• ÚLTIMAS...

    MORREM BURT REYNOLDS E BEATRIZ SEGALL


    Duas grandes perdas para o cinema e a Tv.

    Burt Reynolds, ou Burton Leon Reynolds Jr. foi um ator norte-americano. Ele é uma das personalidades norte-americanas de televisão e cinema mais reconhecidas, com participação em mais de 90 filmes e 300 aparições na televisão.

    Reynolds trabalhou em empregos peculiares enquanto esperava por uma oportunidade como ator. Ele serviu como garçom, lavou pratos, dirigiu um caminhão de entregas e trabalhou como segurança no Roseland Ballroom. Foi enquanto trabalhava nas docas que Reynolds recebeu a oferta de $150 para pular através de uma janela de vidro em um programa de televisão ao vivo.


    Sua estréia no cinema ocorreu em 1961, no filme "O diabo da carne". Estimulado pelo amigo Clint Eastwood, Reynolds usou sua fama na televisão para assegurar papéis principais em filmes estrangeiros de baixo orçamento. A primeira dessas participações foi no western Navajo Joe, lançado em 1966.

    Fez filmes antológicos como Amargo pesadelo e Agarra-me se puderes, imortalizando o "bandido", com seu bigode e chapéu, criando um estilo próprio e inconfundível.

    Apesar de muito sucesso, as finanças de Reynolds não iam bem, em parte devido a um estilo de vida extravagante, um divórcio desastroso de Loni Anderson, e investimentos falidos em cadeias de restaurante da Flórida. Consequentemente, em 1996, Reynolds pediu a falência.

    Assim como John Travolta em Pulp Fiction, ele teve o grande retorno em Boogie Nights, concorrendo inclusive ao Oscar.

    O ator morreu na manhã do dia 6 de setembro de 2018, vítima de um ataque cardíaco. O ator vinha sofrendo com problemas de saúde desde 2010. Ele morreu em um hospital em Júpiter, na Flórida.


    Beatriz de Toledo Segall  foi uma consagrada atriz brasileira de teatro, cinema e televisão, conhecida por interpretar a grande vilã Odete Roitman em Vale Tudo, um sucesso da teledramaturgia brasileira.

    Nascida no Rio em uma família da classe média, não teve apoio da família quando se interessou pelo teatro. Mas ao ganhar uma bolsa para estudar teatro e literatura em Paris, seu desejo começou a tomar forma.

    Em Paris, prosseguiu os estudos e conheceu Maurício Segall, filho do pintor judeu lituano Lasar Segall e da tradutora Jenny Klabin, com quem se casou em 1954 e teve três filhos: o diretor de cinema Sérgio Toledo Segall, Mário (arquiteto e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie) e Paulo.

    Nessa época, abandonou a carreira para retomá-la somente em 1964. No início da década de 1970, seu marido foi preso, pois fazia parte da ALN, fazendo com que passasse por um período de dificuldades. Fez longa carreira, sempre voltada ao teatro, embora tenha trabalhado no cinema, onde estreou em 1950, no filme A Beleza do Diabo, de Romain Lesage.

    Interpretou personagens que marcaram a história da televisão brasileira, como Lourdes Mesquita, de Água Viva, em 1980, mas foi a personagem de Odete Roitman, de Vale Tudo em 1988, da Rede Globo, considerada uma das maiores vilãs da história da televisão brasileira, que marcou sua carreira televisiva.


    O sucesso da personagem inspira interpretações de vilões de novelas até os tempos atuais. Além disso, o jargão "quem matou Odete Roitman?" (referindo-se ao assassinato da personagem) é até hoje repetido em alusão aos mistérios das tramas em telenovelas.

    Beatriz já revelou em entrevistas que não gosta de falar sobre a personagem, afirmando que, pela popularidade de sua personagem, acaba nunca sendo reconhecida por outros trabalhos no teatro e no cinema, e que isso a incomoda muito. Recebeu vários prêmios na carreira, dentre os quais, os prêmios Governador do Estado, Prêmio Shell, Mambembe.

    Em 21 de julho de 2013, as vésperas de seu aniversário, a atriz caiu ao tropeçar em pedras portuguesas soltas numa calçada do bairro da Gávea (bairro do Rio de Janeiro), na Zona Sul se machucando seriamente, recebendo até uma ligação dp prefeito na época.

    Em 2015  Beatriz Segall sofreu um acidente enquanto comemorava seu aniversário de 89 anos no palco do Teatro Porto Seguro, na região central de São Paulo.
    Morte

    A atriz morreu em São Paulo, no dia 5 de setembro de 2018 devido a complicações de uma pneumonia.



    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top