URGENTE !!!

RELEMBRANDO JOAN FONTAINE


Ninguém na Hollywood dos anos dourados, era mais elegante, vestia melhor um vestido de época, aparentava tanta fragilidade, delicadeza quanto Joan Fontaine. Sua beleza angelical pareceu destiná-la sempre a papéis românticos.  Joan como todo mundo sabe era irmã de outra grande estrela Olivia de Havilland e sua inimizade até hoje é celebre. As duas estão vivas e apesar de idosas continuam a se odiar. Ambas nasceram em Tóquio no Japão, filhos de ingleses.  Olivia é um ano mais velha, Joan nasceu em 1917 e quando os pais se divorciaram e mudaram para os Estados Unidos. Fontaine é o sobrenome do padrasto. Olivia conseguiu fazer sucesso como atriz antes dela enquanto Joan começou muito modestamente, prejudicada por sua excessiva timidez. Como se percebe em a Rua da vaidade de George Stevens, feito em 37 ao lado de Katharine Hepburn.

Mas aos poucos ela foi conseguindo espaço até virar estrela como Rebecca, a mulher Inesquecível de Hitchcock, em 1940. O Oscar ela ganhou no ano seguinte por Suspeita do mesmo diretor e Olivia nunca a perdoou. Nem mesmo quando conseguiu dois Oscars em sua carreira (havia a brincadeira entre elas, que Joan fazia tudo antes na vida do que Olivia, ganhou o Oscar, se casou antes e teve um filme inesquecível, Rebecca para ela, E o Vento Levou para Olivia).  Ironicamente Joan  também morreu antes. Olivia vive ate hoje em Paris, luxuosamente, viúva de um jornalista famoso que foi diretor da revista Paris Match. E sua melhor amiga é a sobrinha, filha de Joan. 

Joan porem fez uma boa carreira até porque nunca se esforçou  demais. Apreciava o gênero romântico. Não demorou para lhe cair nas mãos, um clássico da Aventura: Gunga Din, 1939, do seu amigo George Stevens. Estrelado por Cary Grant, Victor McLaglen, Douglas Fairbanks Jr e ela como a unica mulher. Uma impecável aventura cômica baseada em um poema de Rudyard Kupling (e que foi o filme mais caro da RKO até então). Douglas Fairbanks Jr. quer largar o exército para se casar com sua jovem noiva (Joan Fontaine). Mas acabam juntando forças quando Grant é capturado por uma seita de fanáticos assassinos que cultuam a deusa Kali e são ajudados por Gunga Din, um nativo. Mesmo sem saber dançar direito foi ainda parceira de Fred Astaire em Cativa e Cativante, que tinha canções dos Irmãos Gerswhin . Isto Acima de tudo/This Above All, de quarenta e dois, de Anatole Litvak, baseado em best-seller patriótico de Eric Knight em que o soldado amargurado Tyrone Power encontra coragem nos braços de uma corajosa inglesa. Um grande sucesso da época da Guerra.


Joan foi a figura central de um dos mais suntuosos capa espadas já produzidos pelo cinema, A Gaivota Negra/Frenchman´s Creek, de 44, de Mitchell Leisen, também um dos mais belos filmes feitos pelo processo Technicolor. Uma aventura escrita por Daphne Du Maurier, autora de Rebecca onde Joan se envolve com o pirata o mexicano Arturo de Cordoba.

Maria Adelaide Amaral é quem gosta deste filme aqui em que  Joan vive outra bela história de amor em Paraíso Proibido/ September Affair, de 50, dirigido por William Dieterle. A história clássica do casal dado como morto num acidente de aviação e que resolve continuar vivendo junto na Itália. O tema musical é a celebre  canção September Song.

Ocasionalmente fazia comédias como  A Conquista da Felicidade/You´ve Gotta to Stay Happy, de 48, uma comédia romântica onde ela é uma  herdeira que foge no dia do casamento no melhor estilo Aconteceu naquela noite. A direção é de HC Potter e o astro é James Stewart.

Joan volta a ficar linda “technicolorizada” sob as ordens de Billy Wilder em A Valsa do Imperador, uma comédia vienense de 48 onde Bing Crosby tenta vender um gramofone na corte austríaca. E para conhecer uma Joan diferente, maléfica, perigosa, não perca Ivy, de 47, de Sam Wood. Um papel que antes foi oferecido a irmã Olivia , uma mulher ambiciosa que não tem problemas em usar veneno para conseguir o marido mais rico possível.

Uma pena que no fim de carreira tenha feito apenas papeis decorativos. Em Suave é a Noite (Tender is the Night, 1962)de Henry King, adaptação do livro de F. Scott Fitzgerald, ela é a irmã sofisticada e fria da heroína Jennifer Jones, que tenta se curar com um psiquiatra na Cote D´Azur francesa. Igualmente decorativa foi sua presença em Viagem ao Fundo do Mar / Voyage to the Botttom of the Sea, 61) de Irwin Allen que daria origem a famosa serie de teve. A historia se passava num submarino, uma expedição científica vai ao Pólo Norte para tentar evitar que um cinturão de radiação que se incêndio no espaço, aqueça demais a Terra, provocando inundações. Mas à bordo há sabotadores. Joan pouco fazia mas seu nome aparecia em primeiro lugar!. 

Seu ultimo filme de cinema seria A Face do Demônio, um terror B inglês. Mas ainda faria varias aparições para a teve a ultima em 1994, com  o desenho Good King Wenceslas, como a voz da Rainha Ludmilla.

Faleceu em Carmel, na California, onde vive Doris Day, em 15 de dezembro aos 96 anos. 

Filmografia 

1935- Adeus Mulheres (No More Ladies).
1937- A Million to One . Rua da Vaidade (Quality Street). Parratt (sem credito). Dolorosa Renúncia (The Man Who Found Himself). A Sorte não se Compra (You Can´t Beat Love), Musica para Madame (Music for Madame). Cativa e Cativante (A Damsel in Distress).
1938- A Criadinha (Maid´s Night Out) . Penhor da Discórdia (Blond Cheat ). Dominando os Ares (Sky Giant). O Duque de West Point (The Duke of West Point ).
1939- Gunga Din (Idem). A  Grande Conquista (Man of Conquest). As Mulheres (The Women).
1940- Rebecca, A Mulher Inesquecível (Rebecca).
1941- Suspeita (Suspicion).
1942- Isto Acima de Tudo (This Above All).
1943- De Amor também se Morre (The Constant Nymph). Jane Eyre (Idem).
1944 Gaivota Negra (Frenchman´s Creek).
1945- Os Amores de Suzana (The Affairs of Suzan) .
1946 Esse Encanto Irresistível (From this Day Forward).
1947-Ivy,a  Historia de uma Mulher (Ivy).
1948- Carta de uma Desconhecida (Letter from a Unknown Woman) Valsa do Imperador (The Emperor´s Waltz). A Conquista da Felicidade (You Gotta Stay Happy). Amei um Assassino (Kiss the Blood off my Hands).
1950- Paraiso Proibido (September Affair). Alma sem Pudor (Born to be Bad).
1951- A Mulher que não pecou ( Darling, How Could You!).
1952- Na Voragem do Vicio (Something to Live For).  Othello (Idem, sem crédito). Ivanhoé, o Vingador do Rei (Ivanhoe).
1953 Deliciosas Noites de Amor ( Decameron Nights). Os Mistérios de Marrocos (Flight to Tangier). O Bígamo (The Bigamist). As Grande Noites de Casanova ( Casanova ´s Big Night).
1956 Serenata (Serenade). Suplicio de uma Alma (Beynond a Reasonable Doubt).
1957 Ilha nos Trópicos ( Island in the Sun) .
1957 Famintas de Amor (Until they sail).
1958- Um Certo Sorriso ( A Certain Smile).
1961The Light That Failed (TV Movie) Viagem ao Fundo do Mar (Journey to the Bottom  of the Sea).
1962-Suave é a Noite(Tender is the Night).
1966- A Face do Demônio (The Witches).

1978-The Users(TV).
1986-  Dark Mansions (TV).Crossings (TV. Minissérie).

COMPARTILHE:

Postar um comentário

 
Copyright © 2012 TudoSobreSeuFilme. CRIADO POR OddThemes