter o monstro: Godzilla. Mais uma vez do lado dos humanos, Godzilla vai ter a batalha final com Hedorah, no alto do monte Fuji.

Direção: Jun Fukuda

Quando invasores alienígenas planejam um parque temático para crianças com quatro monstros gigantes para se colidem, o resultado é a inevitável batalha para o destino da Terra. Pelo menos, é assim que é para Godzilla, que junta-se com seu antigo inimigo espetado Anguirus para um combate contra dois de seus maiores adversários: o lendário tricéfalo King Ghidorah e Gigan, um cyborg cuja conspiração para acabar com a vida humana está habilmente disfarçada como planos para a construção de um parque temático infantil.

Direção: Jun Fukuda

Por um tempo, as coisas têm sido pacíficas na Terra. Muito abaixo do solo, o reino de Seatopia envia o besouro gigante Megalon e o monstro Gigan para destruir os habitantes da superfície. Um robô que muda de tamanho chamado Jet Jaguar pede a ajuda de Godzilla em uma tentativa de salvar a Terra da destruição completa.

Direção: Jun Fukuda

Existe uma premonição: Quando uma nuvem escura aparecer sobre Monte Fuji, um monstro surgirá para destruir o mundo, mas será atacado por dois outros monstros, que tentarão salvar o mundo. Quando Mechagodzilla, um monstro metálico surge e começa a destruir tudo a sua frente, Godzilla surge com um novo aliado para batalhar o robô imenso: King Caesar.

Direção: Ishirô Honda

O Dr. Estranho Mafune foi rejeitado por muitos anos pela comunidade científica por causa de suas teorias sobre um monstro que vive no fundo do mar. Uma raça alienígena o obrigou a utilizar os seus conhecimentos para levar um Mechagodzilla reconstruído. Mas no caminho da destruição Godzilla aparece em Tóquio, começando uma luta implacável entre os monstros.

Direção: Koji Hashimoto

Durante um tempestade um navio pesqueiro japonês tentar achar seu caminho, quando uma erupção vulcânica libera um monstro gigantesco (Godzilla), poucos dias depois o repórter Goro Maki , encontra o navio com todos os tripulantes mortos, e de repente é atacado por um ser estranho que tenta sugar todo seu sangue , por sorte é salvo pelo único sobrevivente e unica testemunha de que Godzilla está de volta, e vão ter que provar a todos sobre o retorno de Godzilla antes que seja tarde demais.

Direção: Kazuki Ōmori

Segundo filme da série heisei começada em 1985 desta vez Godzilla luta ferozmente com a planta mutante Biollante desenvolvida a partir de células do próprio Godzilla e de células da filha morta do Prof. Shirazawa este filme se tornou um grande sucesso nos cinemas japoneses em 1989 dando nova vida a franquia da Toho.

Direção: Kazuki Omori

Humanos do futuro voltam para 1992 para tentar barrar o Japão de se tornar a maior economia do mundo. Para isso eles usam o King Ghidorah. A única arma que pode combater esse monstro é o Godzilla. Mas até que ponto um monstro pode ser controlado?

Direção: Takao Okawara

Quando um meteorito cai na Terra, no Oceano Pacífico perto do Japão, as conseqüências são notáveis, que consegue despertar o adormecido monstro Godzilla, descobre um ovo enorme que tinha sido enterrado em Infant Island e revive Battra, um inseto gigantesco que destruiu uma civilização primitiva, na ilha há muito tempo. Takuya ( Tetsuya Bessho ), um arqueólogo e aventureiro, é enviado para a ilha por representantes de uma empresa japonesa grande para colocar a situação sob controle, juntamente com Masako ( Satomi Kobayashi ), a ex-esposa de Takuya, que também é um executivo com a corporação. Na ilha, Takuya e Masako conhecem o Cosmos ( Keiko Imamura e Sayaka Osawa ), um par de pequenas gêmeas idênticas que são os últimos remanescentes da civilização destruída por Battra. Parece que o ovo contém uma descendente de Mothra, que foi o grande protetor da sua sociedade, e o Cosmos acredita que a presença de ambos Battra e Mothra indica que os deuses estão zangados.O ovo é enviado de volta para o Japão, mas na rota, a larva da mariposa gigante desperta para fazer a batalha com o Godzilla, que (como sempre) é de mau humor e quer quebrar as coisas. Godzilla faz o seu caminho para o Japão e começa a devastar tudo em seu caminho; Mothra e Battra deixam de lado suas diferenças e unem forças para detê-lo.

Direção: Takao Okawara

O lagartão japonês gigante, Godzilla, retorna para mais um ataque, mas desta vez, ele vai enfrentar forças muito mais fortes e perigosas do que ele: Mechagodzilla II, uma versão robótica do próprio Godzilla, construído pelas Nações Unidas após o governo japonês pedir ajuda para lidar com um novo monstro ameaçador, Rodan, um pterodáctilo renascido da energia nuclear. Mas Godzilla é forçado ainda a buscar um filho seu que caiu nas mãos do governo, na esperança de ser usado contra ele mesmo. Conseguirá o lagartão derrotar seus inimigos e ainda assim resgatar sua cria? Será que ele irá vencer seus inimigos de alta tecnologia e do passado?

Direção: Kensho Yamashita 

O filme conta a historia de Godzilla, que enfrentará uma ameaça vinda do espaço. Um clone dele próprio gerado de suas células chamado "SpaceGodzilla" e o único objetivo da criatura é destruí-lo para dominar a terra. Ele vai atrás de Little Godzilla em primeiro lugar, aprisionando o monstro novo em uma câmara de cristal, que não faz Godzilla feliz. É claro que o povo do Japão tem algo a dizer sobre este assunto: Eles têm um robô força G-novo, o "MOGERA" (Operação Godzilla Mobile Expert Robot Aero-tipo). Projetado para se defender contra Godzilla, é pressionado a agir contra SpaceGodzilla. O clímax do filme com um confronto de três vias entre Godzilla, MOGERA e SpaceGodzilla no centro da cidade de Fukuoka.

Direção:Takao Okawara, Ishirô Honda, Koji Hashimoto, Kazuki Ohmori, Kenshô Yamashita 

Em 1996, após a morte de Space Godzilla a ilha Birth encontra-se destruída. filho adotivo de Godzilla, "Little Godzilla" é dado como morto no começo, mas depois revela-se como um poderoso sub adulto, maior e mais forte devido ao excesso de radiação e é re-nomeado "Godzilla Junior". Godzilla reaparece, mas está a beira de um colapso nuclear. representantes do G-Force contratam estudantes universitários para vir trabalhar no centro, na tentativa de desvendar o mistério da condição de Godzilla. Descobri-se que ele morrerá ao atingir 1200 graus de temperatura e o resultado provocará uma reação em cadeia da atmosfera, que destruirá o Japão e toda a Terra. A G-Force implanta um veículo de combate voador chamado "Super X III" equipado com armas anti-nuclear a frio para evitar a destruição de Godzilla. Formas de vida aparecem e os cientistas descobrem que estão ligado ao Destroyer oxigênio usado contra o primeiro Godzilla, em 1954. As criaturas evoluem rapidamente, causando destruição na cidade e apenas Godzilla pode enfrenta-lo. Será que ele na condição em que se encontra conseguirá derrotar o Destroyer? Uma grande batalha está para começar e grandes destruições ocorrerão neste marco do cinema japonês.

Direção: Roland Emmerich

Uma criatura não-identificada é localizada no Canal do Panamá. O cientista Niko Tatopolous (Broderick) é chamado para investigar o caso e conclui que se trata de um enorme monstro, criado a partir de testes de explosões com armas nucleares. Godzilla segue para o norte e chega em Manhattan, onde começa a destruição. As forças militares americanas tem agora uma difícil missão: derrotar a terrível criatura.

Direção: Takao Okawara

Orga, um terrível monstro alienígena, acorda depois de 6.000 anos adormecido nas profundezas do oceano, e ameaça destruir Tóquio com fúria descomunal. Então, Godzilla ressurge como a única esperança contra essa terrível ameaça e a humanidade, completamente indefesa, só pode torcer para que o planeta fique a salvo após essa grande batalha.

Direção: Masaaki Tezuka

Como o governo japonês tenta aperfeiçoar novas fontes de energia, eles descobrem que seu antigo inimigo Godzilla esta mais uma vez prestes a aparecer e as novas tecnologias são necessárias para mantê-lo na baía. Cientistas criam uma nova arma chamada Tide Dimension, um dispositivo que pode criar um buraco negro quando e onde necessário. No entanto, embora este dispositivo foi concebido para ajudar a repelir "Godzilla", acaba tendo um efeito colateral: Um teste do Tide Dimension acaba trazendo ao planeta uma estirpe de insetos gigantes, que vivem nos esgotos e emergem quando evoluídos para lutar com Godzilla.

Direção: Shūsuke Kaneko

Godzilla ressurge depois de anos adormecido no fundo do mar. É acordado de seu sono por um acidente com um submarino americano, a radiação da nave provoca a fúria do gigante que investe mais uma vez contra o Japão. Cabe aos três monstros guardiões do continente (BARAGON, MOTHRA e KING GHIDORAH) deter e destruir o poderoso Godzilla que ameaça o Japão.

Direção: Masaaki Tezuka

Para se proteger de mais um ataque de Godzilla, o governo japonês decide reunir seus maiores cientistas com o intuito de construir um robô gigante. Para tal, resolvem usar como base para este robô, o esqueleto do Godzilla original e também seu DNA, criando então um Bio-Robô de codinome Kiryu. Jogando todas as suas esperanças nele, o governo japonês nunca desconfiaria que o DNA do Godzilla original iria causar um comportamento inesperado no robô, o que trará consequências desastrosas para o Japão.

Direção: Masaaki Tezuka

Quarenta e dois anos após sua primeira visita a Tóquio, Mothra retorna para alertar a humanidade que devem levar Mechagodzilla, juntamente com os ossos de Godzilla, para o mar, para que os mortos não sejam perturbados. Se não, conseqüências terríveis se seguirão. No entanto, Godzilla mais uma vez fica enfurecido e Mechagodzilla é única defesa japonesa. 

Direção: Ryûhei Kitamura

Um grupo de humanos que consiste de um americano estereotipado e durão, a versão nipônica de Neo, e duas garotas bonitas decide acordar Godzilla para que ele mate todos os monstros que estão destruindo a Terra.O bichão acorda de péssimo humor e sai massacrando todos os outros monstros enquanto persegue os humanos que o acordaram.

Direção: Gareth Edwards

Um especialista em bombas da marinha americana acaba de se reunir com a família em São Francisco, Estados Unidos, quando é forçado a ir para o Japão para ajudar seu pai. Logo, os dois se deparam com um grande acontecimento: Godzilla, o rei dos monstros, surge do mar para combater criaturas inimigas. Em uma luta pela supremacia, os monstros ameaçam a sobrevivência da humanidade. Por onde passam, deixam um rastro de destruição, rumo ao local da batalha final: São Francisco.

Direção: Hideaki Anno, Shinji Higuchi

Refilmagem do clássico original japonês sobre o monstro Godzilla. Com o novo aparecimento do monstro, o Japão mergulha em um cenário caótico.
Hiroki Hasegawa, que interpreta Rando Yaguchi, aceitou um papel no filme sem pensar duas vezes, afirmando: "Quem não gostaria de ser envolvido em uma produção Godzilla?". O produtor Akihiro Yamauchi afirmou que o título do filme, "Shin Gojira", foi escolhido devido à variedade de significados de "shin". A sílaba pode ser traduzida como "novo", "verdadeiro" ou "deus".o Yamauchi afirmou que o título de "Shin Gojira" foi escolhido para o filme devido à variedade de significados do "shin" sílaba poderia transmitir, tais como "novo", "verdadeiro" e "deus"

Direção: Kobun Shizuno, Hiroyuki Seshita

A partir do último verão do século 20, monstros gigantes começaram a surgir por todo o planeta. Um deles, Godzilla, atacava tanto os seres humanos quanto outros monstros. Duas espécies alienígenas, os Exif e os Bilusaludos, chegam à Terra, com os primeiros querendo converter a humanidade à sua religião, e os segundos pedindo imigração, prometendo eliminar Godzilla com Mecha-Godzilla em troca. No entanto, Mecha-Godzilla foi destruído antes de ser ativado, obrigando as três espécies à abandonarem a Terra e partirem para Tau Ceti a bordo da nave Aratrum.

Direção: Kobun Shizuno, Hiroyuki Seshita

Após os eventos do filme anterior, A Aratrum é incapaz de contatar Haruo e o resto após o encontro com o Godzilla original. O capitão explica que, se os drones não encontrarem sobreviventes em até quarenta e oito horas, a nave deixará o planeta. Haruo Sakaki é resgatado por uma garota nativa chamada Miana e tem suas feridas tratadas com um pó estranho. Ela pertence a uma tribo indígena chamada "Houtua", que são descendentes de humanos. Os Houtua resgatam a equipe de Haruo e os detêm para interrogatório. Miana e sua irmã gêmea, Maina, usam a telepatia para se comunicar com seus convidados e entender suas razões para destruir suas terras.

Direção: Kobun Shizuno, Hiroyuki Seshita

Após a destruição da cidade Mecha-Godzilla, Metphies expressa admiração pela humanidade, e os Bilusaludos restantes querem que Haruo seja levado à justiça.Na Terra, tem havido crescente fervor religioso sob Metphies, que diz que um "milagre" salvou-os do Nano metal. Martin informa a Haruo que Yuko sofreu morte cerebral, apesar de seu coração continuar batendo por causa do Nano metal. Eles também estão com medo de revelar que o pó dos Houtua foi o que os salvou do nano metal, por causa de Metphies. Metphies acha que Haruo temia que o nano metal consumisse o planeta após derrotar Godzilla.

Direção: Michael Dougherty

Membros da agência Monarch enfrentam monstros gigantescos, incluindo o poderoso Godzilla, que entra em choque com Mothra, Rodan e seu maior inimigo, King Ghidorah, o monstro de três cabeças. Essas antigas superespécies disputam a supremacia, deixando a própria existência da humanidade em risco.

Direção: Adam Wingard

Em Godzilla vs Kong, as duas poderosas forças da natureza vão se enfrentar em batalha. Enquanto a organização científica secreta Monarch caça, investiga e estuda a origem dos Titãs, uma conspiração tem a intenção de acabar com todas as criaturas, sejam elas ameaçadoras ou não. O mundo sobreviverá ao duelo de monstros?


A Versátil lançou “Sci-Fi Japonesa”, caixa em luva reforçada com 2 DVDs que reúne 4 clássicos inéditos da ficção-cientifica nipônica, incluindo um famoso filme de kaiju e cults que misturam sci-fi e horror, todos em versões restauradas, sendo três dirigidos pelo mestre Ishiro Honda, o criador de “Godzilla”. Quase uma hora de vídeos extras. Edição Limitada com 4 cards.

DISCO 01:

☛ MOTHRA - A DEUSA SELVAGEM
(Mosura, 1961, Japão, 101 min.)
De Ishiro Honda. Com Furanki Sakai, Hiroshi Koizumi, Kyoko Kagawa.

U+21F0.gif Sinopse:

A mariposa gigante Mothra devasta o Japão em busca de duas fadas gêmeas sacerdotisas (shobijin). Ótima sci-fi que traz a primeira aparição do lendário kaiju Mothra, que depois participaria de filmes da série do Godzilla.

☛ MATANGO - A ILHA DA MORTE
(Matango, 1963, Japão, 90 min.)
De Ishiro Honda. Com Akira Kubo, Kumi Mizuno, Hiroshi Koizumi.

U+21F0.gif Sinopse:

Inspirado em “A Voz da Noite”, de William Hope Hodgson, este cult mostra náufragos que chegam a uma ilha e, após consumirem cogumelos, passam por estranhas alterações. Também conhecido como “O Ataque dos Homens-Cogumelo”.


DISCO 02:

☛ O MONSTRO DA BOMBA H
(Bijo to ekitai ningen, 1958, Japão, 87 min.)
De Ishiro Honda. Com Yumi Shirakawa, Kenji Sahara, Akihiko Hirata.

U+21F0.gif Sinopse:

Após o estranho sumiço do corpo de um ladrão, a polícia descobre a existência de uma criatura gosmenta criada pelos efeitos da Bomba H. O pânico toma conta de Tóquio. Ótimo híbrido de ficção científica e horror atômico do mestre Honda.

☛ GOKE - O VAMPIRO DO ESPAÇO
(Kyuketsuki Gokemidoro, 1968, Japão, 84 min.)
De Hajime Sato. Com Teruo Yoshida, Tomomi Sato, Eizo Kitamura.

U+21F0.gif Sinopse:

Após um avião fazer um pouso de emergência numa área remota, seus passageiros se veem face a face com uma força alienígena que deseja possui-los. Admirado por Quentin Tarantino, este é um filme “B” muito criativo e imaginativo.


U+21F0.gif Extras: Especiais sobre os filmes (50 min.)

U+21F0.gif Informações técnicas da edição:

Títulos em português: Mothra, A Deusa Selvagem, Matango, a Ilha da Morte, O Monstro da Bomba H, Goke, o Vampiro do Espaço
Títulos originais: Mosura, Matango, Bijo to ekitai ningen, Kyuketsuki Gokemidoro
País de produção: Japão
Ano de produção: 1958-1968
Gênero: Ficção Científica
Direção: Ishiro Honda, Hajime Sato
Elenco: Furanki Sakai, Hiroshi Koizumi, Kyoko Kagawa, Akira Kubo, Kumi Mizuno, Hiroshi Koizumi, Yumi Shirakawa, Kenji Sahara, Akihiko Hirata, Teruo Yoshida, Tomomi Sato, Eizo Kitamura
Idioma: Japonês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen Anamórfico 2.35:1
Tempo de duração:  362 min.
Região: All (0)
Colorido
Faixa etária: 14 anos



Tecnologia do Blogger.