DICAS DE FILMES LANÇADOS PELA CLASSICLINE

dicas-de-filmes-classic-line-abril
Abaixo, 4 dicas de filmes lançados pela Classic Line que valem a pena serem vistos ou revistos. São ótimas produções, com grandes atores e feitas por reconhecidos realizadores, que podem ser comprados nas melhores lojas e no próprio site da empresa (Aqui). E em breve, farei matérias específicas de cada um.

O Destino me persegue (1953)

Rachel Donelson (Susan Hayward) conta seu romance com Andrew Jackson (Charlton Heston), desde quando esse chegou em sua cidade em fins do século XIX, nomeado promotor público local. Ela estava casada com o ciumento e abusivo William e fugira para a casa da mãe quando este a acusara de adultério com um primo. Ela tenta retomar o casamento mas logo os abusos recomeçam e ela abandona o marido novamente, tentando fugir para outro estado com a ajuda de Andrew. No caminho, os dois se apaixonam e Andrew quer se casar com ela em território espanhol, mas Rachel teme ficar “marcada”. Quando surge a notícia de William ter pedido o “divórcio” por adultério, os dois imediatamente se casam. Mas, à medida que Andrew ascende na carreira como um militar e político competente, Rachel sofre com as constantes provocações e ataques das pessoas que não se esquecem das acusações de seu primeiro marido.


Abatendo um a um (1963)

Em uma pequena cidade da fronteira mexicana, os vaqueiros Chris Foster (Audie Murphy) e Bert Pickett (Charles Drake) estão algemados junto a outros prisioneiros. Em conjunto, eles escapam junto com os outros prisioneiros, bandidos liderados por Lavalle (Harold J. Stone). Levando consigo US $ 12.000 em títulos roubados, Chris e Bert fogem da cidade, mas Lavalle logo encontra os dois homens. Chris é mantido como refém enquanto Bert é enviado para a cidade para converter os títulos em dinheiro. Em vez disso, ele dá as garantias para sua ex namorada, Estelle (Kathleen Crowley), que agora é uma dançarina, e retorna de mãos vazias. Enfurecido, Lavalle envia Chris atrás de Estelle para recuperar o dinheiro.


Escapando do inferno (1955)

Colditz é uma prisão situada em uma fortaleza medieval, na Alemanha Nazista, para onde são levados os prisioneiros de guerra mais perigosos. Ela é considerada inescapável - além de guardas armados e muros intransponíveis, a fronteira neutra mais próxima está a 600 quilômetros. É nesse local tenebroso que estão prisioneiros Mac McGill (Rhodes), o coronel Richmond (Portman), e Patrick Reid (Mills), que entre colegas prisioneiros de diversas nacionalidades, formam um grupo de amigos que planejam uma fuga extraordinária. Mal sabem que a parte mais difícil da sua aventura ainda está para acontecer...


Minha querida Brigitte (1965)

O professor de literatura Robert Leaf (James Stewart) defende com unhas e dentes a intensificação do ensino das ciências humanas, pois acredita que essa área está perdendo seu merecido espaço para as ciências exatas. O seu filho de 8 anos Erasmus (Bill Mumy) não demonstra qualquer talento para as artes humanas, mas se revela um superdotado em matemática. Robert o leva então para um psiquiatra que acaba descobrindo que o jovem menino se interessa na verdade por outra coisa.
O filme se chamaria Erasmus com Sardas, seguindo o livro no qual a história foi inspirada. Os produtores queriam chamar a atenção para o fato de ter a estrela Brigitte Bardot no elenco, mas a musa só aceitaria fazer parte do longa caso seu nome não aparecesse em nenhum material promocional. A única forma que os produtores encontraram de capitalizar a fascinação dos americanos pela jovem francesa foi mudando o título para Minha Querida Brigitte, alertando sua presença.




Tecnologia do Blogger.