• ÚLTIMAS...

    terça-feira, 21 de março de 2017

    10 FILMES SOBRE SÍNDROME DE DOWN QUE PRECISAM CONHECER


    Dedicamos este espaço à importância de ressalta o dia 21 de março, que marca  o Dia Internacional da Síndrome de Down (A data, 21/3, é uma referência à alteração genética no cromossomo “21”, que deve ser formado por um par, mas no caso das pessoas com a síndrome, aparece com “3” exemplares).

    Esta data tem como objetivo mostrar a importância da luta das pessoas com Síndrome de Down e dos seus respectivos pais, amigos e parentes, para que tenham direitos iguais.

    Dos filmes sobre o tema, acho que o primeiro filme que me vem à cabeça é a produção brasileira "Colegas". Lembro de ter visto ótimos documentários, como "Do luto a luta" também.

    A lista abaixo seguirá nos moldes das publicações sobre datas do site, que a cada ano, são acrescidos filmes, afim de mantê-la atualizada. E não constam na listas curtas e documentários (evitando coincidir um pouco com os filmes de outros sites, que sempre preenchem as listas com documentários).

    Boa sessão e bons filmes.


    Harry (Daniel Auteuil) é um empresário estressado, que trabalha no departamento comercial de um banco belga e foi abandonado por sua esposa e filhas há pouco tempo. Deprimido, ele se dedica ao trabalho durante os 7 dias da semana. Até que um dia ele decide vagar pelas estradas da França, sem rumo definido. Após quase atropelar Georges (Pascal Duquennes), que sofre de síndrome de Down, Harry decide levá-lo para casa mas não consegue se desvencilhar dele.


    O filme trata da relação complexa e extremamente delicada entre dois irmãos gêmeos, León e Olvido, órfãos de 21 anos. León, o rapaz, tem síndrome de Down, enquanto a irmã Olvido, cuja vida amorosa é tumultuada, precisou largar os estudos e se sustentar. Os conflitos se intensificam, com León querendo todas as atenções e cuidados da irmã, e ela, por sua vez, deseja que se vire cada vez mais sozinho.


    Ricardo, confrontado com o suicídio inesperado de seu companheiro, entra em depressão e tenta se matar. Maria, sua irmã, com quem não se encontra há 16 anos, faz-lhe uma visita no hospital, em Lisboa, e leva-o de volta para a pequena vila além-montanha onde ambos nasceram e viveram até a partida de Ricardo. Na casa de Maria, Ricardo conhece Vasco, seu jovem sobrinho portador de síndrome de Down, com quem estabelece uma forte relação de amizade. 


    Em 1964, Dr. David Henry (Dermot Mulroney) separou sua filha de seu irmão gêmeo para esconder de sua esposa que a menina tinha Síndrome de Down. Entregando a garotinha aos cuidados de uma enfermeira (Emily Watson), David corta todo o contato com ela e concentra-se em seu filho e na esposa (Gretchen Mol). Durante os próximos 25 anos, sua filha especial cresce e transforma-se numa bela moça, enquanto David assiste à derrocada da família que lhe restou... sabendo que jamais poderá revelar seu segredo cruel.


    Daniel (Pablo Pineda), um jovem sevilhano de 34 anos, é o primeiro europeu com síndrome de Down que obteve título universitário. Começa sua vida profissional na administração pública onde conhece Laura (Lola Dueñas), uma colega de trabalho sem deficiências aparentes e acaba se apaixonando por ela.


    O filme é sobre música, emoções e entretenimento. Ele nos leva em viagem por Paris da década de 60, o lar de Jacqueline (Vanessa Paradis), uma corajosa mãe de uma criança com síndrome de Down e pelos dias de hoje no Canadá, onde Antoine (Kevin Parent), um DJ famoso está se recuperando de um divórcio doloroso. Como em um quebra-cabeça, suas vidas se unem.


    O enredo de "Any Day Now" desenrola-se durante os anos 70, sendo inspirado numa história real. O filme segue um casal gay, que toma conta de um adolescente com síndroma de down, após este ter sido abandonado pela sua mãe viciada em drogas.


    Stallone, Aninha  e Márcio eram grandes amigos e viviam juntos em um instituto para portadores da síndrome de Down, ao lado de vários outros colegas. Um belo dia, surge a ideia de sair dali para realizar o sonho individual de cada um e inspirados pelos inúmeros filmes que já tinham assistido na videoteca local, eles roubam o carro do jardineiro e fogem de lá. A imprensa começa a cobrir o caso e a polícia não gostou nem um pouco dessa "brincadeira". 


    Calvin Campbell (Kristoffer Polaha), um ex-jogador de beisebol que teve sua carreira interrompida por uma série de problemas pessoais se vê em um estado de depressão. Desacreditado da vida, tudo muda quando ele conhece Produce (David DeSanctis), um jovem com síndrome de Down, atendente do mercado local que ajuda Calvin a sentir novamente inspiração pela vida.


    O casal Roberto (Marcos Veras) e Cláudia (Débora Falabella) aguarda ansiosamente pela chegada de seu primeiro bebê. Roberto, que é escritor, vê a chegada do filho com esperança e como um ponto de partida para uma mudança completa de vida. Mas toda a áurea de alegria dos pais é transformada em incerteza e medo com a descoberta de que Fabrício, o bebê, é portador da Síndrome de Down. A insatisfação e a vergonha tomam conta do pai, que terá de enfrentar muitos desafios para encontrar o verdadeiro significado da paternidade.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top