URGENTE !!!

TOP 10 COLEÇÕES LANÇADAS PELA VERSÁTIL EM 2018


Dando sequência à semana com os melhores lançamentos dos parceiros, hoje vamos de Versátil home vídeo.
E assim como aconteceu com outro parceiro nosso, a Versátil lançou diversos boxes, que facilmente seriam escolhidos em um top 10. Porém, nossas escolhas abaixo representam bem o nível master da empresa. 
Confiram detalhes das edições e não deixem de adquirir nas melhores lojas: 


A Versátil lançou “Mulheres na Direção”, digistack com 2 DVDs que reúne 4 filmes inéditos dirigidos por mulheres: a belga Agnès Varda, a escocesa Lynne Ramsay, a inglesa Ida Lupino e a norte-americana Donna Deitch,  além de quase uma hora de extras, com destaque para “Resposta das mulheres: nosso corpo, nosso sexo” (1975), curta feminista de Varda. Edição Limitada com 4 cards.

DISCO 1:

Um canta, outra não (L’une chante, l’autre pas, França, 1977, 121 min.)
De Agnès Varda. Com Thérèse Liotard, Valérie Mairesse, Robert Dadiès.
A partir da frase “não se nasce mulher, torna-se mulher”, de Simone de Beauvoir, acompanhamos as vidas cruzadas de duas amigas na França da década de 1970, tendo como pano de fundo a luta do movimento feminista.

Laços de sangue (Hard, Fast and Beautiful, EUA, 1951, 78 min.)
De Ida Lupino. Com Claire Trevor, Sally Forrest, Carleton G. Young.
Quando a jovem Florence Farley demonstra talento para o tênis, sua mãe e um ex-campeão pretendem agenciar sua carreira, a fim de tirarem proveito de seu sucesso. Complexo drama de Lupino sobre a ambição em família.

DISCO 2:

Corações desertos (Desert Hearts, EUA, 1985, 92 min.)
De Donna Deitch. Com Helen Shaver, Patricia Charbonneau, Audra Lindley.
Prestes a se divorciar, professora se apaixona por uma moça que trabalha num cassino. Sensível drama romântico lésbico que ganhou o Prêmio Especial do Júri no Festival de Sundance e Melhor Atriz no Festival de Locarno.

O lixo e o sonho (Ratcatcher, Escócia, 1999, 93 min.)
De Lynne Ramsay. Com Tommy Flanagan, Mandy Matthews, William Eadie.
Na Glasgow dos anos 70, acompanhamos a vida de um menino pobre, que luta para conciliar seus sonhos com a miserável realidade que o cerca. Pequena obra-prima que marca a estreia da diretora de “Precisamos Falar sobre o Kevin”.

Informações técnicas:

Títulos em português: Uma Canta, Outra Não, Laços de Sangue, Corações Desertos, O Lixo e o Sonho
Títulos originais: L’une chante, l’autre pas, Hard, Fast and Beautiful, Desert Hearts, Ratcatcher
País de produção: França, Estados Unidos, Reino Unido
Ano de produção: 1951-1999
Gênero: Drama
Direção: Agnès Varda, Ida Lupino, Donna Deitch, Lynne Ramsay
Elenco: Thérèse Liotard, Valérie Mairesse, Robert Dadiès, Claire Trevor, Sally Forrest, Carleton G. Young, Helen Shaver, Patricia Charbonneau, Audra Lindley, Tommy Flanagan, Mandy Matthews, William Eadie
Idioma: Francês, Inglês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen anamórfico 1.85:1, Fullscreen 1.33:1
Tempo de duração: 384 min.
Região: 4
Preto & Branco
Faixa etária: 14 anos

Extras

Especiais (41 min.), Curta-metragem “Resposta das mulheres: nosso corpo, nosso sexo”, de Agnès Varda (8 min.)


A Versátil lançou ZUMBIS NO CINEMA 3, digistack com 2 DVDs que reúne 4 clássicos filmes de zumbi em inéditas versões restauradas, além de quase duas horas de extras, incluindo uma hora de vídeos apenas sobre o cult “Zumbi 2” do mestre Lucio Fulci (“Terror nas Trevas”), com um depoimento do cineasta Guillermo Del Toro. Edição Limitada com 4 cards.

DISCO 1:

Zumbi 2 - a volta dos mortos (Zombi 2 / Zombie, 1979, 91 min.)
De Lucio Fulci. Com Tisa Farrow, Ian McCulloch, Richard Johnson.

Jovem decide ir até uma ilha do Caribe para procurar o pai, um cientista desaparecido. Ao chegar lá, ela descobre que o local está infestado por zumbis sedentos de sangue. Obra-prima de Fulci e um dos maiores filmes de zumbi de todos os tempos. Inédita versão restaurada sem cortes com opção de áudio em italiano e inglês.

Cidade maldita (Incubo sulla città contaminata / Nightmare City, 1980, 91 min.)
De Umberto Lenzi. Com Hugo Stiglitz, Laura Trotter, Maria Rosaria Omaggio.

Cientista e tripulantes de um avião são contaminados por radiação e se transformam em mortos-vivos, que precisam beber sangue para evitar a decomposição do corpo. Divertido trash do ciclo dos filmes italianos de zumbi, os “spaghetti zombies”.

DISCO 2:

Sonho de morte (Dead of Night / Deathdream, 1974, 88 min.)
De Bob Clark. Com John Marley, Lynn Carlin, Richard Backus.Um jovem soldado morto na Guerra do Vietnã inexplicavelmente volta para casa como um zumbi. Dirigido pelo talentoso Bob Clark, do lendário slasher “Noite do Terror” (Black Christmas), esse ótimo terror tem efeitos especiais do mago Tom Savini.

Os zumbis de Sugar Hill (Sugar Hill, 1974, 91 min.)
De Paul Maslansky. Com Marki Bey, Robert Quarry, Don Pedro Colley.
Quando seu namorado é morto por mafiosos, Sugar Hill decide se vingar e, para isso, conta com a ajuda do feiticeiro Barão Samedi e seus mortos-vivos. Impagável filme de zumbi blaxploitation que resgata a raiz haitiana do gênero.

Informações técnicas:

Títulos em português: Zumbi 2 – A Volta dos Mortos, Cidade Maldita, Sonho de Morte, Os Zumbis de Sugar Hill
Títulos originais: Zombi 2 / Zombie, Incubo sulla Città Contaminata / Nightmare City, Dead of Night / Deathdream, Sugar Hill
País de produção: Estados Unidos, Itália
Ano de produção: 1974-1980
Gênero: Terror
Direção: Lucio Fulci, Umberto Lenzi, Bob Clark, Paul Maslansky
Elenco: Tisa Farrow, Ian McCulloch, Richard Johnson, Hugo Stiglitz, Laura Trotter, Maria Rosaria Omaggio, John Marley, Lynn Carlin, Richard Backus, Marki Bey, Robert Quarry, Don Pedro Colley
Idioma: Inglês, Italiano
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen Anamórfico 1.85:1
Tempo de duração: 361 min.
Região: 4
Colorido
Faixa etária: 18 anos

Extras

Vídeos sobre “Zumbi 2” (56 min.), Especiais sobre os filmes (36 min.), Trailers (11 min.)


A Versátil lançou “Filme Noir Francês”, digistack com 3 DVDs que reúne inéditas versões restauradas de 6 clássicos do polar¸ o filme policial francês, com direção de mestres como Jean-Pierre Melville, Jacques Becker, Claude Sautet e estrelados pelos grandes  astros do gênero: Jean Gabin, Alain Delon, Jean-Paul Belmondo e Lino Ventura. Mais de uma hora de extras. Edição Limitada com 6 cards.

DISCO 1:

Expresso para Bordeaux
(Un Flic, 1972, 95 min.)
De Jean-Pierre Melville. Com Alain Delon, Catherine Deneuve, Richard Crenna.
O ladrão Simon planeja um arriscado roubo a um trem pagador, o que o colocará em rota de colisão com o amigo detetive Coleman. E ambos estão apaixonados pela mesma mulher. Último filme do genial Melville, mestre supremo do polar.

Grisbi, ouro maldito
(Touchez pas au Grisbi, 1954, 96 min.)
De Jacques Becker. Com Jean Gabin, Lino Ventura, Jeanne Moreau.
Um velho gângster planeja um último golpe antes de se aposentar, mas o mundo do  crime não é mais o mesmo. Obra-prima do mestre Jacques Becker (“Amores de Apache”). Melhor em Ator no Festival de Veneza (Jean Gabin). 

DISCO 2:

Vício maldito
(La Désordre et la Nuit, 1958, 93 min.)
De Gilles Grangier. Com Jean Gabin, Danielle Darrieux, Nadja Tiller.
Ao investigar a morte do dono de um clube noturno, um detetive da polícia parisiense se interessa por uma fascinante mulher viciada em drogas. Um dos mais emblemáticos filmes noir estrelados por Jean Gabin.

Como fera encurralada
(Classe Tous Risques, 1960, 108 min.)
De Claude Sautet. Com Lino Ventura, Jean-Paul Belmondo, Sandra Milo.
Um criminoso tenta voltar clandestinamente da Itália para França, fugindo da polícia. Ao chegar, percebe que haverá problemas. Lançado na explosão da Nouvelle Vague, este é um policial magnífico de Sautet (“As Coisas da Vida”).

DISCO 3:

A morte de um corrupto
(Mort d’un Pourri, 1977, 123 min.)
De Georges Lautner. Com Alain Delon, Ornella Muti, Klaus Kinski.
Executivo tenta ajudar amigo parlamentar, que acabou de matar um chantagista que dizia ter documentos que comprovariam um escândalo de corrupção. Surpreendente polar político com elenco internacional.

Série negra
(Série Noire, 1979, 115 min.)
De Alain Corneau. Com Patrick Dewaere, Marie Trintignant.
Frank é um vendedor que atua na periferia de Paris. Ao conhecer uma adolescente obrigada a se prostituir, ele decide matar para ajudar a moça. Obra-prima do cinema noir com direção do talentoso Corneau (“Todas as Manhãs do Mundo”) baseada no romance de Jim Thompson (“O Grande Golpe”). 

Informações técnicas:

Títulos em português: Expresso para Bordeaux, Grisbi, Ouro Maldito, Vício Maldito, Como Fera Encurralada, A Morte de um Corrupto, Série Negra
Títulos originais: Un Flic, Touchez pas au Grisbi, La Désordre et la Nuit, Classe Tous Risques, Mort d’un Pourri, Série Noire
País de produção: França
Ano de produção: 1954-1979
Gênero: Policial
Direção: Jean-Pierre Melville, Jacques Becker, Gilles Grangier, Claude Sautet, Georges Lautner, Alain Corneau
Elenco: Alain Delon, Catherine Deneuve, Richard Crenna, Jean Gabin, Lino Ventura, Jeanne Moreau, Danielle Darrieux, Nadja Tiller, Lino Ventura, Jean-Paul Belmondo, Sandra Milo, Ornella Muti, Klaus Kinski, Patrick Dewaere, Marie Trintignant
Idioma: Francês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Fullscreen 1.37:1, Widescreen Anamórfico 1.66:1
Tempo de duração: 630 min.
Região: 0 (multizonal)
Preto e Branco e Colorido
Faixa etária: 14 anos

Extras: 

Especiais sobre os filmes (74 min.), Trailer de “Como Fera Encurralada” (4 min.)


Com a participação dos fundadores de mais de 20 lojas, funcionários, clientes, vendedores e distribuidores, o documentário “CineMagia” revela os personagens e acontecimentos por trás da experiência do “cinema em casa” no Brasil nos últimos 40 anos. É uma grande homenagem às principais videolocadoras da cidade de São Paulo que realizaram o sonho de compartilhar filmes com as pessoas. Esta Edição Limitada em digistack com 2 DVDs traz um disco só extras (duas horas no total!), além de 4 cards exclusivos. 

Informações técnicas:

Título: Cinemagia: a história das videolocadoras de São Paulo
Título original: Idem
País de produção: Brasil
Ano de produção: 2017
Gênero: Documentário
Direção: Alan Oliveira
Elenco:
Idioma: Português
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legendas: Português, Inglês
Formato de tela: Widescreen anamórfico 1.78:1
Tempo de duração: 100 min.
Região: 4
Colorido
Faixa etária: Livre

Extras

Os bastidores de “Cinemagia” (41 min), “Ghaba e a Magia do Vídeo” (24 min.), “Rencontrando a Magia” (13 min.), “Cinemagia nos Cinemas” (4 min.), “Aos Cinéfilos com Carinho!” (17 min.), Magnética (9 min.), Storyreel “Cinemagia” (1 min.), Memória Mágica (4 min.), Trailer Oficial “Cinemagia” (3 min.), Clip da Pré-estreia “Cinemagia” (4 min.), Teaser “Cinemagia” (00:25)


A Versátil lançou “O cinema de Luis Buñuel”, digistack com 3 DVDs que reúne 6 clássicos do diretor surrealista Luis Buñuel (1900-1983) em inéditas versões restauradas e mais de duas horas de vídeos extras, incluindo um excelente documentário sobre a obra do mestre espanhol. Edição Limitada com 6 cards.

DISCO 1:

Tristana, uma Paixão Mórbida (Tristana, 1970, 109 min.)
Com Catherine Deneuve, Fernando Rey, Franco Nero.
Após a morte da mãe, órfã é entregue aos cuidados do idoso Don Lope, que a seduz e se torna seu amante. Porém, a chegada de um jovem ameaça o relacionamento. Obra-prima subversiva indicada ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

A Via Láctea ou o Estranho Caminho de São Tiago (La Voie Lactée, 1969, 101 min.)
Com Paul Frankeur, Laurent Terzieff, Alain Cuny, Pierre Clementi.
Dois peregrinos viajam em direção ao mítico caminho de Santiago de Compostela, lugar de muita religiosidade, e lá se deparam com diversos personagens bíblicos e históricos. Ácida sátira religiosa do mestre espanhol.

DISCO 2:

O Fantasma da Liberdade (Le Fantôme de la Liberté, 1974, 103 min.)
Com Jean-Claude Brialy, Adolfo Celi, Michel Piccoli.
Uma série de situações absurdas, que começa com o fantástico relato do que se passou em Toledo em 1808, com um soldado e uma morta. Um dos filmes mais surrealistas de Buñuel, que o considerava seu testamento.

A Morte Neste Jardim (La Mort en ce Jardin, 1956, 104 min.)
Com Simone Signoret, Georges Marchal, Charles Vanel.
Em meio à uma revolução iniciada por garimpeiros num país da América do Sul, um grupo precisa se aventurar na floresta, para fugir da polícia. Com forte comentário político, essa é mais uma pérola da fase mexicana de Buñuel.

DISCO 3:

O Diário de uma Camareira (Le Journal d’une Femme de Chambre, 1964, 97 min.)
Com Jeanne Moreau, Georges Géret, Michel Piccoli.
Uma camareira consegue emprego na casa dos Monteil, uma família burguesa com certas peculiaridades, como o fetiche do patrão por sapatos femininos. Com muito humor negro, Buñuel nos apresenta sua visão sobre a luta de classes.

Simão do Deserto (Simón del Desierto, 1965, 45 min.)
Com Claudio Brook, Silvia Pinal, Enrique Álvarez Félix.
Simão é um religioso que deseja se aproximar de Deus. Para isso, sobe numa coluna no deserto. Porém, o demônio quer seduzi-lo. Fascinante estudo, repleto de ironia, sobre o fanatismo religioso. Prêmio Especial do Júri em Veneza.

Informações técnicas:

Títulos em português: Tristana, uma Paixão Mórbida, A Via Láctea ou o Estranho Caminho de São Tiago, O Fantasma da Liberdade, A Morte Neste Jardim, O Diário de uma Camareira, Simão do Deserto
Títulos originais: Tristana, La Voie Lactée, Le Fantôme de la Liberté, La Mort en ce Jardin, Le Journal d’une Femme de Chambre, Simón del Desierto
País de produção: França, México
Ano de produção: 1956-1974
Gênero: Drama
Direção: Luis Buñuel
Elenco: Catherine Deneuve, Fernando Rey, Franco Nero, Paul Frankeur, Laurent Terzieff, Alain Cuny, Pierre Clementi, Jean-Claude Brialy, Adolfo Celi, Michel Piccoli, Simone Signoret, Georges Marchal, Charles Vane, Jeanne Moreau, Georges Géret, Claudio Brook, Silvia Pinal, Enrique Álvarez Félix.
Idioma: Francês, Espanhol
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen anamórfico 1.66:1, Fullscreen 1.33:1
Tempo de duração: 559 min.
Região: 4
Colorido e Preto & Branco
Faixa etária: 14 anos

Extras:

Documentário sobre Buñuel (60 min.), Especiais sobre os filmes (90 min.)


A Versátil lançou "O Cinema de Jean-Luc Godard", digistack com 3 DVDs que reúne 6 obras-primas em inéditas versões restauradas do genial Jean-Luc Godard, um dos diretores mais revolucionários da história do cinema, além de duas horas de vídeos extras, incluindo especiais e análises críticas. Edição Limitada com 6 cards.  

DISCO 1:

A Chinesa (La Chinoise, 1967, 96 min.)
Formato de tela: Fullscreen 1.33:1 (4x3)
Com Anne Wiazemsky, Jean-Pierre Léaud, Juliet Berto.

No verão, cinco estudantes ocupam um apartamento emprestado para estudar e colocar em prática as ideias do líder comunista Mao Tsé-Tung. Um dos filmes mais emblemáticos de seu tempo. Prêmio Especial do Júri em Veneza.

Salve-se Quem Puder (A Vida) (Sauve qui peut (la vie), 1980, 88 min.) 
Formato de tela: Widescreen anamórfico 1.66:1 (16x9)
Com Isabelle Huppert, Jacques Dutronc, Nathalie Baye.

Uma análise brilhante das relações sexuais, na qual os três protagonistas do filme interagem de diferentes maneiras. Obra-prima que marcou "a volta" de Godard após o experimentalismo dos anos 70. 

DISCO 2:

Masculino, Feminino (Masculin Féminin, 1966, 104 min.)
Formato de tela: Fullscreen 1.33:1 (4x3)
Com Jean-Pierre Léaud, Chantal Goya, Marlène Jobert.

O jovem pesquisador Paul se torna amante da cantora Madeleine, mas se encanta também por Elisabeth. Godard lança um olhar cativante sobre a juventude francesa dos anos 60. Prêmio de Melhor Ator no Festival de Berlim.  

Infelizmente Para Mim (Hélas pour Moi, 1993, 83 min.)
Formato de tela: Fullscreen 1.33:1 (4x3)
Com Gérard Depardieu, Laurence Masliah, Bernard Verley.

Numa cidadezinha da Suíça, Deus encarna em Simon, dono de uma oficina mecânica, a fim de seduzir sua mulher, Rachel. Inspirado no mito de Anfitrião e Alcmena. Belíssima alegoria existencial de Godard. 

DISCO 3:

Week-End à Francesa (Week-End, 1967, 104 min.)
Formato de tela: Widescreen anamórfico 1.66:1 (16x9)
Com Mireille Darc, Jean Yanne, Jean-Pierre Kalfon. 

Um casal burguês faz uma viagem de fim de semana ao interior da França atrás de uma herança. No caminho, se deparam com um cenário de violência crescente. Filme surrealista, político e apocalíptico que antecipa maio de 68. 

Paixão (Passion, 1982, 88 min.)
Formato de tela: Fullscreen 1.33:1 (4x3)
Com Isabelle Huppert, Hanna Schygulla, Michel Piccoli.  

Enquanto seu país vive uma crise política, cineasta polonês tenta rodar na França um filme no qual imitia quadros de grandes pintores, como Goya e Rembrandt. Grande Prêmio Técnico no Festival de Cannes.

Extras:

Especiais e trailers (38 min.); Análises críticas (80 min.).

A Versátil lançou “Clássicos Sci-Fi Vol. 5”, digistack com 3 DVDs que reúne 6 filmes de ficção-científica, incluindo as inéditas versões restauradas dos excelentes “Alphaville” e “eXistenZ”, dos mestres Jean-Luc Godard e David Cronenberg, além de uma hora e meia hora de extras, com destaque para muitos especiais sobre esses dois cults do cinema. Edição Limitada com 6 cards.

DISCO 1:

Alphaville
(Alphaville, une Étrange Aventure de Lemmy Caution, 1965, 99 min.)
De Jean-Luc Godard. Com Eddie Constantine, Anna Karina, Akim Tamiroff.
O agente Lemmy Caution chega a Alphaville, com a missão de destruir a inteligência artificial que comanda a cidade. Em sua única incursão pela ficção-científica, Godard realiza um fascinante tech noir (filme noir futurista).

Westeworld - onde ninguém tem alma
(Westworld, 1973, 89 min.)
De Michael Crichton. Com Yul Brynner, Richard Benjamin, James Brolin.
Dois amigos vão passar férias num parque temático que recria, com robôs, o Velho Oeste. Tudo vai bem até que uma das máquinas sai do controle... O escritor Michael Crichton ("Jurassic Park") dirigiu esse clássico que deu origem à série de TV.

DISCO 2:

ExistenZ
(Idem, 1999, 97 min.)
De David Cronenberg. Com Jude Law, Jennifer Jason Leigh, Ian Holm.
Perseguida por fanáticos religiosos, uma designer de games de realidade virtual precisa se refugiar no seu revolucionário jogo eXistenZ. Cronenberg mais uma vez explora magistralmente as fronteiras natural/artificial e humano/mecânico.

É proibido procriar
(Z.P.G., 1972, 95 min.).
De Michael Campus. Com Oliver Reed, Geraldine Chaplin, Don Gordon.
Num futuro distante, o mundo está superpovoado e poluído. Desesperados, os países proíbem nascimentos por 30 anos. Porém, um casal tem um bebê. Interessante distopia inglesa que antecipa "Fuga no Século 23".

DISCO 3:

A decadência de uma espécie
(The Handmaid’s Tale, 1990, 109 min.)
De Volker Schlöndorff. Com Natasha Richardson, Faye Dunaway, Aidan  Quinn.
A poluição tornou 99% da população da Terra estéril. Uma jovem fértil é forçada a servir sexualmente um comandante, que deseja engravidá-la. Primeira adaptação de "O Conto da Aia" ("The Handmaid’s Tale"), de Margaret Atwood.

O diabo, a carne e o mundo
(The World, the Flesh and the Devil, 1959, 94 min.)
De Ranald MacDougall. Com Harry Belafonte, Inger Stevens, Mel Ferrer.
Após ficar dias preso numa mina devido a um deslizamento, homem descobre, ao sair, que a humanidade foi dizimada por um holocausto nuclear. Com forte comentário racial, este é um dos primeiros filmes pós-apocalípticos do cinema.

Informações técnicas:

Títulos em português: Alphaville, Westworld – Onde Ninguém Tem Alma, eXistenZ, É Proibido Procriar, A Decadência de uma Espécie, O Diabo, a Carne e o Mundo
Títulos originais: Alphaville, une Étrange Aventure de Lemmy Caution, Westworld, eXistenZ, Z.P.G., The Handmaid’s Tale, The World, the Flesh and the Devil
Un Flic, Touchez pas au Grisbi, La Désordre et la Nuit, Classe Tous Risques, Mort d’un Pourri, Série Noire
País de produção: Estados Unidos, Inglaterra, França, Canadá
Ano de produção: 1959-1999
Gênero: Ficção-científica
Direção: Jean-Luc Godard, Michael Crichton, David Cronenberg, Michael Campus, Volker Schlöndorff, Ranald MacDougall
Elenco: Eddie Constantine, Anna Karina, Akim Tamiroff, Yul Brynner, Richard Benjamin, James Brolin, Jude Law, Jennifer Jason Leigh, Ian Holm, Oliver Reed, Geraldine Chaplin, Don Gordon, Natasha Richardson, Faye Dunaway, Aidan  Quinn, Harry Belafonte, Inger Stevens, Mel Ferrer
Idioma: Inglês, Francês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen Anamórfico 1.78:1, Fullscreen 1.37:1
Tempo de duração: 583 min.
Região: 0 (multizonal)
Colorido e Preto e Branco
Faixa etária: 14 anos

Extras: 

Especiais sobre os filmes (82 min.), Trailers (10 min.)


Nos 50 anos do movimento estudantil de maio de 68, a Versátil lançou "Maio de 68 no Cinema", digistack com 3 DVDs que reúne 4 filmes essenciais sobre o tema dirigidos por grandes cineastas como Jean-Luc Godard ("Acossado"), Louis Malle ("Adeus, Meninos") e Chris Marker ("La Jetée"), além de uma hora e meia de vídeos extras. Edição Limitada com 6 cards. 

DISCO 1:

Tudo Vai Bem (Tout Va Bien, 1972, 96 min.)
De Jean-Luc Godard, Jean-Pierre Gorin. Com Yves Montand, Jane Fonda.

França, 1972. Uma fábrica de produtos alimentícios está em greve e os operários sequestram o patrão. Uma jornalista norte-americana e seu marido, cineasta e ex-integrante da Nouvelle Vague, que agora se dedica a filmes publicitários, são aprisionados junto com o diretor da fábrica. Nesse filme do grupo Dziga Vertov, os personagens recapitulam maio de 68 em relação aos novos tempos políticos e consumistas.

1968 (68, 2008, 95 min.) 
De Patrick Rotman. Com Edouard Balladur, Daniel Cohn-Bendit.

De Washington a Saigon, de Roma à Cidade do México, de Paris a Londres, uma onda de protestos balança o mundo. Dirigido pelo pesquisador Patrick Rotman ("Uma História do Comunismo"), esse documentário repensa o seminal ano de 1968 a partir de uma perspectiva internacional, baseando-se em farto material de arquivo da Guerra do Vietnã, da Primavera de Praga e dos protestos de Paris e nas Américas. Como personagens, temos Che Guevara, Martin Luther King, Bob Kennedy, Jim Morrison, estudantes, movimentos sociais, entre outros.

DISCO 2:

Loucuras de uma Primavera (Milou en Mai, 1990, 106 min.)
De Louis Malle. Com Miou-Miou, Michel Piccoli. 

A inquietude das manifestações de maio de 68 não afeta apenas Paris, mas também toda a França. No interior do país, numa região de lindos vinhedos, a mãe de Milou acaba de falecer e três gerações da família se reúnem na propriedade para o funeral da matriarca, mas, como não poderia deixar de ser, essa reunião acaba contagiada pelo turbulento clima político da época. Belíssimo filme da fase final de Malle.  

DISCO 3:

O Fundo do Ar É Vermelho (Le Fond de l'Air Est Rouge, 1977, 180 min.)
De Chris Marker. Com Laurence Cuvillier, Davos Hanich.

As esperanças e as decepções suscitadas pelos movimentos revolucionários de 1968 no mundo inteiro. Do regime chinês ao cubano, passando pela Primavera de Praga, até os movimentos estudantis e operários franceses. Chris Marker ressalta que não se pode simplificar o que nada tem de simples: as manifestações populares, os movimentos da política, os rumos incertos da História e da sociedade.

Extras:

 "Tudo Vai Bem" (50 min.) e "Loucuras de uma Primavera" (46 min.).

A Versátil lançou CAÇA ÀS BRUXAS NO CINEMA, digistack com 2 DVDs que reúne 4 clássicos de diversos países sobre a caça às bruxas em inéditas versões restauradas, das torturas da inquisição espanhola ao famoso julgamento de “bruxas” em Salem, passando por brutais perseguições na Inglaterra e na Morávia. Quase uma hora de extras, incluindo um especial sobre o tema. Edição Limitada com 4 cards.

DISCO 1:

As virgens de Salem (Les Sorcières de Salem, França, 1957, 146 min.)
De Raymond Rouleau. Com Simone Signoret, Yves Montand, Jean Debucourt.
Nova Inglaterra, 1692. A histeria toma conta da cidade de Salem quando membros da comunidade são acusados de prática de bruxaria. Com roteiro de Jean-Paul Sartre, essa foi a primeira adaptação da peça “AsBruxas de Salem”, de Arthur Miller.

Inquisição (Inquisición, Espanha, 1978, 90 min.)
De Paul Naschy. Com Paul Naschy, Daniela Giordano, Mónica Randall.
Durante a Inquisição na Espanha, um violento inquisidor se apaixona por uma camponesa, sem desconfiar de suas maléficas intenções. Estreia na direção do lendário Jacinto Molina (Paul Naschy), o maior astro do terror espanhol.

DISCO 2:

O caçador de brixas (Witchfinder General, Inglaterra, 1968, 87 min.)
De Michael Reeves. Com Vincent Price, Ian Olgivy, Rupert Davies.
Durante a Guerra Civil Inglesa, um jovem soldado tenta pôr fim nas crueldades de Matthew Hopkins, um sádico caçador de bruxas. Vincent Price tem uma das melhores atuações da carreira nesse  influente filme de terror.

O martelo das bruxas (Kladivo na Čarodějnice, Rep. Tcheca, 1970, 107 min.)
De Otakar Vávra. Com Vladimir Smeral, Elo Romancik, Josef Kemr.
Baseando-se em registros históricos dos julgamentos de “bruxas” numa cidade tcheca entre 1678 a 1695, Otakar Vávra, um dos expoentes da nouvelle vague tcheca, realizou uma obra alegórica e inesquecível sobre a intolerância religiosa.

Informações técnicas:

Títulos em português: As Virgens de Salem, Inquisição, O Caçador de Bruxas, O Martelo das Bruxas
Títulos originais: Les Sorcières de Salem, Inquisición, Witchfinder General, Kladivo na Čarodějnice
País de produção: França, Espanha, Inglaterra, República Tcheca
Ano de produção: 1957-1978
Gênero: Drama, Terror
Direção: Raymond Rouleau, Paul Naschy, Michael Reeves, Otakar Vávra
Elenco: Simone Signoret, Yves Montand, Jean Debucourt, Paul Naschy, Daniela Giordano, Mónica Randall, incent Price, Ian Olgivy, Rupert Davies, Vladimir Smeral, Elo Romancik, Josef Kemr
Idioma: Francês, Espanhol, Inglês, Tcheco
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen Anamórfico 2.35:1
Tempo de duração: 430 min.
Região: 4
Preto & Branco e Colorido
Faixa etária: 18 anos

Extras:  

Especial sobre bruxaria (24 min.), Making of de “O Caçador de Bruxas” (25 min.)


A Versátil lançou “O Cinema de Luchino Visconti”, digistack com 3 DVDs que reúne 3 obras-primas em inéditas versões restauradas do mestre italiano Luchino Visconti (1906-1976), além de quatro horas de vídeos extras totalmente inéditos, incluindo documentários, especiais e depoimentos sobre o grande cineasta e os filmes da coleção. Edição Limitada com 6 cards, sendo 2 cards por filme.

DISCO 1:

Sedução da carne (Senso, 1954, 123 min.)
Com Farley Granger, Alida Valli, Massimo Girotti.
1866. Durante a luta pela reunificação da Itália, quando Veneza ainda estava sob ocupação da Áustria, a condessa Livia Serpieri apaixona-se perdidamente pelo tenente austríaco Franz Mahler, traindo não apenas o seu esposo, mas também a sua pátria. Baseado na novela “Senso” (1882), de Camillo Boito, este magnífico melodrama operístico marca uma transição fundamental na carreira de Visconti: do neorrealismo ao realismo decadentista em chave histórica.

DISCO 2:

Violência e paixão (Conversation Piece, 1974, 121 min.)
Com Burt Lancaster, Helmut Berger, Silvana Mangano.
Um velho professor, colecionador de pinturas que retratam grupos familiares (conversation pieces), vê sua vida invadida quando aceita alugar um apartamento no andar superior ao seu para a vulgar marquesa Brumonti, que ali instala o amante Konrad, além de sua filha e o namorado dela. Nesse belíssimo filme intimista, Visconti tece uma complexa reflexão sobre família, velhice, a proximidade da morte, alienação/engajamento político e o ressurgimento do fascismo na Itália dos anos 70.

DISCO 3:

O inocente (L’Innocente, 1976, 129 min.)
Com Giancarlo Giannini, Laura Antonelli, Jennifer O’Neill.
Na aristocracia romana do final do século XIX, Tulio mantém um casamento de fachada com Giuliana, que aceita o caso do marido com a amante, a condessa Raffo. Porém, tudo muda quando Giuliana se envolve com um famoso escritor. Sentindo que pode perdê-la, Tulio decide reconquistá-la, mas descobre que ela está grávida do amante. Inspirando-se em romance do escritor decadentista Gabriele D’Annunzio, Visconti realiza seu derradeiro filme, uma obra-prima sobre um amor doentio e possessivo.

Informações técnicas:

Títulos em português: Sedução da Carne, Violência e Paixão, O Inocente
Títulos originais: Senso, Conversation Piece / Gruppo di famiglia in un interno, L’Innocente
País de produção: Itália
Ano de produção: 1954-1976
Gênero: Drama
Direção: Luchino Visconti
Elenco: Alida Valli, Farley Granger, Massimo Girotti, Burt Lancaster, Helmut Berger, Silvana Mangano, Giancarlo Giannini, Laura Antonelli, Jennifer O’Neill
Idioma: Italiano, Inglês
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen Anamórfico 2.35:1, Fullscreen 1.33:1
Tempo de duração: 373 min.
Região: 4
Colorido
Faixa etária: 14 anos

Extras: 

Making of de Violência e Paixão (57 min.), Especiais sobre Sedução da Carne (99 min.), Homem de Três Mundos: Luchino Visconti (49 min.), Depoimentos sobre os filmes e trailers (34 min.)

                                         

COMPARTILHE:

Postar um comentário

 
Copyright © 2012 TudoSobreSeuFilme. CRIADO POR OddThemes