VANESSA ALVES - RESPONDE ÀS 7 PERGUNTAS CAPITAIS

Zilda Cristina Alves Pinto, mais conhecida pelos brasileiros como Vanessa Alves, iniciou sua vida artística cedo. Foi musa do cinema da Boca do Lixo, premiada em festival de cinema, participou de mais de 35 longas-metragens nacionais e hoje é nossa vítima das 7 perguntas capitais.

Boa sessão:


1) Como começou a trabalhar na indústria do cinema? Quando surgiu a primeira oportunidade de atuar?

V.A.: Comecei no filme A Filha de Emanuelle. Uma produtora de uma agência de modelos me indicou pra fazer um teste pra este filme. Já fazia comerciais e programas infantis desde os 4 anos de idade. Mas o meu primeiro longa foi em 1980.

2) "Éramos musas do sexo em uma época reprimida, moralista e desinformada", disse a atriz Nicole Puzzi na época em uma entrevista. Como foi ser uma musa? No que isto impactou sua vida?

V.A.: Nunca liguei pra esta coisa de musa. O que eu queria era trabalhar, fazer filmes, comerciais de TV. Estava mais preocupada em crescer profissionalmente. Ser considerada musa não mudou em nada minha vida.

3) Trabalhou em uma época de ouro do cinema nacional. Houve alguma experiência marcante do período que queira compartilhar?

V.A.: O que me marcou foi o Kikito que ganhei como melhor atriz coadjuvante pelo filme Anjos do Arrabalde. Do Carlos Reichenbach.

4) Qual filme considera o melhor trabalho de sua carreira? E por quê? 

V.A.: Meu melhor trabalho foi no filme Anjos do Arrabalde. Recebi dois prêmios por ele. O Kikito, no festival de Gramado e o  Governador do Estado de São Paulo. Ambos por melhor atriz coadjuvante. 

M.V.: Aliás, gosta de filmes em geral? Costuma assistir regularmente? Pergunto, pois nem sempre quem atua no cinema/tv tem hábito de assistir filmes.

V.A.: Adoro assistir filmes. Mas não vejo mais com tanta frequência. A vida está muito corrida. O tempo, curto. Atualmente, os filmes que assisto são os que dirijo a dublagem.

5) Existe uma lista (pelo menos uns 10 filmes) que marcaram sua vida? 

V.A.: Não sei se 10 filmes. Vamos lá, vou tentar lembrar: Love Story, Romeu e Julieta, A Noviça Rebelde, Cantando na chuva, O Exorcista, Nasce uma estrela  (com Barbra Streisand), Ghost, Os Outros, E o Vento Levou, Amor Sublime Amor e Cisne Negro.

6) Fale um pouco dos seus próximos projetos. Tanto os que estão acontecendo quanto os previstos para começar.

V.A.: Não tenho projetos. Não faço planos. Vou levando. Trabalho com dublagem e direção de dublagem.

M.V.: Quais trabalhos de dublagem têm feito recentemente?

V.A.: Estou dirigindo a dublagem das séries O Exorcista,  Scandal, Butterbeans Café  (desenho) Américan Housewife  Kevin Can Wait.

7) Para finalizar, se pudesse deixar uma lição do tempo que se dedicou a arte, qual seria?

V.A.: Estudar sempre, ler muito e nunca desistir.

M.V.: Obrigado Vanessa. Foi um prazer. 


Tecnologia do Blogger.