OSCAR 1938 - VENCEDORES E CURIOSIDADES



1938




A Vida de Emile Zola

Melhor Ator
Marujo Intrépido: Spencer Tracy
Melhor Atriz
Terra dos Deuses: Luise Rainer
Melhor Ator Coadjuvante
A Vida de Emile Zola: Joseph Schildkraut
Melhor Atriz Coadjuvante
No Velho Chicago: Alice Brady
Melhor Diretor
Cupido é Moleque Teimoso: Leo McCarey
Melhor Diretor Assistente
No Velho Chicago: Robert D. Webb
Melhor História Original
Nasce uma Estrela
Melhor Roteiro 
A Vida de Emile Zola
Melhor Fotografia
Terra dos Deuses
Melhor Direção de Arte
Horizonte Perdido
Melhor Som
O Furacão
Melhor Edição
Horizonte Perdido
Melhor Canção
Amor Havaiano:"Sweet Leilani"
Melhor Trilha Sonora
100 Homens e uma Menina
Melhor Curta (Dois Rolos)
Torture Money
Melhor Curta (Um Rolo)
The Private Life of the Gannets
Melhor Curta de Animação
O Velho Moinho
Melhor Curta de Animação
Penny Wisdom: Pete Smith
Melhor Direção de Arte
Cativa e Cativante


A cerimônia de premiação foi adiada por uma semana devido às grandes chuvas e inundações em Los Angeles. Esta foi a primeira vez que a cerimônia foi adiada. 

A estatueta de Alice Brady foi roubada por um impostor, que subiu ao palco para receber o prêmio em nome da atriz ausente. A estatueta nunca foi encontrada e o impostor jamais foi rastreado. Antes da Academia desfazer a injustiça e dar uma cópia da estatueta, Alice Brady faleceu.

Este foi o último ano das curtas vidas das categorias de Melhor Diretor Assistente e Melhor Direção de Dança.

Luise Rainer foi a primeira atriz e primeira artista a ganhar dois prêmios consecutivos por papéis principais.

Esse foi o segundo ano consecutivo em que um filme biográfico ganhou a principal estatueta do Oscar.

Walt Disney recebeu o seu sexto (consecutivo) Oscar por Melhor Curta de Animação. Um feito, mais uma vez, impressionante para a época.

Paul Muni atuou não só no vencedor de Melhor Filme, mas também em "Terra dos Deuses" como marido de Rainer - o último filme supervisionado por Irving Thalberg, lendário produtor do estúdio da MGM. A morte de Thalberg levou à criação do famoso prêmio especial que viria a ter o seu nome. 

                                                          "A Dama das Camélias"

                                             Cary Grant por "Cupido é Moleque Teimoso"

                                 Katharine Hepburn e Ginger Rogers por "No Teatro da Vida"

                                              Victor Fleming por "Marujo Intrépido"




"Por sua duradora contribuição à técnica da comédia cinematográfica - os princípios básicos que são tão importantes hoje, como eram quando foram postos em prática pela primeira vez - a Academia oferece um prêmio honorário a esse mestre da diversão, descobridor de estrelas, humano, gentil, compreensivo gênio da comédia".


Tecnologia do Blogger.