PARCERIAS NO CINEMA: LARS VON TRIER E STELLAN SKARSGARD

lars-von-trier-e-stellan-skarsgard

Outra parceria famosa no cinema foi dinamarquesa. Stellan  Skarsgård  e Lars Von Trier fizeram grandes trabalhos juntos ao longo dos anos.

Stellan John Skarsgård  é um ator sueco. O ator foi casado de abril de 1975 a maio de 2007 com My Skarsgård, uma médica também sueca, com quem teve cinco filhos e uma filha: Alexander Skarsgård, ator, nascido em 1976, Gustaf Skarsgård, ator, nascido em 1980, Sam Skarsgård, ator, nascido em 1982, Bill Skarsgård, ator, nascido em 1990, Eija Skarsgård, ex-modelo nascida em 1992, e Valter Skarsgård, ator, nascido em 1995. Está casado com Megan Everett desde janeiro de 2009, com quem teve dois filhos: Ossian (nascido em 2009) e Kolbjörn (nascido em 2012).

Stellan começou a representar quando ainda era adolescente e, aos 21 anos, já tinha uma experiência considerável no cinema, na televisão e no teatro. Fez amizade com Lars Von Trier, trabalhando com ele na minissérie "O reino" em 1994. De lá para cá, sempre que a agenda internacional permitia, Stellan estava presente eu seus filmes. 

Veja as obras feitas até agora:

➤Sinopse:

O Hospital Reino ergue-se sobre antigos pântanos onde outrora se tingiam tecidos, artesãos umedeciam as grandes peças de tecido e o vapor desprendendo-se do tecido úmido envolvia o lugar numa permanente neblina. Séculos mais tarde construiu-se o hospital e os artesãos cederam lugar a médicos e cientistas, aos melhores cérebros do país e a mais perfeita tecnologia. Para coroar a obra apelidaram o hospital de ... Reino. A vida ia agora ser mapeada e a ignorância e superstição não mais fariam estremecer os bastidores da ciência. Talvez a sua arrogância e persistente negação ao espiritual tivesse tornado demasiado acentuada, porque o frio e a umidade pareciam ter voltado. Indícios de fadiga aparecem no moderno edifício. Nenhum vivo o sabe ainda, mas o portão para o Reino está aberto mais uma vez.

➤Sinopse:

No norte da Escócia uma jovem mulher (Emily Watson) se apaixona e se casa com um dinamarquês (Stellan Skarsgard) que trabalha em uma plataforma de petróleo. Quando ele retorna ao seu serviço sofre um acidente, quebrando seu pescoço e provavelmente o deixando incapacitado para o resto da vida. Nesta situação ele pressiona a mulher a procurar amantes e lhe contar detalhes de suas relações.

➤Sinopse:

Selma Jezkova (Björk) é uma mãe-solteira tcheca que foi morar nos Estados Unidos. Ela tem uma doença hereditária que a faz perder a visão, algo que também deverá acontecer um dia a seu filho Gene (Vladan Kostig), um garoto de doze anos. Entretanto, em virtude de saber que existem médicos nos Estados Unidos que podem operar seu filho isto foi o suficiente para fazê-la imigrar para o país. Ela trabalha muito duro e guarda tudo o que ganha para a cirurgia do filho. Bill (David Morse) e Linda (Cara Seymour), seus vizinhos, juntamente com Kathy (Catherine Deneuve), uma colega de fábrica, a ajudam no que é possível, mas quando Bill se vê em dificuldades financeiras rouba o dinheiro que Selma tinha economizado duramente. Este roubo é o ponto de partida para trágicos acontecimentos.

➤Curiosidades:

☞As filmagens de Dançando no Escuro foram repletas de problemas. O diretor Lars Von Trier e a cantora-atriz Björk tiveram sérias desavenças, com Björk chegando ao ponto de abandonar os sets por duas semanas. Além disso, um dos produtores executivos do filme, numa crise nervosa, quebrou alguns computadores e chegou a ser internado no hospital.
☞Após o término das filmagens de Dançando no Escuro, Björk declarou que esta seria sua primeira e última participação como atriz em um filme.

➤Sinopse:

Dogville, um lugarejo nas Montanhas Rochosas. Grace (Nicole Kidman), uma bela desconhecida, aparece no lugar ao tentar fugir de gangsteres. Com o apoio de Tom Edison (Paul Bettany), o auto-designado porta-voz da pequena comunidade, Grace é escondida pela pequena cidade e, em troca, trabalhará para eles. Fica acertado que após duas semanas ocorrerá uma votação para decidir se ela fica. Após este "período de testes" Grace é aprovada por unanimidade, mas quando a procura por ela se intensifica os moradores exigem algo mais em troca do risco de escondê-la. É quando ela descobre de modo duro que nesta cidade a bondade é algo bem relativo, pois Dogville começa a mostrar seus dentes. No entanto Grace carrega um segredo, que pode ser muito perigoso para a cidade.

➤Curiosidades:

☞Apesar de Dogville ser situado nos Estados Unidos, todas as filmagens ocorreram em estúdio na Suécia.
☞Trata-se do 1º filme de uma trilogia do diretor Lars Von Trier sobre os Estados Unidos. Os demais filmes são Manderlay (2005) e Wasington, que ainda não tem previsão de quando será realizado.


➤Sinopse:

Justine (Kirsten Dunst) e Claire (Charlotte Gainsbourg). Duas irmãs com personalidades distintas: a primeira, mais insegura, enigmática; a segunda, mais matura, decidida. Uma suntuosa festa em comemoração do casamento de Justine, organizada por Claire e pelo seu marido, acompanhada de um tenso ambiente familiar. E a força da Natureza, a fragilidade do ser humano, com diferentes formas de encarar o seu destino...

➤Sinopse: 

Bastante machucada e largada em um beco, Joe (Charlotte Gainsbourg) é encontrada por um homem mais velho, Seligman (Stellan Skarsgard), que lhe oferece ajuda. Ele a leva para sua casa, onde possa descansar e se recuperar. Ao despertar, Joe começa a contar detalhes de sua vida para Seligman. Assumindo ser uma ninfomaníaca e que não é, de forma alguma, uma pessoa boa, ela narra algumas das aventuras sexuais que vivenciou para justificar o porquê de sua auto avaliação.

➤Curiosidades:

☞Nicole Kidman foi a primeira atriz escolhida para o papel principal de Ninfomaníaca. Esta deveria ser a segunda vez que ela trabalharia com Lars Von Trier, após Dogville. No entanto, Kidman não estava mais disponível na data prevista para as filmagens, e foi substituída por Charlotte Gainsbourg - que também já tinha trabalhado com o cineasta, em Anticristo e Melancolia.
☞Ninfomaníaca é o último capítulo da "Trilogia da Depressão" dirigida por Lars Von Trier. Os filmes anteriores foram Anticristo (2009) e Melancolia (2011). 
☞O trailer de Ninfomaníaca, contendo cenas de sexo explícito, foi exibido acidentalmente antes de uma sessão da animação infantil Frozen - Uma Aventura Congelante na cidade americana de Tampa.

➤Sinopse:

Na segunda parte de sua história, Joe (Charlotte Gainsbourg) fica irritada com Seligman (Stellan Skarsgård), acusando-o de ignorar a gravidade de sua sexualidade perdida para se concentrar no alegórico antes de perceber que não pode se relacionar com as histórias dela. Ele continua confirmando sua assexualidade e virgindade, mas garante a ela sua falta de preconceito e "inocência" faz dele o melhor homem para ouvir a história dela. Ela se sente inspirada a contar a ele outra parte de sua vida .


A versátil lançou a Coleção Lars Von Trier Vol. 1, com dois filmes anteriormente lançados em edições separadas. Esta coleção contém os filmes;

Disco 1:

Ondas do destino (1996)

“Ondas do Destino”, um dos mais aclamados filmes do polêmico diretor Lars von Trier (“Dançando no Escuro”). Vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes e indicado ao Oscar de Melhor Atriz (Emily Watson, por sua atuação espetacular), esse cult-movie é apresentado em Edição Especial com quase uma hora de extras, incluindo cenas inéditas e entrevistas.

Em um vilarejo no interior da Escócia, uma jovem se apaixona e se casa com um dinamarquês que trabalha em uma plataforma de petróleo. Infelizmente, ele sofre um acidente que o deixa incapacitado para o resto da vida. Nesta condição, ele pressiona a mulher a procurar amantes e lhe contar detalhes de suas relações.

Dialogando com “A Paixão de Joana d’Arc” (1928), a obra-prima de seu conterrâneo Carl Theodor Dreyer, Lars von Trier realiza um contundente drama moral sobre o amor, o sofrimento e a bondade. Sem dúvida, um dos filmes seminais dos anos 1990.

U+21F0.gif Informações Técnicas:

Título: Ondas do Destino
Título original: Breaking the Waves
País de produção: Dinamarca, França
Ano de produção: 1996
Gênero: Drama
Direção: Lars von Trier
Elenco: Emily Watson, Stellan Skarsgard, Katrin Cartlidge, Jean-Marc Barrr
Idioma: Inglês
Áudio: Dolby Digital 5.1
Legendas: Português
Formato de tela: Widescreen Anamórfico 2.35:1
Tempo de duração: 154 min.
Região: 4
Colorido
Faixa etária: 16 anos

U+21F0.gif Extras:

Cenas cortadas, Lars apresenta o filme em Cannes, Teste da atriz Emily Watson, Entrevista com Adrian Rawlins, Trecho de documentário sobre Lars von Trier, Trailers

”Versátil


Disco 2:

Dançando no Escuro (2000)

Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, Dançando no Escuro é uma das obras-primas do polêmico cineasta Lars von Trier (Dogville). Esta Edição Especial apresenta o filme no formato widescreen anamórfico, com mais de uma hora de extras, incluindo o documentário inédito Os 100 Olhos de Lars Von Trier.

A cantora Björk está impressionante como Selma, uma imigrante que trabalha numa fábrica no interior dos Estados Unidos. Vítima de uma doença hereditária, ela está perdendo a visão e, para evitar que o filho tenha o mesmo destino, economiza todo o seu dinheiro para operá-lo. Apaixonada pelos musicais de Hollywood, Selma mistura realidade e fantasia. Porém, a sua vida muda radicalmente quando é acusada injustamente de um crime.

Além da excelente trilha sonora de Björk, Dançando no Escuro tem as participações da grande Catherine Deneuve e do lendário Joel Grey (Cabaré).

U+21F0.gif Informações Técnicas:

Título: Dançando no Escuro
Título original: Dancer in the Dark
País de produção: Estados Unidos, Dinamarca
Ano de produção: 2000
Gênero: Drama
Direção: Lars von Trier
Elenco: Björk, Catherine Deneuve, David Morse, Peter Stormare, Joel Grey
Idioma: Inglês
Áudio: Dolby Digital 5.1
Legendas: Português
Formato de tela: Widescreen Anamórfico 2.35:1
Tempo de duração: 141 min.
Região: 4
Colorido
Faixa etária: 14 anos

U+21F0.gif Extras:

Os 100 Olhos de Lars von Trier, Trailer de Cinema, Galeria de pôster e fotos, Vida e obra de Lars von Trier


Tecnologia do Blogger.