• ÚLTIMAS...

    10 FILMES DE AÇÃO QUE SE PASSAM NO NATAL


    Listinhas com datas comemorativas são obrigatórias em sites de cinema. Ainda mais de Natal. Ano passado, postei sobre 70 filmes de Natal para assistir antes do Natal (acessem aqui). Neste ano, resolvi fazer diferente. Revi um filme de ação esta semana (Rambo) e não tinha me ligado com vários filmes de ação legais se passam no Natal. Por isto fiz uma listinha de 10 indicações.

    Mas antes, quero compartilhar alguns detalhes curiosos:

    Dos 10 filmes abaixo

    4 são roteirizados por SHANE BLACK, sendo que um ele também dirige.
    3 são com BRUCE WILLIS.
    2 são dirigidos por TONY SCOTT
    2 são dirigidos por RENNY HARLIN

    Ou seja, estes caras gostam mesmo de filme de Natal...
    Boa sessão e Feliz Natal a todos.





    John Rambo (Sylvester Stallone), um veterano da guerra do Vietnã, volta aos EUA e descobre que nada mais é como antes. Numa viagem à procura de um colega do exército, passa por uma cidadezinha em que é considerado vagabundo pelo xerife e acaba detido. Na prisão, os guardas atormentam-no sem saber que reavivam situações antes vividas na guerra. Perseguido pelas lembranças do Vietnã. Rambo foge para uma floresta vizinha, aumentando a raiva do xerife. Inicia-se então uma caçada que vai misturar a agressividade e o aprendizado do ex-soldado nos campos de batalha, ingredientes explosivos de um confronto final.





    Em seu aniversário de 50 anos, o Sargento Roger Murtaugh (Danny Glover) une-se ao ousado Sargento Martin Riggs (Mel Gibson). Riggs é um antigo combatente das Forças Especiais atormentado por desejo de suicídio após a morte de sua esposa em um acidente de carro, o que leva seus superiores a transferi-lo para a divisão de homicídios. Murtaugh e Riggs são escalados para o mesmo caso. Juntos, eles descobrem um cartel do tráfico de drogas. As situações cada vez mais perigosas formam um vínculo entre os dois.




    Franco Zeffirelli resolveu por convidar Mel Gibson para protagonizar Hamlet após assistir a cena de suicídio em que o ator participa, em Máquina Mortífera.
    Para atuar nas cenas de ação de Máquina Mortífera, Mel Gibson aprendeu 3 formas de artes marciais: jiu-jitsu, capoeira e o jailhouse rock, uma forma de luta dos escravos americanos.
    A cena final do filme, em que o personagem de Mel Gibson luta durante cinco minutos debaixo de chuva, foi rodada em quatro noites.





    Durante as festividades de Natal, o policial nova-iorquino John McClane vai visitar a esposa Holly Gennero em Los Angeles. Lá chegando, dirige-se à festa de Natal da empresa onde ela trabalha, a Nakatomi Trading, no edifício da multinacional, o Nakatomi Plaza. É apresentado a diversas pessoas, entre elas o CEO da companhia, Joe Takagi. Entretanto, durante as festividades, um grupo de terroristas alemães, liderados por Hans Gruber, invadem o prédio e sequestram todos os convidados, com a intenção de roubar US$ 640 milhões em ações. McClane escapa de ser aprisionado pelo grupo de Gruber e é o único que pode combater os terroristas.




    O pôster original de Duro de Matar não tinha a foto de Bruce Willis, contendo apenas a do prédio atacado por terroristas. A intenção dos produtores ao lançar este pôster era atrair as pessoas que não eram fãs de Bruce Willis, já conhecido nos Estados Unidos por seu trabalho na série de TV A Gata e o Rato. Apenas após a confirmação do sucesso do filme nas bilheterias em suas primeiras semanas de exibição é que um novo pôster, já com a foto de Willis, foi confeccionado.
    O alemão falado pelos terroristas em algumas cenas do filme possui erros gramaticais e em alguns momentos é incompreensível. Visto isso, na versão alemã de Duro de Matar os terroristas não são descritos como alemães, mas como sendo europeus, sem destacar um país específico.
    O diretor Jan de Bont (Velocidade Máxima, A Casa Amaldiçoada) trabalhou na direção de fotografia de Duro de Matar.
    Na versão alemã de Duro de Matar, o nome do vilão do filme foi alterado de Hans Gruber para Jack Gruber.
    O prédio onde se passa a história é real e se chama Fox Plaza, sede dos estúdios Fox em Century City, Los Angeles. Na época os produtores procuravam um local para as filmagens e o prédio, que ainda estava em construção, como no filme, foi considerado ideal para a história


    Numa fria véspera de Natal em Washington, um grupo de terroristas toma um aeroporto internacional e agora controla a vida de milhares de passageiros, prestes a desembarcarem. Os terroristas, um bando de ex-militares a fim de resgatar um militar deportado envolvido num grande esquema de distribuição de drogas. Eles estão preparados para enfrentar qualquer imprevisto, menos um: John McClane (Bruce Willis), um policial que, mais uma vez, está no lugar errado, na hora errada. 


    Joe Hallenbeck (Bruce Willis) teve que sair do serviço secreto por causa de um político corrupto e se tornou detetive particular em Los Angeles. Jimmy Dix (Damon Wayans) abandonou uma bela carreira de jogador de futebol americano por causa de acusações falsas de uso de drogas. Os dois só têm em comum, o fracasso profissional e pessoal, até que uma conhecida de ambos, a dançarina de Striptease Cory (Halle Berry) é assassinada. Joe e Jimmy se unem para investigar o crime e acabam se tornando o próximo alvo dos assassinos, ao descobrirem que por trás da morte de Cory, está uma vasta rede de chantagem, extorsão e corrupção. 

    Com O Último Boy Scout, Shane Black tornou-se o 1º roteirista a receber US$ 1 milhão por um trabalho.
    O compositor Michael Kamen detestou O Último Boy Scout quando o assistiu. O único motivo que o convenceu a trabalhar no filme foi a amizade que tinha com Bruce Willis e o produtor Joel Silver.
    O filme que a personagem Darian assiste na TV é Máquina Mortífera (1987), cujo roteiro também é de autoria de Shane Black.
    A palavra "fuck" é dita 102 vezes no decorrer do filme.


    A professora e mãe solteira Samantha Caine tem uma vida de classe média no subúrbio. Ela começa a ter estranhas memórias de uma inexplicável violência e descobre que tem habilidades físicas que nunca imaginou ter. Ao contratar Mitch Hennesey, um detetive particular, para sondar seu passado, Samantha descobre que ela é uma assassina treinada do governo que desapareceu depois de sofrer amnésia e que seus ex-manipuladores a querem de volta.

    Este é o 2º filme em que o diretor Renny Harlin e a atriz Geena Davis trabalharam juntos. O anterior foi A Ilha da Garganta Cortada (1995).
    O roteiro do filme foi vendido por US$ 3 milhões. Foi, na época, a maior quantia já paga por um roteiro. 
    Uma das locações do filme foi um hotel histórico, construído há mais de 100 anos, localizado em Muskoka, Ontario, no Canadá. Durante as filmagens o hotel passou por um incêndio, sendo que uma das possíveis causas foi o calor gerado pelas luzes usadas nas filmagens. Apesar da desconfiança, nunca foi provado que o incêndio teve início devido a este motivo. 
    Após o incêndio as filmagens foram transferidas para Collingwood, em Ontario, até que o hotel fosse reconstruído. 
    A música "Let It Snow, Let It Snow, Let It Snow", de Dean Martin, é tocada no rádio do carro de Samantha. Esta mesma música aparece no final deDuro de Matar 2 (1990), também dirigido por Renny Harlin. 
    O filme que aparece na TV do hotel é O perigoso Adeus (1973). 
    O DVD do filme lançado na França contém algumas cenas excluídas de sua edição final. 
    O orçamento de "Despertar de um Pesadelo" foi de US$ 65 milhões.







    Robert Clayton Dean, um advogado bem-sucedido em Washington, recebe um vídeo que mostra a ligação entre um oficial do alto escalão da Agência Nacional de Segurança a um assassinato político. A partir daí, Dean se transforma em um alvo constante para a mais perigosa e treinada equipe do governo. Utilizando todos os meios para arruinar sua carreira e conseguir o vídeo de volta, a equipe inicia uma caçada sem tréguas. Dean terá de lutar para salvar sua vida e provar sua inocência.




    Os satélites toda vez que aparecem em cena emitem repetidamente a sigla "CQ", uma abreviação de "Seek You" ("Procuro Você", em tradução livre).
    O personagem de Gabriel Byrne propositalmente se parece e se veste do mesmo modo que Travis Bickle, o personagem de Robert De Niro em Taxi Driver (1976).






    Depois de sair da prisão, tudo o que Ruby Duncan (Ben Affleck) quer começar vida nova com sua namorada, Ashley (Charlize Theron), a garota de seus sonhos. Mas entre eles está uma trupe de criminosos que querem forçar Ruby a participar de um assalto a um cassino bem na véspera do Natal. Agora, quando Ruby e Ashley pensavam que iriam começar uma nova vida, o futuro de ambos está nas mãos dos criminosos.




    A estreia original de Jogo Duro nos Estados Unidos seria em dezembro de 1999, mas foi adiada e o título do filme foi alterado para Deception. Porém, a poucas semanas da estreia do filme, o título original foi retomado.
    Vin Diesel foi selecionado para o elenco de Jogo Duro. O ator foi demitido após fazer diversas solicitações sobre o seu personagem.
    Durantes as filmagens, Ben Affleck sofreu uma concussão. A produção foi paralizada enquanto o ator se recuperava.
    Último filme, lançado nos cinemas, dirigido por John Frankenheimer.
    Em 2007, Charlize Theron deu uma entrevista falando que Jogo Duro é um filme muito ruim. A atriz afirmou que só participou da produção por conta do diretor John Frankenheimer.





    Ao fugir da polícia Harry Lockhart (Robert Downey Jr.), um ladrão fracassado, invade um teste para atores e acaba sendo enviado para Hollywood para trabalhar. Lá ele participa de um "laboratório" com um detetive particular para um papel e se vê em meio a uma complicada trama que envolve um assassinato. É quando Lockhart acaba se relacionando com uma antiga paixão dos tempos de escola.




    O título original é uma citação à série de filmes protagonizada por James Bond, já que o título do "The Unofficial James Bond Companion" é justamente "Kiss Kiss, Bang Bang". Além disto a crítica de cinema Pauline Kael já publicou um livro de críticas com este mesmo título.
    Inicialmente seria Johnny Knoxville o intérprete do personagem Harry Lockhart, tendo sido posteriormente substituído por Robert Downey Jr..
    Hugh Grant e Benicio Del Toro estiveram cotados para interpretar a dupla protagonista.
    Val Kilmer teve que perder rapidamente os cerca de 22 quilos que ganhou para atuar em Alexandre, para que pudesse interpretar seu personagem em Beijos e Tiros.
    Para ajudar no tratamento de recuperação das drogas e do álcool de Robert Downey Jr., Val Kilmer se recusou a ingerir bebidas alcóolicas durante as filmagens.
    Inicialmente o orçamento de Beijos e Tiros seria de US$ 10 milhões, já que a Warner não acreditava muito no roteiro. O orçamento foi aumentado para US$ 15 milhões, com o qual o filme foi rodado. Após assisti-lo pronto os executivos da Warner gostaram tanto do filme que decidiram investir maciçamente em uma pré-estréia mundial no Festival de Cannes.





    Eric Roth é um homem que chega à cidade na tentativa de buscar seu pai. No entanto, o turista acaba despertando a desconfiança da enferrujada polícia de El Camino, que há muito tempo não encara a criminalidade local. Para Carl Hooker e Billy Calhoun (Dax Shepard), o novato é um traficante querendo aumentar o mercado e uma chance de resgatar a credibilidade dos tiras.  Ele acaba fugindo da polícia e fica encurralado em uma loja de conveniência, e fazendo algumas pessoas de reféns. Porém, o destino unirá alguns dos personagens que ali se encontram.



    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    40 FILMES SOBRE AUTISMO PARA CONHECER E EMOCIONAR

    O que é Autismo? O autismo é um transtorno de desenvolvimento que geralmente aparece nos três primeiros anos de vida e compromet...

    Scroll to Top