• ÚLTIMAS...

    segunda-feira, 17 de julho de 2017

    GEORGE A. ROMERO - 10 FILMES ESSENCIAIS



    A lista dos 10 filmes essenciais tem como finalidade destacar 10 produções importantes de um diretor (a) ou ator (atriz). E por conta disto houve uma mudança necessária (este texto será colocado em todas as próximas publicações): SEMPRE será formada por 8 filmes que consideramos imperdíveis, somados ao primeiro e último filme da carreira do escolhido. 

    O motivo é simples - fornecer um parâmetro de como foi sua carreira, mostrando o ponto inicial e final. Assim saberemos se a pessoa encerrou bem ou em decadência e se o início foi comum ou genial.


    O homenageado de hoje é George Romero. Esqueçam Jacques Tourneur e seu "Morta viva" de 1943. O zumbis nasceram mesmo em 1968. George Romero criou duas obras primas (Noite dos mortos vivos e Despertar dos mortos) que influenciaram todo o cinema (e agora a Tv). Nada mais foi como era antes. 

    Curioso é que Romero "inventou" um sub-gênero, com a primeira trilogia, atribuindo características aos zumbis que permanecem até hoje. Mas com a segunda trilogia ele não conseguiu o mesmo resultado. Era necessário que ele se reinventasse, mas infelizmente não conseguiu.  Ainda que os filmes tenham seus fãs, eles passam longe de ser unânimes.

    Abaixo, os 10 filmes essenciais dirigidos pelo pai dos zumbis. Boa sessão:



    Um satélite com radiação extra-terrestre acaba provocando a volta à vida das pessoas recém-mortas na Terra. Um grupo de pessoas, então, acaba se abrigando em uma casa isolada para escapar dos comedores de gente, enquanto esperam o resgate, em uma noite infernal.
    Romero disse que o filme era 10 minutos mais longo, mas o distribuidor o pressionou para que fosse mais curto; Para fazer o sangue foi utilizada uma marca de chocolate da época, chamada Bosco; Na cena em que os zumbis atacam o caminhão, eles comem pernil com chocolate. Romero brincou na época, dizendo que era desperdício de tempo maquiá-los porque eles naturalmente ficam com cara de náusea devido à "tétrica refeição".


    Após acidente de avião, um vírus desconhecido - criado por cientistas para a guerra bacteriológica - contamina a água de uma pequena cidade norte-americana. Afetados pelo vírus, seus moradores começam a enlouquecer e agir com violência, forçando o exército a montar uma quarentena no perímetro. Os poucos habitantes não-infectados precisam enfrentar os enlouquecidos vizinhos e o próprio exército para fugir do local.
    Refilmado em 2010, com o mesmo título original, mas em português levou o nome de "A epidemia".


    Convencido de que é um vampiro, jovem louco que diz ter mais de 80 anos de idade vai morar com um primo numa pequena cidade da Pennsylvania. Mas, ainda que ele tente controlar seus impulsos, sempre acaba usando uma velha navalha para atacar pessoas em busca de sangue.
    Este é o filme preferido do diretor, dentre os que ele realizou;  A intenção de Romero era fazer o filme todo em preto e branco, mas foi barrado pelos produtores;  A edição original do filme é de 2h45m. Romero recentemente confirmou a existência dessa versão.


    Um grupo especial da Swat é chamado para controlar um ataque de zumbis a um velho conjunto habitacional. Somente dois policiais e um casal de repórteres conseguirão fugir dos mortos-vivos e se abrigar em um shopping center.
    "O Despertar dos Mortos" é a segunda parte da cultuada trilogia dos mortos-vivos criada por George Romero. Há 4 cortes diferentes do filme, um inclusive feito por Dario Argento; Boa parte do sangue cenográfico usado no filme foi composto de corante, manteiga de amendoim e xarope de cana-de-açúcar.


    Um grupo de motoqueiros itinerantes imita o estilo de vida dos cavaleiros medievais, apresentando-se em feiras de cidades do interior. Conforme o negócio dá certo, surgem conflitos entre os pioneiros e os novos membros do grupo, especialmente quando o líder entra em crise existencial.
    Também conhecido pelo nome de Cavaleiros da Noite.  É o filme mais positivo sobre a raça humana que Romero fez e o seu mais próximo de uma consciência natural do homem.


     Cinco contos de terror. "Dia dos Pais" - Sete anos depois de ter assassinado seu pai, Bedelia visita o túmulo do velho, que volta das trevas para cobrar uma antiga dívida. "A Morte Solitária de Jordy Varrill" - um caipira azarado encontra um meteoro um sua fazenda. O que era pra ser sua redenção, acaba se tornando sua ruína depois que ele toca o objeto e contrai uma misteriosa infecção. "Encaixotado" - um professor universitário encontra uma caixa antiga na faculdade, onde se encontra um misterioso animal. "Algo Para Segurar Você" - um casal de adúlteros sofre nas mãos do sádico marido traído. "Eles Estão Rastejando Para Cima de Você" - Sr. Pratt, um sujeito desagradável e mau-humorado, precisa lutar em seu luxuoso apartamento contra uma infestação de baratas.


    Sobreviventes se refugiaram em um abrigo militar subterrâneo, mas a situação está cada vez mais crítica: o estoque de alimentos está baixando, a munição e os medicamentos estão cada vez mais escassos.
    George A. Romero faz uma participação como um zumbi empurrando uma carroça no fundo da cena, durante o banquete final dos mortos-vivos. Ele usa um cachecol de lã em volta da cintura.O cenário subterrâneo não foi feito em estúdio. O local é, na verdade, uma mina desativada próxima a Pittsburgh, que estava sendo utilizada como armazém.

      
    Allan (Jason Beghe), tornado tetraplégico após um acidente, vê-se cercado pela hipocrisia dos amigos e da namorada, pelo excesso de cuidados da mãe e pela falta de cuidados da enfermeira. Geoffrey (John Pankow), o único amigo que lhe restou, lhe dá de presente uma macaquinha treinada, Ella. No entanto, Geoffrey não conta que Ella vinha de uma peculiar experiência genética que estava realizando. Tendo adquirido um cérebro quimicamente humano, a macaca, devotadíssima, estabelece um contato telepático com o novo dono, adivinhando o íntimo da sua raiva, e passa a eliminar todos os que o atormentam.


    Um escritor bestseller, Thad Beaumont (Hutton) é chantageado por um vigarista que ameaça lhe delatar o pseudônimo que usa nos livros, George Stark. Disposto a não aceitar as ameaças do meliante, Beaumont decide ele mesmo revelar-se publicamente, até mesmo com um “enterro” simbólico de Stark. A partir daí estranhos e violentos assassinatos são cometidos (a começar pelo jornalista e fotógrafo que se encarregaram da reportagem), sempre precedidos de uma revoada de pardais.
    O filme é uma adaptação da obra homônima de Stephen King, tida inclusive como uma das melhores.


    Em um mundo devastado por mortos-vivos, um grupo de soldados mercenários descobre a existência de uma ilha que promete segurança para aqueles que ainda estão vivos. Neste cenário isolado e sombrio, duas famílias rivais há gerações, lutam pelo domínio total da ilha. Um lado é favorável ao extermínio de todos os zumbis, enquanto o outro prefere preservar os mortos-vivos, numa espécie de quarentena, a espera de uma possível cura. Com a chegada dos forasteiros, a tensão entre as duas famílias e os zumbis torna-se ainda mais intensa e incontrolável.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top