• ÚLTIMAS...

    segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

    JERRY LEWIS - 10 FILMES ESSENCIAIS


    Fazer um top 10 do Jerry Lewis não foi tarefa fácil. Mas para simplificar e dar mais importância a este que é um dos maiores comediantes do cinema, dividi em duas listas. Uma com 10 filmes essenciais do Jerry atuando sem Dean Martin, e a outra com ele, na publicação sobre grandes comediantes que tiveram parceiros em cena.


    Boa diversão.


    Filme cheio de ironia que conta a história de Rupert Pupkin, aspirante a comediante obcecado por se tornar um rei da comédia. Ele encontra seu ídolo e pede para fazer uma participação no talk show dele, porém é sempre enrolado. Pupkin não desiste e começa a mostrar o lado mais doentio de sua obsessão na busca de conseguir o que almeja.


    Donna Peyton, é uma órfã rica de nove anos que acabara de perder o pai e herda 30 milhões de dólares. Agora ela deverá ter que conhecer seus seis tios (todos interpretados por Jerry Lewis) e ficar com cada um num prazo de duas semanas para que ela possa finalmente decidir quem será o seu futuro pai. Durante essa jornada que Donna irá fazer, o seu chofer, guarda-costas e amigo da família chamado Willard (também feito por Jerry Lewis) a acompanhará.


    O rico pai de Fella morre enquanto ele ainda era criança. Assim, Fella continua morando em sua mansão com sua madrasta e seus dois meio-irmãos. Tratado como criado pela família quando cresce, Fella conta para eles sobre o sonho que tem com o seu falecido pai, que quer lhe dizer onde uma fortuna foi escondida. Mas Fella sempre acorda antes que seu pai revele o local. Quando a família está à beira da falência, tentam enganar Fella para descobrir o dinheiro.


    Clayton Poole (Jerry Lewis) mora em uma pequena cidade chamada Midvale e ainda é apaixonado por Carla Naples (Marilyn Maxwell), uma moça da cidade que se tornou uma grande estrela do cinema. Quando Carla engravida, seu empresário lhe diz que um filho pode arruinar sua carreira. Com medo das consequências e responsabilidades da maternidade, a atriz pede ajuda a Clayton e ele, ingenuamente, acaba aceitando cuidar dos trigêmeos de Carla. Clayton será obrigado fazer alguns sacrifícios se quiser ficar com a guarda das crianças.


    Jerome Littlefield, aspirante a médico, é auxiliar de serviços gerais numa clínica particular. Seu trabalho, no entanto, está em risco, já que Jerome está sempre causando problemas e desordens.
    Interessante que depois da lista pronta, observei que dos 10, 5 foram dirigidos por Jerry e 4 por este diretor (Frank Tashlin), que também realizou vários outros com Lewis.


    Phoebe Tuttle (Agnes Moorehead) é a dona de uma cadeia de lojas de departamentos que descobre que Barbara Tuttle (Jill St. John), sua filha, está apaixonada por Norman Phiffier (Jerry Lewis), um rapaz pobre que ela não aprova. Phoebe decide então contratar o jovem para demonstrar que ele é um desmiolado, dando-lhe tarefas complicadas para humilha-lo, esperando assim que Barbara o deixe. Porém sua filha sai de casa, passando a trabalhar em uma das lojas da mãe usando o nome Fuller. Assim, Norman não imagina que se casará com uma rica herdeira, mas se souber disto desiste do casamento.


    Contratado para ser "os olhos e os ouvidos" de um chefão de Hollywood, na Paramutual Pictures, Morty S. Tashman (Lewis), disfarçado de entregador, deve percorrer o local e depois contar ao chefe toda e qualquer atividade desonesta ou questionável. Mas virtualmente todas as intrigas e malandragens que ele descobre são as que ele mesmo provoca!  


    Tudo pode dar errado - e dá - quando Lewis encarna Stanley, um mensageiro mudo e atrapalhado, no sofisticado Hotel Fontainebleau, em Miami Beach, na Flórida. Hóspedes podem chegar e partir, mas Stanley está de serviço dia após dia no elegante resort, experimentando toda sorte de catástrofes, incluindo embates com hóspedes de topless, chaves trocadas e telefonemas invertidos. 


    Herbert H. Heebert é um jovem rapaz que perdeu sua namorada e não quer mais saber de romances. Ele vai trabalhar como camareiro em uma pensão, dirigida por Helen Wellenmellen. Para seu desespero, a pensão é só para mulheres. Elas são inúmeras e a maioria delas belas e solteiras, causando terror em Herbert que não quer ceder a novos relacionamentos amorosos. Até que Fay resolve ajudá-lo a se curar de seu medo de mulheres.


    Um professor feio e desajeitado (Jerry Lewis) é ridicularizado por diversas pessoas, mas só após ele ser humilhado pelo treinador na frente de sua turma e de uma bela estudante é que ele decide criar uma poção que o transforma em um indivíduo atraente. Mas como os efeitos não são permanentes, ele se vê metidos em situações complicadas quando sua real aparência toma conta do seu corpo.


    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top