UWE BOLL - RESPONDE ÀS 7 PERGUNTAS CAPITAIS

Se você realmente gosta de cinema, em algum momento, falou mal de Uwe Boll. Mas o cara  é infernizado pela mídia mundial como se fosse o pior diretor do mundo. Sofreu bullying de todas as formas e passou a convidar os autores das críticas mais agressivos aos seus filmes para lutas de boxe (é um ex-boxeador amador por sinal) e por isso, participou de uma série de eventos patrocinada por um site de apostas e que passou a ser conhecida como Raging Boll.(uma associação com o antológico filme de Scorsese).

O fato é que ele tem seus fãs e esta à toda fazendo filmes sempre. Na entrevista ele fez uma revelação em primeira mão do destino dele neste ano de 2016 (dependendo do mês que eu publicar a entrevista, ele já terá divulgado).

Ele ficou conhecido por produzir adaptações de videogames para o cinema, quase todas recebidas com intensas críticas negativas. Alguns de seus filmes, como Seed: Assassino em Série, Postal, Alone in the Dark e House of the Dead estão entre os 100 piores filmes de todos os tempos, segundo a avaliação do público do Internet Movie Database ; por isto em 2009 foi indicado ao "prêmio" Framboesa de Ouro de pior carreira cinematográfica (categoria na qual foi o único concorrente).

Conseguiu reunir grande elenco em seus filmes (normalmente estrelas de outrora). Fez filmes de baixo orçamento, mas com resultados pouco satisfatórios.

E não se enganem: foi uma grande honra falar com ele.

Veja como foi:


1) Como começou a trabalhar na indústria cinematográfica?

U.B.: Como assistente em filmagens para Tv e depois fiz meu primeiro filme na Alemanha, em  1991 com 60.000 marcos chamado German fried movie.

2) Algumas profissões proporcionam momentos incríveis na vida dos envolvidos. Cinema é uma delas. Qual experiência artística você vivenciou e jamais esqueceu? 

U.B.: Muitas para dizer, mas talvez filmando as cenas nas câmaras de gás em Auschwitz

M.V.: Sério? Meu Deus!!! Sou fã de filmes de 2ª guerra. Cinéfilo tem suas obsessões, e este triste episódio é uma das minhas.

3) Esta próxima pergunta costuma ser classificada como "A escolha de Sofia". Mas saberia dizer qual trabalho da sua carreira considera o melhor?

U.B.: Darfur: Deserto de Sangue, Stoic, Rampage 1,2,3 e  Postal.

M.V.: Ou seja, não há um só, em sua opinião.

U.B.: Não.


4) Você tem algo a dizer sobre as terríveis críticas que seus filmes recebem? Como lida com elas? Alguns jornalistas não demonstram respeito algum com você, que é somente um diretor fazendo seu trabalho da melhor forma possível, como muitos outros. Inclusive, seus filmes têm muitos fãs.

U.B.: É injusto. Os críticos costumam nem ter visto os filmes, e julgam por um ou outro que viram e não apreciaram. O inverso ocorre com diretores renomados, que recebem notas altas instantaneamente, e muitas vezes, antes mesmo do filme ser lançado. Mas finalmente as críticas estão ficando melhores nos últimos anos.

5) Falando um pouco de suas preferências com filmes. Há uma lista com os “filmes da sua vida”? Algo como um top 10...

U.B.: Apocalypse now, laranja mecânica, Tubarão, Dança com lobos, Poderoso chefão 1 e 2, Bons companheiros, Touro indomável, Lobo de Wall Street, J.F.K. e Postal

M.V.: Coincidentemente, o meu top 10 também inclui Apocalypse now, Poderoso chefão 1 e 2, Bons companheiros, Touro indomável. 

6) Fale um pouco dos seus próximos projetos, tanto os que estão acontecendo quanto os que estão sendo planejados.

U.B.: Acabei de fazer Rampage 3 ...e agora é aposentadoria.

M.V.: Espere um pouco!!! Aposentadoria? Já em 2016?

U.B.: Sim. Filmes com orçamento entre 1 e 10 milhões estão MORTOS...nenhum refinanciamento é possível mais . Somente em TV  e orçamentos de 150 milhões nos cinemas,  filmes sobrevivem.

M.V.: Mas justo agora que as críticas melhoraram?

U.B.: Sim. Cansei de jogar este jogo.

M.V.: Bom, talvez surja alguma opção em que os grandes estúdios percam força. Talvez pelo Streaming.

U.B.: Mesmo assim. Para mim acabou.

7) Para finalizar, se você pudesse deixar uma lição do tempo que se dedicou ao cinema, qual seria?

U.B.: Corte as besteiras e faça seu trabalho!

M.V.: Curta sua aposentadoria amigo. Sucesso em seus novos projetos.

 


Tecnologia do Blogger.