MORREM DORIS DAY, LÚCIO MAURO, JEAN-CLAUDE BRISSEAU E PEGGY LIPTON


Tributo da semana

Como de costume, prestamos nosso tributo semanal aos que se foram ligados ao mundo cinematográfico:

Doris Day

Doris Mary Ann von Kappelhoff, conhecida como Doris Day, foi uma atriz e cantora americana. Ela começou sua carreira como cantora de Big bands em 1939, tendo aumentado sua popularidade com sua primeira gravação de sucesso Sentimental Journey, em 1945.

Foi casada quatro vezes e teve um filho, Terry Melcher, que faleceu em 2004. Desde a morte dele, Doris levava uma vida reclusa e solitária, dedicando-se exclusivamente à proteção de animais na Doris Day Pet Foundation, trabalho que realizou por várias décadas.

Doris Day faleceu vítima de uma pneumonia.


Lúcio Mauro

Lúcio de Barros Barbalho foi um ator e humorista brasileiro e um dos pioneiros na televisão no Brasil. Passou pela TV Rio, Tupi, pela Excelsior e TV Globo. Era conhecido pelos personagens humorísticos que interpretava, principalmente nos programas de Chico Anísio, os quais lhe deram seus dois personagens mais emblemáticos: Aldemar Vigário e  Da Júlia.

Nascido em Belém do Pará. Era irmão do político paraense e empresário radialista Laércio Wilson Barbalho, sendo assim tio paterno do político Jader Barbalho. Lúcio Mauro morreu em 11 de maio de 2019 aos 92 anos em uma clínica na zona sul do Rio de Janeiro, onde estava internado havia dois meses para tratamento de problemas respiratórios.


Jean-Claude Brisseau

Jean-Claude Brisseau Foi um cineasta francês autor de vários filmes intensos e muitas vezes explorando o erotismo.

Em 2005, Brisseau foi preso sob a acusação de assédio sexual depois que três mulheres apareceram acusando-o de persuadi-las a realizar atos sexuais diante das câmeras, prometendo-lhes um papel no cinema. Ele acabou sendo considerado culpado , multado e recebeu uma sentença (suspensa) de um ano de prisão.

Faleceu aos 74 anos.


Peggy Lipton

Peggy Lipton, nome artístico de Margaret Ann Lipton, foi uma atriz, cantora e modelo americana. A atriz Peggy Lipton, estrela das séries Twin Peaks e Mod Squad, morreu no sábado (11), aos 72 anos.  Ela tinha câncer e faleceu pacificamente, ao lado das filhas Kidada e Rashida Jones e sobrinhas, de acordo com informações da rede CNN.

Peggy foi diagnosticada em 2003 com câncer no cólon. Na época, foi submetida à quimioterapia. Ela também estrelou a série Twin Peaks, na qual interpretou Norma Jennings, proprietária do restaurante Double R. Recentemente, ela voltou ao ar na continuação da série, lançada em 2017.


Tecnologia do Blogger.