• ÚLTIMAS...

    DICAS DE FILMES LANÇADOS PELA CLASSIC LINE


    Abaixo, 7 dicas de filmes lançados pela Classic Line que valem muito a pena serem conhecidos. São ótimas produções de realizadores importantes, que podem ser comprados nas melhores lojas e no próprio site da empresa (Aqui). E em breve, farei matérias específicas de cada um.

    Confiram:

    🎬 Decisão amarga (1956)

    Título original: Ransom!
    Diretor: Alex Segal
    Com: Glenn Ford, Donna Reed, Leslie Nielsen

    U+21F0.gif Sinopse e curiosidades:

    Quando Andy (Bobby Clark), o filho dos milionários Dave (Glenn Ford) e Edith Stannard (Donna Reed) é sequestrado, eles tentam reunir de todas as formas possíveis o dinheiro para o pagamento do resgate. Quando o chefe de polícia Jim (Robert Keith) e o repórter Charlie Telfer (Leslie Nielsen) afirmam que, pagando ou não, é pouco provável que ele volte a ver seu filho novamente, Dave toma uma decisão inesperada: apesar dos apelos de sua esposa Edith e irmão e a condenação resultante da imprensa e do público, Stannard vai em um programa de televisão em todo o país, mostra o dinheiro e avisa ao sequestrador que nenhum centavo será pago para o resgate. Em vez disso, o dinheiro será usado para rastrear o sequestrador se Andy não for devolvido ileso.


    • Refilmado por Ron Howard, com Mel Gibson. O filme se chamou "O preço de um resgate" e foi um enorme sucesso na época (1996).

    🎬 Um Misterioso Assassinato em Manhattan (1993)

    Título original: Manhattan Murder Mystery
    Diretor: Woody Allen
    Com: Woody Allen, Diane Keaton, Jerry Adler

    U+21F0.gif Sinopse e comentários:

    Carol Lipton (Diane Keaton), uma dona de casa entediada, cisma que o velhinho que mora ao seu lado matou sua esposa. Obcecada pelo caso, insiste que seu marido Larry Lipton (Woody Allen) a ajude a resolver o mistério, mas ele acha que ela está exagerando. Incentivada pelo imaginativo Ted (Alan Alda), dramaturgo e amigo do casal, Carol começa a investigar Paul (Jerry Adler), invadindo seu apartamento e seguindo-o pela cidade. Lipton acha que ela está louca, e enciumado pelo recém divorciado Ted, tenta de todas as formas dissuadi-la da investigação. Mas quando ele e Carol avistam a senhora Lilian (Lynn Cohen) viva e andando de ônibus pela cidade, o neurótico Lipton acaba concordando que alguma coisa está errada...

    • Woody Allen planejava escrever uma morte misteriosa para o filme Hannah e Suas Irmãs, mas resolveu deixar esse tema para Um Misterioso Assassinato em Manhattan .
    • Woody Allen se inspirou na série de filmes "Ceia dos acusados" para escrever seus personagens principais.
    • A personagem principal foi escrita para Mia Farrow. Após sua separação do diretor Woody Allen, o papel ficou com a atriz Diane Keaton.
    • Quando Keaton entrou no projeto, Allen reescreveu o roteiro para aproveitar o lado cômico da atriz.
    • Este é o último de sete filmes em que Woody Allen e Diane Keaton trabalharam juntos. Os demais foram O Dorminhoco (1973), A Última Noite de Boris Grushenko (1975), Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (1977), Interiores (1978), Manhattan (1979) e A Era do Rádio (1987).
    • Este é o único filme da parceria em que Woody Allen e Diane Keaton tem um filho juntos.
    • Um Misterioso Assassinato em Manhattan é o primeiro filme de Zach Braff.

    🎬 Rabo de Foguete (1960)

    Título original: Visit to a Small Planet
    Diretor: Norman Taurog
    Com: Jerry Lewis, Joan Blackman, Earl Holliman

    U+21F0.gif Sinopse e curiosidades:

    Kreton (Jerry Lewis) é um alienígena trapalhão, fascinado pelos seres humanos. Ele vem à Terra durante as suas férias e acaba se revelando a uma família suburbana. Aos poucos, Kreton lhes mostra seus incríveis poderes. Porém, ao se apaixonar por Ellen (Joan Blackman), a filha da família Spelding, ele tem que desistir dos mesmos para que possa namorar com ela. Mas, sem poderes, as coisas se complicam para Kreton que começa a perder o entusiasmo pelo modo de vida dos humanos.


    • Um cartaz de "Rabo de Foguete" pode ser visto no filme "Bonequinha de Luxo". Está colado na parede na cena final.
    • Gore Vidal, que escreveu a peça original, ficou triste com a escolha de Jerry Lewis para o protagonista na versão cinematográfica. Sua aposta era o ator Cyril Ritchard, que recebeu em 1957 uma indicação de melhor ator de teatro no Tony Award. Mas Jerry Lewis era uma estrela, doze vezes nomeado para a lista dos top dez no Box Office Stars. Ele ganhou o papel.


    🎬 Amores expressos (1994)

    Título original: Chung Hing sam lam
    Diretor: Wong Kar-Wai
    Com: Brigitte Lin Ching-hsia, Tony Leung Chiu Wai, Faye Wong

    U+21F0.gif Sinopse e curiosidades:

    Em ritmo de videoclipe e contando com a incrível e colorida fotografia de Cristopher Doyle, O filme se passa na cosmopolita Hong Kong e é composto de duas histórias contadas em seqüência. A primeira metade lida com o Policial 223 (Takeshi Kaneshiro), que rompeu com sua namorada de cinco anos. A segunda metade mostra o Policial 663 (Tony Leung) lidando com a ruptura com sua namorada aeromoça. O destino desses policiais se cruzará com o de outras personagens, em um turbilhão de cores e emoções. 



    • O título em inglês do filme é a mistura de dois lugares conhecidos de Hong Kong: o Chungking Mansions, hostel que, geralmente, abriga Indianos, Paquistaneses e estrangeiros em geral, e o Midnight Express, uma loja de comida indiana situada em Lan Kwai Fong.
    • O apartamento do policial 663 é, na realidade, de Christopher Doyle.
    • O diretor Quentin Tarantino assinou um contrato com a Miramax somente para conseguir distribuir o filme Amores Expressos para um público maior.
    • Originalmente o filme ia ter três partes mas, a terceira parte virou um filme de Wong Kar-Wai chamado Fallen Angels.


    🎬 Amor à Italiana (1965)

    Título original: Strange Bedfellows
    Diretor: Melvin Frank
    Com: Rock Hudson, Gina Lollobrigida, Gig Young

    U+21F0.gif Sinopse:

    Em Londres, o estadista almofadinha Carter Harrison (Rock Hudson) conhece Toni Vincente (Gina Lollobrigida), uma artista e ativista italiana boêmia e temperamental. Os dois se casam impulsivamente e então descobrem que discordam em tudo. Pouco depois, se separam. Cinco anos depois, na véspera antes do seu divórcio se tornar final, o casal se revê e faíscas reacendem a paixão de antes. A realidade se inicia quando, na manhã seguinte, eles começam a discutir novamente.


    Mais uma vez, os processos de divórcio estão em curso, até que Carter recebe a proposta de uma promoção – mas ele precisa estar casado. Ele planeja recuperar o amor de Toni e, eventualmente, é bem-sucedido. Mas será que a carreira rígida dele, vai conseguir realmente se encaixar com a colorida e tempestuosa vida dessa artista?


    🎬 Coleção Homem invisível (Digipack)

    Títulos: Homem invisível (1933) e A volta do Homem invisível (1940)
    Título original: Disco 1 - The Invisible Man/   Disco 2 - The Invisible Man Returns
    Direção: James Whale Com: Claude Rains, Gloria Stuart, Henry Travers


    Direção: Joe May Com: Cedric Hardwicke, Vincent Price, Nan Grey

    U+21F0.gif Sinopse e curiosidades:

    Disco 1: Em Ipping, um lugar remoto na Inglaterra, chega um misterioso estranho que tem seu rosto coberto por bandagens. É impossível ver seus olhos, pois ele usa óculos com lentes extremamente escuras. Ele aluga um quarto em uma pousada e fica trancado nele o tempo inteiro. O estranho se chama Jack Griffin (Claude Rains), que criou uma fórmula que o permite ser invisível. Entretanto ele precisa criar um antídoto para reverter o processo, caso contrário ficará desta forma para sempre.

    • A 1ª escolha da Universal Pictures para interpretar o Homem Invisível era Boris Karloff, mas o diretor James Whale o descartou por querer um ator que possuísse uma voz mais "intelectual". A 1ª e única escolha do diretor foi Claude Rains, que ficou com o papel. 
    • Estréia de Claude Rains no cinema.
    • Para criar o efeito de Jack Griffin parecer invisível quando retirasse suas bandagens, o diretor James Whale fez com que Claude Rains vestisse apenas roupas de veludo preto e o colocou a frente de um cenário feito com a mesma cor de sua roupa. 



    Disco 2:

    Preso sob a acusação de ter matado seu irmão, Geoffrey Radcliffe aguarda sua sentença - morrer na forca. Mas, logo depois de receber a visita de seu amigo Dr. Frank Griffin, Geoffrey simplesmente desaparece. O inspetor policial Sampson começa a investigar e acredita que Griffin é na verdade o irmão do Homem Invisível original (do primeiro filme) e deu a Geoffrey a fórmula da invisibilidade. Continuação do clássico de 1933. 





    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    15 FILMES QUE SE PASSAM EM UM MUSEU

    Scroll to Top