• ÚLTIMAS...

    MORREM LEWIS GILBERT, TONIA CARRERO E DAVID OGDEN STIERS


    Dia 23 de fevereiro partiu Lewis Gilbert,  aos 97 anos. O realizador partiu em Mônaco, onde vivia desde 1975, após "sofrer de demência por quase uma década".

    Após uma carreira de ator infantil em filmes nas década de 1920 e década de 1930, ele então filmou documentários para a Força Aérea Real durante a Segunda Guerra. Gilbert fez fama na década de 50 com uma série de filmes de sucesso que ele dirigiu, e frequentemente dirigindo e produzindo também. Estes foram baseados em histórias reais da Segunda Guerra.

    Em 1966 Gilbert dirigiu Como Conquistar as Mulheres estrelando Michael Caine. Gilbert disse que o filme só foi feito pelo baixo orçamento. O filme foi nominado em 5 Categorias do Prêmios da Academia incluindo melhor filme. Gilbert foi indicado ao Globo de Ouro como melhor diretor, tendo um filme um remake em 2004 com Jude Law. Em 1967, Gilbert foi escolhido para dirigir um musical de Lionel Bart: Oliver! mas teve que sair no meio da produção e deixou Carol Reed terminar.

    Apesar de ser conhecido por fazer dramas, Gilbert dirigiu três dos mais heroicos filmes e caros filmes da franquia James Bond. Depois de alguma relutância, ele foi convencido por Harry Saltzman e Albert R. Broccoli para dirigir Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (de 1967). Gilbert retornou a série para fazer mais dois filmes, 007 - O Espião que me Amava (de 1977) e 007 contra o Foguete da Morte (de 1979).


    Na década de 80 ele voltou a fazer filmes de drama com versões de sucesso das peças de Willy Russell, como O Despertar de Rita (1983) e Shirley Valentine (1989). Em 1997, Lewis foi condecorado Comendador da Ordem do Império Britânico. Seu último filme como realizador foi Before You Go (2002), estrelado por Julie Walters.

    Um dos ícones da televisão brasileira,  Tônia Carrero morreu neste sábado (3), aos 95 anos, no Rio de Janeiro.

    Tônia Carrero, cujo nome de nascimento é Maria Antonietta Portocarrero Thedim, passava por uma pequena cirurgia em uma clínica particular na Gávea, na Zona Sul do Rio de Janeiro, quando teve uma parada cardíaca e não resistiu, de acordo com a família da atriz.

    Ela tinha sido internada na sexta (2) com uma úlcera no sacro e morreu durante procedimento médico, segundo a neta Luísa Thiré.

    Tônia é a matriarca de uma família que tem quatro gerações de artistas: além do único filho, o ator Cécil Thiré, netos e bisnetos também seguiram a carreira. Ela é classificada pelo projeto Brasil Memória das Artes, da Funarte, como "diva e dama" e "referência de beleza, inteligência e talento na história do teatro brasileiro".


    Uma das atrizes mais consagradas do Brasil, Tônia é conhecida por inúmeros papéis marcantes – como Stella Fraga Simpson, em “Água Viva” (1980), e a Rebeca, de "Sassaricando" – e integrou o elenco de 54 peças, 19 filmes e 15 novelas.

    Sua última novela foi “Senhora do Destino” (2004), de Aguinaldo Silva, na qual fez uma participação especial. No cinema, sua última aparição foi em “Chega de Saudade” (2008).

    O ator americano David Ogden Stiers, que interpretou o cirurgião Major Charles Winchester na série "M*A*S*H" (1972-1983), morreu neste sábado (3), aos 75 anos, em sua casa, na cidade de Newport, Oregon, nos Estados Unidos. Ele dublou também o relógio Cogsworth, na versão animada original de "A Bela e a Fera", da Disney, em 1991.

    A informação foi confirmada pela agente dele no Twitter. "Estou muito triste em contar que David morreu esta manhã, em 3 de março de 2018, em sua casa, em Newport, Oregon, depois de uma valente batalha contra o câncer de bexiga. Seu talento só era ultrapassado por seu coração", diz a mensagem.

    O ator ficou conhecido nos Estados Unidos por causa da participação em "M*A*S*H", série inspirada no filme homônimo de 1970, sobre a atuação de um grupo de médicos durante a Guerra da Coreia, entre 1950 e 1953. O programa ficou no ar na emissora americana "CBS" entre 1972 e 1983, sendo retransmitido posteriormente por outros canais do país durante décadas.

    Ele foi a voz de vários personagens da Disney, além de "A Bela e a Fera". Participou também de "Pocahontas", "Lilo & Stitch" e "O Corcunda de Notre Dame".



    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top