• ÚLTIMAS...

    GARRY MARSHALL - 10 FILMES ESSENCIAIS


    Garry Marshall foi um ator, produtor, diretor e roteirista dos Estados Unidos. Irmão do também cineasta Penny Marshall, ele sempre teve gosto pela leitura, e iniciou sua carreira como roteiristas de comédias como "Make Room for Daddy" (1953-1964) e "The Lucy Show" (1962-1968). Sem dúvidas um de seus trabalhos mais notáveis foi em "Uma Linda Mulher" (1990), que o projetou como um dos mais proeminentes criadores das verdadeiras comédias românticas americanas. O filme, uma espécie de conto de fadas moderno em que um homem multimilionário advogado se apaixona por uma prostituta, foi responsável por alavancar as carreiras de Julia Roberts e Richard Gere.

    Ainda na década de 1970, Garry já deixava suas marcas na história audiovisual dos EUA, através da série de TV Happy Days (1974-1984), que apresentou personagens inesquecíveis no imaginário dos americanos, mostrando uma versão idealizada de como era a vida nos anos 1950 e 1950. Trazendo mais um grande talento ao estrelado, ele foi responsável por "Mork & Mindy" (1978–1982), que revelou o ator Robin Williams (1951-2014), que na série interpretava um alienígena enviado à Terra dentro de um ovo. Também foi um dos criadores da bem-sucedida "Laverne & Shirley" (1976-1983).


    Debutou na direção em "Médicos Loucos e Apaixonados" (1982), que conta uma história de muita confusão em um hospital, com a chegada de novos médicos residentes bem atrapalhados. Em seguida, ele angariou boas críticas com longas como "Flaming Kid" (1986), "Nada em comum" (1986), "Amigas para sempre" (1988) e "Frank & Johnny" (1991).  O sucesso também pode ser contabilizado em comédias românticas como "Um Salto Para a Felicidade" (1987), "Noiva em Fuga" (1999), "Diário da Princesa" (2001) e sua sequência,  "Diário da princesa 2: Casamento real" (2004). 

    Nos últimos momentos de vida, chegou a receber críticas negativas por filmes relacionado à datas comemorativas, como "Noite de Ano Novo" (2011), mas atraiu o público com "Idas e vindas do amor" (2010), e o mais recente deles, "O maior amor do mundo" (2016). Ao todo, foram cinco indicações ao Emmy do Primetime, além de ter entrado para o Hall da Fama da Academia das Artes e as Ciências da Televisão, em 1997.

    Faleceu em 2016 aos 81 e abaixo estão seus...



    Hospital recebe um novo grupo de médicos residentes e torna-se cenário de grandes trapalhadas. Um gangster paralítico, um assassino confundido com um paciente e vários outros tipos engraçados se misturam nesta paródia ao universo hospitalar.


    Após maltratar um rude marceneiro, uma milionária esnobe cai de seu iate e acaba perdendo a memória. O sujeito, ao perceber a amnésia da patroa, busca se vingar tentando convencê-la de que é seu marido. Agora, ela vai viver totalmente afastada do luxo, passando maus bocados com os quatro filhos dele.


    Desde a infância, CC Bloom e Hilary Essex são melhores amigas. Bloom sempre sonhou em se tornar uma estrela dos palcos, atuando e cantando, e Hilary sempre foi a sua maior fã e admiradora. Durante o resto da vida, as duas crescem juntas, atravessam problemas como o fracasso no amor e no trabalho, e enfrentam a dificuldade de se apaixonar pelo mesm homem.


    Magnata perdido (Richard Gere) pede ajuda uma prostituta (Julia Roberts) que "trabalha" no Hollywood Boulevard e acaba contratando-a por uma semana. Neste período ela se transforma em uma elegante jovem para poder acompanhá-lo em seus compromissos sociais, mas os dois começam a se envolver e a relação patrão/empregado se modifica para um relacionamento entre homem e mulher.

    • A ópera em que Edward leva Vivian é "La Traviata", que conta a história de uma prostituta que se apaixona por um homem rico.
    • O ator Richard Gere realmente toca piano em cena, tendo inclusive composto a música que toca no filme.
    • A primeira versão do roteiro de Uma Linda Mulher dizia que a personagem Vivian usava cocaína e que parte do acordo feito entre ela e Edward era que Vivian deveria ficar sem usar drogas durante uma semana.
    • Este é o 1º de três filmes em que o diretor Garry Marshall e a atriz Julia Roberts trabalharam juntos. Os demais foram Noiva em Fuga (1999) e Idas e Vindas do Amor (2010).
    • No pôster do filme o cabelo de Richard Gere aparece castanho, mas no filme ele está grisalho. Já com Julia Roberts houve uma montagem, com a cabeça da atriz sendo colocada juntamente com o corpo de outra atriz, chamada Shelley Michelle.


    Em Nova York, Johnny (Al Pacino), um ex-presidiário, vai trabalhar como cozinheiro em uma lanchonete onde Cora (Kate Nelligan), uma garçonete, se interessa por ele. Apesar dele ter um certo envolvimento com ela, está na verdade sentindo atração por outra garçonete, Frankie (Michelle Pfeiffer), que não lhe corresponde, evitando qualquer envolvimento mais íntimo.

    • Frankie e Johnny foi rodado no mesmo estúdio e na mesma época em que Jornada nas Estrelas VI - A Terra Desconhecida estava sendo rodado. A proximidade dos dois sets de filmagens fez com que Garry Marshall, diretor do filme, e os atores William Shatner e  Leonard Nimoy organizassem uma brincadeira com Al Pacino, um dos protagonistas de Frankie e Johnny: ao abrir a porta do estúdio onde iria rodar uma cena, ele deu de cara com o Capitão Kirk e Spock à sua frente.


    Maggie Carpenter (Julia Roberts) possui um grave problema: não consegue se casar. Já tentou por 3 vezes, mas na hora da cerimônia algo acontece e ela sempre foge do altar. Quando a história chega aos ouvidos de Ike Graham (Richard Gere), um jornalista machista, ele a publica em sua coluna e logo em seguida acaba demitido por não ter confirmações. Decidido a recuperar o emprego, Ike parte para a cidade de Maggie a fim de provar que o conto da noiva fujona é verídico.

    • Noiva em Fuga esteve em desenvolvimento por cerca de 10 anos antes de começar a ser realizado.
    • O diretor Garry Marshall faz uma ponta no filme como homem de base no jogo de softball.
    • Esta é a segunda vez em que o diretor Garry Marshall e os atores Richard Gere e Julia Roberts trabalham juntos. A anterior fora em Uma Linda Mulher (1990), filme que lançou Julia 
    • Este é o segundo dos três filmes em que o cineasta e a atriz trabalham juntos. Os demais foram Uma Linda Mulher (1990) e Idas e Vindas do Amor (2010).
    • O diretor Garry Marshall usou muitos gêmeos como figurantes após descobrir que estes são muito comuns em cidades pequenas.


    Após passar alguns anos em uma escola especial, Carla Tate (Juliette Lewis) foi "graduada" e poderá voltar para casa de seus pais em São Francisco. Mas, apesar de ser intelectualmente limitada, Carla planeja morar sozinha, ter uma vida independente e também se libertar da presença da mãe, que a vigia de forma sufocante. Este desejo de ter seu próprio apartamento é aumentado quando conhece Danny McMann (Giovanni Ribisi), um jovem que como ela é mentalmente "lento", mas mora sozinho. Em pouco tempo Carla e Danny estão namorando e já pensam em se casar.


    Mia (Anne Hathaway) é uma garota de 15 anos que vive com sua mãe (Caroline Goodall) em Manhattan e repentinamente descobre que seu pai é na verdade o Príncipe de Genovia, um pequeno país europeu. Ela recebe então a visita de sua avó recém-descoberta (Julie Andrews), que passa a lhe dar aulas de etiqueta, ensinando-a como se deve portar uma princesa. Mas quando se aproxima a data de seu aniversário ela precisa definir que caminho pretende tomar em sua vida: tornar-se uma princesa e se mudar para Genovia ou permanecer em Manhattan morando com sua mãe.

    • Este é o primeiro de três filmes em que o diretor Garry Marshall e a atriz Anne Hathaway trabalharam juntos. Os demais foram O Diário da Princesa 2 (2004) e Idas e Vindas do Amor (2010).


    Um elenco de astros e estrelas vivendo as histórias de um grupo de habitantes de Los Angeles com pouco em comum, cujas vidas se cruzam, em meio a romances e corações partidos, durante um Dia dos Namorados. Casais e solteiros vivenciam os altos e baixos de encontrar, manter ou terminar relacionamentos no dia do amor.

    • Sam Worthington, Orlando Bloom e Jake Gyllenhaal recusaram o personagem Holden.
    • Katherine Heigl esteve cotada para integrar o elenco, mas não acertou contrato devido a divergências em relação ao salário.
    • Rachel McAdams e Elizabeth Banks fizeram testes para a personagem Morley Clarkson.
    • Katie Cassidy esteve cotada para a personagem Felicia.
    • Gemma Arterton fez teste para a personagem Grace Smart.
    • Jeffrey Dean Morgan fez teste para o filme.


    Nesta comédia romântica, várias histórias associadas à maternidade se cruzam: Sandy (Jennifer Aniston) é uma mãe solteira com dois filhos, Bradley (Jason Sudeikis) é um pai solteiro com uma filha adolescente, Jesse (Kate Hudson) tem uma história complicada com a sua mãe, Kristin (Britt Robertson) nunca conheceu a sua mãe biológica e Miranda (Julia Roberts) é uma escritora de sucesso que abre mão de ter filhos para se dedicar à carreira.

    • Quarto projeto no qual Julia Roberts colabora com o diretor Gary Marshall. Os anteriores foram Uma Linda Mulher (1990), Noiva em Fuga (1999) e Idas e Vindas do Amor (2010).
    • Esse é o terceiro título do diretor Gary Marshall que retrata datas comemorativas, os anteriores foram o Dia dos Namorados com Idas e Vindas do Amor (2010) e a Véspera de Ano Novo em Noite de Ano Novo (2011).
    • Foi divulgado que a atriz Julia Roberts teria recebido a bagatela de 3 milhões de dólares para trabalhar no filme. Ela rodou todas as suas cenas em apenas quatro dias. Pode reler, é isso mesmo.
    • A peruca que Julia Roberts usa nesse filme é a mesma que ela usou o filme Um Lugar Chamado Notting Hill.



    🎬 Sessão Anos 80 - Volume 02 - Digipak com 2 DVD’s

    Obras-Primas do Cinema apresenta, SESSÃO ANOS 80 - Volume 02. Neste novo volume trazemos mais 4 grandes clássicos dos anos 80, todos em versões remasterizadas com idioma original, dublagem clássica em português e 40 minutos de extras!

    Disco 01:

    Sem Licença para Dirigir (License to Drive, 1988, 90 min.)
    Direção: Greg Beeman. Elenco Principal: Corey Haim, Corey Feldman, Carol Kane

    Um Salto Para a Felicidade (Overboard, 1987, 112 min.)
    Direção: Garry Marshall. Elenco Principal: Goldie Hawn, Kurt Russell, Edward Herrmann



    Disco 02:

    Digam o Que Quiserem (Say Anything..., 1989, 100 min.)
    Direção: Cameron Crowe. Elenco Principal: John Cusack, Ione Skye, John Mahoney

    A Primeira Transa de Jonathan (Mischief, 1985, 96 min.)
    Direção: Mel Damski. Elenco Principal: Doug McKeon, Catherine Mary Stewart, Kelly Preston

    U+21F0.gif Extras:
    • Entrevista com o Cameron Crowe" (13 min)
    • Cenas deletadas de "Sem Licença para dirigir" (14min)
    • Cenas deletadas de "Digam o que Quiserem" (13min)
    U+21F0.gif Informações Técnicas:

    Título: Sessão Anos 80 - Volume 02
    País de Produção: Estados Unidos
    Ano de Produção: 1985 - 1989
    Gênero: Comédia - Drama - Romance
    Direção: Greg Beeman; Garry Marshall; Cameron Crowe; Mel Damski.
    Elenco: Corey Haim, Goldie Hawn, John Cusack, Kurt Russell, Doug McKeon, Corey Feldman, Ione Skye, Catherine Mary Stewart, Kelly Preston, John Mahoney, Edward Herrmann, Carol Kane.
    Áudio: Dolby Digital 2.0
    Idioma: Inglês (original) - Português (dublagem).
    Legendas: Português - Inglês.
    Duração Aproximada:  398 minutos
    Região: Aberto para todas as zonas (Livre)
    Formato de Tela: 1.85:1
    Cor: Colorido
    Classificação Indicativa: 12 Anos. Contém


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top