URGENTE !!!

MORREM SONDRA LOCKE, CHARLES WELDON, ALFREDO STERNHEIM E RODNEY KAGEYAMA



Como de costume, prestamos nosso tributo semanal aos que se foram nesta semana ligados ao mundo cinematográfico. 

SONDRA LOCKE

Não incomum, ficamos sabendo de mortes de famosos tardiamente, por questões referentes ao luto da família. A atriz americana indicada ao Oscar Sondra Locke faleceu no dia 3 de novembro, aos 74 anos, vítima de câncer de mama e nos ossos. O estranho nome (artístico) de Sondra, vem de Sandra Louise Smith. Locke, também conhecida por sua relação pessoal e profissional com Clint Eastwood, foi indicada ao Oscar de atriz coadjuvante por seu papel na adaptação do livro de Carson McCullers "Por que tem de ser assim?" (The Heart is a Lonely Hunter) em 1968. Este foi seu primeiro filme.

Em 1976, Locke deu uma guinada na carreira ao interpretar a companheira de Eastwood em "Josey Wales, o Fora da Lei".  Certa vez, Locke declarou: "Estávamos quase morando juntos desde os primeiros dias do filme". Clint em êxtase confidenciou que nunca havia se apaixonado antes e escreveu um poema para sua nova namorada: "Ela me fez monogâmico" Eastwood e Locke foram companheiros durante os 13 anos seguintes, mas a separação em 1989 foi marcada por batalhas legais.


CHARLES WELDON

Charles Weldon foi casado com a atriz Debbi Morgan, que tem uma longa carreira no cinema e na TV (maior que a dele inclusive), trabalhando desde os anos 70 (até os dias atuais). Ele começou na mesma época (1967), construindo uma carreira basicamente na telinha. Trabalhou eventualmente no cinema, e fez filmes importantes como Malcolm X ou Justiceiro Implacável (aquele do famoso personagem Rooster Cogburn, imortalizado por John Wayne).

De infância humilde, Com sete anos de idade, sua família mudou-se para Bakersfield, Califórnia, onde trabalhou em campos de algodão nas proximidades até os dezessete anos, quando se juntou ao grupo local, The Paradons. Após o sucesso de seu single de 1960, "Diamonds and Pearls", The Paradons se dissolveu, e Weldon passou a se apresentar com o grupo soul, Blues For Sale, antes de descobrir seu amor pela atuação. 


ALFREDO STERNHEIM 

Alfredo Sternheim foi um diretor e roteirista brasileiro de cinema, além de jornalista e escritor. Alfredo é filho de um alemão com uma marroquina, ambos judeus, que se exilaram no Brasil fugindo do nazismo. Ele foi critico do jornal "O Estado de S. Paulo" e escreveu para outros veículos. Começou a carreira no cinema como assistente do diretor Walter Hugo Khouri ("A Ilha", "Noite Vazia").

O trabalho do cineasta era associado ao movimento chamado de "Boca do Lixo", com produções populares e de orçamento mais baixo. Sternheim escreveu vários livros com depoimentos de nomes importantes do cinema brasileiro como Luiz Carlos Lacerda (confiram nossa entrevista com ele aqui !!!), Arllete Montenegro, David Cardoso e Suely Franco. Também foi o autor de "Cinema da Boca - Dicionário de Diretores"
.
Alfredo Sternheim  morreu aos 76 anos em sua casa em São Paulo, no bairro de Higienópolis, vitimado por um AVC.


RODNEY KAGEYAMA

Rodney Kageyama era um rosto conhecido como coadjuvante, trabalhando em filmes como Karatê Kid 4, Linda mulher e Garoto do futuro.

Talvez o papel mais icônico do ator seja no filme Fábrica de Loucuras (1986), no qual ele contracenou com Michael Keaton no papel de um operário de uma fábrica de automóveis chamado Ito. O ator reprisou seu papel em uma sitcom baseada no filme que teve vida curta na ABC
.
Ainda que a causa da morte não tem sido divulgada, provavelmente foi fruto de complicações relativas ao HIV, doença que ele convivia há alguns anos. Ele era casado desde 2013 com Ken White.



COMPARTILHE:

Postar um comentário

 
Copyright © 2012 TudoSobreSeuFilme. CRIADO POR OddThemes