• ÚLTIMAS...

    LUC BESSON - 10 FILMES ESSENCIAIS


    Luc Besson nasceu no dia 18 de março de 1959 e foi criado na Grécia. Ele passou a maior parte de sua infância morando em lugares idílicos, em vários refúgios, onde seus pais trabalhavam como instrutores de mergulho. Devido a influências familiares e ambientais parecia claro que Besson iria seguir uma carreira marítima. Aos 10 anos, após o encontro com um golfinho amistoso, Besson ficou determinado a se tornar biólogo marinho, especializado no estudo das espécies. Estudou visando este objetivo desde a adolescência, até os 17 anos, quando um acidente durante um mergulho o impediu para sempre de mergulhar. O sonho há muito tempo planejado havia acabado e Besson redirecionou seu interesse e decidiu se tornar um cineasta.

    Saiu da escola para procurar trabalho na indústria cinematográfica francesa e começou a fazer seus próprios filmes experimentais em Super-8. Aos 19 anos, mudou-se para Los Angeles, onde morou três meses, trabalhando na indústria americana de cinema.

    Besson é fundador, junto com Pierre-Ange Le Pogam, do novo estúdio europeu chamado Europa, onde não só produz 4 a 8 filmes por ano, como também faz distribuição e venda internacional de vídeos e músicas.

    Entre 1986 e 1991, Besson foi casado com a atriz francesa Anne Parillaud, de quem se divorciou e com quem tem uma filha, Juliette, nascida em 1987. Também foi casado, entre 1992 e 1997, com a também atriz e diretora francesa Maïwenn quando esta tinha apenas 16 anos. Em 1997, casou-se com a atriz soviética Milla Jovovich, de quem se divorciou em 1999. Desde 2004 está casado com a produtora de filmes Virginie Silla. Além de Juliette, Besson tem mais quatro filhos: Shana, Thalia, Satine, e Mao, este nascido em 2005.

    Confiram os seus 10 filmes essenciais até o momento

    Século XXVIII. Valérian (Dane DeHaan) é um agente viajante do tempo e do espaço que luta ao lado da parceira Laureline (Cara Delevingne), por quem é apaixonado, em defesa da Terra e seus planetas aliados, continuamente atacados por bandidos intergaláticos. Quando chegam no planeta Alpha, eles precisarão acabar com uma operação comandada por grandes forças que deseja destruir os sonhos e as vidas dos dezessete milhões de habitantes do planeta.
    Baseado na clássica saga de histórias em quadrinhos "Valerian et Laureline", escrita por Jean-Claude Mézières e Pierre Christin.
    São cerca de 200 espécies diferentes de aliens no filme. O diretor escreveu umas 600 páginas descrevendo as características - em detalhes - de cada tipo desses seres e os atores tiveram que ler todas as informações.
    A música Because, dos Beatles, toca nos dois primeiros trailer, tornando-se a primeira vez que um diretor consegue permissão para colocar uma música da banda em um comercial de filme. A permissão foi concedida pelo próprio Paul McCartney.

    Após entrar para o programa de proteção à testemunha, uma família tradicional ítalo-americana ligada à máfia é transferida para a França. De início eles se adaptam à nova vida, mas aos poucos os velhos hábitos voltam à tona e eles passam a resolver os problemas que surgem a seu modo. Ao mesmo tempo, líderes da máfia nos Estados Unidos, procuram pelo grupo em busca de vingança. O agente do FBI Stansfield (Tommy Lee Jones) fará de tudo para protegê-los, mas nem sempre contará com a ajuda do pai da família, Fred Blake (Robert De Niro), e nem dos outros membros. 
    Luc Besson filmou grande parte de A Família nos estúdios da Cité du Cinéma (Cidade do Cinema), pólo cinematográfico situado em Seine-Saint-Denis, na grande Paris.
    Numa das cenas mais engraçadas do filme, De Niro vai dar uma palestra sobre Bons companheiros, filme que ele atuou na vida real.

    Adèle Blanc-Sec (Louise Bourgoin) é uma jovem repórter aventureira. Ela parte rumo ao Egito em busca da cura da doença de sua irmã, que pode estar na tumba secreta de um faraó. Ao retornar a Paris, percebe que a população local está em pânico. Um ovo de pterodáctilo, de milhões de anos, misteriosamente chocou no museu, o que faz com que a criatura alada ameace os habitantes da cidade. Além disto, outras situações misteriosas acontecem em torno do museu.

    Em 1412, nasce em Domrémy, França, uma menina chamada Joana (Milla Jovovich). Ainda jovem, ela desenvolve uma religiosidade tão intensa que a fazia se confessar algumas vezes por dia. Eram tempos árduos, pois a Guerra dos Cem Anos com a Inglaterra se prolongava desde 1337. Em 1420, Henrique V e Carlos VI assinam o Tratado de Troyes, declarando que após a morte de seu rei a França pertencerá a Inglaterra. Porém, ambos os reis morrem e Henrique VI é o novo rei dos dois países, mas tem poucos meses de idade e Carlos (John Malkovich), o delfim da França, não deseja entregar seu reino para uma criança.
    O diretor Luc Besson e a atriz Milla Jovovich se separaram logo após as filmagens de Joana D'Arc de Luc Besson.

    No século XXIII, um motorista de taxi (Bruce Willis) de Nova York se envolve em uma aventura na qual tem de deter um ser demoníaco que percorre a galáxia a cada 5000 anos. Se nada for feito a Terra será destruída, mas para isto ele precisa encontrar 4 pedras antigas, que representam os elementos, e colocá-las em volta de uma bela mulher (Milla Jovovich), que é o quinto elemento.
    A linguagem utilizada por Leeloo em O Quinto Elemento foi inventada pelo diretor Luc Besson, com o auxílio da atriz Milla Jovovich. Ao término das filmagens, os dois já conseguiam conversar normalmente na linguagem por eles inventada.
    Quando Korben Dallas acorda, pode ser visto perto de sua cama a data da época dos acontecimentos do filme: 18 de março de 2263.
    O diretor Luc Besson faz aniversário no dia 18 de março, data apresentada no filme, perto da cama de Korben Dallas.
    Na Nova York do futuro, o Central Park possui o mesmo tamanho e se encontra no mesmo local do atual, só que está 30,48 metros acima.
    O nome da Diva é Plavalaguna. Em sérvio, língua natal da atriz Milla Jovovich, "plava laguna" significa "lagoa azul". Trata-se de uma referência a De Volta à Lagoa Azul, primeiro filme da atriz Milla Jovovich.
    A explosão em Fhloston, mostrada em O Quinto Elemento, foi a maior explosão já filmada em espaço fechado na história do cinema até então.

    Em Nova York o assassino profissional Leon (Jean Reno) não vê sentido na vida. Quando a família vizinha é morta por policiais envolvidos com drogas ele decide proteger Mathilda (Natalie Portman), uma menina de 12 anos que é a única sobrevivente da família. Ela deseja se tornar uma assassina, para poder vingar a morte do seu irmão de 4 anos. Enquanto ela cuida da casa e ensina o pistoleiro a ler e a escrever, ele lhe ensina o básico de como manejar uma arma.
    Natalie Portman foi inicialmente recusada para O Profissional, por ser considerada jovem demais. Ela tinha 11 anos na época das filmagens. 
    Natalie Portman inicialmente não queria que sua personagem fumasse em cena, devido ao efeito que isto teria no público adolescente. Foi o diretor Luc Besson que a convenceu a fazer esta cena, dizendo que posteriormente a personagem demonstrava que fumar era um mau hábito.
    O personagem Léon tem este nome em homenagem a Léon Gaumont, inventor que desenvolveu técnicas cinematográficas no século XIX.
    O roteiro original contém algumas cenas envolvendo uma desajeitada tensão sexual entre os personagens Léon e Mathilda. Estas cenas foram retiradas na versão americana do filme, mas esteve presente na versão lançada na Europa. 
    Em 26 de junho de 1996, foi lançada nos cinemas franceses a versão do diretor de O Profissional, que tem 26 minutos extras.

    Uma punk de apenas 20 anos, assassina e viciada, depois de ser condenada pela morte de um policial e uma violenta tentativa de assalto. Condenada à prisão perpétua, e sem chance de sair antes de 30 anos. Assim, ela se vê frente uma escolha, morrer, já que na prisão acabaram forjando seu suicídio, ou treinar em uma agência secreta do governo para converter-se em uma assassina profissional, pois se acredita que sua tendência suicida possa ser utilizada em missões de grande risco. Assim, o potencial de uma marginal é utilizado para missões especiais do Serviço de Inteligência. Com uma nova identidade, novas destrezas e uma nova vida sob a vigilância de seu mentor Bob, Nikita se converte em Josephine, uma assassina brutalmente eficaz sob a aparência de uma sensual mulher.
    Nikita foi refilmado em Hollywood apenas 3 anos após seu lançamento, tendo recebido o título de "A Assassina" (Point of no Return ou The Assassin), de 1993.
    Também originou uma série televisiva nos EUA, conhecida por "La Femme Nikita", filmada entre 1997 e 2001.

    Jacques (Jean-Marc Barr) e Enzo (Jean Reno) se conhecem desde a infância, época em que aprenderam a nadar e, consequentemente, a rivalizar. O francês e o italiano, respectivamente, cresceram juntos na Grécia. Foi lá que o pai de Jacques faleceu devido a um afogamento, fato que deixou uma marca permanente na vida do filho. Duas décadas depois, Jacques - agora um mergulhador a serviço de pesquisas científicas - é desafiado por Enzo mais uma vez, e a competição entre os dois toma proporções grandes.
    Luc Besson não tinha certeza sobre qual ator deveria ser escalado para o papel principal. Ele propôs o papel a Christopher Lambert (com quem trabalhou em seu filme anterior), teve uma reunião com Mickey Rourke e até foi sugerido que ele próprio assumisse o papel, já que tinha muita afinidade com o personagem. Só poucas semanas antes de filmar que alguém sugeriu o nome de Jean-Marc Barr.
    As imagens subaquáticas com os golfinhos foram filmadas em grandes recintos nas Ilhas Virgens, e os golfinhos foram levados até lá desde o Dolphin Research Center em Florida Keys. O golfinho que aparece com mais freqüência é um macho chamado Natua, que também fez parte de experimentos de linguagem de golfinhos por causa de sua inteligência.
    O navio abandonado onde Enzo resgata o mergulhador é chamado de "Olympia" e ainda está lá em Amorgos, Grécia.
    Foi o filme francês mais bem sucedido financeiramente da década de 1980, permanecendo por mais de um ano em cartaz na França.

    Fred (Christopher Lambert) leva uma vida oportunista e se refugia no sistema de metrô de Paris. Em meio ao mundo subterrâneo ele sobrevive de furtos. Atualmente ele está fugindo dos capangas de um homem de negócios que roubou e está chantageando uma mulher rica, Helena (Isabelle Adjani), por quem está apaixonado. Apesar das adversidades, o maior sonho de Fred é ter uma banda de rock, mas não sem antes explodir um cofre e roubar um trem.

    Num futuro pós-apocalíptico quase nada sobreviveu. Os poucos humanos que restam perderam a fala e agem como selvagens. Numa Paris em ruínas, completamente devastada, um homem (Pierre Jolivet) se une a um recluso médico (Jean Bouise) na luta pela sobrevivência.



    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top