• ÚLTIMAS...

    JESÚS FRANCO - 10 FILMES ESSENCIAIS


    A lista dos 10 filmes essenciais tem como finalidade destacar 10 produções importantes de um diretor (a) ou ator (atriz). A lista SEMPRE será formada por 8 filmes que consideramos imperdíveis, escolhidos com base na popularidade, prêmios, opiniões de leitores, de críticos e sites importantes, somados ao primeiro e último filme da carreira do escolhido. 

    O motivo é simples - fornecer um parâmetro de como foi sua carreira, mostrando o ponto inicial e final. Assim saberemos se a pessoa encerrou bem ou em decadência e se o início foi comum ou genial.

    E os filmes essenciais não significam que estamos excluindo os demais. Se fosse assim, a publicação se chamaria "Os 10 filmes essenciais", que não é o caso.



    O diretor de hoje é Jesús Franco Manera, que foi um cineasta, roteirista e produtor de cinema espanhol . Trabalhou muito sob os pseudônimos: Jess Franco, Clifford Brown e David Khune. Sua carreira é calcada nos filmes B, notadamente produções de horror com erotismo.

    Franco partiu em abril de 2013, depois de um derrame. É considerado o pai do cinema B espanhol. O diretor também é o tema do lindo box lançado pela obras primas (imagem acima).

    E abaixo, fiquem com os 10 filmes essenciais do diretor...


    Essa continuação de "Al Pereira Vs. Alligator Ladies" continua a inusitada desconstrução do cinema de Jess Franco ao mostrar o detetive Al Pereira perdido entre delírios, sonhos e pesadelos, em que aparece lutando contra demônios femininos - as Alligator Ladies.


    Miguel, um jovem com o rosto desfigurado, vai à uma festa à fantasia e sai de lá com uma garota, que mata brutalmente com uma tesoura. Levado a uma instituição mental, passa cinco anos preso até sair sob os cuidados de sua irmã Manuela, ajudando-a a administrar uma escola de línguas para garotas. Ali, Miguel se encanta por uma aluna chamada Angela, ficando obcecado a ponto de segui-la por todos os lados, enquanto os amigos da garota passam a ser assassinados um a um.


    Em um castelo misterioso e estranho, um fanático religioso testemunha uma cerimônia satânica e não sabe que a missa negra é o hobby de um rico editor para divertir seus convidados. O fanático decide então exorcizar os participantes, matando-os cruelmente para "livrar suas almas do Diabo".


    Duas irmãs freiras são possuídas pelo Diabo são acusadas de bruxarias e entregue a inquisição e suas torturas, mas por por trás esta uma trama diabólica de amor e ódio, feita com intenção de vingar.


    Depois de suas experiências com embriões humanos, um famoso médico é condenado à prisão. Revoltados com a sentença, ele tira a própria vida. Porém, sua amante inconformada com a perda, jura vingança. Ela então, através da sedução, começa a matar todos os responsáveis pela morte do seu amado.  O filme é fortemente inspirado no livro O Médico e o Monstro.


    A Condesa Carody (Soledad Miranda) tem o prazer de atrair vítimas femininas para uma ilha distante, a fim de desfrutá-las, apreciá-las e matá-las. Mas, ela comete o descuido de apaixonar-se por uma das jovens, a formosa Linda Westinghouse (Ewa Stromberg).
    Uma mistura de softcore erótico e vampirismo muito bem produzido e fotografado, que leva a assinatura do grande mestre europeu do gênero


    Jonathan Harker viaja até um castelo numa remota zona da Transilvânia para encontrar-se com seu excêntrico proprietário, o Conde Drácula, que pretende comprar uma nova propriedade na Inglaterra. Aos poucos, Harker começa a perceber que há mais do que excentricidade naquela figura, e seu anfitrião se revela uma terrível criatura que se alimenta de sangue humano.


    Baseado na obra do Marquês de Sade, o filme conta a triste história de uma jovem chamada Justine. Ela e a irmã Juliette são expulsas de uma luxuosa escola particular quando sua mãe morre. Juliette resolve prostituir-se e leva uma vida de rainha com o dinheiro que ganha; Justine, por outro lado, tenta viver uma vida normal e honesta e, por isso passa o resto do filme sofrendo abusos de todo tipo: é presa por um crime que não cometeu, violentada, foge da cadeia e acaba no castelo de um sádico, onde será torturada e abusada sexualmente.


    O louco Dr. Orloff planeja reparar o rosto de sua filha desfigurada usando enxertos de pele de outras pessoas. Para isso, sequestra várias garotas com a ajuda de um capanga cego chamado Morpho. Quando o Inspetor Tanner, responsável pela investigação, confessa estar sem pistas, sua namorada Wanda resolve agir ela mesma e atrair Orloff para uma armadilha.


    Duas adolescentes espanholas saem em viagem de férias e vivem aventuras surreais com os personagens excêntricos que vão encontrando pelo caminho. Este é o primeiro longa-metragem dirigido pelo prolífico cineasta espanhol Jesús (Jess) Franco, que até sua morte, em 2013, assinaria mais de 200 filmes.


      

    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top