• ÚLTIMAS...

    DICAS DE SÉRIES E MINISSÉRIES LANÇADAS PELA VINYX MULTIMIDIA


    A Vinyx disponibilizou no mercado várias séries e minisséries muito pedidas pelos fãs. Algumas já haviam sido lançadas anteriormente, porém as novas edições vem com uma luxuosa luva.

    Confiram detalhes e curiosidades dos lançamentos:




    A Família Addams não é a típica família americana: eles se deliciam com coisas que deixariam qualquer pessoa "normal" aterrorizada. Gomez Addams é um homem muito rico e apaixonado por sua esposa, Morticia; Com os seus filhos, a avó, o cabeludo Primo Itt, o mordomo Tropeço e a icônica Mãozinha (uma mão sem corpo, chamada originalmente de "Thing", ou "Coisa"), eles são o avesso de qualquer família normal.




    • Grande parte do cenário da mansão dos Adams foi reutilizada do filme A Inconquistável Molly (1964)
    • Embora Gomez sempre beije o braço de Morticia quando fala com ela em francês, em nenhum momento vemos ele a beijá-la nos lábios. 
    • Durante a sua primeira reunião com os executivos do programa, foi oferecido a John Astin o papel do mordomo Tropeço, que seria até então o personagem principal. Astin saiu da reunião com muitas reservas e incerto quanto ao personagem. No dia seguinte, ele recebeu uma ligação de David Levy, produtor executivo, que o convidou para almoçar. Após expressar suas reservas ao produtor, Levy ofereceu a ele o papel de Gomez; Astin aceitou, e o foco da série foi modificado. 




     A série conta a história de uma ilha paradisíaca onde qualquer desejo pode ser realizado. O anfitrião dessa ilha é o senhor Roarke, juntamente com seu auxiliar, o pequeno Tattoo, um anãozinho muito simpático.




    • Em 1978 estreou na emissora de televisão ABC, nos Estados Unidos, o seriado A Ilha da Fantasia criada por Gene Levitt e produzida por Aaron Spelling e Leonard Goldberg e foi originalmente gravada inicialmente como dois telefilmes antes de se tornar um seriado propriamente dita. O primeiro telefilme de A Ilha da Fantasia foi ao ar em Janeiro de 1977 e introduziu o conceito de Spelling com uma exótica ilha onde as fantasias se tornavam realidade com a ajuda de um homem misterioso que se autodenominava como "Senhor Roarke, seu anfitrião". No ano seguinte o segundo telefilme foi apresentado e depois começaram a exibição dos episódios de sua primeira temporada com grande sucesso.
    • Como a série se passava numa ilha paradisíaca onde se passavam temporadas, vários atores fizeram participações especiais nos mais de 100 episódios, entre os quais Dick York e Dick Sargent, os dois intérpretes de James, o marido de Samantha em A Feiticeira. Os dois únicos atores fixos em todos os episódios eram Ricardo Montalban e o anão Hervé Villechaize.
    • Hervé Villechaize, quatro anos antes, havia participado do filme 007 contra o Homem da Pistola de Ouro, como Nick Nack, mordomo de Francisco Scaramanga, "o Homem da Pistola de Ouro". Ironicamente, ou não, tanto Scaramanga quanto Roarke costumavam se vestir da mesma forma: Terno branco contrastando com gravata preta.
    • O astro da série, Ricardo Montalban, interpretou um dos maiores vilões da saga de Jornada nas Estrelas, Khan, no episódio "Sementes do Espaço" ("Space Seed") da série clássica e no segundo filme para cinema, Jornada nas Estrelas II - A Ira de Khan.
    • Em 1983, a Warner Bros. produziu um filme de animação chamado "Daffy Duck's Movie: Fantastic Island", onde selecionaram Daffy Duck (pensado no Senhor Roarke) e Speedy Gonzales (pensado no pequeno Tattoo) para serem os acolhedores da ilha. A trilha de fundo também tem uma sinfonia bastante parecida com a da série. A paródia também fez sucesso no Brasil e em Portugal, onde foi editado a VHS (mais tarde foi a DVD) nos países. Em Portugal, o VHS/DVD foi o último DVD dos Looney Tunes, da coleção Warner Kids.




    Quando tinha só 9 anos Ben Mears (Rob Lowe) concordou em passar a noite na macabra mansão Marsten. Para o seu infortúnio, Ben viu os corpos que foram resultado de um escandaloso pacto de assassinato e suicídio. Décadas depois ele se tornou um escritor, que volta para Jerusalem's Lot, sua terra natal, mas ainda carrega as traumáticas memórias da sua infância. Ben descobre que Richard Straker (Donald Sutherland), o misterioso dono de um antiquário, e Kurt Barlow (Rutger Hauer), o desconhecido sócio de Straker, pois nunca é visto, vivem agora na mansão Marsten. Logo moradores começam a desaparecer e morrer, voltando voando até as janelas dos familiares e pedindo para serem convidados a entrar. Ben e alguns outros suspeitam da terrível verdade que atingiu a cidade, algo bem profano que tem ligações com a mansão sinistra.




    Neste seriado um grupo de jovens policiais se infiltrava nas escolas para investigar crimes cometidos por alunos, esse grupo era chamado de "Anjos da Lei" e fazia suas reuniões numa capela abandonada no número 21 da Jump Street (daí vem o nome da série) para receber instruções de mais uma nova missão, distribuir tarefas, reunir informações coletadas por seus integrantes e decidir qual melhor caminho para obter as provas do criminoso (ou do inocente).




    • A produção executiva da série acreditava que os assuntos abordados na série eram vividos por jovens de várias partes do mundo, e não apenas dos Estados Unidos, e por isso "Anjos da Lei" foi sucesso em muitos países.
    • "Anjos da Lei" foi a primeira série exibida pelo canal FOX, que conseguiu mais audiência no horário que os programas das grandes redes (ABC, CBS e NBC), o que foi uma surpresa, pois os produtores da série e o resto da equipe nunca tinham feito um show de sucesso para o público jovem.
    • A série que estreou no dia 12 de abril de 1987, foi criada por Stephen J. Cannell e Patrick Hasburgh, inspirada em um programa verdadeiro que até hoje é adotado pelo Departamentos de Polícia dos Estados Unidos, onde um grupo de jovens policiais trabalha infiltrado entre os adolescentes. "Anjos da Lei", inicialmente seria chamada de "Animal House Goes to High School", mas então como estavam lidando com adolescentes, os produtores resolveram fazer uma série com uma consciência social.




    A série conta a história de um hospital que foi reconstruído após dois terríveis incêndios. O primeiro aconteceu ainda durante a Guerra de Secessão, que atingiu uma fábrica, onde crianças trabalhavam em condições precárias. Praticamente todas elas morreram durante o incidente. O segundo incêndio destruiu o velho kingdom, um hospital onde um médico inescrupuloso realizava experimentos horríveis em pacientes. Stephen King, o legendário mestre do horror, impõe seu estilo assustador neste drama assombrado por fantasmas de crianças, psiquiatras e cirurgiões sinistros e manifestações bizarras da natureza.




    O Dr. Richard Kimble é acusado, julgado e condenado pelo assassinato de sua esposa. Na noite anterior à prisão ele foge, pois a única chance de provar a sua inocência é encontrando o responsável pelo crime, um homem de um braço só que ele viu nas proximidades de sua casa quando retornava após uma discussão com a esposa. A partir daí ele é perseguido sem tréguas pelo obcecado tenente Gerard, e muitas vezes sua vida corre perigo quando sua identidade é desvendada ao ajudar outras pessoas em dificuldade.




    • A série é apontada como a primeira a introduzir uma trama que exigia um final. A história de um homem acusado por um crime que não cometeu conquistou uma geração, tornando-se a primeira a prender o interesse de uma audiência internacional, ávida por descobrir o que aconteceria com o personagem.
    • O último episódio de “O Fugitivo” registra uma das maiores audiências da história da televisão americana até os dias de hoje. Com 72% da audiência em seu horário, a série fica atrás do final de “Mash” (com 77%) e do episódio “Quem Atirou em JR”, de “Dallas” (com 76%).
    • O enredo é uma adaptação de duas histórias. A primeira é “Os Miseráveis”, livro de Victor Hugo, no qual temos a relação entre Jan Valjean e o Inspetor Javer. O primeiro, acusado de roubo, foge da prisão, sendo implacavelmente perseguido pelo segundo. A outra história adaptada por “O Fugitivo” é um drama real, muito embora seu autor, Roy Huggins, tenha negado até o fim da vida que a série tenha qualquer referência com o caso do Dr. Sheppard, ocorrido em 1954.



    A série acompanha a história de três famílias durante décadas e gerações diferentes. Eles são os Keys, os Crawfords e os Clarkes. Todas as famílias acabam sofrendo de alguma forma uma interferência extraterrestre. Russel Keys (Steve Burton) é um veterano de guerra que vem sendo atormentado por pesadelos com alienígenas. Owen Crawford (Joel Gretsch) sofre um incidente e se torna um conspirador secreto do governo. Sally Clarke (Catherine Dent) é uma mulher infeliz em seu casamento e fica grávida de um visitante alienígena. Com o tempo, os descendentes de todos eles vão sendo afetados pelos aliens, até o nascimento de Allie Keys (Dakota Fanning), que é o resultado final de toda experiência alien na Terra. 

    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top