OSCAR 1973 - VENCEDORES E CURIOSIDADES

O Oscar renegado de Marlon Brando.

1972




O PODEROSO CHEFÃO
          

MELHOR FILME
O Poderoso Chefão


MELHOR ATOR
O Poderoso Chefão: Marlon Brando

MELHOR ATRIZ
Cabaret: Liza Minnelli

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Cabaret: Joel Grey

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Liberdade para as Borboletas: Eileen Heckart

MELHOR DIRETOR
Cabaret: Bob Fosse

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
O Poderoso Chefão

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
O Candidato

MELHOR FOTOGRAFIA
Cabaret

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Cabaret

MELHOR FIGURINO
Travels with My Aunt

MELHOR SOM
Cabaret

MELHOR EDIÇÃO
Cabaret

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
O Destino do Poseidon: "The Morning After".

MELHOR TRILHA SONORA DRAMÁTICA ORIGINAL
Luzes da Ribalta

MELHOR TRILHA SONORA DE CANÇÃO ORIGINAL OU ADAPTADA
Cabaret

MELHOR ANIMAÇÃO EM CURTA-METRAGEM
A Christmas Carol

MELHOR CURTA-METRAGEM
Norman Rockwell's World... An American Dream

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM
Deze kleine wereld

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Marjoe: Howard Smith

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
O Discreto Charme da Burguesia





Imagem
Rosalind Russell foi agraciada com o prêmio humanitário Jean Hersholt. Contudo, a Academia nunca deu um Oscar Honorário pelo conjunto da obra. Russell foi indicada 4 vezes e nunca ganhou uma estatueta. 

Imagem
Charlie Chaplin ganhou o Oscar de Melhor Trilha Sonora Dramática por "Luzes da Ribalta", um filme que foi lançado em Nova York, em 1952. A sua elegibilidade tardia foi devido ao fato de que o filme não tinha sido mostrado em Los Angeles até 1972, e por isso só então se qualificou para a consideração do Oscar.

Imagem
Naquele ano houve seis indicados a Melhor Trilha Sonora Dramática. 

Imagem
Marlon Brando recusou o seu Oscar de Melhor Ator, sendo o segundo artista a fazer isso, em seu lugar uma atriz vestida como nativa-americana discursou e disse que Brando não aceitava o prêmio em protesto pelo tratamento que os nativos sofriam no cinema.

Imagem
A vitória de Liza Minnelli é interpretada por alguns como uma "compensação" pelas muitas perdas do Oscar que sua mãe, Judy Garland, sofreu. 

Imagem
Três dos co-astros de "O Poderoso Chefão" foram indicados na categoria Melhor Ator Coadjuvante - todos pela primeira vez. Esta foi a primeira vez desde "O Sindicato de Ladrões" (1954) que três artistas de um mesmo filme eram nomeados juntos.

Imagem
Neste ano, Michael Jackson cantou a canção nomeada "Ben" do filme "Ben, o Rato Assassino" na cerimônia. Apesar da bela música, alguns acham totalmente bizarra a nomeação do filme de terror . 





Imagem
"O Poderoso Chefão"

MELHOR FOTOGRAFIA


Imagem
John Cazale por "O Poderoso Chefão"

MELHOR ATOR COADJUVANTE


Imagem
"Sonhos de um Sedutor"

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO


Imagem
Howard Da Silva por "1776"

MELHOR ATOR





10 - Cabaret
10 - O Poderoso Chefão
8 - O Destino do Poseidon
5 - O Ocaso de uma Estrela
4 - Os Emigrantes
4 - Jogo Mortal
4 - Lágrimas de Esperança
4 - Travels with My Aunt
3 - Liberdade para as Borboletas
3 - Amargo Pesadelo
3 - As Garras do Leão
2 - O Candidato
2 - O Discreto Charme da Burguesia
2 - O Rapaz que Partia Corações
2 - Reencontro do Amor








Tecnologia do Blogger.