• ÚLTIMAS...

    terça-feira, 27 de junho de 2017

    VSEVOLOD PUDOVKIN - 10 FILMES ESSENCIAIS


    O teórico e cineasta russo Pudovkin, que se tornou conhecido por interpretar de forma visual as motivações internas e as emoções dos personagens de seus filmes, considerava a montagem como o clímax do trabalho criador do diretor de cinema.

    Vsevolod Illarionovitch Pudovkin nasceu em Penza, em 28 de fevereiro de 1893. Durante a primeira guerra mundial, foi ferido e aprisionado durante três anos, o que o obrigou a interromper seus estudos de química. Retomou-os ao término do conflito, mas logo sentiu-se atraído pelo teatro. No Instituto Estatal de Cinema de Moscou, como discípulo de Lev Kuleshov, explorou as possibilidades psicológicas da técnica de montagem e justaposição de imagens para exprimir estados emocionais dos personagens.

    Abaixo, fizemos um dos mais difíceis "10 filmes essenciais" até aqui. Apesar da importância do diretor, pouca coisa foi lançada por aqui. E pior, nem sinopses você consegue encontrar dos filmes. Graças a Umes Filmes, alguns filmes podem ser conferidos (e acredito que mais outros tantos sairão por eles em algum momento). Confiram no link (Umes) os filmes russos que a distribuidora lançou e abaixo os 10 essenciais de Vsevolod Pudovkin:


    Depois de anos desaparecido na guerra, Vassily Bortnikov volta para casa e encontra a mulher casada com outro. Ele enfrenta a situação com muito trabalho, assumindo a liderança de um kholkóz, as fazendas de produção coletiva típicas do regime comunista. O filme, exibido em cópia restaurada, integra a série Cinema Soviético. Baseado no livro de Galina Nikolayeva e foi selecionado para o Festival de Veneza 1953.


    A produção é uma biografia do famoso Almirante russo Pavel Stepanovich Nakhimov, que foi um dos mais célebres da história naval russa. Ficou conhecido por ter comandado as forças navais e terrestres no Cerco de Sebastopol, durante a Guerra da Crimeia.
    Stalin disse isso sobre o filme: "Pudovkin realizou o filme sobre Nakhimov sem estudar os detalhes do assunto, impregnando uma verdade histórica distorcida. O resultado foi um filme não sobre Nakhimov, mas sobre 'bolas e danças' com episódios de A vida de Nakhimov".


    Na madrugada de 22 de junho de 1941, os nazistas invadem a URSS, mobilizando 3.580 tanques, 2.250 aviões e 3 milhões de soldados organizados em 113 divisões agrupadas em três corpos de Exércitos, com o objetivo estratégico de assumir o controle das três cidades mais importantes ao Norte, Centro e Sul do país: Leningrado (São Petersburgo), Moscou e Kiev. As forças regulares do Exército Vermelho e grupos guerrilheiros se batem tenazmente no front e na retaguarda do inimigo para defender seu território.  Neste cenário, o capitão Safonov conhece a jovem agente de informações do exército soviético Vayla e se apaixona por ela.


    Principalmente um documentário biográfico sobre a carreira militar de Alexandre Vasilvich Suvorov, que era marechal de campo dos exércitos de Catarina o Grande e czar Paulo I. Depois de muitos sucessos militares durante o reinado de Catarina, o general Suvorov rompeu com seu sucessor, Paul I, o Imperador louco, motivado por questões relacionadas com a política do exército. Ele se aposentou e escreveu "A Ciência da Vitória", contendo máximas como "A rapidez do movimento acompanha a vitória", e "o verdadeiro general é aquele que derrota o inimigo antes de alcançá-lo". 


    Versão para o cinema da novela "Russos no início do século XVII" de V. Shklovsky. O ano de 1611, os legionários poloneses de hetman Khodkevich aproximam Moscou. Em Nizhny Novgorod, Kuzma Minin, um comerciante, reúne cidadãos armados e juntamente com o duque Dmitry Pozharsky, se voltam contra seus inimigos. Os companheiros de batalha derrotam as tropas principais da Polônia.


    Três pilotos fazem testes militares em um avião experimental,  Vitória-1. Durante o trajeto, as comunicações de rádio cessam a bordo da aeronave e o serviço aéreo japonês informa que o avião caiu.A mãe de um dos heróis do filme, no entanto, não perde a confiança, e acredita que seu filho Klim esta bem, e que ele voltará para casa, junto com outros pilotos. Aos poucos, começam a perder a fé de que algo de bom ocorrerá.


    Em sua primeira experiência com o cinema sonoro, Pudovkin nos apresenta o relato de um líder comunista que decide enviar um jovem trabalhador, Karl Renn, como delegado internacional para a União Soviética, após este trabalhador ter desertado de um piquete e ter manifestado dúvidas sobre os métodos de luta de classe no seu próprio país.
    O cinema soviético foi um dos últimos a aderir ao período sonoro. O primeiro filme falado ‘Caminho da vida’, dirigido por Nicolai Ekk, data de 1930. Depois tivemos ‘O Desertor’ (1933), do também ator Vsevolod I. Pudovkin e ‘Groza’ (L’Orage, 1934) de Vladimir Petrov. 


    Início do século XX. Um jovem pastor mongol com aversão ao capitalismo se junta aos partisans soviéticos na luta contra os invasores. Capturado e condenado, ele passa a receber tratamento especial quando os soldados inimigos descobrem em sua posse um amuleto que o caracterizaria como descendente direto de Genghis Khan. 
    O ator principal, Valéry Inkijinoff, estudou com Pudovkin na Escola de Cinema de Moscou.


    Utilizando muitas das montagens técnicas popularizadas por Sergei Eisenstein, Pudovkin discorre sobre a história de um jovem camponês que humilhado e enganado pelas autoridades, perambula pelas principais etapas históricas da Rússia pré-soviética, culminando com a queda da cidade de São Petersburgo e do Palácio de Inverno (residência familiar dos Romanov) nas mãos dos bolcheviques durante a revolução. Filmado para comemorar os dez anos de aniversário da Revolução de Outubro de 1917.


    Adaptação do romance de Maxim Gorky, num retrato duro, vigoroso e pungente da Rússia pré-revolucionária. Narra a história da politização de uma mulher, Niovna-Vlasova, que se transforma de camponesa submissa, escrava dos seus medos e da brutalidade doméstica, em mulher que se engaja na luta dos trabalhadores, ocupando progressivamente o lugar de seu filho Pavel, preso e encarcerado pela polícia política.



    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top