• ÚLTIMAS...

    quarta-feira, 5 de outubro de 2016

    BILLY WILDER - 10 FILMES ESSENCIAIS


    Billy Wilder foi uma das personalidades mais destacadas da história do cinema. Sua carreira de roteirista, cineasta e produtor estendeu-se por mais de 50 anos em mais de 60 filmes, foi indicado ao Oscar 21 vezes, tendo conquistado seis estatuetas, duas delas como diretor. 
    Quem não leu o livro sobre ele, adquira e leia correndo, pois sua vida dava um filme. Só a história de que ele estava num táxi e Hitler num carro ao lado é impagável.


    Abaixo listei 10 filmes essenciais do diretor. E só para esclarecer um ponto importante: essencial significa apenas que são 10 filmes necessários do diretor. Mas não quer dizer que não haja outros. No caso de Billy, eu faria uma lista fácil com 20 (ele fez 27).
    Portanto, 10 filmes essenciais não exclui o fato de que cada diretor possua mais filmes importantes.  

    Boa sessão e bons filmes. 

    Numa visita de trabalho, o agente de seguros Walter Neff conhece a atraente (e casada) Phyllis Dietrichson. Eles logo se apaixonam e Phyllis o convence a elaborar um plano para assassinar seu marido, depois desse fazer um seguro de acidente pessoal. O objetivo? Ficar com o dinheiro do seguro. Mas nem tudo dá certo.
    Indicado a 7 Oscar, incluindo melhor filme e atriz; Pacto de Sangue tem o excelente roteiro do escritor Raymond Chandler (À Beira do Abismo), a femme fatale Barbara Stanwyck e a direção magistral de Billy Wilder.


    Em Nova York, Don Birman (Ray Milland) sonhava ser escritor, mas não consegue seu objetivo por estar sofrendo de um bloqueio. Assim, é completamente dominado pelo álcool e passa a ter como única meta obter dinheiro para continuar se embriagando, se esquecendo que as pessoas que o rodeiam sofrem por vê-lo neste estado e tudo fazem para afastá-lo da bebida. Mas enquanto a namorada, Helen St. James (Jane Wyman), editora de uma revista, quer ajudá-lo, ele bebe cada vez mais.

    Como um típico noir, há um crime. Joe Gillis (William Holden) é um roteirista com problemas financeiros que está fugindo dos credores e acaba se refugiando em uma antiga mansão. Lá ele conhece a proprietária do local, Norma Desmond (Gloria Swanson), uma estrela do cinema mudo que pretende retornar às telas com Salomé, cujo roteiro tem em mãos. Quando Norma descobre que Joe é roteirista, contrata-o para fazer a revisão do texto. Embora insuportável, o trabalho no script renderia um bom pagamento para Joe, mas seu destino reserva surpresas.

    Charles Tatum (Kirk Douglas) está entediado com seu trabalho em um pequeno jornal no Novo México, onde não aparecem oportunidades para boas matérias. Quando surge o caso de um homem preso em uma mina, ele transformará a situação em um grande acontecimento, tomando as rédeas do resgate, fazendo o possível para prolongá-lo e fornecendo informações aos grandes jornais. Ele percebe que está criando algo de grande proporção e pretende levar isso adiante, pondo em risco a vida do homem que está preso. A história é inspirada em um fato real, acontecido em 1925.

    Durante a Segunda Guerra Mundial, um prisioneiro de um campo de concentração faz o que pode para ganhar algum dinheiro. Seu estilo de vida faz com que os companheiros de prisão pensem que ele é um espião, mas ele terá a oportunidade de provar quem ele realmente é.
    A história se passa durante a época da famosa Batalha das Ardenas, em dezembro de 1944. Esse detalhe é revelado quando os personagens escutam a rádio.


    Richard Sherman, é um editor de livros que sente-se "solteiro" quando a mulher e o filho viajam em férias. Ele começa então a ficar cheio de idéias quando uma bela e sensual jovem, que é modelo e sonha ser atriz, torna-se a sua vizinha.
    O filme contém uma das cenas mais marcantes do cinema (foto acima).

    Quando uma viúva rica é encontrada morta, o seu amante casado, Leonard Vole (Power), é acusado do crime. A única esperança de Vole de sair livre é o testemunho de sua esposa (Dietrich)...mas o seu tão bem armado álibi é abalado quando ela revela chocantes segredos próprios!
    Roteirizado por Wilder e Harry Kurnitz, e baseado na peça de sucesso de Agatha Christie em Londres, este esplêndido clássico, seis vezes indicado ao Oscar explode com eletricidade emocional (The New York Times) e continua mantendo amantes do cinema presos na cadeira até a final e fascinante última cena.

    Dois músicos testemunham um tiroteio entre gangsteres, eles fogem disfarçados de mulheres, as duas mais novas e menos atraentes integrantes de uma banda de jazz. Até que uma cantora carente (Marilyn Monroe) se apaixona por uma das "meninas" e um experiente playboy pela "outra". 
    Foi eleito a Melhor Comédia de Todos os Tempos pelo American Film Institute e ficou na 14ª colocação ao serem incluídos filmes de todos os gêneros.

    Bud Baxter é um funcionário de uma companhia de seguros em Nova York que descobriu uma maneira mais rápida de evoluir de cargo: emprestar seu apartamento para que os executivos da empresa levam para lá suas amantes. O problema começa quando Fran Kubelik, uma dessas mulheres, tenta se matar em seu apartamento.

    Conheça Nestor (Jack Lemmon), um jovem com uma vida amorosa muito complicada. Contratado como "gerente de negócios" de Irma La Douce (Shirley MacLaine), uma orgulhosa e bem-sucedida prostituta, o pobre rapaz acaba apaixonado por ela! Mas como manter fiel uma parisiense tão popular como Irma? Simples: Basta se disfarçar como um lorde inglês que imediatamente se torna o único cliente e ganha-pão de Irma! Mas o que pode o enciumado agente fazer quando a bela irma declara que o homem que ela realmente ama não é o dedicado Nestor, mas sim o velho lorde?





    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top