11 FILMES QUE COMEÇAM COM UMA CENA DE SEXO


Por diversas razões, cenas de sexo são polêmicas no cinema (ou em qualquer manifestação artística). Imagina quando elas são colocadas já no início (em algumas ocasiões, com os créditos rolando ainda).
Separamos 11 filmes em que isto acontece, alguns até com sexo explícito. Ou seja, tirem as crianças da sala e divirta-se:


Murphy (Karl Glusman) está frustrado com a vida que leva, ao lado da mulher (Klara Kristin) e do filho. Um dia, ele recebe um telefonema da mãe de sua ex-namorada, Electra (Aomi Muyock), perguntando se ele sabe onde ela está, já que está desaparecida há meses. Mesmo sem a encontrar há anos, a ligação desencadeia uma forte onda saudosista em Murphy, que começa a relembrar fatos marcantes do relacionamento que tiveram.

  • Sobre filmar as cenas de sexo não simulados, o ator Karl Glusman disse: "Eu estava muito desconfortável no início. Cada câmera era controlada por três técnicos, e diversas cenas de nudez foram gravadas com duas ao mesmo tempo. Ou seja, eram no mínimo seis pessoas focando em suas partes íntimas. Com o tempo, a situação tornou-se 'normal' ".
  • As imagens e pôsteres explícitos do filme causaram um grande rebuliço na mídia social, antes do longa estrear no Festival de Cannes.
  • A película foi finalizada algumas horas antes da estreia oficial e Noé estava tão cansado, que caiu no sono durante a exibição. O cineasta também relatou estar feliz em aceitar a oportunidade de exibir seu filme [fora de competição] em Cannes, não importando em qual categoria.
  • Karl Glusman disse que sua primeira cena a ser filmada, em seu primeiro dia, era um close-up de seu próprio pênis. Ele disse que, inicialmente, tal diretriz o deixava nervoso, mas, mesmo assim, ele seguiu em frente com as experiências gerais das filmagens.
  • Gaspar Noé filmou todas as cenas de sexo em primeiro lugar (com uma pequena equipe), de modo a não constranger os atores e afetar o resto do cronograma de filmagem.
  • Gaspar Noé disse que não dirigiu os atores fazendo sexo ou os coreografou. O cineasta relatou que apenas colocou-os em suas posições com relação à câmera e, em seguida, pronunciou: "Ok, parece bom, comecem a cena. Vamos lá." Ele acrescentou: "Uma vez que, você coloca as pessoas nas posições corretas, está tudo bem. Elas sabem como fazê-lo."


Ninfomaníaca é a história selvagem e poética da viagem de uma mulher desde o nascimento até aos 50 anos, contada pela personagem principal, Joe. Numa noite fria de Inverno, um solteiro velho e encantador, Seligman, encontra Joe num beco, espancada. Leva-a para o seu apartamento onde cuida das suas feridas enquanto procura saber mais da sua vida. Escuta atentamente enquanto Joe, durante 8 capítulos, revela a multifacetada história da sua vida.  Nesta segunda parte, ficamos sabendo como a protagonista foi para no beco, indo de encontro contra tudo que imaginamos.

  • Nicole Kidman (Moulin Rouge) desistiu de participar da produção. A atriz abandonou o papel após ser informada que o projeto teria cenas de sexo reais, e sua personagem poderia participar de algumas. Kidman já trabalhou com o Lars von Trier em Dogville (2003).
  • Lars von Trier promete seu longa ainda mais polêmico, com grande conotação sexual.
  • O filme terá 5 horas de duração. O longa será dividido em dois filmes. Foram 11 semanas de gravação, um roteiro de quase 300 páginas e 100 horas cortadas do material bruto.
  • O filme será lançado em duas versões, assim como foi feito em Os Idiotas (1999): uma versão com sexo explícito para circular entre festivais e outra mais leve para o cinema comercial.
  • No Festival de Cannes de 2011, Lars von Trier foi considerado persona non grata, por ter afirmado numa coletiva que “compreende os nazistas”. 


Um casal (interpretado Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg) devastado pela morte de seu único filho se muda para uma cabana isolada na floresta Éden, onde coisas estranhas e obscuras começam a acontecer. A mulher é uma intelectual escritora que não consegue se livrar do sentimento de culpa pela morte do filho, e ele, um psicanalista, tenta exercer seu meio de trabalho para ajudar a esposa. Anticristo é divido em partes: Prólogo e Epilogo e ainda capítulos que se passam na floresta de Éden: Dor, Luto, Desespero e Os três Mendigos.


Nova York. Andrew "Andy" Hanson (Philip Seymour Hoffman) é um viciado em drogas cuja carreira de executivo está desmoronando. Para se livrar de uma auditoria, que demonstrará graves problemas na sua área, convence o irmão Hank (Ethan Hawke), que também tem problemas financeiros (deve três meses da pensão da sua filha, cuja guarda está com a ex-mulher), a assaltar a joalheria dos pais deles, Charles (Albert Finney) e Nanette (Rosemary Harris). O plano parece fácil, pois eles conhecem bem o funcionamento do lugar. Mas um imprevisto coloca tudo a perder.


De volta de uma viagem à França, a jovem Shiang-Chyi (Chen Shiang-Chyi) chega a Taipé e descobre que o local onde marcou um encontro com o vendedor de relógios Hsiao-Kang (Lee Kang-Sheng) está destruído. A cidade também sofre uma seca terrível, que a obriga a encher garrafas de água em banheiros públicos ou matar a sede com suco de melancia. Um dia ela e Hsiao-Kang se encontram por acaso no parque e iniciam um romance. Mas o que ela não sabe é que o vendedor agora atua como ator pornô, em produções filmadas próximo à sua casa.

  • Inicialmente era intenção do diretor Tsai Ming-Liang que a história narrasse o encontro de uma avó com seu neto, sem saber que ele trabalhava no cinema pornô. Esta idéia foi descartada após Ann Hui, diretora e amiga de Tsai, ser impedida de interpretar a personagem da avó. Com isso o diretor decidiu por alterar a história, retirando a avó e colocando uma jovem que retorna de viagem em seu lugar.
  • Várias pessoas deixaram o cinema durante a exibição de sua sequência final, quando  O Sabor da Melancia foi exibido no Festival de Berlim. 

Jane (Frances McDormand) é uma produtora de discos veterana que vive na rua Laurel Canyon, que fica no coração de Hollywood e por décadas foi ponto de encontro de diversos músicos, atores e boêmios. Ela está tentando lançar uma banda inglesa que tem como cantor e líder Ian (Alessandro Nivola), amante de Jane e muito mais jovem que ela. Entretanto sua vida dá uma reviravolta com a chegada de seu filho Sam (Christian Bale) e a noiva, Alex (Kate Beckinsale), que se formaram em medicina em Harvard e vão continuar seus estudos em Los Angeles. Conservadores, eles não aceitam bem a presença da banda no estúdio caseiro da mãe, mas aos poucos Alex se deixa seduzir pelo estilo de vida de Jane e Ian.


Tenoch (Diego Luna) e Julio (Gael Garcia Bernal) são dois adolescentes de 17 anos que são controlados pelos seus hormônios e desejam se tornar adultos rapidamente. Em uma tarde festiva eles encontram Luisa (Maribel Verdú), uma garota espanhola 11 anos mais velha que eles e que é casada com o primo de Tenoch. Eles a convidam para uma viagem à praia de Boca del Cielo, convite este inicialmente recusado e posteriormente aceito, após Luisa receber uma desagradável notícia. Porém, tanto Julio quanto Tenoch não conhecem o caminho até a praia e nem mesmo se ela realmente existe, fazendo com que os três se aventurem em uma viagem onde inocência, sexualidade e amizade irão colidir.


James Ballard (James Spader) se envolve em um terrível acidente automobilístico que acaba atingido outro carro no qual está um casal. O homem morre e a mulher fica bastante ferida, mas após o trauma e a raiva inicial ela acaba se tornado amante de James. Ao mesmo tempo passam a frequentar um grupo que tem como fetiche a reconstituição de acidentes de carros, nos quais famosas pessoas morreram. No entanto, estas reconstituições são propositadamente feitas sem nenhuma norma de segurança, aumentando sensivelmente o risco para quem participa da simulação e criando um clima de grande excitação para a platéia.

  • O diretor David Cronenberg chegou a rodar cenas de sexo entre James Ballard e sua secretária, mas elas terminaram sendo cortadas do filme porque, de acordo com o diretor, ficaram boas demais e isto contrastaria com as demais relações sexuais mostradas no filme.
  • A versão em vídeo de Crash- Estranhos Prazeres disponível nas locadoras não possui quase que nenhuma das cenas de sexo do filme. Esta versão tem aproximadamente 10 minutos a menos do que a exibida nos cinemas.

Ao investigar um assassinato, o detetive Nick Curran se vê diante de um mistério: a principal suspeita é a namorada da vítima. Catherine Tramell, uma escritora de sucesso, descreve em seu último livro uma cena exatamente igual à do crime. A situação se complica porque Nick se vê envolvido com a insinuante escritora, numa trama de intrigas e sexo que pode acabar com a sua carreira e mesmo com a sua vida.

  • Originalmente, era intenção dos produtores que Kim Basinger interpretasse a personagem Catherine Tramell.
  • A famosa cena da cruzada de pernas de Sharon Stone em Instinto Selvagem foi rodada sem que a própria atriz soubesse que o público perceberia que ela estava sem calcinha no momento. A atriz apenas soube durante uma exibição-teste, quando viu a cena já dentro do próprio filme. Irritada com o fato, Sharon apenas foi convencida a permitir a manutenção da cena pelo próprio Paul Verhoeven, que disse atriz que este poderia ser seu passaporte para a fama.
  • Durante Instinto Selvagem, o personagem de Michael Douglas assiste trechos do filme Hellraiser - Renascido do Inferno (1987).
  • O diretor de fotografia de Instinto Selvagem é Jan de Bont, que anos mais tarde viria a se tornar diretor de cinema e ser o responsável pelos sucessos Velocidade Máxima e Twister.


Zorg é um faz-tudo que cuida de vários bangalôs de praia na França. Ele vive uma vida tranquila, trabalhando seriamente e escrevendo no seu tempo livre. Um dia, Betty aparece em sua vida, uma jovem tão linda quanto selvagem e imprevisível. Inesperadamente, o jeito irreverente de Betty começa a fugir do controle. Zorg percebe que a mulher que ama está lentamente ficando louca. Quando o relacionamento dos dois se torna um caos, será que o amor pode prevalecer?


Um terapeuta de Manhattan enfrenta o momento mais aterrorizante de sua vida quando um assassino psicopata começa a atacar suas pacientes - usando uma navalha roubada de seu escritório. Desesperado para encontrar o criminoso antes que outra pessoa seja ferida, o médico logo se vê envolvido em um mundo de escusos e perturbadores desejos.

  • Quando jovem Brian De Palma, incitado por sua mãe, seguiu seu pai com equipamento de gravação, para tentar flagrá-lo com outra mulher. Este fato serviu de inspiração para 
  • Vestida para Matar
  • Nos anos 70 Brian De Palma escreveu um roteiro baseado no artigo "Cruising", de Gerald Walker, que falava de uma série de assassinatos brutais no universo gay de Nova York. De Palma não conseguiu os direitos do artigo e, com isso, adaptou alguns elementos de seu roteiro para Vestida para Matar
  • Brian De Palma queria que Liv Ullmann interpretasse Kate Miller, mas ela recusou o papel. - Sean Connery foi convidado por Brian De Palma para interpretar o personagem Robert Elliott, mas teve que desistir devido a compromissos já firmados. 
  • Este é o 3º de 4 filmes em que o diretor Brian De Palma e a atriz Nancy Allen trabalharam juntos. Os demais foram Carrie, a Estranha (1976), Terapia de Doidos (1980) e Um Tiro na Noite (1981). Uma dublê de corpo foi usada na cena em que Angie Dickinson está no chuveiro. 
  • As cenas externas do museu foram rodadas em Nova York, mas as internas foram rodadas no Museu de Arte de Filadélfia. 

Tecnologia do Blogger.