• ÚLTIMAS...

    LEANDRO GODOY - RESPONDE ÀS 7 PERGUNTAS CAPITAIS



    A entrevista de hoje é com o crítico e criador do site "Cinema e Fúria", Leandro Godoy.



    Entrevistei diretores de cinema (nacionais e internacionais), atores, atrizes, roteiristas, críticos de cinema, produtores e criadores de sites de cinema. Alguns tem mais notoriedade que outros, mas do meu ponto de vista, todos tem sua importância, pois querem, cada um a sua forma, levar o cinema para dentro de nossa casa.



    E são 7 perguntas por meia dúzia de motivos. O principal é que sou fã dos Sete Samurais. E no filme, um dos samurais defende o número 7 como sendo a totalidade necessária para conquistar o objetivo e este episódio me marcou. De lá para cá...vieram 7 homens e um destino e Seven - sete pecados capitais que resolvi fundi-los na ideia das 7 perguntas capitais.

    E porque as mesmas perguntas? Bom esta é fácil. Queria ver como pessoas diferentes, de profissões diferentes dentro do universo cinematográfico responderiam. Assim consegue traçar um paralelo entre as respostas mais facilmente.

    Leandro é um estudante de odontologia.  Já fez uns cursos superiores mas nunca na área audiovisual, somente na área da saúde. Adquiriu conhecimento dos filmes filmes que vê, realizando criticas sobre o conteúdo do filme e não pelos conceitos técnicos. Sua intenção com o "Cinema e Fúria" sempre foi divulgar a arte cinematográfica, principalmente através de diversas listas temáticas sobre filmes, procurando instigar as pessoas que seguem o seu trabalho a assistir filmes e dar valor ao cinema e aos artistas que fazem tudo isso acontecer. Ele acredita no poder transformador do cinema como arte.

    Vamos às respostas...


    LEANDRO GODOY RESPONDE

    1 - Quando surgiu o seu interesse pelo cinema?

    L.G.:  Meu interesse pelo cinema surgiu na infância quando vi pela primeira vez os filmes clássicos da Disney que as professoras passavam na escola, esse interesse se fortificou na adolescência por causa das vídeo locadoras que existiam em cada esquina nos anos 1980 e 1990. Como era comum entre os adolescentes  da daquela época eu gostava bastante dos filmes do Stallone, Van Damme, Schwarzenegger todos aqueles filmes de ação que saia a cada semana. Mas também gostava bastante de filmes clássicos, dramas pesados, terror, algo que não era muito comum para um adolescente daquela época assistir, algo restrito apenas para aqueles que realmente gostavam de cinema. 




    2 - Coleciona filmes, cds ou algo relacionado à 7ª arte ?

    L.G.: Sim, desde meus 20 anos coleciono DVD´s são 12 anos de colecionismo, deve ter uns 2.000 DVD´s. Com a chegada dos Blu Ray´s também comecei a colecioná-los e devo ter uns 400! Mas não sou um colecionar que compra compulsivamente eu mantenho uma linha, se gosto de um diretor por exemplo, procuro comprar toda sua filmografia. Acho que essa vontade de colecionar filmes veio da época que eu era rato de vídeo locadoras, achava aquilo um máximo.



    3 - Quando surgiu a ideia do sua página "Cinema e fúria" ? O que te motivou?

    L.G.: O que me deu esta ideia foi ver a quantidade de blogs de cinema que existia, eu também queria participar disso, fazer meu blog e passar meu conhecimento sobre cinema  para outras pessoas que tivessem o mesmo  interesse. Existe um blog que curto bastante e que se chama Furious Cinema, um blog que visitava diariamente e que me apresentou filmes incríveis, se era para mim ter um blog ele seguira o estilo deste, um estilo que não se limitava e possuía um conteúdo eclético, ele se adequava bastante ao meu gosto pessoal, então para homenageá-lo, coloquei o nome do meu blog como Cinema e Fúria.




    4 - Qual sua experiência no mundo do cinema que mais te marcou?

    L.G.:A minha experiência com o cinema sempre foram as mais positivas possíveis, sempre fui uma pessoa curiosa e o cinema proporcionou que eu conhecesse o mundo através da visão de artistas, ou seja, o mundo como ele é. Principalmente, o cinema me fez conhecer as pessoas, por mais anti social eu seja às vezes tenho um fascínio pela complexidade da natureza humana, sou um observador e para pessoas como eu o cinema é uma fascinante janela. Também gosto bastante de filmes políticos e sociais, que apresentam de forma honesta esses sistemas que regem o convívio humano, uma experiência marcante que tive neste sentido foi quando aos 16 anos assisti ao filme ''A Outra História Americana'', até então não imaginava que o cinema pudesse ser tão crítico, sensível e real. Este filme me introduziu nesse tipo de cinema e até hoje sou completamente fascinado por qualquer filme dessa temática.




    5 - Existe uma lista (pelo menos uns 10 filmes) que marcaram sua vida?

    L.G.:  Sim, dez filmes são muito poucos, mas o que vou listar aqui são os que sempre  que posso assisto novamente e todas vezes vejo algo diferente neles,  mas com certeza irei esquecer de alguns! 01- O Anjo Exterminador (Luis Bunuel), 02- Três Homens em Conflito (Sergio Leone), 03- Os Sete Samurais (Akira Kurosawa), 04- 2001 Uma Odisseia no Espaço (Stanley Kubrick), 05- O Sétimo Selo (Ingmar Bergman), 06- Tempos Modernos (Charles Chaplin), 07- Estrada da Vida (Federico Fellini), 08- Pelos Caminhos do Inferno (Ted Kotcheff), 09- Fitzcarraldo (Werner Herzog), 10- Psicose (Alfred Hitchcock)
    M.V.: Da lista dos 10...existe o mais especial?
    L.G.:Três homens em conflito





    6 - Existe algum projeto para este ano ou meta com relação à sua página?

    L.G.: Esse ano eu pretendo continuar um projeto que comecei lá por 2013 e que parei porque queria transforma-lo em livro, fui atrás de algumas editoras mas elas não se interessaram porque já existia algumas publicações sobre o tema que queria publicar, existem poucos livros sobre esse assunto, mas como já conhecemos no Brasil, quando se trata de cultura o menos já é mais do que o suficiente. Então decidi fazê-lo mesmo assim e disponibilizar no meu blog para quem quiser ver. O projeto será uma análise de 250 clássicos filmes exploitation de todo o mundo e se chama ''Cinema Gridhouse: 250 Clássicos Revisitados'', eu já retomei aos poucos o projeto mas até ao final do ano de 2016 pretendo terminá-lo. Também irei continuar analisando filmes de todas épocas e gêneros e claro, vou continuar fazendo aquilo que deu uma visibilidade maior para meu blog, que serão as listas dos mais variados gêneros e temas, os seguidores do meu blog gostam bastante dessas listas que faço.




    7 -  E se pudesse deixar uma lição destes anos que dedica ao cinema, qual seria?

    L.G.: Dedicar-se mais a arte porque ela transforma vidas, essa arte para mim, é o cinema. Não se preocupe em adquirir apenas o conhecimento que irá te transformar num trabalhador melhor, amplie os horizontes, assista a filmes que irão te dar um novo rumo de pensamento e te transformará numa pessoa crítica, completa no sentido coletivo e não individual. Não procure filmes que apenas irão te tirar do monótono, procure filmes que quebre o tédio da rotina. Principalmente, apoie o cinema nacional independente e a cultura de sua região!
    M.V.:Bacana Leandro. Boa sorte com seu site e obrigado pela sua atenção.





    COMENTE USANDO SEU FACEBOOK:

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Scroll to Top