• ÚLTIMAS...

    DICAS DE FILMES LANÇADOS PELA CPC UMES FILMES


    A dica de hoje são três filmes soviéticos, lançados pela CPC Umes filmes. Confiram detalhes das edições e links para adquirir os filmes. E em breve, publicaremos reviews dos filmes.

    🎬  A Filha Americana (1995)

    Direção: Karen Shakhnazarov
    com: Allison Whitbeck, Vladimir Mashkov, Mariya Shukshina
    País de origem: Rússia
    Duração: 93 min.

    U+21F0.gif Sinopse

    Abandonado pela mulher que decide viver com um americano rico no país do Tio Sam, músico russo vai ao seu encontro, dez anos mais tarde, visando restabelecer os laços com a filha pré-adolescente.

    U+21F0.gif Direção: Karen Shakhnazarov 

    Nascido em Krasnodar, na região de Kuban, no Cáucaso, Karen Georgievich Shakhnazarov formou-se, em 1975, pelo VGIK (Instituto Estatal de Cinema). Em 1987, seu filme "O Mensageiro" recebeu prêmio especial no 15o. Festival Internacional de Moscou. Dirigiu 13 longa-metragens, entre os quais "Cidade Zero" (1988), "O Assassino do Czar" (1991), "Sonhos" (1993), "A Filha Americana" (1995), "A Cidade dos Ventos" (2008), "A Enfermaria Número 6" (2009), "Tigre Branco" (2012). Com muitos prêmios nacionais e internacionais, seus filmes apresentam uma densa reflexão crítica sobre a restauração do capitalismo e o desmembramento da União Soviética. Assumiu em 1998 a direção geral do Mosfilm, o maior estúdio de cinema da Rússia.

    U+21F0.gif Link para adquirir o filme:



    🎬 Cossacos de Kuban (1950)

    Direção: Ivan Pyryev
    Com: Serguey Lukyanov, Marina Ladynina, Aleksandr Khvylya, Vladlen Davydov
    País de origem: URSS
    Duração: 110 min.

    U+21F0.gif Sinopse

    Ambientado nas estepes do rio Kuban, nos primeiros anos do pós-guerra, o filme conta a história de dois kolkhozes (cooperativas agrícolas) que competem para ver quem consegue colher mais trigo. Realizado em cores, "Cossacos de Kuban" foi a maior produção musical do cinema soviético.

    U+21F0.gif Direção: Ivan Pyriev (1901-68)

    Nascido na aldeia de Kamen-na-Obi, oeste da Sibéria, Ivan Aleksandrovich Pyriev iniciou a carreira no Teatro Proletkult, contracenou com Grigori Alexandrov no curta-metragem "Diário de Glumov" (Eisenstein, 1923). Estreou como diretor de cinema com "Mulher Estranha" (1929). Em seguida vieram "Funcionário do Governo" (1930), "A Transportadora da Morte" (1933), "O Cartão do Partido" (1936).
    Entre os anos 1938-49 dirigiu sete musicais, "A Noiva Rica" (1938), "A Tratorista" (1939), "A Bem-Amada" (1940), "Encontro em Moscou" (1941), "Às Seis da Tarde, Depois da Guerra" (1944), "Conto da Terra Siberiana" (1947), "Cossacos de Kuban" (1949), dividindo com Grigori Alexandrov a condição de diretor mais bem sucedido do país, no gênero. Realizou também o drama de guerra "Os Partisans" (1942). Em 1951, dirigiu em parceria com o cineasta holandês Joris Ivens o documentário "Vitória da Amizade". Em 1954, concluiu "Devoção".
    Fundador da União dos Cineastas Soviéticos e membro do Soviete Supremo da URSS, Pyriev recebeu seis prêmios Stalin (1941, 1942, 1946, 1946, 1948, 1951) e foi diretor d estúdio Mosfilm (1954-57). Realizou mais cinco películas, três das quais adaptações dos clássicos de Dostoievsky - "O Idiota" (1958), "Noites Brancas" (1959) e "Os Irmãos Karamazov" (1969), concluído por Kirill Lavrov e indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. As outras duas são "Nosso Amigo Comum" (1961) e "A Luz de Uma Estrela Distante" (1965).

    Link para adquirir o filme:


    🎬 12 Cadeiras (1971)

    Direção: Leonid Gayday
    Com: Archil Gomiashvili, Serguey Filippov, Mikhail Pugovkin, Natalya Krachkovskaya
    País de origem: URSS
    Duração: 161 min.

    U+21F0.gif Sinopse

    Na Rússia Soviética, ex-aristocrata procura os diamantes escondidos pela sogra. Baseado no romance de Ilia Ilf e Evgueny Petrov.
    Campeãs de bilheteria, as comédias de Gayday venderam mais de 600 milhões de ingressos na URSS.

    U+21F0.gif Direção: Leonid Gayday (1923-93)

    Nascido em Svobodny, na Sibéria, Leonid Iovich Gayday alcançou imensa popularidade e amplo reconhecimento. Seus filmes quebraram recordes de público - "Braço de Diamante" (1968) atingiu a marca de 76.700.000 espectadores.Ainda hoje estão entre os DVDs mais vendidos na Rússia.Gayday ingressou no Exército Vermelho em 1942, foi ferido em 1943. Estudou interpretação, entre 1947 e 1949, no Teatro Dramático de Irkutsk. De 1949 a 1955 cursou o Instituto Estatal de Cinema (VGIK), formou-se diretor e foi trabalhar no Mosfilm. Mestre da comédia em ritmo acelerado, trabalhou com atores excepcionais como Georgiy Vitsin, Leonid Kuravlev, Mikhail Pugovkin, Savely Kramarov, Natalya Seleznyova, Natalya Krachkovskaya e sua esposa Nina Grebeshkova. Dirigiu 24 filmes, entre os quais vários clássicos:  "Os Destiladores" (1961), uma adaptação cinematográfica do conto de O. Henri; "Gente de Negócios" (1962); "Operação Y e  Outras Aventuras de Shurik" (1965); "Prisioneira do Cáucaso " (1966); "Braço de Diamante" (1968); "12 Cadeiras" (1970); "De Volta do Futuro" (1973); "Ímpossível!" (1975); "O Inspetor Geral" (1977). 

    U+21F0.gif Link para adquirir o filme:


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top