SEXTA-FEIRA 13 NO CINEMA E NA TV

sexta-feira-13-no-cinema-e-na-tv.

A pergunta sobre cinema cuja resposta tem o maior índice de erros é "Quem é o serial Killer do filme Sexta Feira 13". Até quem sabe, erra por indução. O assassino é na verdade, assassina: a mãe de Jason.

À partir do segundo filme, a lógica some das linhas traçadas pelos roteiristas e a saga toma contornos sobrenaturais, com o Jason morrendo várias vezes e voltando. Ele vai de Nova York à Elm Street. Do espaço ao remake, passando por inúmeras decapitações, explosões a até uma paranormal ele enfrente.



E mais curioso ainda: o feito do primeiro filme se repete no quinto, quando Jason cede lugar ao menino que ficou maluco com os assassinatos cometidos pelo serial killer de Crystal Lake.

Abaixo, vamos recordar quais são os filmes feitos até hoje, bem como curiosidades das produções.

Direção: Sean S. Cunningham
➤Sinopse:

Filme de terror de grande sucesso, primeiro de uma numerosa série de longas-metragens. Em 1957, o garoto Jason morreu afogado num acampamento em Crystal Lake. No ano seguinte, dois adolescentes (que deveriam ter cuidado de Jason) foram assassinados, mas o culpado não foi descoberto. O acampamento foi fechado e agora, muitos anos depois, é reaberto. Os moradores da região ainda não esqueceram a tragédia e aconselham os monitores do acampamento a ir embora. Eles ficam e, um a um, vão sendo assassinados de forma brutal, pois um misterioso assassino quer impedir que o lugar seja reaberto. O porquê só será revelado para a última vítima.

Curiosidades:

Contagem de Corpos: 11 (incluindo a cobra)
Sally Field fez audição para o papel de Alice HardyUm crítico ficou tão revoltado pela interpretação de Betsy Palmer no filme (e enfureceu muito dos seus fãs) que ele publicou o endereço dela em uma revista e encorajou as pessoas a escreverem e protestarem contra ela. Detalhe: acabou publicando o endereço
O filme rendeu US$ 39.754.601 e teve um orçamento de US$ 700 mil
A filmagem durou 28 dias

Direção: Steve Miner
➤Sinopse:

Dois meses depois do acontecido no primeiro Sexta-feira 13, o único sobrevivente do massacre é assassinado. Cinco anos mais tarde, um novo acampamento é aberto às margens do mesmo lago, e os monitores novamente vão sendo assassinados. Desta vez o assassino é o próprio Jason Voorhees, que teria morrido afogado no lago muitos anos antes, mas está vivo e todo deformado. O filme também relembra algumas mortes do primeiro filme, mostrando como Jason teria participado da carnificina.

Curiosidades:

O filme possui a mais longa sequência de pré-créditos na história do cinema de horror: 15 minutos
O filme teve uma renda de US$ 21.722.000 com um orçamento de US$ 1.000.000
O filme se posiciona cinco anos depois do primeiro

Direção: Steve Miner
➤Sinopse:

Jason Vorhees (Richard Brooker) reaparece na região de Crystal Lake, desta vez para aterrorizar os hóspedes de uma fazenda, convidados de uma garota rica. Um deles é Shelly (Larry Zerner), um rapaz que adora pregar peças com falsos braços amputados e coisas do tipo. Ele acaba provocando uma gang de motoqueiros da pesada, que também entra na roda e fornece vítimas com um perfil mais variado para Jason. O vilão roubou uma loja de ferramentas, e as usa de forma grotesca em seus assassinatos. Este episódio tem mais humor que os anteriores, deixando claro que não deve ser levado a sério. A versão original tem cenas filmadas em 3D.


Curiosidade:

Excluindo as cenas em "flashback" de "Sexta-Feira 13 - Parte II", nenhum dos personagens diz a palavra "Jason" ao longo do filme.

Direção: Joseph Zito
➤Sinopse:

Apesar de ter sido morto no filme anterior, Jason está de volta, escapando do necrotério e voltando a Crystal Lake. Alguns adolescentes alugaram uma casa para fazer uma festa. Entre eles está Tommy (Corey Feldman), um garoto obcecado por monstros e brincadeiras de mau gosto que chega a se fantasiar de Jason. O vilão causa mais mortes grotescas e com impacto visual. Apesar do título, a série Sexta-feira 13 continua.

Curiosidade:

Contagem de Corpos: 13
O filme foi lançado numa sexta-feira 13
De todos os filmes, esse é o que apresenta mais cenas de nudez
Barbara howard usou uma dublê de corpo para sua cena de amor no chuveiro

Direção: Danny Steinmann
➤Sinopse:

Apesar de Jason estar morto, alguém começa a matar da mesma forma que ele. Depois da última carnificina, Tommy Jarvis (John Shepherd), o garoto que matou Jason no filme anterior, é enviado a uma casa para adolescentes com problemas psicológicos. Ele testemunha um paciente, Vic (Mark Venturini), matando um garoto com um machado. Muitas outras mortes acontecem, mas Vic não é o único assassino.

Curiosidade:

A cena em que Pam ataca Jason com uma serra elétrica foi filmada na noite de halloween em 1984
O filme foi originalmente escrito para ter Corey Feldman como estrela, reprisando o papel de Tommy Jarvis. Entretanto, ele já estava ocupado trabalhando em Os Goonies. Logo, o roteiro teve de ser refeito para que Feldman se limitasse como uma participação

Direção: Tom McLoughlin
➤Sinopse:

Tommy (Thom Matthews) vai checar a cova de Jason para ter certeza de que ele está morto, mas, acidentalmente, faz Jason ressuscitar na forma de zumbi. Muitas mortes sangrentas acontecem e Tommy é preso como suspeito. Ele consegue escapar e precisa impedir Jason de continuar com a matança. Para isso, volta a Crystal Lake com a intenção de mandar o vilão para o fundo do lago mais uma vez. Considerado um dos melhores da série, tanto pelos efeitos quanto pelo roteiro.

Curiosidade:

A filmagem durou 40 dias
As mãos de Tommy Jarvis abrindo o caixão de Jason eram na verdade do diretor Tom McLoughlins
No filme, Megan Garris menciona uma rua chamada Cunningham Road"". É uma referência a Sean Cunningham, o criador da série dos filmes e o diretor do primeiro file.
Contagem de Corpos do filme: 18

Direção: John Carl Buechler
➤Sinopse:

Tina (Lar Park-Lincoln), uma garota atormentada por seus poderes paranormais, acidentalmente faz com que Jason ressurja do fundo do lago. Ele começa a matar adolescentes mais uma vez, mas Tina usa seus poderes para atrapalhar os ataques do vilão.

Curiosidade:

A ideia desse filme originalmente era reunir Jason Voorhees e Freddy Krueger pela primeira vez. Contudo, a Paramount Pictures (que detinha os direitos de Sexta-Feira 13) e a New Line Cinema (que detinha os de A Hora do Pesadelo) não conseguiram chegar a um acordo
Contagem de corpos do filme: 16. A máscara de Jason mantém todos os danos recebidos desde o terceiro filme da série

Direção: Rob Hedden
➤Sinopse:

Jason ressurge mais uma vez do fundo do lago, desta vez graças a um cabo de alta-tensão. Ele ataca um barco cheio de adolescentes que está indo para Nova York, fazendo suas mortes durante a viagem e também perseguindo vítimas pelas ruas da cidade. 

Curiosidade:

Foi o último filme da série a ser produzido pela Paramount
Vincent Craig Dupree realmente cortou sua mão na cabine de telefone quando Jason quebra o vidro em volta dele
O filme faturou US$ 19.343.976 com um orçamento de US$ 5.000.000

Direção: Adam Marcus
➤Sinopse:

Depois da morte de Jason (Kane Hodder), um homem devora o coração de um vilão que ainda bate, permitindo que o espírito de Jason tome seu corpo. Uma nova série de assassinatos acontece, deixando intrigados aqueles que acreditavam que Jason estava morto. O segredo da maldade de Jason é revelado, e o último descendente da família Voorhees precisa acabar com Jason antes que ele se torne imortal e invencível.

Curiosidade:

O projeto contou com a participação de Sean S. Cunningham, diretor do primeiro filme, e a história vai um pouco além de mortes grotescas e adolescentes estereotipados.
Em adição aos papéis de Jason e do segurança, Kane Hodder também fez a mão de Freddy Krueger na cena final
O Coração de Jason foi usado em Um Drink No Inferno.

Direção: James Isaac
➤Sinopse:

O décimo filme da série Sexta-Feira 13 mostra Jason (Kane Hodder) em um futuro distante, no ano de 2445. O planeta não é mais habitado por seres humanos e a Terra transformou-se em um mundo contaminado com violentas tempestades, oceanos envenenados e solos estéreis. Durante uma pesquisa, o Prof. Loew (Jonathan Potts) e a tripulação de sua espaçonave retornam à Terra e descobrem Jason e um técnico congelados. Porém, durante suas pesquisas no planeta, Jason é trazido a bordo e descongelado para que seja estudado. Mas antes deles chegarem ao seu destino, Jason desperta e começa uma nova onda de assassinatos.

Curiosidade:

A grande curiosidade é minha opinião. Perdi a paciência com esta merda.Pronto falei...

Direção: Ronny Yu
➤Sinopse:

O inferno chega à Terra quando Freddy Krueger (Robert Englund) está desesperado para matar alguém. Mas as vítimas da Elm Street foram medicadas para não sonhar mais, impedindo o assassino das garras cortantes de aterrorizá-las. Ele, então, ressuscita Jason Voorhees (Ken Kirzinger) para ajudá-lo a espalhar o medo novamente. Depois de matar muitas pessoas com Jason, Freddy consegue seu poder novamente e quer se livrar do comparsa. Jason, no entanto, quer seguir adiante e enfrenta Freddy, em uma disputa cheia de sangue e terror.

Curiosidade:

Foi o primeiro filme de Freddy Krueger que não é filmado nos EUA
Westin Hills é a terra-natal de Freddy e foi visto no terceiro filme da franquia A Hora do Pesadelo
Foram usados 300 galões de sangue falso para o filme, de acordo com o diretor Ronny Yu
A filmagem durou 53 dias

Direção: Marcus Nispel
➤Sinopse:

Tentando encontrar sua irmã desaparecida, Clay Miller (Jared Padalecki) resolve ir à sombria floresta do lendário Crystal Lake, onde esbarra nos vestígios de velhas cabanas apodrecendo por trás de árvores cobertas por musgo. Contra as recomendações da polícia e os avisos dos habitantes locais, Clay vai atrás das poucas pistas que tem, com a ajuda de Jenna, uma jovem que ele conhece em um grupo de faculdade que pretende passar um emocionante fim de semana no local. Mas eles estão prestes a achar muito mais do que gostariam: o assassino que assombra Crystal Lake, Jason Voorhees (Derek Mears).

Curiosidade:

Misto de refilmagem e continuação do primeiro filme da série Sexta-feira 13
Foi a primeira vez a Paramount se associa com a série de Sexta-Feira 13 desde 1989
Incluindo a refilmagem de 2009, Jason matou 167 pessoas no total na série inteira





E antes que alguém pergunte onde raios está o tal Sexta Feira 13 na tevê, bom, não existe. Mas para quem é dos anos 80 e sofreu com os VHS com eu, sabe que existe uma série de tv chamada Sexta Feira 13, cujo título oportunista, confundiu muitos, como eu. 

A série tem ótimos momentos e vale a pena ser vista. Mas o título é altamente picareta por aproveitar o nome da saga oitentista de Jason Voorhees.

Leia o review da série abaixo:





Tecnologia do Blogger.