O HOMEM DA MÁSCARA DE FERRO E OS TRÊS MOSQUETEIROS EM 10 FILMES


o-homem-da-mascara-de-ferro-e-os-3-mosqueteiros

Alexandre Dumas, pai (1802-1870) foi um romancista e dramaturgo francês, autor de vários livros clássicos do romance de capa e espada de grande aceitação popular, entre eles Os romances de D'Artagnan: Os Três Mosqueteiros (Les Trois Mousquetaires, 1844), Vinte anos depois (Vingt Ans Après, 1845) e O Visconde de Bragelonne (Le Vicomte de Bragelonne, 1847) - (do qual faz parte O Homem Com a Máscara de Ferro).

Os filmes abaixo são adaptações interessantes para ver a evolução (ou declínio) das adaptações dos personagens para o cinema.  

Direção: Allan Dwan

Esta sequência de Os Três Mosqueteiros (1921), de Fairbanks, é baseada nos romances de Alexander Dumas, e apresenta a história muitas vezes filmada de herdeiros gêmeos do trono da França separados no nascimento pelo maléfico cardeal Richelieu (Nigel de Brulier). Ele gerencia os quatro mosqueteiros e também faz de D'Artagnan o guarda-costas  do príncipe da França.  Os mosqueteiros descobrem a verdade  e se unem para derrotar os planos do agora morto Richelieu e o conivente De Rochefort e  restaurar o trono da França ao seu pretenso herdeiro.

 Direção: James Whale

Em 1638, o Rei Luís XIII da França está feliz com o nascimento de seu filho, Luis, o herdeiro do trono. Contudo, poucos minutos depois, um segundo filho nasce. O honesto conselheiro do Rei, Colbert, é avisado e convence o monarca que esse irmão gêmeo de Luís, Filipe, deverá ser levado incógnito à Gasconha pelo leal amigo do trono, o bravo mosqueteiro d'Artagnan, e nunca saber da origem real dele para evitar uma provável e desastrosa guerra civil. Fouquet, um simples mensageiro do cardeal, fica sabendo do segredo e o usa para avançar na carreira, ocupando 20 anos depois o cargo de Ministro de Finanças do cruel e perdulário Rei Luis XIV.

 Direção:George Sidney

D'Artagnan, um jovem provinciano, chega à Paris com o intuito de se tornar um mosqueteiro. Ele encontrará muitos obstáculos, ação, amor, ódio, o rei e a rainha. E ainda Richelieu e sua impetuosidade, que deixará D'Artagnan envolvido em tramas políticas. Mas contra tudo e todos ele se junta a Athos, Porthos e Aramis. D'Artagnan terá, além do mais, que se desdobrar para manter seguro o seu amor pela encantadora Constance Bonacieux sem com isso indispor a apaixonada Milady De Winter, uma agente secreta do Cardeal.

 Direção:Ralph Murphy

 D'Artagnan (Louis Hayward) e seus companheiros mosqueteiros juram defender a princesa francesa Anne  (Patricia Medina) até a morte. Porém, parece que Anne foi jogada em uma masmorra com o rosto envolto em uma máscara de ferro, enquanto sua irmã há muito perdida Louise (também Patrícia Medina) é colocada no trono por conta de conspiração do duque De Valdac (John Sutton). D'Artagnan e seus amigos devem resgatar a princesa antes que o impostor termine com um casamento arranjado com o rei Phillip da Espanha (Hal Gerrard). 


Direção: Richard Lester

Após ser treinado pelo pai, o jovem D'Artagnan (Michael York) ruma para Paris sonhando se tornar um mosqueteiro do rei. Já no caminho é ridicularizado, devido à sua inexperiência, por Rochefort (Christopher Lee), o braço direito do cardeal Richelieu (Charlton Heston), que usa sua enorme influência para governar a França indiretamente através do rei. D'Artagnan nada sabe sobre isto e quer apenas demonstrar seu valor. Ele fica tão ansioso que acaba se desentendendo com três espadachins, Athos (Oliver Reed), Porthos (Frank Finlay) e Aramis (Richard Chamberlain), sem imaginar que eles são os mosqueteiros do rei. 

Direção: Richard Lester

Depois de recuperar as jóias da Rainha, D´Artagnan (Michael York) tornou-se um mosqueteiro. Os protestantes ocupam La Rochelle, e a Rainha (Geraldine Chaplin) está apaixonada pelo Duke de Buckingham (Simon Ward), que logo enviará navios de apoio aos rebeldes. O Cardeal Richelieu (Charlton Heston) recruta Rochefort (Christopher Lee) para sequestrar Constance (Raquel Welch), mensageira secreta da Rainha e amor de D´Artagnan. E para distrair o mosqueteiro, o Cardeal convoca a esperta e amoral Milady de Winter (Faye Dunaway). Mas logo, eles se tornam arque inimigos. 

Direção: Mike Newell

O filme conta a história de dois irmãos gêmeos: Louis (Richard Chamberlain), coroado o rei da França, e Phillipe, dado como morto, mas condenando a viver sua vida como prisioneiro sob uma máscara de ferro para que nunca seja reconhecido. O elegante, afetado, mas sobretudo arrogante Louis é um verdadeiro tirano. Por isso, os mosqueteiros, liderados pelo capitão D’Artagnan (Louis Jourdan) e o ministro Colbert (Ralph Richardson), tentarão derrubar Louis do poder, substituindo-o por seu irmão gêmeo e restaurando o equilíbrio do reino.

 Direção: Ken Annakin

O Quinto Mosqueteiro é uma aventura que mistura violência, intriga e sexo na França do século XVII. Trama e comédia envolvendo o impopular Rei Luís de França e seus casos amorosos com sua amante Maria Tereza de Espanha. Em meio a isso surge seu sósia Philippe, que recebe proteção de D'Artagnan e seus três amigos mosqueteiros.

 Direção: Stephen Herek

Um por todos, todos por um. Os três mosqueteiros estão prontos para defender o rei Luiz XIII. Athos, Porthos e Aramis enfrentam todos os perigos para impedir que o demoníaco Cardeal Richelieu destrua o rei da França. Enquanto isso, o jovem D´Artagnan que sonha ser um Mosqueteiro, coloca sua vida em risco quando resolve agir sozinho e apaixona-se pela Condessa de Winter, a bela espiã de Richelieu. Se D´Artagnnan conseguir escapar das armadilhas da Condessa e tornar-se um Mosqueteiro, ainda assim terá que provar sua lealdade e habilidade de grande espadachim.

Direção: Randall Wallace

Durante o século XVII, Luíz XIV (Leonardo DiCaprio), poderoso e cruel, condena e prende na masmorra o seu irmão gêmeo. Dessa forma, ele tem todo o poder para fazer o que desejar, uma vez que ninguém sabe da existência de seu irmão. Entretanto, um dos mosqueteiros, Aramis (Jeremy Irons), descobre o segredo e com a ajuda de seus outros companheiros tentará resgatar o prisioneiro.

Menção honrosa: Os três mosqueteiros (1921)
Menção desonrosa: Os três mosqueteiros (2011)


Classicline lançou esta obra imperdível para colecionadores e curiosos, que pode ser comprada diretamente no site da própria empresa, com ótimos descontos no frete e promoções absurdas para ficarem tentados a levarem vários filmes. Não deixem de conferir. Só clicar no nome da empresa e aproveitar...




Tecnologia do Blogger.