• ÚLTIMAS...

    segunda-feira, 22 de maio de 2017

    GEORGE ROY HILL - 10 FILMES ESSENCIAIS


    A lista dos 10 filmes essenciais tem como finalidade destacar 10 produções importantes de um diretor (a) ou ator (atriz). E por conta disto houve uma mudança necessária (este texto será colocado em todas as próximas publicações): SEMPRE será formada por 8 filmes que consideramos imperdíveis, somados ao primeiro e último filme da carreira do escolhido. 
    O motivo é simples - fornecer um parâmetro de como foi sua carreira, mostrando o ponto inicial e final. Assim saberemos se a pessoa encerrou bem ou em decadência e se o início foi comum ou genial.

    O diretor de hoje é George Roy Hill.

    Hill, que fez dois dos maiores filmes do cinema e com a mesma dupla de atores (Newman e Redford) foi um diretor americano, que nos deixou em 2002, aos 81 anos.

    A obras primas do cinema lançou este mês o épico Havai, de 1966. O filme concorreu a 7 Oscares e três Globos de ouro, sendo que venceu dois: a atriz Jocelyne LaGarde  e o score de Elmer Bernstein. Imperdível. 

    Confiram os 10 filmes essenciais do diretor:


    Jornalista esportivo e sua mulher deixam Nova York na esperança de levar uma vida tranqüila em uma cidade do interior - onde ele pretende concretizar seu sonho de tornar-se um grande escritor. Mas as coisas não saem da maneira como eles sonhavam, pois a pacata vida numa cidade pequena, e as dificuldades para administrar uma fazenda, acabam enlouquecendo o casal.

    O autor TS Garp (Robin Williams) encara com dificuldade o sucesso da progenitora, Jenny (Glenn Close), famosa ao publicar um livro autobiográfico sobre os problemas enfrentados por ser mãe solteira. A obra se tornou uma espécie de manifesto feminista e ele segue o caminho de luta da matriarca ao tornar-se confidente de um transsexual (John Lithgow).


    Esta perspectiva irreverente e extremamente divertida sobre o mundo do hóquei sob o gelo traz Paul Newman como treinador dos Chiefs, uma equipe de hóquei da terceira divisão. Para aumentar o número de torcedores presente nos jogos, a direção contrata três jogadores muito estranhos que têm como tarefa principal aniquilar os adversários, para alegria e satisfação de uma multidão crescente de entusiastas.


    Dois vigaristas dão um golpe em um capanga de um chefão e embolsam uma grana alta. Mas isto não fica por assim, pois o chefe da quadrilha decide se vingar e mata um daqueles que lhe aplicaram o golpe. Porém, o outro foge e entra em contato com um ex-parceiro, sendo que ambos decidem aplicar no criminoso um tremendo conto do vigário, que abalará tremendamente as finanças deste chefão mafioso.
    O ator Robert Shaw torceu o tornozelo pouco antes do início das filmagens de Golpe de Mestre e acabou utilizando seu novo modo de andar em seu personagem no filme.


    Pilgrim sobreviveu ao bombardeio de Dresden, em 1945. Depois disso, estranhamente, ele passa a viver alternadamente, e sem controle algum, no passado como um jovem prisioneiro de guerra, no futuro como um animal no zoológico do planeta Tralfamador e no presente como um oftalmologista em Ilium, Colorado.
    Adaptação para o cinema do famoso romance de Kurt Vonnegut Jr. que mistura ficção, comédia, drama e aventura para contar a história de Billie Pilgrim.


    Dois amigos inseparáveis, Butch (um ex-açougueiro, daí o nome) Cassidy (Paul Newman) e Sundance Kid (Robert Redford), lideram o Bando do Buraco na Parede e vivem de assaltar trens e bancos. Quando são caçados por todo o país resolvem ir para a Bolívia e juntamente com Etta (Katharine Ross), a namorada de Sundance, rumam para a América do Sul. Mas esta decisão não lhes proporcionará grandes assaltos ou uma vida mais tranquila.


    Nos anos 20, Millie Dillmount (Julie Andrews) vai do interior para Nova York procurando melhorar de vida e encontra um emprego como secretária. Durante sua busca por felicidade, ela se apaixona e faz amizades, encontrando obstáculos e vivendo aventuras típicas de uma cidade grande.
    Estréia de Pat Morita no cinema e o último filme da atriz Beatrice Lillie. Ao rodar Positivamente Millie, a atriz já tinha muita dificuldade em memorizar suas falas, sendo necessário que Julie Andrews ficasse fora da visão da câmera dizendo a ela o que precisava falar a cada cena


    Em 1820, Abner Hale (Max von Sydow), um rígido missionário vindo da Nova Inglaterra, casado com a bela Jerusha Bromley (Julie Andrews), tenta catequizar os nativos da exótica ilha do Havaí. Mas o choque entre as duas culturas é grande e o desentendimento entre os dois povos pode resultar em tragédia.
    A princípio o filme seria dirigido por Fred Zinnemann e estrelado por Audrey Hepburn e Alec Guiness, porém, por conta de problemas envolvendo o produtor, além de todos os atrasos causados pelo clima, acabaram por mudar o cronograma das filmagens, resultando na troca de diretores e parte do elenco.


    Peter Sellers é Henry Orient, um excêntrico pianista de Nova Iorque, que é assediado por duas adolescentes desatinadas, Val e Gil (Tippy Walker e Merrie Spaeth). Deslumbradas com o encantador concertista, as garotas o espiam e o seguem por toda a cidade, apenas para se intrometer em sua vida privada. Enquanto isso, Henry tenta seduzir uma mulher casada, Stella, interpretada por Paula Prentiss. O problema acontece quando, no Natal, aparecem os pais de Val. Como as meninas anotam, em um diário íntimo, todas as suas fantasias com Henry, a mãe delas (Angela Lansbury) suspeita que o pianista pode ter tido algo com sua filha menor.


    George Haverstick é um veterano da Guerra da Coréia que conhece a jovem Isabel quando está se recuperando de uma crise nervosa. Repentinamente apaixonados, eles se casam e decidem viajar em sua lua de mel e a partir daí os desentendimentos começam. Confusos, ambos começam a pensar sobre o casamento e buscam a ajuda de um amigo para salvá-los.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top