MORRE MARÍLIA PERA


GIGANTE PELA PRÓPRIA NATUREZA, SUCUMBI AOS 72 ANOS

Ontem eu falava sobre o falecimento de Robert Loggia, e os filmes que assisti dele recentemente, e hoje acordo e me deparo com mais esta triste noticia.

Faleceu uma das lendas do nosso meio artístico. Reconhecida por inúmeros trabalhos no cinema, tv e teatro, partiu esta atriz que só me traz maravilhosas lembranças. Esta carioca além de interpretar, cantava, dançava e atuava também como coreógrafa, produtora e diretora de peças e espetáculos musicais. Eu assisti há pouco tempo Pixote (1980), uma grande obra do nosso cinema,  e por acaso lá estava ela. 

Ganhou inúmeros prêmios na carreira, de 1969 a 2009 (por Pixote, inclusive)

Entre grandes e marcantes trabalhos, fez sua história...e como todo mortal, sucumbiu a um problema, no caso, em decorrência de um câncer no pulmão.

Mas não se preocupe Marília, és imortal para nós.

No cinema ela fez estes filmes:

1968 - O Homem que Comprou o Mundo
1970 - É Simonal
1971 - O Donzelo
1975 - Ana, a Libertina
1975 - O Rei da Noite
1978 - O Grande Desbum...
1980 - Pixote, a Lei do Mais Fraco
1982 - Bar Esperança
1983 - Areias Sagradas
1985 - Mixed Blood
1986 - Anjos da Noite
1989 - Dias Melhores Virão
1995 - Jenipapo
1996 - Tieta do Agreste
1998 - Central do Brasil
1999 - O Viajante
2000 - Amélia
2003 - Seja o que Deus Quiser!
2005 - Garrincha, a Estrela Solitária
2005 - Living the Dream
2005 - Vestido de noiva
2006 - Acredite, um Espírito Baixou em Mim
2006 - Pixote in Memoriam
2007 - Jogo de Cena
2008 - Embarque Imediato
2008 - Nossa vida não cabe num opala
2008 - Polaroides Urbanas


Tecnologia do Blogger.