• ÚLTIMAS...

    RASPUTIN NO CINEMA / TV


    Grigori Rasputin (1869-1916) foi um monge, fanático religioso e místico russo. Personagem poderoso do final da era czarina foi favorito da corte do czar Nicolau II e Alexandra Feodorovna. Ganhou fama de ter poderes sobrenaturais, foi chamado de “o monge maluco”.

    Grigori Rasputin (1869-1916) nasceu na Rússia, no dia 22 de janeiro de 1869. Filho de camponeses foi registrado com o nome de Grigori Iefimovich Novy. Ainda pequeno chamava a atenção dos moradores do vilarejo em que vivia que acreditavam que ele tinha poderes hipnóticos e de cura. Na adolescência foi para o mosteiro de Verkhoture, nos Montes Urais, para se tornar monge, mas não completou os estudos, se casando com 19 anos de idade. Devotado à religião ganhou a reputação de homem santo entre os camponeses.

    Em 1903 mudou-se para São Petersburgo e logo ganhou fama quando foi procurado pelo czar Nicolau II e sua esposa a czarina Alexandra Feodorovna para curar os sangramentos do filho Alexei que sofria de hemofilia. Com habilidades para acalmar o príncipe, diminuindo seus sangramentos, conquistou a confiança dos czares e durante cinco anos passou a exercer o papel de conselheiro da czarina.

    Grigori Rasputin influenciava a czarina Alexandra Feodorovna que defendia sua presença na corte, na crença de que só ele era capaz de salvar a vida de seu filho. Rasputin interferiu também na igreja e nos assuntos de estado, nomeando ministros, ao mesmo tempo, que os derrubava.


    Além de seus poderes sinistros Rasputim era acusado de indecente e incontrolável, uma vez que se dizia capaz de livrar as mulheres de seus pecados e dormindo com elas as ajudava a encontrar a graça divina. Recebeu seu apelido, que significa “debochado”, pela vida imoral que levava. O que não faltou em sua vida foram acusações e desavenças por causa de seu comportamento. Não demorou muito, sua presença no palácio acabou por gerar críticas e rumores contra a família real. Em 1914 sofreu seu primeiro atentado, foi esfaqueado e milagrosamente sobreviveu.

    Grigori Rasputim fez a previsão de que a Rússia cairia em desgraça durante a primeira Guerra Mundial, o que levou Nicolau II a abandonar a corte para comandar o exército, em 1915. Ele e a czarina governavam a Rússia e foram responsáveis, em grande parte, pelo fracasso do imperador em contornar a onda de descontentamentos que antecederam à Revolução Russa.

    Em 30 de dezembro de 1916, um grupo de nobres organizou uma cilada, e Rasputin acabaria envenenado por cianureto durante a refeição. Outras versões contam que o monge ingeriu cianureto em quantidade para matar cinco homens, mas não morreu, sendo fuzilado e ainda vivo foi jogado no rio, que estava parcialmente congelado.


    A história da ascensão e queda de Rasputin, então chamado de o monge louco, que dominou a corte do czar russo no período anterior à revolução. Foi o primeiro filme sobre o monge, que por falta de informações corretas, muitos personagens reais tiveram seus nomes trocados equivocadamente.

    Rússia, anos finais do regime czarista, sob a dinastia dos Romanovs. Após sofrer um acidente, o jovem e hemofílico Príncipe Alexis recebe o vaticínio de que sua morte está próxima. No entanto, um conselho de Natasha, namorada do Príncipe Chegodieff, leva o Czar Nicolau II e a Czarina Alexandra a chamar o misterioso Rasputin para cuidar do garoto. Rasputin cura Alexis e, aos poucos, sua influência sobre a família real só faz crescer. 


    O filme retrata a influência exercida por Gregory Rasputin sobre a família real russa na época da Primeira Guerra Mundial, bem como a solução que encontraram para dar um fim no monge. Os cenários do filme foram desenhados pelos famosos diretores de arte Gustav A. Knauer e Walter Reimann. Foi o primeiro filme sonoro sobre Rasputin e um dos últimos filmes expressionismo alemao. Esse filme também marca o fim da carreira do ator Conrad Veidt na Alemanha... Apos esse filme ele migraria para os EUA.

    A história do monge siberiano Gregory Rasputin e sua amizade com o último czar da Rússia, Nicholas. Graças ao seu grande poder de persuasão na corte, durante a dinastia dos Romanoff, o monge Rasputin, em um curto espaço de tempo, torna-se um homem poderoso e temido até mesmo o nobres, que começam a tramar sua queda.


    O destino de Rasputin é traçado desde o dia em que uma dama companheira da czarina vem pedir-lhe ajuda. Rasputin é um curador  e o Tsarevich é uma criança doente. Rapidamente, o velho monge ganha a confiança do casal imperial que freqüentemente o consulta para os assuntos importantes do império. À  partir daí, sua trajetória parte para um caminho sombrio, já que o monge é um manipulador cheio de más intenções.


    Grigory Efinovich Rasputin, um monge e milagreiro da reputação, é convocado  para curar  na corte do czar Nicolau II, Alexis, o Tsarevich, uma criança com hemofilia . Ele consegue colocar Alexis de pé e restaurar sua vitalidade: a partir de então ele se torna um amigo familiar da corte. O czar o instala em um apartamento onde ele leva uma vida lúdica entre o grupo de seus "penitentes", mulheres da aristocracia que o seguem com frenesi. Além disso, os licitantes sitiam sua casa porque Nicolas II não lhe recusa nada do que pede.


    Se valendo de seus conhecimentos místicos, um misterioso camponês russo ganha a confiança do Czar e se torna a pessoa mais influente dentro da Corte Imperial Russa. Uma vez no poder, o monge irá ampliar seu domínio e mergulhar num mundo obscuro de violência e devassidão. A produção de 'Rasputin' foi paralela à produção de outro clássico da Hammer, 'Drácula, O Príncipe das Trevas', o que proporcionou aos protagonistas trabalharem em ambos os filmes, além de cenários também serem utilizados nas duas produções.

    O filme começa com uma entrevista com o príncipe Yusupov ,que depois de ter escapado da Revolução de Outubro, termina seus dias em Paris. Foi ele quem planejou e executou o assassinato de Rasputin. Felix Yusupov, um jovem príncipe imensamente rico, vivia um despreocupado, viajando aqui e ali, quando se encontrou com Grigori Yefimovich Rasputin em Masha Golovin. Uma convicção surge subitamente nele, após conversas com os grandes da Corte, de que é necessário matar Rasputin para que o Czar recupere sua liberdade. 

    Biografia do monge russo Rasputin, figura controvertida de grande influência no período czarista. A narrativa passa pela sua ascensão política, a entrada no mundo da corrupção, as perversões sexuais, a loucura e seu final trágico. O diretor soviético Elem Klimov é o mesmo que dirigiu a obra prima "Vá e Veja", em 1985. Curioso o fato de que seus melhores filmes são justamento os últimos. Normalmente, os cineastas tem uma fase de auge, e terminam a carreira de forma menos expressiva.


    Na Rússia pré-revolucionária do século XX, o Czar Nicolau II e a sua esposa Alexandra têm o seu único filho e herdeiro ao trono sofrendo de hemofilia. Quando a medicina convencional falha para o ajudar, Alexandra procura um tratamento "sagrado".O Padre Grigori Rasputin, um camponês que afirma ter tido uma visão da Virgem Maria que lhe disse para ajudar o Czar, consegue ligações no Palácio. Apesar de Nicolau e do médico da corte serem céticos quanto aos alegados poderes curativos de Rasputin, o jovem Alexei rapidamente cria laços com o charlatão/profeta, por isso ele permanece na Corte Imperial.


    Petrogrado, 19 de dezembro de 1916. O príncipe Feliks Yusupov escolta o monge Rasputin para o seu palácio, com a desculpa de querer apresentá-lo para sua esposa. Esperando o místico, no entanto, existem doces envenenados com cianeto, preparado por alguns dos membros mais influentes da corte..  O plano macabro inclui jogá-lo ao mar, mas toda conspiração só virá a provar a natureza sobre humana do monge.


    Rússia, 1916. Esgotado pela Primeira Guerra Mundial e  abalado por contradições internas, o Império Russo se move lenta e inexoravelmente em direção ao seu colapso. Alguns dos aristocratas e membros da família real decidem que a única maneira de salvar o país é expulsar o famoso vidente e curandeiro Grigori Rasputin de São Petersburgo . Tarefa que não será nada fácil.
    A Princesa Yusupova decide agir, e convence seu filho Felix a organizar um plano para assassinar Rasputin ...


    A obras primas do cinema lançou, em mais um  espetacular,  três coleções, sendo uma o número 2 de uma coleção anteriormente lançada...
    Abaixo, detalhes das edições. Aguardem publicações sobre os filmes, individualmente.

    🎬 Coleção Estúdio Hammer Vol.2 (Digistak com 3 DVD’s)

    Obras-Primas do Cinema apresenta em digistak com 3 DVD’s “COLEÇÃO ESTÚDIO HAMMER VOL. 2”. Neste novo volume mais 6 clássicos produzidos entre as décadas de 1960 e 1970, todos em edições remasterizadas além de mais de 90 minutos de extras e 6 card's. Edição limitada!

    Disco 01:

    Rasputin: O Monge Louco (Rasputin: The Mad Monk, 1966, 2.35:1, 92 min.)
    Direção: Don Sharp. Elenco Principal: Christopher Lee, Barbara Shelley, Richard Pasco.

    Um Grito Dentro da Noite (Fear in the Night, 1972, 1.66:1, 94 min.)
    Direção: Jimmy Sangster. Elenco Principal: Judy Geeson, Joan Collins, Ralph Bates.

    Disco 02:

    Bruxa  - A Face do Demônio (The Witches, 1966, 1.66:1, 91 min.)
    Direção: Cyril Frankel. Elenco Principal: Joan Fontaine, Kay Walsh, Alec McCowen

    Epidemia de Zumbis (The Plague of the Zombies, 1966, 1.66:1, 90 min.)
    Direção: John Gilling. Elenco Principal: André Morell, Diane Clare, Brook Williams.


    Disco 03:

    Paranóico (Paranoiac, 1963, 2.35:1, 80 min.)
    Direção: Freddie Francis. Elenco Principal: Janette Scott, Oliver Reed, Sheila Burrell.

    Cilada Diabólica (Nightmare, 1964, 2.35:1, 83 min.)
    Direção: Freddie Francis. Elenco Principal: David Knight, Moira Redmond, Jennie Linden.

    U+21F0.gif Extras:
    • Especial sobre os figurinos da Hammer (24 minutos)
    • Especial sobre Lobisomens e Mortos-Vivos (24 minutos)
    • "Hammer Glamour", documentário que destaca as mulheres que lançaram um milhão de devaneios com suas aparições em produções de terror e ficção científica. (44 minutos) 
    U+21F0.gif Informações Técnicas:

    Título: Coleção Estúdio Hammer Vol. 2
    País de Produção: Inglaterra
    Ano de Produção: 1963-1972
    Gênero: Horror.
    Direção: Don Sharp; Jimmy Sangster; Cyril Frankel; John Gilling; Freddie Francis
    Elenco: Christopher Lee, Joan Fontaine, Judy Geeson, Oliver Reed, André Morell, Moira Redmond, Barbara Shelley, Joan Collins, Kay Walsh, Diane Clare, Janette Scott, David Knight, Richard Pasco, Ralph Bates, Alec McCowen, Brook Williams, Sheila Burrell, Jennie Linden.
    Áudio: Dolby Digital 2.0
    Idioma: Inglês
    Legendas: Português - Inglês.
    Duração Aproximada: 530 minutos
    Região: Aberto para todas as zonas (Livre)
    Formato de Tela: 1.66:1 - 2.35:1
    Cor: Colorido e Preto e Branco
    Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 16 anos. Contém: Violência e Morte.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top