MORRE CHANTAL AKERMAN


Os diários franceses Libération e Le Monde, assim como a televisão pública belga, RTBF, noticiam a morte de Chantal Akerman, aos 65 anos. O Le Monde é o único a avançar uma causa, garantindo que a realizadora se suicidou na segunda-feira.

Chantal Akerman nasceu 6 de junho de 1950, em Bruxelas, descendente de uma família de judeus polacos. Os avós e a mãe foram deportados para Auschwitz e só a mãe sobreviveu. É ela a protagonista do seu último filme, "No Home Movie"

As relações sexuais, a religião e a solidão foram temas recorrentes de uma filmografia caracterizada pela rigidez de sua encenação e por um estilo pessoal, um cinema complexo marcado por sua militância feminista e que não cedia a concessões formais ou temáticas.

A causa da morte ainda não foi revelada oficialmente, mas os jornais franceses dizem que a diretora  cometeu suicídio. 


Tecnologia do Blogger.