• ÚLTIMAS...

    EU SOU A LENDA NO CINEMA


    I Am Legend é um livro de horror e ficção científica escrito por Richard Matheson e publicado em 1954. A obra foi influente no desenvolvimento do gênero zumbi e na popularização do conceito de um apocalipse em todo o mundo devido a uma doença. A obra foi um sucesso e foi adaptado para o cinema  quatro vezes até agora. O romance também inspirou o roteiro do filme A Noite dos Mortos vivos, de George Romero (1968).
    Confiram as adaptações:

    Após a devastação da Terra por uma poderosa peste, um cientista se dá conta de ser o único sobrevivente vivo. A partir da catástrofe, criaturas zumbis de características vampirescas ficam habitando toda a Terra e passam a persegui-lo para matá-lo. Para se livrar do ataque destas criaturas mortas-viva, o último sobrevivente precisa cravar uma estaca no coração para poder se salvar. 

    O início de um guerra com armas biológicas faz com que o planeta fique próximo da aniquilação. O médico Robert Neville (Charlton Heston), que havia tomado uma vacina experiental, é o único a sobreviver, pelo menos na forma humana comum, uma vez que a praga biológica deixou os demais sobreviventes totalmente deformados. Estes crêem que a humanidade, por meio desenvolvimento da ciência e da tecnologia, causou a guerra e agora querem punir o único homem que sobrou, o Dr. Neville.
    • Charlton Heston leu o romance original, "I Am Legend", de Richard Matheson, em um avião voltando para a Califórnia, e ficou muito interessado em realizar uma adaptação moderna do livro para o cinema. Ele estava totalmente alheio ao fato de que isso já havia sido feito muito antes com o filme "Mortos Que Matam" estrelado por Vincent Price. Anos depois, o livro ganhou mais uma versão cinematográfica com o filme "Eu Sou a Lenda", dirigido por Francis Lawrence e estrelado por Will Smith e pela atriz brasileira Alice Braga.
    • No filme, a praga que provoca fim do mundo é desencadeada pela guerra bacteriológica como o resultado de um conflito de fronteira entre a China e a Rússia. Na verdade, a China e a Rússia tiveram alguns conflitos de fronteira muito graves durante 1969, o que deixou muitos líderes mundiais preocupados com a possibilidade de uma guerra total entre as superpotências comunistas.
    • Rosalind Cash estava inquieta antes de sua cena de amor com Charlton Heston, dizendo: "É uma sensação estranha de trepar com Moisés", por conta do papel desempenhado por ele em "Os Dez Mandamentos".
    • O filme foi a inspiração para duas séries de comédia da CBC Radio "Steve The First" e "Steve The Second", estreladas por Matt Watts e Mark McKinney. Cada série era sobre um preguiçoso (o segundo filho do primeiro), chamado para salvar o mundo depois de um desastre.
    Renchard (Mark Dacascos) é o sobrevivente de um vírus que destruiu a humanidade e transformou as pessoas em zumbis, sozinho no mundo e lutando contra estes mortos-vivos que tentam matá-lo a todo o momento, ele anda pela cidade com um mapa em uma mão e uma arma na outra, tentando pôr um plano em ação. Sua vida muda quando dois homens o encontram e o obrigam a se arriscar nas ruas para salvar uma garota que esconde um segredo.


    Um terrível vírus incurável, criado pelo homem, dizimou a população de Nova York. Robert Neville (Will Smith) é um cientista brilhante que, sem saber como, tornou-se imune ao vírus. Há 3 anos ele percorre a cidade enviando mensagens de rádio, na esperança de encontrar algum sobrevivente. Robert é sempre acompanhado por vítimas mutantes do vírus, que aguardam o momento certo para atacá-lo. Paralelamente ele realiza testes com seu próprio sangue, buscando encontrar um meio de reverter os efeitos do vírus.


    • A Warner Bros. detém os direitos do livro de Richard Matheson desde a década de 70.
    • Originalmente seria realizado na década de 90, com Ridley Scott como diretor e Arnold Schwarzenegger como protagonista. Entretanto o orçamento cresceu tanto que ambos deixaram o projeto.
    • Em 2002, o projeto foi retomado com Michael Bay como diretor e Will Smith como protagonista, mas ambos desistiram para realizar Bad Boys 2 (2003).
    • Guillermo del Toro foi indicado por Will Smith para dirigir Eu Sou a Lenda, mas recusou a proposta.
    • Cameron Monaghan fez testes para o personagem Ethan.
    • As filmagens aconteceram entre 23 de setembro de 2006 e 31 de março de 2007.
    • Boa parte das filmagens ocorreu no Washington Square Park, na cidade de Nova York, entre o outono e o inverno de 2006. Com isso as decorações de Natal tiveram que ser constantemente retiradas e recolocadas.
    • As cenas na ponte do Brooklyn utilizaram mais de mil extras, além de aviões e veículos militares. O custo estimado pelos produtores para a realização de seis noites de filmagens foi de US$ 5 milhões.
    • Os produtores precisaram da autorização de 14 agências governamentais para rodar cenas na ponte do Brooklyn.
    • Will Smith conseguiu uma licença das filmagens por alguns dias, para ir ao casamento de Tom Cruise e Katie Holmes em Roma.
    • O personagem de Will Smith dirige um Mustang Shelby GT500 para encontrar a cura para o mal que dizimou a raça humana. 





    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top