• ÚLTIMAS...

    15 FILMES SOBRE CORREDORES E MARATONAS

     

    Maratona é o nome de uma corrida realizada na distância oficial de 42,195 km, normalmente em ruas e estradas. Única modalidade esportiva que se originou de uma lenda, seu nome foi instituído como uma homenagem à antiga lenda grega do soldado ateniense Fidípides, um mensageiro do exército de Atenas, que teria corrido cerca de 40 km entre o campo de batalha de Maratona até Atenas para anunciar aos cidadãos da cidade a vitória dos exércitos atenienses contra os persas e morreu de exaustão após cumprir a missão.

    A prova anual de Maratona mais antiga acontece desde 1897, no Dia do Patriota, em Boston, nos Estados Unidos. Que inclusive é o título do último filme de nossa lista. Confiram:


    Colin Smith (Tom Courtenay) não é um vadio. Mas não quer trabalhar, para nenhum patrão ter lucro à sua custa. Tendo por desfastio assaltado uma padaria, é preso e na prisão especial para jovens delinquentes descobrem-lhe o talento de corredor de longa distância. Logo o diretor (Michael Redgrave) se pretende servir dele para ganhar o campeonato para o seu estabelecimento.


    Babe (Dustin Hoffman) é um maratonista e estudante da Universidade de Columbia, que leva uma vida normal. O problema é que ele não sabe que seu irmão está profundamente envolvido em um misterioso grupo que se relaciona com ex-nazistas, e que acabará envolvendo ele também. Por fim, Babe conhecerá Szell (Laurence Olivier), o "anjo branco" de Auschwitz, que utiliza sua formação de dentista para machucar as pessoas.


    Homem desempregado decide provar para si mesmo que não é um perdedor. Ao invés de procurar emprego, ele começa a treinar para ganhar a medalha de ouro da maratona, nas Olimpíadas.
    Filme dirido por Steven Hilliard Stern, que realizou produções que costumeiramente passavam nas telinhas nos anos 80, como este, e Nova York - Terra de Ninguém. Aliás, quase 90% de suas produções foram dirigidas para TV.


    O filme conta a história do prisioneiro Murphy, que encarcerado para o resto da vida (por ter morto o seu pai), tenta qualificar-se para os Jogos Olímpicos, lutando contra o sistema penal, assim como contra vários gangs da prisão. As corridas de Murphy (Peter Strauss nunca esteve tão convincente e intenso como aqui) ao som de Sympathy For The Devil, têm um carácter quase transcendente, e revelam de forma sublime, o esforço e a integridade do seu torturado personagem.
    Obra de estreia de Michael Mann, este filme foi feito para televisão e galardoado com vários prêmios. Curiosamente nele, estão já bem patentes, todos os temas e obsessões que o autor americano, iria mais tarde explorar, de forma brilhante.


    As Olimpíadas de 1924, em Paris, se aproximam. Eric Liddell (Ian Charleson) e Harold Abrahams (Ben Cross) pretendem disputá-la, mas seguem caminhos bem diferentes. Liddell é um missionário escocês que corre em devoção a Deus. Já Abrahams é filho de um judeu que enriqueceu recentemente e deseja provar sua capacidade para a sociedade de Cambridge. Liddell corre usando seu talento natural, enquanto que Abrahams resolve contratar um treinador. Ambos seguem as eliminatórias sem problemas, até que uma das classificatórias de Liddell é marcada para domingo. Ele se recusa a competir, por ser este um dia santo.


    Chris Cahill é uma jovem e atraente atleta que se prepara para os Jogos Olímpicos de 1980, a serem realizados em Los Angeles.  Nas pistas de corridas, ela conhece Tory Skinner, uma veterana campeã em busca de mais um título. As duas se tornam amigas e, em pouco tempo, iniciam uma relação homossexual.  Acreditando no potencial da amiga e amante, já que ela é muito esforçada e determinada, Tory convence Terry Tingloff, seu rigoroso treinador, a fazer de Chris mais uma vencedora.
    Chris passa a ter em Tory o exemplo de atleta que ela deve alcançar e até ultrapassar.  Com Terry como treinador, as vidas dos três atletas se entrelaçam, com envolvimentos entre atleta e treinador e entre atletas entre si.


    Quando Billy retorna do reformatório onde passou alguns anos após uma tentativa frustrada de roubo de carro, tem que frequentar uma escola diferente, do outro lado da cidade. Ao lado de sua mãe viúva, ele tenta iniciar uma nova vida, longe das drogas e do crime. Mas seus velhos rivais não facilitam as coisas para ele, e seu grande amigo Louie, um jovem traficante, tenta novamente desviá-lo do caminho certo. Seu irmão Joe, bem diferente dele, é o 'filho modelo' e um ótimo atleta, um corredor determinado a vencer a competição da escola. Ele sugere a Billy que também passe a correr, e isso provoca uma grande desavença entre os irmãos.


    Steve Roland Prefontaine (Jared Leto), nascido em 1951, no Oregon, tornou-se ainda bem jovem especialista em corridas de longa distância. Detentor de alguns recordes, foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Cáli, em 1971, e buscava a vitória nos Jogos Olímpicos de 1972, em Munique, mas uma tragédia interrompeu sua carreira. Desde pequeno, Prefontaine precisava enfrentar suas próprias limitações. Era sempre pequeno demais para as atividades esportivas, como futebol americano, e tinha uma perna maior que a outra. 
    O pai era carpinteiro e achava que o filho sonhava demais. Ainda jovem, convidado por uma universidade – os EUA investem em esportistas através dos campus universitários – Prefontaine se destacou nas categorias universitárias, e espantava a todos com a sua determinação.


    O filme acompanha a história do famoso corredor olímpico Steve Prefontaine (Billy Crudup), desde sua juventude na Universidade de Oregon, onde trabalhou com o lendário treinador Bill Bowerman (Donald Sutherland), até a consolidação de sua carreira nas Olimpíadas de Munique e sua trágica morte em um acidente de automóvel. 
    O diretor Robert Towne queria que Tommy Lee Jones interpretasse o técnico Billy Bowerman, mas o ator recusou o papel.


    Situada em Hamilton, em 1954, o filme conta a incrível história de Ralph Walker, um estudante de 14 anos que supera as expectativas de todos ao tentar vencer a Maratona de Boston. Órfão de pai e com uma mãe muito doente, ele sabe que é uma bomba-relógio prestes a explodir em grandeza, embora não faça a mínima ideia de onde essa grandeza se manifestará. Quando Ralph é inscrito no time de cross-country como penalidade, ele descobre uma maneira de manifestar suas habilidades e acredita, desesperadamente, que poderá realizar o milagre que tirará sua mãe do coma.


    O filme conta a história de um jovem com autismo, chamado Cho-won, que se encontra apenas na corrida. Quando criança, Cho Won regularmente tinha birras, e recusava-se a comunicar com os outros - encontrando consolo em zebras e apenas no lanche coreano, Chocopie. Sua mãe nunca desistiu dele e estava determinada a provar ao mundo que seu filho pode ser normal. Ao envelhecer, ele começa a descobrir a paixão pela corrida e sua mãe está lá para encorajar e apoiar ele. Apesar de ambos sofrer com a família e de problemas financeiros, eles encontram um antigo campeão de maratona - agora um homem velho letárgico com problemas de alcoolismo, ajuda Cho-won a se superar.


    Cinco anos atrás Dennis (Simon Pegg) estava no altar, prestes a se casar com Libby (Thandie Newton), mas teve medo e fugiu do compromisso. Desde então nada deu certo em sua vida. Um dia ele descobre que Libby está com Whit (Hank Azaria), um garanhão. Decidido a mostrá-la que ele é o homem certo para ela, Dennis decide se inscrever na mesma maratona em que Whit competirá. Mas logo ele descobre que participar da competição não será tão fácil assim.


    O drama retrata a história real do atleta olímpico Louis Zamperini (Jack O'Connell), que sofre um acidente de avião e cai em pleno mar. Ele luta durante 47 dias para reencontrar a terra firme e quando consegue é capturado pelos japoneses em plena Segunda Guerra Mundial.
    A Universal Studios comprou os direitos da história de Louis Zamperini, em 1957, na esperança de desenvolvê-lo para Tony Curtis. Nos anos posteriores, Nicolas Cage manifestou interesse. O projeto finalmente conseguiu a luz verde depois de 2010, quando o livro de Laura Hillenbrand tornou-se um best-seller.


    Cinebiografia de Jesse Owens (Stephan James), atleta negro americano que ganhou quatro medalhas de ouro nas Olimpíadas de Berlim, em 1936, superando corredores arianos em pleno regime nazista de Adolf Hitler. O filme foca nos treinos de Owens com seu técnico (Jason Sudeikis) para chegar em Berlim e vencer as principais provas do atletismo – mas várias são as aberturas criadas para definir histórias paralelas. 
    O ator John Boyega estava previamente fechado para protagonizar o longa. Ele saiu, entretanto, para protagonizar um pequeno filme chamado Star Wars: O Despertar da Força.


    Após os atentados terroristas à Maratona de Boston em 2013, um grupo formado pelo Sargento da Polícia Tommy Saunders (Mark Wahlberg), o Agente Especial Richard Deslauries (Kevin Bacon), o Comissário da Polícia Ed Davis (John Goodman), o Sargento Jeffrey Pugliese (J.K. Simmons) e a enfermeira Carol Saunders (Michelle Monaghan) se une aos bravos sobreviventes para identificar e capturar os responsáveis pelo ataque terrorista antes que eles possam fazer novas vítimas.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top