O DESTINO ME PERSEGUE (1953) - FILM REVIEW

o-destino-me-persegue-1953-film-review

O destino me persegue


Andrew Jackson (Charlton Heston) se casa com Rachel Donelson Robards (Susan Hayward) após ela se divorciar do seu infiel marido, Lewis Robards (Whitfield Connor). Na verdade ela não estava formalmente divorciada, um engano que todos deixaram passar, inclusive Andrew, que era advogado, o que fez com que o casal fosse obrigado a se casar uma segunda vez. Ele tem uma grande ascensão na carreira militar e como líder político, mas Rachel nunca foi aceita socialmente em virtude deste divórcio conturbado. 

Andrew chegou a duelar anos mais tarde com um homem que ofendeu a honra de Rachel, sendo que o oponente era um ótimo atirador. Andrew foi ferido, mas seu adversário morreu com um tiro no coração. Quando era candidato à presidência Andrew ouviu insultos de opositores, que diziam que não queriam uma prostituta na Casa Branca, mas mesmo assim venceu as eleições. Entretanto Rachel nunca foi para Washington, pois morreu um pouco antes da posse.


Nascido na pobreza, Andrew Jackson (1767-1845) tornou-se um rico advogado do Tennessee e jovem político emergente em 1812, quando a guerra estourou entre os Estados Unidos e a Grã-Bretanha. Sua liderança nesse conflito rendeu a fama nacional de Jackson como um herói militar, e ele se tornaria a figura mais influente - e polarizadora - da América durante as décadas de 1820 e 1830. Depois de perder por pouco para John Quincy Adams a eleição presidencial de 1824, Jackson retornou quatro anos depois para ganhar a redenção, derrotando Adams e tornando-se o sétimo presidente do país (1829-1837). 

Como sistema de partido político da América desenvolvido, Jackson se tornou o líder do novo Partido Democrata. Um defensor dos direitos dos Estados e da extensão da escravidão nos novos territórios. Para alguns, seu legado é manchado por seu papel na realocação forçada de tribos nativas americanas que vivem a leste do Mississípi.


Jackson era um comerciante de escravos inescrupuloso, mas a denúncia mais veemente dizia respeito a sua esposa, Rachel. Quando os dois se casaram em 1791, não sabiam que seu divórcio do primeiro marido Lewis Robards não havia sido finalizado. Após dois anos desse casamento ilegal, Rachel conseguiu o divórcio e eles se casaram novamente. Mas o incidente os atormentou por toda a vida, ressurgindo como um escândalo de pleno direito durante a campanha.

Como dizia um panfleto de campanha de Adams aos eleitores: "Deveria uma adúltera seu marido e  amante serem colocados no cargo mais alto desta terra livre e cristã?" Jackson sempre sustentou que os ataques brutais ao caráter de uma mulher conhecida por sua honestidade e bondade contribuíram para sua saúde debilitada e sua morte em dezembro de 1828, pouco depois da eleição, mas antes de sua posse.

O filme, cujo título original é "A dama do presidente" conta essa história, mas da forma mais  Hollywoodiana possível. O produtor queria outra dupla para fazer o par centra (Olivia de Havilland e Gregory Peck), mas Susan Hayward e Heston vinham de sucessos de público e indicações ao Oscar. A produção inclusive recebeu 2 indicações ao Oscar. O Heston interpretou Jackson novamente alguns meses depois em  Lafite, o Corsário, co-estrelando Joan Fontaine (irmã de De Havilland).


O diretor


Henry Levin  (05 de junho de 1909/ 01 de maio de 1980) foi um cineasta americano que era um diretor eficiente na realização de filmes baratos, tendo trabalhado em uma variedade de gêneros, incluindo film noir , musical , western e ficção científica .Levin trabalhou no teatro como ator e diretor antes de lançar uma carreira cinematográfica no início dos anos 1940. Ele foi contratado pela Columbia como diretor de diálogos , mas logo se graduou para dirigir filmes.


Em 1952, Levin mudou-se para a Twentieth Century-Fox , onde seu trabalho continuou a ser amplo onde fez  Viagem ao centro da Terra (1959), uma adaptação do romance de Jules Verne , e é considerado um clássico. Mudou para a Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) e realizou um dos seus maiores sucessos: Bastam Dois para Amar, em 1960.

Ele terminou sua carreira dirigindo filmes feitos para a televisão e morreu no último dia de filmagem de Honra do Escoteiro (1980) com o ator mirim Gary Coleman, que faleceu precocemente em 2010, aos 42 anos.


Classicline lançou esta obra inesquecível, que pode ser comprada diretamente no site da própria empresa, com ótimos descontos no frete e promoções absurdas para ficarem tentados a levarem vários filmes. Não deixem de conferir, pois o estoque do filme está acabando.

Tecnologia do Blogger.