10 CURIOSIDADES DO FILME "ESTRADA DA VIDA (1954)"


Para muitos, Estrada da vida é o melhor filme de Federico Fellini. Na história, Gelsomina (Giulietta Masina) é vendida pela mãe para o brutamonte Zampanò (Anthony Quinn), estrela de um número em que arrebenta correntes amarradas em seu corpo. A jovem auxilia Zampanò e passa a também ser apresentar como palhaça, seguindo o estilo de Chaplin. A garota é constantemente maltratada pelo homem, que ainda a agride sempre que tenta fugir. Quando os dois se juntam a um circo, Gelsomina fica encantada com Bobo (Richard Basehart), provocando ciúmes em Zampanò.

Veja abaixo, 10 curiosidades sobre o filme:

1)  Estrada da vida foi o primeiro filme a vencer o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira no atual formato, com concorrentes. Entre 1948 e 1956 os prêmios eram dados diretamente a um filme escolhido. 

2) Anthony Quinn estava trabalhando em um filme com Giulietta Masina quando o apresentou a seu marido, Federico Fellini. Fellini ficou imediatamente convencido de que o ator nascido no México tornaria o Zampanò perfeito. O diretor insistiu que ele aceitasse o papel. Quin recusou de início,  mas certa noite, Quinn se reuniu com Ingrid Bergman e seu marido, diretor Roberto Rossellini. Depois do jantar, os três assistiram ao filme "Os Boas Vidas", e Quinn percebeu com espanto que o louco cineasta italiano que o perseguia há dias era um gênio.


3) Anthony Quinn disse em uma entrevista alguns anos antes de sua morte que ele originalmente aceitou um acordo que lhe pagaria uma porcentagem dos lucros gerados por este filme, em vez de um salário inicial. Quando seu agente descobriu, o agente mudou o acordo e insistiu em um salário inicial e nenhuma porcentagem. Quinn disse que a decisão lhe custou muitos milhões de dólares.

4) Fellini conseguiu financiamento através dos produtores Dino De Laurentiis e Carlo Ponti. Eles queriam escalar Silvana Mangano (esposa de De Laurentiis) como Gelsomina e Burt Lancaster como Zampanò, mas Fellini recusou essas escolhas. Giulietta Masina havia sido a inspiração para todo o projeto, então Fellini estava determinado a nunca aceitar uma alternativa para ela. 


5) No início das filmagens, Giulietta Masina sofreu uma grave entorse no tornozelo durante a cena do convento com Quinn. Esse foi um revés potencialmente sério, já que o apoio financeiro do filme era tênue e os produtores inicialmente se opuseram à Masina no elenco. A lesão parou a produção por várias semanas e levou a um conflito de agenda com Anthony Quinn, que assinou para viver o papel principal em "A Invasão dos Bárbaros (1954)". Por conta de sua gentileza e sensatez, Quinn se ofereceu para continuar trabalhando neste filme para poupar a produção de mais contratempos. Ele suportou uma programação cansativa, trabalhando para este filme de manhã e filmando "A Invasão dos Bárbaros"  no final da tarde.

6) O Papa Francisco disse que "Estrada da vida" é seu filme favorito de todos os tempos.


7) O diretor Bille August cita "Estrada da vida" como o filme que o fez querer trabalhar no cinema quando o assistiu ainda na escola.

8) Em 1994, uma cópia remasterizada foi financiada pelo cineasta Martin Scorsese, que desde cedo,  reconheceu características próprias no personagem Zampanò, trazendo elementos do bruto auto-destrutivo em vários filmes como Taxi Driver e Touro indomável. 


9) Fellini explicou em uma entrevista que de "um ponto de vista sentimental", este  era o filme que ele mais se apegou: "Acima de tudo, porque sinto que é o meu filme mais representativo, o mais autobiográfico, com razões pessoais e sentimentais, além de ter sido o filme que tive mais problemas ao realizar e que me deu mais dificuldade na hora de encontrar um produtor.

10) O diretor Sam Peckinpah, conhecido pela sua direção que estilizava com maestria a violência, disse que "A estrada da vida" era um filme que ele gostaria de ter feito. A declaração soa hoje, como se Michael Bay quisesse dirigir "A cor púrpura"...

Aprendi mais sobre atuar em filmes em três meses com Fellini do que havia aprendido em toda a minha vida de filmes antes disso
Anthony Quinn


Importante:

Como homenagem ao centenário de nascimento do mestre Federico Felllini (1920-1993), a Versátil lançou FELLINI 100 ANOS, caixa em luva reforçada com 5 DVDs que reúne 6 clássicos do lendário diretor italiano em inéditas versões recentemente restauradas, incluindo quase sete horas de vídeos extras, com destaque para uma série de documentários e depoimentos. Edição Limitada com 6 cards.

Disco 1:

☛ A ESTRADA DA VIDA
(La strada, 1954, 108 min.)
Com Anthony Quinn, Giulietta Masina, Richard Basehart.

⇨ SinopseA ingênua Gelsomina é vendida pela mãe ao brutamontes Zampanò, artista de rua que se apresenta arrebentando correntes. Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Inédita versão restaurada com quase duas horas de extras inéditos.

Disco 2:

☛ A TRAPAÇA
(Il bidone, 1955, 113 min.)
Com Broderick Crawford, Richard Basehart, Giulietta Masina.

⇨ SinopseNa Itália dos anos 50, três desiludidos vigaristas vivem de pequenos golpes, aproveitando-se da ingenuidade dos camponeses.

☛ OS PALHAÇOS
(I clowns, 1970, 92 min.)
Com Riccardo Billi, Federico Fellini, Gigi Reder.

⇨ SinopseFellini expressa sua paixão por palhaços e pelo mundo do circo mesclando memórias de infância com entrevistas com célebres profissionais do meio.


Disco 3:

☛ ENSAIO DE ORQUESTRA
(Prova d’orchestra, 1978, 72 min.)
Com Balduin Baas, Clara Colosimo, Elizabeth Labi.

⇨ SinopseNuma capela romana, agora um oratório, músicos chegam para um ensaio e acabam se revoltando contra o autoritário maestro alemão da orquestra.

Disco 4:

☛ CIDADE DAS MULHERES
(La città delle donne, 1980, 139 min.)
Com Marcello Mastroianni, Anna Prucnal, Bernice Stegers.

⇨ SinopseDurante uma viagem, Snàporaz é seduzido por uma mulher. Seguindo-a, ele viverá uma fantasia, entre o sonho e o pesadelo, na cidade das mulheres.

Disco 5:

☛ BOCCACCIO '70
(Idem, 1962, 204 min.)
De Fellini, Monicelli, Visconti, De Sica. Com Peppino De Filippo, Anita Ekberg.

⇨ SinopseInspirando-se no “Decameron”, de Boccaccio, quatro mestres do cinema italiano criaram uma comédia inesquecível em quatro episódios sobre a mulher contemporânea.


Informações técnicas da edição:

Títulos em português: A Estrada da Vida, A Trapaça, Os Palhaços, Ensaio de Orquestra, Cidade das Mulheres, Boccaccio '70
Títulos originais: La Strada, Il Bidone, I Clowns, Prova d’Orchestra, La città delle donne, Boccaccio '70
País de produção: Itália
Ano de produção: 1954-1980
Gênero: Drama, Comédia, Documentário
Direção: Federico Fellini, Luchino Visconti, Mario Monicelli, Vittorio De Sica
Elenco: Anthony Quinn, Giulietta Masina, Richard Basehart, Broderick Crawford, Riccardo Billi, Federico Fellini, Gigi Reder, Balduin Baas, Clara Colosimo, Elizabeth Labi, Marcello Mastroianni, Anna Prucnal, Bernice Stegers, Anita Ekberg, Peppino De Filippo
Idioma: Italiano
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Fullscreen 1.33:1, Widescreen Anamórfico 1.78:1
Tempo de duração: 728 min.
Região: 4
Colorido e Preto & Branco
Faixa etária: 14 anos

Extras: Documentários e especiais sobre os filmes (397 min.), Trailers (9 min.)

Adquira aqui 
”Versátil



Tecnologia do Blogger.